SlideShare uma empresa Scribd logo

Helmintíases

L
letyap

Este documento descreve várias doenças parasitárias, incluindo esquistossomose causada pelo Schistosoma mansoni, teníase causada por Taenia solium e Taenia saginata, ascariase causada por Ascaris lumbricoides e ancilostomose causada por Ancylostoma duodenale e Necator americanus. Ele fornece detalhes sobre os agentes causadores, ciclos de vida, sintomas e medidas de prevenção para cada uma dessas doenças.

1 de 51
Baixar para ler offline
Helmintías
   es
Barriga d’água ou
             esquistossomose

• Agente causador – Schistosoma mansoni

• Ciclo cutâneo-fecal (heteróxeno)
  - Homem (HD)
  - Caramujo Biomphalaria (HI)
Helmintíases
Sintomas
• Problemas no fígado,
  baço e intestino;
• Diarréias, dores
  abdominais e
  emagrecimento;
• Hepatoesplenomegalia
  ;
• Ascite;
• Dermatites cercarianas
  e coceiras.
Helmintíases
Helmintíases

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Seminário sobre Helmintos
Seminário sobre HelmintosSeminário sobre Helmintos
Seminário sobre HelmintosÁgatha Mayara
 
Aula 1 conceitos gerais de parasitologia
Aula 1 conceitos gerais de parasitologiaAula 1 conceitos gerais de parasitologia
Aula 1 conceitos gerais de parasitologiaAdila Trubat
 
Aula 15 ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Aula 15   ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1Aula 15   ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Aula 15 ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1Lucas Almeida Sá
 
Aula n° 5 plasmodium
Aula n° 5  plasmodiumAula n° 5  plasmodium
Aula n° 5 plasmodiumGildo Crispim
 
Enterobius vermicularis
Enterobius vermicularisEnterobius vermicularis
Enterobius vermicularisdenizecardoso
 
Strongyloides stercoralis
Strongyloides stercoralisStrongyloides stercoralis
Strongyloides stercoralisBeatriz Henkels
 
Atlas de Parasitologia Clínica
Atlas de Parasitologia ClínicaAtlas de Parasitologia Clínica
Atlas de Parasitologia Clínicarailuz07
 
Exames-coproparasitologia
Exames-coproparasitologiaExames-coproparasitologia
Exames-coproparasitologiaTamara Garcia
 
Aula 6 Teniase E Cisticercose
Aula 6   Teniase E CisticercoseAula 6   Teniase E Cisticercose
Aula 6 Teniase E CisticercoseITPAC PORTO
 
Aula de enterobius vermicularis
Aula de  enterobius vermicularisAula de  enterobius vermicularis
Aula de enterobius vermicularisRossana Martins
 
Aula de Parasitologia Básica
Aula de Parasitologia BásicaAula de Parasitologia Básica
Aula de Parasitologia BásicaJaqueline Almeida
 
Parasitologia - Giardia lamblia
Parasitologia - Giardia lambliaParasitologia - Giardia lamblia
Parasitologia - Giardia lambliapHrOzEn HeLL
 
Trichuris trichiura - PDF/PPT
Trichuris trichiura - PDF/PPTTrichuris trichiura - PDF/PPT
Trichuris trichiura - PDF/PPTGuellity Marcel
 

Mais procurados (20)

Ascaris lumbricoides
Ascaris lumbricoidesAscaris lumbricoides
Ascaris lumbricoides
 
Seminário sobre Helmintos
Seminário sobre HelmintosSeminário sobre Helmintos
Seminário sobre Helmintos
 
Parasitologia: Amebíase
Parasitologia: AmebíaseParasitologia: Amebíase
Parasitologia: Amebíase
 
Aula 1 conceitos gerais de parasitologia
Aula 1 conceitos gerais de parasitologiaAula 1 conceitos gerais de parasitologia
Aula 1 conceitos gerais de parasitologia
 
Aula 15 ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Aula 15   ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1Aula 15   ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
Aula 15 ectoparasitos ii- pulgas - odontologia - unifoa - 2012-1
 
Aula n° 5 plasmodium
Aula n° 5  plasmodiumAula n° 5  plasmodium
Aula n° 5 plasmodium
 
Método de Willis
Método de WillisMétodo de Willis
Método de Willis
 
Enterobius vermicularis
Enterobius vermicularisEnterobius vermicularis
Enterobius vermicularis
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
Strongyloides stercoralis
Strongyloides stercoralisStrongyloides stercoralis
Strongyloides stercoralis
 
Plasmodium e malária
Plasmodium e  malária Plasmodium e  malária
Plasmodium e malária
 
Aula n° 1
Aula n° 1  Aula n° 1
Aula n° 1
 
Atlas de Parasitologia Clínica
Atlas de Parasitologia ClínicaAtlas de Parasitologia Clínica
Atlas de Parasitologia Clínica
 
Exames-coproparasitologia
Exames-coproparasitologiaExames-coproparasitologia
Exames-coproparasitologia
 
Aula 6 Teniase E Cisticercose
Aula 6   Teniase E CisticercoseAula 6   Teniase E Cisticercose
Aula 6 Teniase E Cisticercose
 
Aula de enterobius vermicularis
Aula de  enterobius vermicularisAula de  enterobius vermicularis
Aula de enterobius vermicularis
 
Aula de Parasitologia Básica
Aula de Parasitologia BásicaAula de Parasitologia Básica
Aula de Parasitologia Básica
 
Parasitologia - Giardia lamblia
Parasitologia - Giardia lambliaParasitologia - Giardia lamblia
Parasitologia - Giardia lamblia
 
Doenças virais
Doenças viraisDoenças virais
Doenças virais
 
Trichuris trichiura - PDF/PPT
Trichuris trichiura - PDF/PPTTrichuris trichiura - PDF/PPT
Trichuris trichiura - PDF/PPT
 

Destaque

Bases da reprodução
Bases da reproduçãoBases da reprodução
Bases da reproduçãoletyap
 
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, Enterobios
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, EnterobiosAscaris Lumbricoides, Trichuris, Enterobios
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, EnterobiosITPAC PORTO
 
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & TricksHow to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & TricksSlideShare
 
Getting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShareGetting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShareSlideShare
 

Destaque (7)

Bases da reprodução
Bases da reproduçãoBases da reprodução
Bases da reprodução
 
Febres entéricas
Febres entéricasFebres entéricas
Febres entéricas
 
Cisticercose
CisticercoseCisticercose
Cisticercose
 
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, Enterobios
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, EnterobiosAscaris Lumbricoides, Trichuris, Enterobios
Ascaris Lumbricoides, Trichuris, Enterobios
 
Verminoses
VerminosesVerminoses
Verminoses
 
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & TricksHow to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
How to Make Awesome SlideShares: Tips & Tricks
 
Getting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShareGetting Started With SlideShare
Getting Started With SlideShare
 

Semelhante a Helmintíases (20)

Nematelmintos
NematelmintosNematelmintos
Nematelmintos
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Platelmintos
Platelmintos Platelmintos
Platelmintos
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Platelmintos
PlatelmintosPlatelmintos
Platelmintos
 
Filo platyhelminthes e Nematoda
Filo platyhelminthes e NematodaFilo platyhelminthes e Nematoda
Filo platyhelminthes e Nematoda
 
Capítulo 06 invertebrados I
Capítulo 06   invertebrados ICapítulo 06   invertebrados I
Capítulo 06 invertebrados I
 
7º ano cap 7 reino protoctistas
7º ano cap 7  reino protoctistas7º ano cap 7  reino protoctistas
7º ano cap 7 reino protoctistas
 
Moluscos de importância médica - Parasitologia
Moluscos de importância médica - ParasitologiaMoluscos de importância médica - Parasitologia
Moluscos de importância médica - Parasitologia
 
Verminoses
VerminosesVerminoses
Verminoses
 
Parasitas
ParasitasParasitas
Parasitas
 
Platelminto se Nematelmintos.ppt
Platelminto se Nematelmintos.pptPlatelminto se Nematelmintos.ppt
Platelminto se Nematelmintos.ppt
 
Platelmintos_e_Nematelmintos (1).ppt
Platelmintos_e_Nematelmintos (1).pptPlatelmintos_e_Nematelmintos (1).ppt
Platelmintos_e_Nematelmintos (1).ppt
 
Verminoses
VerminosesVerminoses
Verminoses
 
Principais protozooses.pptx
Principais protozooses.pptxPrincipais protozooses.pptx
Principais protozooses.pptx
 
Zoologia 1
Zoologia 1Zoologia 1
Zoologia 1
 
Centro de educação profissional - CEL
Centro de educação profissional - CELCentro de educação profissional - CEL
Centro de educação profissional - CEL
 
Reino Animalia
Reino Animalia Reino Animalia
Reino Animalia
 
Aula 4 vicky ii
Aula 4 vicky iiAula 4 vicky ii
Aula 4 vicky ii
 
nematodios_costrucao.pptx
nematodios_costrucao.pptxnematodios_costrucao.pptx
nematodios_costrucao.pptx
 

Mais de letyap

Secreção celular
Secreção celularSecreção celular
Secreção celularletyap
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosletyap
 
Capítulo 1 ciência da vida
Capítulo 1   ciência da vidaCapítulo 1   ciência da vida
Capítulo 1 ciência da vidaletyap
 
Divisão celular
Divisão celularDivisão celular
Divisão celularletyap
 
Tecido muscular e nervoso
Tecido muscular e nervosoTecido muscular e nervoso
Tecido muscular e nervosoletyap
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologialetyap
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologialetyap
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferosletyap
 
Núcleo
NúcleoNúcleo
Núcleoletyap
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferosletyap
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermosletyap
 
Moluscos novo
Moluscos novoMoluscos novo
Moluscos novoletyap
 
Vírus e bactérias
Vírus e bactériasVírus e bactérias
Vírus e bactériasletyap
 
Membrana
MembranaMembrana
Membranaletyap
 
Citologia organelas
Citologia   organelasCitologia   organelas
Citologia organelasletyap
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodesletyap
 
Anelideos
AnelideosAnelideos
Anelideosletyap
 

Mais de letyap (20)

Secreção celular
Secreção celularSecreção celular
Secreção celular
 
Poríferos e cnidários
Poríferos e cnidáriosPoríferos e cnidários
Poríferos e cnidários
 
Ba 01
Ba 01Ba 01
Ba 01
 
Capítulo 1 ciência da vida
Capítulo 1   ciência da vidaCapítulo 1   ciência da vida
Capítulo 1 ciência da vida
 
Divisão celular
Divisão celularDivisão celular
Divisão celular
 
Tecido muscular e nervoso
Tecido muscular e nervosoTecido muscular e nervoso
Tecido muscular e nervoso
 
Histologia
HistologiaHistologia
Histologia
 
Biotecnologia
BiotecnologiaBiotecnologia
Biotecnologia
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Núcleo
NúcleoNúcleo
Núcleo
 
Mamiferos
MamiferosMamiferos
Mamiferos
 
Aves
AvesAves
Aves
 
Equinodermos
EquinodermosEquinodermos
Equinodermos
 
Moluscos novo
Moluscos novoMoluscos novo
Moluscos novo
 
Vírus e bactérias
Vírus e bactériasVírus e bactérias
Vírus e bactérias
 
Membrana
MembranaMembrana
Membrana
 
Citologia organelas
Citologia   organelasCitologia   organelas
Citologia organelas
 
Artrópodes
ArtrópodesArtrópodes
Artrópodes
 
Anelideos
AnelideosAnelideos
Anelideos
 

Helmintíases

  • 2. Barriga d’água ou esquistossomose • Agente causador – Schistosoma mansoni • Ciclo cutâneo-fecal (heteróxeno) - Homem (HD) - Caramujo Biomphalaria (HI)
  • 4. Sintomas • Problemas no fígado, baço e intestino; • Diarréias, dores abdominais e emagrecimento; • Hepatoesplenomegalia ; • Ascite; • Dermatites cercarianas e coceiras.
  • 10. Profilaxia • Tratamento de doentes; • Melhoria das condições sócio-econômicas; • Utilização de redes de esgoto ou fossas sanitárias; • Educação sanitária (higiene); • Combate ao caramujo (moluscocidas ou controle biológico); • Evitar contato com lagoas contaminadas.
  • 11. Teníase (solitária) • Agente causador – Taenia solium e Taenia saginata (adulto) • Ciclo oral-fecal (heteróxeno) - Homem (HD) - Porco ou boi (HI)
  • 14. Sintomas • Dor abdominal, dor de cabeça; • Diarréia, flatulência, aumento ou perda do apetite; • Fraqueza e palidez.
  • 15. Ciclo
  • 17. Profilaxia • Tratamento de doentes; • Higiene; • Saneamento básico; • Inspeção de carnes em abatedouros; • Consumo de carnes suínas ou bovinas e seus derivados bem cozidos.
  • 18. Cisticercose • Causador – cisticerco ( larva da tênia do porco). • Ciclo oral-fecal – Homem atua como hospedeiro intermediário. • Contaminação – ingestão de ovos de Taenia solium. • O cisticerco pode alojar-se nos olhos, músculos, pele ou cérebro, podendo ser fatal. • Profilaxia – higiene e saneamento básico.
  • 22. Ascaridíase • Causador – Ascaris lumbricoides ( lombriga) • Ciclo monóxeno – Homem (HD) • “oral-fecal” • Considerada a parasitose mais prevalente no mundo
  • 28. Sintomas • Ação espoliadora, subnutrição; • Urticária, convulsões, reações alérgicas; • Obstrução intestinal; • Desconforto abdominal; • Infecção pulmonar, tosse e febre.
  • 30. Profilaxia • Educação sanitária. • Construção de fossas sépticas. • Tratamento de doentes. • Higiene. • Lavar bem frutas e verduras. • Filtrar ou ferver a água.
  • 31. Amarelão, ancilostomose ou necatoriose • Causador – Ancylostoma duodenale Necator americanus • Ciclo monóxeno – Homem (HD) “cutâneo-fecal”
  • 34. Sintomas • Anemia devido à espoliação sanguínea. • Dermatites. • Dor abdominal.
  • 36. Profilaxia “faça como o Jeca-Tatu” • Utilização de calçados. • Tratamento do esgoto. • Higiene. • Tratamento dos doentes.
  • 37. » Larva migra ou bicho geográfico : é uma doença causada pelo Ancylostoma caninum e Ancylostoma brasiliense, parasita encontrado em cães e gatos. » Em ambientes quentes e úmidos, os ovos do parasita, que podem ser encontrados nas fezes de cães e gatos, liberam as larvas, que penetram na pele de seres humanos, onde migram, provocando lesões semelhantes a linhas de um mapa. Depois de algumas semanas as larvas morrem. » A prevenção é o tratamento dos cães e gatos. A incineração das fezes infectadas, a proibição de animais nas praias e limpeza periódica de parques.
  • 38. Dermatite pruriginosa Agente etiológico: Ancylostoma brasiliensis - Região subcutânea - Penetração ativa da larva
  • 39. Enterobiose ou oxiurose • Causador – Enterobius vermicularis ( oxiúro) • Ciclo monóxeno – Homem (HD) “oral-fecal” • Comum em crianças com menos de 5 anos - auto-infestação
  • 40. Sintomas • Prurido anal, perturbação do sono e congestão anal. Profilaxia • Higiene e saneamento básico.
  • 42. Elefantíase ou Filariose • Causador – Wuchereria bancrofti • Transmissor – mosquito Culex • Ciclo heteróxeno – Homem(HD), Culex(HI) • 120 milhões de infectados
  • 45. Sintomas • Hipertrofia de membros superiores, membros inferiores, mamas e testículos.
  • 51. Profilaxia • Tratamento de doentes. • Combate ao mosquito – uso de telas de proteção, inseticidas ou controle biológico.