Transversalidade

21.265 visualizações

Publicada em

3 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
21.265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
520
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
571
Comentários
3
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Transversalidade

  1. 1. T Eliane Bruini ransversalidade no currículo escolar
  2. 2. T ransversalidade no currículo escolar artigo: Metodologia de Pesquisa: Levantamento Bibliográfico; Considerações da turma. Apresentação Consultiva: Sensibilização; Explanação do tema; Considerações do grupo; Sugestões; Texto para Reflexão. Objetivo: Discutir sobre o papel do coordenador na formação dos professores com relação ao conhecimento sobre os temas transversais.
  3. 3. T ransversalidade no currículo escolar sensibilização <ul><li>Em uma folha sulfite, faça um desenho conforme descrito </li></ul><ul><li>no papel sorteado. </li></ul><ul><li>Quando terminar o desenho, cole-o na lousa. </li></ul><ul><li>O conjunto de desenhos deve formar um corpo. </li></ul>
  4. 4. T ransversalidade no currículo escolar sensibilização Observando o conjunto de desenhos, podemos relacionar a formação do aluno a partir desta imagem? Há como pensarmos no currículo escolar a partir desta imagem? Pensando no currículo de sua escola, o que esta imagem representa?
  5. 5. T ransversalidade no currículo escolar “ A dimensão do currículo deve pensar na formação do indivíduo como um todo e não de forma fragmentada.” (Lima, 1997)
  6. 6. T ransversalidade no currículo escolar currículo <ul><li>LDB 9.394/96: </li></ul><ul><li>- Determina as disciplinas para os diversos níveis de educação; </li></ul><ul><ul><ul><li>- Estabelece as formas de organização e as condições em que os conteúdos disciplinares devem ser ministrados nas diferentes Escolas do Brasil. </li></ul></ul></ul><ul><li>      </li></ul>
  7. 7. T ransversalidade no currículo escolar currículo Espaço escolar: - Momentos dedicados a conteúdos (disciplinas) - Momentos dedicados ao corpo (educação física e recreio) - Áreas e campos de conhecimentos distintos (professores) - Divisão de tempo para atividades específicas (Araújo, 2003)
  8. 8. T ransversalidade no currículo escolar currículo Metáfora da máquina: “ Se estudarmos e compreendermos todas as pequenas peças que formam a máquina, e como se unem para formar as peças maiores, poderemos dominá-la e compreendê-la.” (Araújo, 2003)
  9. 9. T ransversalidade no currículo escolar currículo A “Metáfora da Máquina” ocorre em sua escola?
  10. 10. T ransversalidade no currículo escolar currículo Algumas implicações sobre fragmentação: - Simplifica a realidade; - Separa o sujeito do objeto do conhecimento; - Desloca os alunos do mundo concreto em que vivem.
  11. 11. T ransversalidade no currículo escolar currículo Contraponto essa perspectiva fragmentada, entendemos que o currículo pode ser o conjunto de aprendizagens e experiências educativas, racionais, emocionais, pedagógicas e  políticas, direcionadas ao contexto escolar e ao aluno.
  12. 12. T ransversalidade no currículo escolar currículo “ O currículo escolar tem significados que vão muito além daqueles aos quais as teorias tradicionais nos confinaram. O currículo é lugar, espaço, território. O currículo é relação de poder. O currículo é trajetória, viagem, percurso. O currículo é autobiografia, nossa vida, curriculum vitae : no currículo se forja nossa identidade. O currículo é texto, discurso, documento. O currículo é documento de identidade.” (apud Silva, 1999 in Padilha, 2004) 
  13. 13. T ransversalidade no currículo escolar currículo CURRÍCU L O TERRITÓ R IO T RAJETÓRIA A UTOBIOGRAFIA VID A IDE N TIDADE DISCUR S O E S PAÇO PERCU R SO POD E R V IAGEM
  14. 14. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade <ul><li>PCNs – Parâmetros Curriculares Nacionais (1996) </li></ul><ul><ul><ul><li>- Temas transversais que buscam desenvolver os sujeitos em dimensões éticas, culturais, ambientais, de saúde, trabalho e consumo e de orientação sexual. </li></ul></ul></ul>
  15. 15. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade Comportamento / Entendimento: - Manutenção de velhos hábitos; - Banalização; - Práticas episódicas justificadas no currículo oculto.
  16. 16. T ransversalidade no currículo escolar currículo oculto Entendemos currículo oculto como aprendizados tácitos, implícitos, utilizado para “conduzir” o aluno ao modo adequado de conduta social que, às vezes, é acometido episodicamente na sala de aula para fins morais. Ou, em um entendimento mais amplo, o currículo oculto pode implicar em conceitos atribuídos aos conflitos escolares.      
  17. 17. T ransversalidade no currículo escolar currículo oculto “ O currículo oculto está impregnado de valores que tornam-se parte de nosso senso comum.” (Apple, 1982)      
  18. 18. T ransversalidade no currículo escolar currículo oculto “ Talvez seja uma das formas mais nítidas e corriqueiras de doutrinação dos alunos usada pelos docentes para moralizar as relações escolares. O problema desse tipo de trabalho é que não é sistematizado nem registrado, além de muito propício para ações arbitrárias e moralistas, baseadas nos valores individuais dos professores.” (Araújo, 2003) 
  19. 19. T ransversalidade no currículo escolar currículo oculto Você concorda com os conceitos apresentados sobre currículo oculto? De que forma os conceitos de currículo oculto são trabalhados com os professores em sua escola? É possível trabalhar a transversalidade por meio do currículo oculto?
  20. 20. T ransversalidade no currículo escolar currículo CURRÍCU L O TERRITÓ R IO T RAJETÓRIA A UTOBIOGRAFIA VID A IDE N TIDADE DISCUR S O E S PAÇO PERCU R SO POD E R V IAGEM
  21. 21. T ransversalidade no currículo escolar O que você entende por transversalidade? transversalidade Como os seus professores entendem a transversalidade? Sua escola trabalha com temas transversais? De que maneira?
  22. 22. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade Para nós, a experiência escolar deve significar ter oportunidades para desenvolver-se como pessoa, não só pelas teorias científicas, mas, sobretudo, pelo afeto, pelas atitudes, pelas curiosidades e também pelos problemas e exigências, que,  segundo Rogers (1961), não são estabelecidos pela escola, mas pela vida.
  23. 23. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade Nessa perspectiva, consideramos que a real pretensão das temáticas transversais é resgatar a dignidade das pessoas, a igualdade de direitos, a participação ativa na sociedade e a co-responsabilidade pela vida social.
  24. 24. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade Quais são os princípios da transversalidade? - Finalidade das ações educativas; - Educação em valores; - Compreensão de mundo; - Interpretação da realidade; - Transformação da realidade; - Problema e solução; - Conexão de conteúdos científicos e culturais com a vida das pessoas.
  25. 25. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade Como podemos entender os princípios da transversalidade?
  26. 26. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade Araújo (2003), pressupõe que a idéia de rizoma, teia ou redes neurais, pode ser a forma mais adequada de compreensão dos princípios da transversalidade.
  27. 27. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade - Na rede, não existe hierarquia entre os pontos (nós) e caminhos. - A rede está em constante construção e transformação; - Os nós e as conecções são heterogêneos, significando multiplicidade de possibilidades de interligações; - Cada nó pode ser composto por toda uma rede, infinitamente; - A rede é aberta ao exterior, à adição e a conexões de outras redes; - A rede não tem centro; ou pode ter vários centros que trazem ao redor de si pequenas ramificações;
  28. 28. T ransversalidade no currículo escolar De que forma os eixos transversais podem ser trabalhados no conceito de rede? transversalidade
  29. 29. T ransversalidade no currículo escolar temáticas e projetos PUBERDADE E REPRODUÇÃO QUAIS SÃO OS RISCOS E AS COMPLICAÇÕES DE UMA GRAVIDEZ AOS 10 ANOS DE IDADE? O QUE A PUBERDADE VAI NOS ENSINAR? O QUE ACONTECE NO ATO SEXUAL? POR QUE OS ESPERMATOZÓIDES SAEM DO PÊNIS? HISTÓRIA MATEMÁTICA CIÊNCIAS ÉTICA A MULHER NA HISTÓRIA LEITURA PRODUÇÃO DE TEXTO PORTUGUÊS GÊNERO E DISCRIMINAÇÃO TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO APARELHO DE REPRODUÇÃO HORMÔNIOS
  30. 30. T ransversalidade no currículo escolar transversalidade Sugestões:

×