Herança escravista

762 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
762
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Herança escravista

  1. 1. Jean Baptista Debret
  2. 2.  Todo camburão tem um pouco de navio negreiro Estáticas do racismo no Brasil Legislação contra discriminação Políticas de inclusão
  3. 3.  Conceito de escravidão: aquele tipo de trabalhador que, no interior da produção, esta apartado do controle dos meios produtivos (característica que compartilha com outros tipos de trabalhadores, inclusive o assalariado), também que é privado do controle de seu próprio esforço produtivo. Vale dizer, é marcado pela ausência de soberania quanto à sua inserção no processo que garante a subsistência material. alienação social alienação política alienação psicológica
  4. 4. • O trabalho assalariado era uma impossibilidade para o objetivo da colonial.• Contradições modernidade e escravismo.• Plantation e trabalho compulsório: produção especializada em grande escala.• As grandes propriedade de produção de açúcar no nordeste do Brasil. – Modelo inglês/francês – Querela historiográfica: – via camponesa x plantation.
  5. 5. Índios Negros Conceito de produtividade A experiência escravista africana habilidade no trabalho compulsório A experiência jesuíta A colonização portuguesaDuvidas sobre a humanidade Ausência de humanidade. Inferioridade racial.Familiaridade com o território Alienação por desterroNecessidade do indígena para _____ proteção do território
  6. 6.  Estima-se que entre 1550 e 1855 entraram pelosportos brasileiros 4 milhões de escravos. (Rio deJaneiro, Bahia, Pernambuco). Principais portos de captura de escravos: Guiné ecosta da Mina; Congo e Angola (Luanda, Benguela eCabinda). Valor do escravo: o valor do escravo variava por sexoe idade. Com 90 dias de trabalho o compradorrecuperava suas despesas. Navio Negreiro (Castro Alves)
  7. 7. A transição do centro econômico político donordeste para o Rio de Janeiro. Centro Cafeeiro.  aumento do afluxo de escravos após a independência. “O Brasil é o café e o café e negro”Inglaterra - revoluções políticas e econômicas:pressão para o fim do escravismo 1826: tratado para o país acabar com o tráfico em três anos.  1831: criação de leis punitivas aos traficantes de escravos. “lei para inglês ver”  “Bill Aberdeen”: tráfico para a equivaler a pirataria. 1850: surge a primeira lei brasileira contra o tráfico – obs. A Proposta foi feita pelo gabinete conservador, porque?
  8. 8. • A libertação de escravos como estratégia de controle das revoltas:• revolução de São Domingos (1791- 1804); Quilombo dos Palmares (XVII); I Guerra Maroon da Jamaica (1655- 1739).Revolta de escravos mulçumanos em salvador inicio do 1835.• Lei de terras• Abolição paulatina
  9. 9.  Escravidão passiva ou rebelião cotidiana? Construção da memória sobre o escravismo na nação.  Mitoda democracia racial: Gilberto Freyre “Casa Grande e senzala”. Na prática a república reforçou a exclusão da participação política dos negros, operando uma cidadania restrita.
  10. 10.  Escravidão passiva ou rebelião cotidiana? Construção da memória sobre o escravismo na nação.  Mitoda democracia racial: Gilberto Freyre “Casa Grande e senzala”. Na prática a república reforçou a exclusão da participação política dos negros, operando uma cidadania restrita.

×