UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO
MESTRADO PROFISSIONAL E...
Conhecimentos Prévios (esquemas cognitivos, aspectos sociocognitivos) trabalhados pelo professor com
estudantes:
 Como o ...
Colégio Estadual Arabela Ribeiro
Direção: Maria de Araújo Gorete Coordenação: Everalda, Maria Socorro, Penha, Gedalvae San...
O comentárioacima de GerardoMelloMourão, publicado em1986,
para o prefáciodo livro“Hai-Kai”(1977- 1986) de OlgaSavary.
HAI...
IARAQUI , em Tupi, significa BEBIDA INEBRIANTE.
MAIRAMÉ , em Tupi, significa QUANDO.
TEIPó, em Tupi, significa FINALMENTE....
onde está meu vero ego,
beijo príncipe me fará.
Tamanduá
Cada dia a língua
do desejo reinventa
cupins e formigas.
BIBLIOGR...
Endereços eletrônicos:
INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Censo escolar
2013. ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Plano de aula agosto 2014 Olga Savary

424 visualizações

Publicada em

plano de aula sobre a poesia de Olga Savary

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
424
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de aula agosto 2014 Olga Savary

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO PROFISSIONAL EM LETRAS – PROFLETRAS UFS/ITABAIANA Planode Aula Disciplina: AspectosSociocognitivose Metacognitivosdaleiturae daescrita Prof.a.Dr.a. MariléiaReis Tema:Estratégiasmetacognitivasemleiturae escrita Aula:O Eu líricodo GêneroLírico e a composiçãodeum Hai-Kai O que cada estudantepoderá aprender com esta aula? De acordo com as Matrizes de Língua Portuguesa do 9º ano do Ensino Fundamental, composta de seis tópicos,estapropostaenfatizaoTópicoI,maisconhecidocomo“Procedimentosde leitura”.Comexceçãodo descritorde númerocatorze,espera-se possibilitarasrealizaçõesde cincodescritoresque são:D1 – Localizar informações explícitas no texto; D3 – Inferir o sentido de uma palavra ou expressão; D4 – Inferir uma informação implícita em um texto; D6 – Identificar o tema de um texto1 . 1. Estudantesserão motivadosa aprendersobre a cultura Tupi-guarani,a partir de poemascurtos (Hai-Kai) de Olga Savary (1933). 2. Estudantes com poemas curtos sugestivosserão motivados a identificaro gênerodo Eu lírico: femininoou masculino. 3. Cada estudante poderá concluir que a poetisa (ou poeta) não são as mesmas pessoas que se apresentam em forma de Eu lírico nos poemas pertencentes ao Gênero Lírico. Duração/ etapas dasatividades (aproximadamenteumasemana): 1ª parte da aula: Apresentação da cultura indígena através de um pouco sobre o Tupi- Guarani. (Sugestão: contar a história do personagemPolicarpo Quaresma do autor Lima Barreto (1881 – 1922), que propôs uma reforma política para umamudançado idiomabrasileiroparaoTupi-guarani,inspiradonosestudosnacionais). Porfim, apresentarum pouco da história de vida da poliglota, tradutora de Pablo Neruda, a poetisa carioca Olga Savary. - 01 hora/ aula 2ª parte da aula: O/a professor(a),único de posse dos significados das palavras em Tupi-guarani que intitulam os poemas de Olga Savary, ao propor uma nova ressignificação aos texto líricos, oferece apenas os significados em português,paraconferirse,através de induçãoe dedução,estudantesconseguirãoretrilharoscaminhosdo Eu lírico e o da poetisa. ---- 01 hora/ aula 3ª parte da aula:O/a professor(a)iráensinar,apartirdospoemasestudadosdaobra“HAI-KAI”(1986) de OlgaSavary, o que é realmente umEulíricofemininooumasculinoe qual adiferençadelesemrelaçãoaoAutor.Quandoopoema apresentar-se em terceira pessoa, estudantes irão reconhecer um Eu lírico implícito e farão o discernimento entre este “Eu/ele” e a poetisa ou poeta. ---- 01 hora/ aula 4ª parte da aula: A avaliação refere-se à análise dos poemas curtos de Olga Savary que ajudam aa compor a obra “Anima Animalis” (2008), escrita em 1996. Cada estudante está pronto para reconhecer o Eu lírico explícito e o implícito em cada poema? Ele sabe o ler de forma convincente? Ele consegue produzir um texto curto sob a forma Lírica? --------- 02 horas/ aula: (01 aula só para avaliação de leitura e a outra só para respostas na apostila). 1 Disponível em: << http://provabrasil.inep.gov.br/downloads>>.Acesso em: 23/06/2014.
  2. 2. Conhecimentos Prévios (esquemas cognitivos, aspectos sociocognitivos) trabalhados pelo professor com estudantes:  Como o poemaHai-Kai é uma forma lírica oriental,japonesa,quemensiná-la,aorebuscar os conhecimentos de cada estudante em relação aos saberes acumulados anteriormente sobre a diferenças entre os povos ocidentais e ospovosorientais,háde ressaltarapaixãopelapoesiacomumaforte semelhançanadiversidade cultural;  Quemnão sabe o que é uma rima? Sendoassim, para quem ensina,é de bom proveito rebuscara noção de ritmo e rima. Embora seja um pouco comum, não será banal e será válido mostrar que algumas cantigas populares, como “BATATTINHA QUANDO NASCE/ ESPARRAMA PELO CHÃO”, apresentam a forma da redondilhamaior(7versos),nestecaso,e redondilhamenor(5versos) emoutroscasos,acausar sonoridade. Por quê seriabom?Porque oHai-Kai é uma formalírica elaboradacomuma formaortodoxade 5-7- 5 versos. Estratégiase recursos da aula:  A primeiraestratégiaé buscarum franco debate sobre a diversidade cultural,inspiradosnospreceitosdaLei 11. 645/ 2008. 2  Estratégiasde interpretaçãode textopermitidaspela teoriadaSemiotização Literária do Discurso (1984), com AnazildoVasconcelosdaSilva; pelateoriasobre oslimitesdainterpretação,com Umberto Eco (2012); e com ChristinaRamalho(2013) e o conceitode circularidade cultural3 ,coma percepção do “lugar da fala autoral”.  Elaboração de uma apostila com o apoio de textos em caráter multimodal ou multissemiótico (KLEYMAN, 2005, p. 48)4 como auxíliode imagensdaescritoraOlgaSavarye de esquemas(LEFFA,1996,p.37) para ajudar no discernimento entre Eu lírico masculino e feminino e poetisa e poeta5 .  Em grupo,atividadesde leiturae inferênciaparaestimulara fruiçãode textoslíricoscurtos. Para isso,quem ensina recortará a apostila e ocultará os significados dos nomes que estão em Tupi. Então, ele laçará os significados em português, mas sem as referências em Tupi-guarani. Assim, ocorrerá uma busca pelos caminhos trilhados pela autora carioca Olga Savary, através de uma ressignificação dos títulos. Avaliação:  Em anexo, a apostilaoferece doistiposde avaliação que serãopostosemprática: 1. A primeira avaliação, descompromissada, embora com a intenção de estimular o desenvolvimento da leitura,atravésdaatividade lúdica,nointuitode ressignificarostítulosoriginais(escritoemTupi-guarani), será feita a partir dos poemas da primeira folha, pertencentes ao livro “Hai-Kai” (2008); 2. A segundaavaliação,maisarbitrária, atravésde esquemas,exploraodomíniodo conhecimentotécnico, ouseja,a competênciae ahabilidade de leituracapazde identificar,emHai-Kai”,asmanifestaçõesdoEu- lírico. 2 Segundo o MEC, “(...) as escolas não indígenas devem desenvolver estratégias pedagógicas com o objetivo de promover e valorizar a diversidade cultural, tendo em vista a presença de “diversos outros” na escola. Uma das estratégias ancoradas na legislação educacional vigente diz respeito à inserção da temática indígena nos currículos das escolas públicas e privadas de Educação Básica. Os conteúdos referentes a esta temática “serão ministrados no âmbito de todo o currículo escolar, em especial nas áreas de educação artística e de literatura e história brasileiras”, nos termos do art. 26-A da LDB com a redação dada pela Lei n° 11.645/2008. (MEC, 2013, p. 381) Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=15548&Itemid= Acesso: 23/06/2014 3 Segundo Ramalho, em nota de rodapé número 17, “Processo semiótico vicioso que envolve a perpetuação, dentro das sociedades, de determinadas imagens míticas, que tomadas nas versões que respaldam a hierarquia social e os valores nelas contidos, perdem o caráter multissignificativo do mito. (...)” (RAMALHO, 2013, p. 106) 4 “Textos multissemióticos ou multimodais: textos que combinam diferentes modos de representação (imagens, música, cores, língua escrita, língua falada), que devem ser levados em conta na sua interpretação.” (KLEYMAN, 2010, p. 48) 5 Segundo Leffa (1996),“Os esquemas acionados pelo leitor orientam suas inferências.(...) Sem o acionamento de um esquema, a compreensão não é possível.(...) Persistindo a impossibilidadedeacionar umesquema, a tentativa de leitura torna-sepenosa e o colapso da compreensão é inevitável. (...)” (LEFFA, 1996, p. 38)
  3. 3. Colégio Estadual Arabela Ribeiro Direção: Maria de Araújo Gorete Coordenação: Everalda, Maria Socorro, Penha, Gedalvae Sandra ProfessorVal Valença Meunome: Turma: Ensino Fundamental Data de hoje: / / Língua Portuguesa Tema da aula: Eu lírico femininoouEu líricoMasculino emHai-Kai “ Nem sempre será ortodoxo, no escandir do metro o hai-kai que agora nos oferece Olga Savary. [...] Porém elaguarda, com mestriamaior, aquilo que os haicaistas definem como a virtualidade poéticatípicadohai-kai, o conhecimentolíricoque nos situa como ‘num fio de navalha, entre o diáfano e o espeso’. Bashô ou Kikabu, os grandes mestres japoneses do hai-kai, poderiamdeleitar-se como contrapontodo Hai-Kai brasileiro de Olga Savary.” (COELHO, 2002, p. 528) Poetisaoupoeta Eu lírico feminino Eu lírico masculino Eu lírico implícito
  4. 4. O comentárioacima de GerardoMelloMourão, publicado em1986, para o prefáciodo livro“Hai-Kai”(1977- 1986) de OlgaSavary. HAI-KAIS (1977-1986) (Inéditos do livro REPERTÓRIO SELVAGEM) Teipó Tudo o que sei aprendi da água, ela diz. E arde sem saber. Enuçaua Culpa sem falta e sem volta, só sobrevivo entre auroras se o perigo é o que amo na vida natural. Uaruá / Caapura De tanto perseguir-te mato adentro o que deixo de meus passos pela trilha é confundir teu rastro no meu rastro. Umbueçaua De coisas plenas melhor não fazer alarde. Amor que mais é senão gorjeta? Mairamé Amor é de se ver como religião ou uma prisão. Afinal tenho uma. Amurupe Ao mar, ao mar – diz o velame à nave ao levar a confundida cabeça: Eu não te amo amo só o prazer que tu me dás. Iaraqui Vampiro, em uma tarde bebo-te todo o sangue da vida. Uíre Não sou esfinge, mas daqui não saio. E vivo estátua de sal? Não: de mel. Aetecupi Dois ventres destilam licores raros no momento final de êxtase e horror E quatro olhos veem a beleza do naufrágio. Catuana Sangria desatada. Vais me diluviando aleluiada. ----------- recorte aqui ------------------------------------------------------------------------------------ Vocabulárioem Tupi-guarani: AETECUPI , em Tupi, significa ASSIM SIM.C ATUANA , em Tupi, significa PAZ. ENUÇAUA, em Tupi, significa POSTURA.
  5. 5. IARAQUI , em Tupi, significa BEBIDA INEBRIANTE. MAIRAMÉ , em Tupi, significa QUANDO. TEIPó, em Tupi, significa FINALMENTE. UARUÁ/CAAPURA, em Tupi, significa ESPELHO /DENTRO DO MATO. UíRE , em Tupi, significa VIR À TONA. UMBUEÇAUA , em Tupi, significa AULA. O que você mais curtiu sobre Eu-lírico e Hai-Kai ? Olga Savary Livro: ANIMA ANIMALIS (1996) Beija-flor De esperanças homens usam minhas asas de metáfora: polinizo liberdade. Lobo-Guará Do meu alvo esperto de longe nem chego perto desconfiado e alerta. Peixe Vi o rio nascer da minha guelra e nela armadilho o mar. Sapo De girino a encantado, Poema Eu lírico ----------------- ----------------- Autora ou autor Poetisa ou --------------- RUDÁ ( 1990-1994) Parte 01: RETRATOS (Amor à Gente) Rudá Rudá, em tupi, o nome do amor que se nasce, amor do qual se morre.
  6. 6. onde está meu vero ego, beijo príncipe me fará. Tamanduá Cada dia a língua do desejo reinventa cupins e formigas. BIBLIOGRAFIA : BORTONNI-RICARDO, Stella Maris. Educação em Língua Materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola Editorial, 2004. BORTONNI-RICARDO, Stella Maris. Professor pesquisador: introdução à pesquisa qualitativa. São Paulo: Parábola Editorial, 2008. CEREJA, William. Ensino de Literatura: uma proposta dialógica para o trabalho com literatura. São Paulo: Atual, 2005. COELHO, Nelly Novaes. Dicionário crítico de escritoras brasileiras: (1711- 2001). São Paulo: Escrituras Editora, 2002. CONSENZA , Ramon M. e GUERRA, Leonor B. Neurociência e educação: como o cérebro aprende. Porto Alegre: Artmed, 2011. COSSON, Rildo. Letramento literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2007. DEHAENE, Stanislas. Os neurônios da leitura: como a ciência explica a nossa capacidade de ler. Tradução de Leonor Scliar-Cabral. Porto Alere: Penso, 2012. ECO, Umberto. Obra Aberta: forma e indeterminação nas poéticas contemporâneas. 9ª ed.. São Paulo: Perspectiva, 2012. GOMES, Carlos Magno. Leitura interdisciplinar e estudos culturais. Anais do SILEL. Vol. 01. Uberlândia: EDUFU, 2009. Disponível em: http://www.ileel2.ufu.br/anaisdosilel/wp- content/uploads/2014/04/silel2009_gt_lt01_artigo_6.pdf >>. Acessado: 12-03-2014. KLEIMAN, Ângela B. Leitura: Ensino e pesquisa. São Paulo: Pontes, 2004. LAJOLO, Marisa. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. São Paulo: Ática, 2006. LEFFA, Vilson. Aspectos da leitura. Porto Alegre: Sagra: DC Luzzatto, 1996. MASSAUD, Moisés. Dicionário de termos literários.Cultrix, São Paulo, 1974. RAMALHO, Christina. Poemas épicos: estratégias de leitura. Rio de Janeiro: Uapê, 2013. SAVARY, Olga. Repertório Selvagem: obra reunida:12 livros de poesia (1947 - 1998). Rio de Janeiro: Biblioteca Nacional/ Multimais/ Universidade de Mogi das Cruzes, 1998. SILVA, Anazildo Vasconcelos. Semiotização literária do discurso. Rio de Janeiro: Elo, 1984.
  7. 7. Endereços eletrônicos: INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). Censo escolar 2013. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/basica-censo-escolar-sinopse-sinopse .Acessado : 30/ 09/ 2013. Imagem 01 de Olga Savary: http://www.proparnaiba.com/artes/2013/09/26/renata-olga-astrid-ou- pallottini-savary-cabral.html Imagem 02 de Olga Savary: https://www.youtube.com/watch?v=EQx67qFz4jU Imagem 03 da tesoura : http://cdn2.freepik.com/image/th/318-9373.jpg

×