Discussão Clínica Abertaao PúblicoTema:NeurotoxoplasmoseApresentação:Iuri P. SantosProf. Antonio Borba
Caso ClínicoJF, masculino, 33 anos, solteiro, pardo, usuáriode crack e cocaína.Foi encontrado em via pública, confuso e co...
Caso ClínicoAo exame físico apresentava desvio dacomissura labial à esquerda e perda da força àesquerda. Sem mais particul...
Caso ClínicoHemograma: 6200 leucócitos (B:4; S:60; L:25)Hb: 10 Ht: 30,9 Plaquetas: 210.000Na: 136 K: 4,29 Uréia: 51 Creati...
Caso ClínicoIniciada terapia com:- Pirimetamina 25mg/dia VO- Ácido folínico- Sulfadiazina 500mg 6/6h VOSolicitada RNM de c...
Um semana depois...Paciente sonolento, confuso, fraquezamuscular generalizada, mais acentuada àesquerda.Sinal de Babinski ...
Caso ClínicoRNM de crânio: lesões multifocais supra einfratentoriais sugestivas de processoinfeccioso/inflamatório relacio...
Caso ClínicoPaciente evolui bem e recebeu alta 28 diasapós internação com prescrição de terapia demanutenção (piremetamina...
Neurotoxoplamose no paciente HIV• Agente etiológico: Toxoplasma gondii.• Lesão com efeito de massa mais comum nospacientes...
Neurotoxoplamose no paciente HIV• Diagnóstico- Clínica + exames de imagem.- Biópsia cerebral = diagnóstico definitivo(Rara...
Neurotoxoplamose no paciente HIVDiagnóstico diferencial1. Linfoma Primário do SNC (Não Hodgkin)2. Leucoencefalopatia Multi...
Neurotoxoplamose no paciente HIVDiagnóstico diferencial1. Linfoma Primário do SNC (Não Hodgkin)2. Leucoencefalopatia Multi...
Neurotoxoplamose no paciente HIVLinfoma
Neurotoxoplamose no paciente HIVLEMP
Neurotoxoplamose no paciente HIVTuberculoma
Neurotoxoplamose no paciente HIVManejo- O tratamento empírico.- Resposta clínica é observada após 7-10 dias.Resposta tomog...
Neurotoxoplamose no paciente HIVOpções de tratamento- Tratamento por 4-6 semanas – a depender daresposta clinico-tomográfi...
Obrigado!
Neurotoxoplasmose
Neurotoxoplasmose
Neurotoxoplasmose
Neurotoxoplasmose
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Neurotoxoplasmose

5.639 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina, Esportes
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.639
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Neurotoxoplasmose

  1. 1. Discussão Clínica Abertaao PúblicoTema:NeurotoxoplasmoseApresentação:Iuri P. SantosProf. Antonio Borba
  2. 2. Caso ClínicoJF, masculino, 33 anos, solteiro, pardo, usuáriode crack e cocaína.Foi encontrado em via pública, confuso e comdificuldade para caminhar, sendo encaminhadoao PA do HSC. Familiar relata que pacientefugiu de clínica de reabilitação e desde entãomorava na rua.
  3. 3. Caso ClínicoAo exame físico apresentava desvio dacomissura labial à esquerda e perda da força àesquerda. Sem mais particularidades no examefísico.Solicitado hemograma, eletrólitos, anti-HIV eTC de crânio.
  4. 4. Caso ClínicoHemograma: 6200 leucócitos (B:4; S:60; L:25)Hb: 10 Ht: 30,9 Plaquetas: 210.000Na: 136 K: 4,29 Uréia: 51 Creatinina: 0,85HIV +TC de crânio: lesões hipodensas esparsas em substânciabranca, efeito de massa em região parietal esquerda.HD: Neurotoxoplamose ou linfoma?Paciente internado para investigação.
  5. 5. Caso ClínicoIniciada terapia com:- Pirimetamina 25mg/dia VO- Ácido folínico- Sulfadiazina 500mg 6/6h VOSolicitada RNM de crânio, líquor, RX tórax,ecocardio, prova tuberculínica, sorologia paratoxoplasmose, hepatites C e B e CMV.
  6. 6. Um semana depois...Paciente sonolento, confuso, fraquezamuscular generalizada, mais acentuada àesquerda.Sinal de Babinski presente bilateralmente.Caso Clínico
  7. 7. Caso ClínicoRNM de crânio: lesões multifocais supra einfratentoriais sugestivas de processoinfeccioso/inflamatório relacionado à infecçãooportunista (neurotoxoplamose).Demais exames sem alterações, incluindo líquore sorologia para toxo.
  8. 8. Caso ClínicoPaciente evolui bem e recebeu alta 28 diasapós internação com prescrição de terapia demanutenção (piremetamina e sulfadiazina) maisantirretrovirais.Encaminhado para acompanhamento noambulatório de infectologia da UAA/HSC.
  9. 9. Neurotoxoplamose no paciente HIV• Agente etiológico: Toxoplasma gondii.• Lesão com efeito de massa mais comum nospacientes HIV + (2ª = LNH Primário de SNC).• Clínica- Cefaléia + febre + sinais neurológicos focais(geralmente na ausência de sinais de irritaçãomeníngea).- Convulsões e alterações no estado mental tambémocorrem.
  10. 10. Neurotoxoplamose no paciente HIV• Diagnóstico- Clínica + exames de imagem.- Biópsia cerebral = diagnóstico definitivo(Raramente Indicada)- Anticorpos no soro ou no LCR não confirmamo diagnóstico e a ausência não afasta.- LCR é normal em até 30% dos pacientes.Maior utilidade é afastar outras infecçõesconcomitantes (criptococose principalmente).
  11. 11. Neurotoxoplamose no paciente HIVDiagnóstico diferencial1. Linfoma Primário do SNC (Não Hodgkin)2. Leucoencefalopatia Multifocal Progressiva(LEMP)3. Ventriculite por CMV4. Tuberculoma5. Criptococoma6. Abscessos cerebrais (bactérias e Nocardia)
  12. 12. Neurotoxoplamose no paciente HIVDiagnóstico diferencial1. Linfoma Primário do SNC (Não Hodgkin)2. Leucoencefalopatia Multifocal Progressiva(LEMP)3. Ventriculite por CMV4. Tuberculoma5. Criptococoma6. Abscessos cerebrais (bactérias e Nocardia)
  13. 13. Neurotoxoplamose no paciente HIVLinfoma
  14. 14. Neurotoxoplamose no paciente HIVLEMP
  15. 15. Neurotoxoplamose no paciente HIVTuberculoma
  16. 16. Neurotoxoplamose no paciente HIVManejo- O tratamento empírico.- Resposta clínica é observada após 7-10 dias.Resposta tomográfica com 2-3 semanas- Nos pacientes sem resposta adequada [repetirneuroimagem após 2 semanas – TAC ou RNM]
  17. 17. Neurotoxoplamose no paciente HIVOpções de tratamento- Tratamento por 4-6 semanas – a depender daresposta clinico-tomográfica.1) Sulfadiazina 100mg/kg/dia VO em doses de 6/6h+ Pirimetamina 50mg/dia [dose de ataque] seguida de25 mg/dia.2) Clindamicina 600 mg EV de 6/6h + Pirimetamina 25mg/dia (toxo ocular).3) Dapsona 100 mg/dia + Pirimetamina 25-50 mg/dia4) Claritromicina 1-2 g/dia ou Azitromicina 1,5 g/dia +Pirimetamina 25 mg/dia
  18. 18. Obrigado!

×