Uma Teologia Adventista de Música na Igreja

1.014 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.014
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
55
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Uma Teologia Adventista de Música na Igreja

  1. 1. UMA TEOLOGIA ADVENTISTADA MÚSICA NA IGREJALevi de Paula Tavares Baseada no capítulo 6 livro O Cristão e a Música Rock—UmEstudo dos Princípios Bíblicos da Música de autoria do Dr.Samuelle BacchiocchiDisponível no site www.musicaeadoracao.com.br
  2. 2. A Música na Igreja Lições de um piloto de rally Ainda somos o povo remanescente? Discernimento entre sacro e profano Hinos mortos – Música agradável Ignorância de pressupostos teológicos Gosto pessoal X Missão profética
  3. 3. Música - Discussão Teológica Hinos expressam crenças Três crenças principais:  Sábado  Santuário Celestial  Segunda Vinda Aceitação da adoração de outras igrejas Como refletir nossas crenças na adoração?
  4. 4. Teologia Insuficiente Empobrecimento teológico  Gosto pessoal  Tendências culturais Repensar a teologia da adoração – Um desafio  Afeta muitas denominações  Teologia inadequada ou até mesmo herética  Orientação à auto-satisfação
  5. 5. Três Doutrinas Básicas A música na igreja no contexto do Sábado A música na igreja no contexto do ministério intercessório de Cristo no Santuário celestial A música na igreja no contexto do Segundo Advento de Cristo
  6. 6. Parte IMÚSICA NA IGREJA NO CONTEXTO DO SÁBADO
  7. 7. O Sábado Oferece Razões paraa Adoração Três verdades fundamentais do sábado:  Ele nos criou perfeitamente  Ele nos redimiu completamente  Ele nos restabelecerá finalmente Adorar significa reconhecer e louvar os méritos de Deus O sábado fornece tanto o tempo quanto as razões para celebrar estes méritos
  8. 8. Santidade no Tempo –Santidade na Música Distinção entre o sagrado e o secular Manifestação especial da presença de Deus na vida de seu povo Deus santo – dia santo – povo santo
  9. 9. Relativismo Cultural Sintoma da perda do senso do sagrado Influências para a adoração e a música Contraste marcante com doutrinas objetivas O sábado nos desafia a fazer distinção clara entre o sacro e o profano
  10. 10. Parte IIMÚSICA NA IGREJA NO CONTEXTO DO SANTUÁRIO CELESTIAL
  11. 11. Três Dimensões da AdoraçãoAdventista Suas realizações redentoras no passado Seu ministério presente no santuário celestial Sua vinda futura
  12. 12. Reunindo-se com o Senhor Três doutrinas – Um denominador comum Reunião com Deus – Foco da adoração O Santuário é o foco da adoração adventista
  13. 13. A Adoração da Igreja deveRefletir a Adoração Celestial Um convite à adoração Adoração inspirada na santidade e majestade do Santuário celestial O senso da majestade divina revitaliza e enriquece o louvor e leva à verdadeira adoração
  14. 14. A Adoração do SantuárioCelestial - Apocalipse Motivos para adoração das 24 anciãos:  Seu poder criador (4:11)  Seus feitos redentores (5:8-9)  Vindicação dos remidos (11:17-18) Respostas dos anjos e dos remidos:  Digno é o Cordeiro (5:11-12)  Alegria pela salvação (7:9-12)  Cântico de vitória (14:2-3)  Vitória final sobre o pecado (19:1-3 e 6-8)
  15. 15. A Adoração do SantuárioCelestial – Estrutura e Ordem Unidade, ordem e equilíbrio Foco não nos instrumentos, mas no motivo do louvor
  16. 16. Música Sagrada para um LugarSagrado Música no Templo não era baseada em gosto pessoal Nenhuma associação com entretenimentos populares O Sábado é santo, o Templo é santo; portanto a música deve ser santa
  17. 17. Quatro Lições da Música doTemplo Respeitar e refletir a santidade do lugar de adoração O acompanhamento não pode suplantar a voz cantada Equilíbrio entre os aspectos emocional e intelectual A adoração deve ser reverente e expressar santidade
  18. 18. Reverência no Santuário deDeus Música afinada com a natureza sagrada da adoração prokuneo – Beijos para Deus Diferente da música de Babilônia Contraste com as atividades seculares
  19. 19. Parte IIIMÚSICA NA IGREJA NO CONTEXTO DO SEGUNDO ADVENTO
  20. 20. Adoração em Antecipação É força impulsionadora da adoração adventista A adoração do advento nos leva a:  antegozar o céu  transcender as realidades desagradáveis desta vida presente Acrescenta um senso de urgência Nos leva a nos encorajarmos mutuamente
  21. 21. Música do advento Representa um papel vital:  no fortalecimento da fé  na nutrição da esperança É o principal tema do Hinário Adventista Exemplos:  A manhã de luz já está raiando (138)  Vigiai, cristãos sinceros! (126)  Servos de Deus, a trombeta tocai (134)  Oh, que esperança, vibra em nosso ser (469)
  22. 22. Inspiração do advento O senso de proximidade deve inspirar a composição de novos hinos O desafio de atrair a geração jovem Hinos corretos teologicamente e musicalmente inspiradores
  23. 23. CONCLUSÃO Música na Igreja – Uma questão teológica O Sábado nos ensina a respeitar a distinção entre o sagrado e o secular O Santuário nos ensina que Deus deve ser adorado com grande reverência e respeito A Segunda Vinda deve ser a força motriz do estilo adventista da música na igreja Desafio - Reexaminar nossa base teológica para a escolha e execução de música

×