Apreset ketiuce

238 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
238
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
66
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apreset ketiuce

  1. 1. FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA Avaliação: Concepção dialética do processo de avaliação escolar Grupo: Adriana Fontes Míria Márcia Letícia Marques Profª: Ketiuce F. Silva Maio/2014
  2. 2. VASCONCELOS, Celso dos Santos. Em busca de algumas alternativas. In: ______.Avaliação: concepção dialética-libertadora do processo de avaliação escolar. 18. ed. São Paulo: Libertad, 2008. Cap. 5, p. 65-102.
  3. 3. Alterar a Metodologia da Trabalho em Sala de Aula - Mudança da prática: é uma nova relação com as ideias e com a realidade, buscando novas possibilidades de mudança na realidade da prática. - O professor abrir mão do uso autoritário da avaliação: Modificando sua postura diante a avaliação, com mudança ao seu alcance. - Sentindo para o conhecimento: Os alunos precisam ser orientados para dar um sentido ao estudo, como compreender o mundo que vivemos,usufruir do nosso patrimônio acumulado pela humanidade e transformar o mundo. - Agir para conhecer: Os alunos só adquire o conhecimento quando, num processo ativo, eles reconstrói o objeto de conhecimento. - Direito à dúvida: A dúvida é um dos direitos fundamentais do educando, porque está em fase de formação,as dúvidas revelam ao educador o percurso que o aluno está fazendo na construção do conhecimento.
  4. 4. Diminuir a Ênfase na Avaliação Classificatória - Avaliação no processo:A avaliação deve ser contínua para que possa cumprir sua função de auxílio ao processo de ensino-aprendizagem,avaliando na hora que precisa ser avaliado, para ajudar o aluno a construir o seu conhecimento. - Crítica à “Prova”: Ruptura com o processo de ensino-aprendizagem; Como está desvinculada do processo ensino-aprendizagem,acaba servindo apenas para classificar o aluno,não tendo repercussão na dinâmica de trabalho em sala de aula. - Não se trata de abolir a Avaliação: Esclarecer que quando se faz crítica à ênfase na avaliação classificatória ou à prova,não se está fazendo crítica à necessidade de avaliação ou a necessidade de produção de conhecimentos e expressão dos educandos.
  5. 5. - Aprender x Tira Nota: O aluno que aprende a nota irá como conseqüência, enquanto que a recíproca não é verdadeira: o aluno que se preocupa com a nota acaba não aprendendo. - Educação Infantil: A avaliação na ed. Infantil se basea pela observação e registro. - Ensino Fundamental e médio: -Ensino Fundamental:mudança radical -> Fim das “Provas” - Séries mais adiantadas: Mudança Paulatina -> Ações Concretas
  6. 6. - A Ortografia é fundamental para a aquisição da escrita, so se aprende novas palavras com o habito de ler. - Continuidade: dia a dia e Avaliação: As avaliações devem conter o mesmo nível de desenvolvimento dos exercícios feito em sala. - Sobre o “ Questionário “ O professor tem que melhorar seu modo de avaliação, modo esse gerações sem mudar e sem sempre passam de ano sabendo a matéria. - Avaliação Sócio- Afetiva Na Avaliação Sócio Afetiva existe vários aspectos: - Desenvolvimento Intelectual - Relacionamento com os colegas e com os professores - Desenvolvimento Afetivo - Organização e Hábitos Pessoais Ortografia: saber grafar x adquirir Sistema de Escrita
  7. 7. Questão da disciplina Auto Avaliação - Nota de participação : A nota de participação nada mais é que uma nota que muitas das vezes o aluno usa para a conquista média na avaliação do bimestre. - Trabalhinho : O trabalhinho vem para aqueles alunos que não conseguiu a media e com a ajuda dos trabalhinhos consegui a nota sem muitas vezes não saber a matéria. - Trabalho em grupo : Muitos professores dão os trabalhos em grupo, sem orientar que cada aluno tem uma parte importante na elaboração dos trabalhos.
  8. 8. Alterar a postura diante dos Resultados da Avaliação - Os professores têm que mudar a forma de avaliar seus alunos. Eles julgam seus alunos que não aprenderam dizendo que estão desinteressados, mas não procuram entender porque não aprenderam. Os educadores precisam explicar, organizar os trabalhos, dar atenção aos alunos que tem dificuldade em aprender. - Importância do erro: o educador deve trabalha com seus erros, para trabalhar os erros de seus alunos. O professor tem medo do seu erro e fala que são os alunos que não querem aprender. - Conselhos de Classe: Devem ser feitos durante o ano, para buscar estratégias para superar os problemas da escola. E ter um enfoque no processo educativo e não somente nos alunos.
  9. 9. - Recuperação: Essa é a saída dos alunos com dificuldade, mas não ajuda os alunos, essa postura do educador de garantir a aprendizagem dos alunos com dificuldade. - Questão de Reprovação: Os alunos que reprovam são aqueles que não atingiram a “nota”, e ela não pode acontecer de surpresa, pois o aluno participou o ano todo e no final não atingiu a nota e deve ser reprovado, mas esse processo não pode acontecer assim dever ter a participação de todos para decidir se irão reprovar o aluno.
  10. 10. Trabalhar na Conscientização da Comunidade Educativa - Construção dos Critérios Comuns: O educador deve lutar para criar uma nova mentalidade, junto com os membros da escola para superar o senso comum a respeito da avaliação, pois a postura comum não significa perda de identidade,mas princípios fundamentais comuns. - Aproveitamento Coletivo:Os educandos devem ser incentivados a terem caráter comunitário,responsabilidade social no processo de conhecimento, para compreender o aproveitamento de cada um depende do aproveitamento de todos e esta tarefa e coletiva.
  11. 11. - Trabalho com a família: a escola deve reciclar e aperfeiçoar sua competência e informar aos pais, a mudança de proposta e prática de avaliação através da prática. - Não se trata de “afrouxar”: A educação libertadora pede um ensino exigente e com sujeitos competentes, para transformar e um ensino extremamente inteligente. - Mudança de Avaliação nos Cursos de Formação de Professores: O futuro professor recebe conceitos de como se deve avaliar seus alunos. E quem trabalha com a formação acadêmica dos novos professores, tem que mudar a prática de avaliar os mesmos.

×