SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
ANO LETIVO 2017/2018
CURSO CEF TURMA: CEF
2º ano Técncias de Distribuição
Ficha de trabalho nº5-
Principais Fontes de
Contaminação dos Alimentos
Aluno: Nº
Prof: Classificação:
UFCD-3296 – Higiene e segurança alimentar
Principais Fontes de Contaminação dos Alimentos
O Homem é portador de bactérias na boca, nariz, mãos, intestinos e pode contaminar os
alimentos quando os manipula, quando tosse ou espirra sobre os alimentos. Os alimentos crus
podem ser “veículos” de contaminação, especialmente as carnes, os mariscos e vegetais. Os
insectos e roedores podem transportar bactérias perigosas e pelos seus hábitos de vida
facilmente contaminam os alimentos. No pêlo dos animais domésticos e nas penas das aves
podem existir bactérias perigosas. Não deve ser permitida a sua entrada ou permanência nos
locais onde se manuseiam alimentos. São considerados alimentos de alto risco – alimentos que
pela sua composição permitem o desenvolvimento rápido das bactérias – as carnes de animais de
talho e carne de aves, ovos, produtos de pastelaria, especialmente bolos com creme e, alguns
molhos e maionese.
Prof: Leonor Alves 1
Enquadramento Legal e Normativo
Com a livre circulação de produtos no espaço comum europeu e, de forma a reforçar a
protecção da saúde pública e, consequentemente, o grau de confiança dos consumidores, a
Actualmente, o Regulamento (CE) n.° 852/2004 (obrigatório a partir de 1 de Janeiro de 2006)
define que os operadores das empresas do sector alimentar devem criar, aplicar e manter um
processo ou processos permanentes baseados nos princípios HACCP
A International Organization for Standadization (ISO) criou, em Setembro de 2005, a ISO 22000,
que define os requisitos para a implementação de Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar,
segundo a Metodologia HACCP.
O HACCP é uma sigla internacionalmente reconhecida para Hazard Analysis and Critical Control
Point ou Análise de Perigos e Controlo de Pontos Críticos.
Prof: Leonor Alves 2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Quimica de-alimentos-agua
Quimica de-alimentos-aguaQuimica de-alimentos-agua
Quimica de-alimentos-aguaVanessa Alonso
 
Tecnicas de conservação de alimentos
Tecnicas de conservação de alimentosTecnicas de conservação de alimentos
Tecnicas de conservação de alimentosCátia Magrinho
 
Doenças transmitidas por alimentos
Doenças transmitidas por alimentosDoenças transmitidas por alimentos
Doenças transmitidas por alimentosNome Sobrenome
 
Doenca transmitida por alimentos dta
Doenca transmitida por alimentos   dtaDoenca transmitida por alimentos   dta
Doenca transmitida por alimentos dtaJuliano Podolan
 
Alimentação saudável trabalho de saúde infantil
Alimentação saudável trabalho de saúde infantilAlimentação saudável trabalho de saúde infantil
Alimentação saudável trabalho de saúde infantilGaby Veloso
 
Projeto de Segurança Alimentar
Projeto de Segurança AlimentarProjeto de Segurança Alimentar
Projeto de Segurança Alimentartammygerbasi
 
Boas Práticas Treinamento de Merendeiras
Boas Práticas Treinamento de MerendeirasBoas Práticas Treinamento de Merendeiras
Boas Práticas Treinamento de MerendeirasGabrielaDias344264
 
Boas praticas de manipulacao com merendeira
Boas praticas de manipulacao com merendeiraBoas praticas de manipulacao com merendeira
Boas praticas de manipulacao com merendeiraCleber Lima
 
Processos de conservação dos alimentos
Processos de conservação dos alimentosProcessos de conservação dos alimentos
Processos de conservação dos alimentosTânia Reis
 
Segurança alimentar
Segurança alimentarSegurança alimentar
Segurança alimentarUERGS
 
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOSGUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOSDennis Moliterno
 
Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1Clelia Picinin
 
Alimentação infantil
Alimentação infantilAlimentação infantil
Alimentação infantillipernnatal
 
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAlvaro Galdos
 
Aula 5 métodos de conservação de alimentos pela adição de soluto
Aula 5 métodos de conservação de alimentos pela adição de solutoAula 5 métodos de conservação de alimentos pela adição de soluto
Aula 5 métodos de conservação de alimentos pela adição de solutoAlvaro Galdos
 
Tecnologia De Alimentos
Tecnologia De AlimentosTecnologia De Alimentos
Tecnologia De Alimentoseducacao f
 
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_epptClc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_epptSILVIA G. FERNANDES
 

Mais procurados (20)

Quimica de-alimentos-agua
Quimica de-alimentos-aguaQuimica de-alimentos-agua
Quimica de-alimentos-agua
 
Tecnicas de conservação de alimentos
Tecnicas de conservação de alimentosTecnicas de conservação de alimentos
Tecnicas de conservação de alimentos
 
Doenças transmitidas por alimentos
Doenças transmitidas por alimentosDoenças transmitidas por alimentos
Doenças transmitidas por alimentos
 
Doenca transmitida por alimentos dta
Doenca transmitida por alimentos   dtaDoenca transmitida por alimentos   dta
Doenca transmitida por alimentos dta
 
Check list escola
Check list  escolaCheck list  escola
Check list escola
 
Alimentação saudável
Alimentação saudávelAlimentação saudável
Alimentação saudável
 
Alimentação saudável trabalho de saúde infantil
Alimentação saudável trabalho de saúde infantilAlimentação saudável trabalho de saúde infantil
Alimentação saudável trabalho de saúde infantil
 
Projeto de Segurança Alimentar
Projeto de Segurança AlimentarProjeto de Segurança Alimentar
Projeto de Segurança Alimentar
 
Boas Práticas Treinamento de Merendeiras
Boas Práticas Treinamento de MerendeirasBoas Práticas Treinamento de Merendeiras
Boas Práticas Treinamento de Merendeiras
 
Boas praticas de manipulacao com merendeira
Boas praticas de manipulacao com merendeiraBoas praticas de manipulacao com merendeira
Boas praticas de manipulacao com merendeira
 
Processos de conservação dos alimentos
Processos de conservação dos alimentosProcessos de conservação dos alimentos
Processos de conservação dos alimentos
 
Segurança alimentar
Segurança alimentarSegurança alimentar
Segurança alimentar
 
Armazenamento dos alimentos
Armazenamento dos alimentosArmazenamento dos alimentos
Armazenamento dos alimentos
 
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOSGUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
GUIA PRÁTICO PARA OS MANIPULADORES DE ALIMENTOS
 
Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1
 
Alimentação infantil
Alimentação infantilAlimentação infantil
Alimentação infantil
 
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentosAula 1 introdução à tecnologia de alimentos
Aula 1 introdução à tecnologia de alimentos
 
Aula 5 métodos de conservação de alimentos pela adição de soluto
Aula 5 métodos de conservação de alimentos pela adição de solutoAula 5 métodos de conservação de alimentos pela adição de soluto
Aula 5 métodos de conservação de alimentos pela adição de soluto
 
Tecnologia De Alimentos
Tecnologia De AlimentosTecnologia De Alimentos
Tecnologia De Alimentos
 
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_epptClc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
Clc 6 culturas de urbanismo e mobilidad_eppt
 

Destaque

Ficha de trabalho nº 2 tec.dist. - empilhadores
Ficha de trabalho nº 2   tec.dist. - empilhadoresFicha de trabalho nº 2   tec.dist. - empilhadores
Ficha de trabalho nº 2 tec.dist. - empilhadoresLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº 3 tec.dist. porta-paletes
Ficha de trabalho nº 3 tec.dist.  porta-paletesFicha de trabalho nº 3 tec.dist.  porta-paletes
Ficha de trabalho nº 3 tec.dist. porta-paletesLeonor Alves
 
Ficha de trabalho filmes e documentários
Ficha de trabalho filmes e documentáriosFicha de trabalho filmes e documentários
Ficha de trabalho filmes e documentáriosLeonor Alves
 
Utilização Do Empilhador
Utilização Do Empilhador Utilização Do Empilhador
Utilização Do Empilhador Turmacef201617
 
Empilhadores(trab. diana cleyde faustino e isaac)
Empilhadores(trab. diana cleyde faustino e isaac)Empilhadores(trab. diana cleyde faustino e isaac)
Empilhadores(trab. diana cleyde faustino e isaac)Turmacef201617
 
Utilização do empilhador
Utilização do empilhadorUtilização do empilhador
Utilização do empilhadorTurmacef201617
 
Grelha de reclamações
Grelha de reclamaçõesGrelha de reclamações
Grelha de reclamaçõesLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº32 spv- os 12 principios da melhoria continua
Ficha de trabalho nº32  spv-  os 12 principios da melhoria continuaFicha de trabalho nº32  spv-  os 12 principios da melhoria continua
Ficha de trabalho nº32 spv- os 12 principios da melhoria continuaLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº22 média aritmetica simples e ponderada.
Ficha de trabalho nº22   média aritmetica simples e ponderada.Ficha de trabalho nº22   média aritmetica simples e ponderada.
Ficha de trabalho nº22 média aritmetica simples e ponderada.Leonor Alves
 
Teste modulo 4 economia- 12-13
Teste modulo 4   economia- 12-13Teste modulo 4   economia- 12-13
Teste modulo 4 economia- 12-13Leonor Alves
 
Ficha de trabalho + resolução
Ficha de trabalho + resoluçãoFicha de trabalho + resolução
Ficha de trabalho + resoluçãoLurdes Augusto
 
Ficha de trabalho nº22 média aritemetica simples e ponderada.
Ficha de trabalho nº22   média aritemetica simples e ponderada.Ficha de trabalho nº22   média aritemetica simples e ponderada.
Ficha de trabalho nº22 média aritemetica simples e ponderada.Leonor Alves
 
Ficha de trabalho nº34 spv- o ciclo pdca
Ficha de trabalho nº34  spv-  o ciclo pdcaFicha de trabalho nº34  spv-  o ciclo pdca
Ficha de trabalho nº34 spv- o ciclo pdcaLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº 15 satisfação clientes
Ficha de trabalho nº 15 satisfação clientesFicha de trabalho nº 15 satisfação clientes
Ficha de trabalho nº 15 satisfação clientesLeonor Alves
 
Teste de avaliação módulo 1
Teste de avaliação módulo 1Teste de avaliação módulo 1
Teste de avaliação módulo 1Leonor Alves
 
Ficha de avaliação b2 unidade b
Ficha de avaliação b2  unidade bFicha de avaliação b2  unidade b
Ficha de avaliação b2 unidade bhelena frança
 
Ficha de trabalho nº 4(17 18)- higiene alimentar
Ficha de trabalho nº 4(17 18)- higiene alimentarFicha de trabalho nº 4(17 18)- higiene alimentar
Ficha de trabalho nº 4(17 18)- higiene alimentarLeonor Alves
 

Destaque (19)

Ficha de trabalho nº 2 tec.dist. - empilhadores
Ficha de trabalho nº 2   tec.dist. - empilhadoresFicha de trabalho nº 2   tec.dist. - empilhadores
Ficha de trabalho nº 2 tec.dist. - empilhadores
 
Ficha de trabalho nº 3 tec.dist. porta-paletes
Ficha de trabalho nº 3 tec.dist.  porta-paletesFicha de trabalho nº 3 tec.dist.  porta-paletes
Ficha de trabalho nº 3 tec.dist. porta-paletes
 
Projeto snider
Projeto sniderProjeto snider
Projeto snider
 
Ficha de trabalho filmes e documentários
Ficha de trabalho filmes e documentáriosFicha de trabalho filmes e documentários
Ficha de trabalho filmes e documentários
 
Utilização Do Empilhador
Utilização Do Empilhador Utilização Do Empilhador
Utilização Do Empilhador
 
Empilhadores(trab. diana cleyde faustino e isaac)
Empilhadores(trab. diana cleyde faustino e isaac)Empilhadores(trab. diana cleyde faustino e isaac)
Empilhadores(trab. diana cleyde faustino e isaac)
 
Utilização do empilhador
Utilização do empilhadorUtilização do empilhador
Utilização do empilhador
 
Croácia (diana)
Croácia (diana)Croácia (diana)
Croácia (diana)
 
Grelha de reclamações
Grelha de reclamaçõesGrelha de reclamações
Grelha de reclamações
 
Ficha de trabalho nº32 spv- os 12 principios da melhoria continua
Ficha de trabalho nº32  spv-  os 12 principios da melhoria continuaFicha de trabalho nº32  spv-  os 12 principios da melhoria continua
Ficha de trabalho nº32 spv- os 12 principios da melhoria continua
 
Ficha de trabalho nº22 média aritmetica simples e ponderada.
Ficha de trabalho nº22   média aritmetica simples e ponderada.Ficha de trabalho nº22   média aritmetica simples e ponderada.
Ficha de trabalho nº22 média aritmetica simples e ponderada.
 
Teste modulo 4 economia- 12-13
Teste modulo 4   economia- 12-13Teste modulo 4   economia- 12-13
Teste modulo 4 economia- 12-13
 
Ficha de trabalho + resolução
Ficha de trabalho + resoluçãoFicha de trabalho + resolução
Ficha de trabalho + resolução
 
Ficha de trabalho nº22 média aritemetica simples e ponderada.
Ficha de trabalho nº22   média aritemetica simples e ponderada.Ficha de trabalho nº22   média aritemetica simples e ponderada.
Ficha de trabalho nº22 média aritemetica simples e ponderada.
 
Ficha de trabalho nº34 spv- o ciclo pdca
Ficha de trabalho nº34  spv-  o ciclo pdcaFicha de trabalho nº34  spv-  o ciclo pdca
Ficha de trabalho nº34 spv- o ciclo pdca
 
Ficha de trabalho nº 15 satisfação clientes
Ficha de trabalho nº 15 satisfação clientesFicha de trabalho nº 15 satisfação clientes
Ficha de trabalho nº 15 satisfação clientes
 
Teste de avaliação módulo 1
Teste de avaliação módulo 1Teste de avaliação módulo 1
Teste de avaliação módulo 1
 
Ficha de avaliação b2 unidade b
Ficha de avaliação b2  unidade bFicha de avaliação b2  unidade b
Ficha de avaliação b2 unidade b
 
Ficha de trabalho nº 4(17 18)- higiene alimentar
Ficha de trabalho nº 4(17 18)- higiene alimentarFicha de trabalho nº 4(17 18)- higiene alimentar
Ficha de trabalho nº 4(17 18)- higiene alimentar
 

Semelhante a Ficha de trabalho nº 5(17 18)- contaminação dos alimentos

i008577 (1).pdf
i008577 (1).pdfi008577 (1).pdf
i008577 (1).pdfNuno374749
 
Elaboração e implementação do manual de segurança alimentar
Elaboração e implementação do manual de segurança alimentarElaboração e implementação do manual de segurança alimentar
Elaboração e implementação do manual de segurança alimentarMário Ferreira
 
Perigos no processamento de alimentos
Perigos no processamento de alimentosPerigos no processamento de alimentos
Perigos no processamento de alimentosPriscilla Macêdo
 
Perigos durante o processamento de alimentos
Perigos durante o processamento de alimentosPerigos durante o processamento de alimentos
Perigos durante o processamento de alimentosPriscilla Macêdo
 
Workshop “Segurança e Higiene Alimentar em Monte Verde
Workshop “Segurança e Higiene Alimentar em Monte VerdeWorkshop “Segurança e Higiene Alimentar em Monte Verde
Workshop “Segurança e Higiene Alimentar em Monte Verdemarclick
 
apostila-controle-de-qualidade-dos-alimentos1627396466.pdf
apostila-controle-de-qualidade-dos-alimentos1627396466.pdfapostila-controle-de-qualidade-dos-alimentos1627396466.pdf
apostila-controle-de-qualidade-dos-alimentos1627396466.pdfAmandaFerreira414130
 
Higiene Pessoal na Industria Alimentar.pdf
Higiene Pessoal na Industria Alimentar.pdfHigiene Pessoal na Industria Alimentar.pdf
Higiene Pessoal na Industria Alimentar.pdfFrancisco Veiga
 
Material de apoio
Material de apoioMaterial de apoio
Material de apoioMekinho20
 
Introdução sobre boas práticas, higiene, microbiologia, rotulagem etc.pptx
Introdução sobre boas práticas, higiene, microbiologia, rotulagem etc.pptxIntrodução sobre boas práticas, higiene, microbiologia, rotulagem etc.pptx
Introdução sobre boas práticas, higiene, microbiologia, rotulagem etc.pptxMikaelleNunes2
 
Controle de qualidade jean paul ducroquet
Controle de qualidade   jean paul ducroquetControle de qualidade   jean paul ducroquet
Controle de qualidade jean paul ducroquetCooplantio
 
Codex alimentarius
Codex alimentariusCodex alimentarius
Codex alimentariusmarcoportela
 
Codexalimentarius 110828085850-phpapp01
Codexalimentarius 110828085850-phpapp01Codexalimentarius 110828085850-phpapp01
Codexalimentarius 110828085850-phpapp01Pierre Travassos
 
Barreiras Sanitárias e Comércio Internacional
Barreiras Sanitárias e Comércio InternacionalBarreiras Sanitárias e Comércio Internacional
Barreiras Sanitárias e Comércio InternacionalPaulo Fernando Mota
 
ApresentaçãO Estagio 2008
ApresentaçãO Estagio 2008ApresentaçãO Estagio 2008
ApresentaçãO Estagio 2008tonyeu
 
Implementação do Sistema HACCP numa Queijaria
Implementação do Sistema HACCP numa QueijariaImplementação do Sistema HACCP numa Queijaria
Implementação do Sistema HACCP numa QueijariaLara Amorim
 

Semelhante a Ficha de trabalho nº 5(17 18)- contaminação dos alimentos (20)

HACCP_PowerPoint.pptx
HACCP_PowerPoint.pptxHACCP_PowerPoint.pptx
HACCP_PowerPoint.pptx
 
i008577 (1).pdf
i008577 (1).pdfi008577 (1).pdf
i008577 (1).pdf
 
Elaboração e implementação do manual de segurança alimentar
Elaboração e implementação do manual de segurança alimentarElaboração e implementação do manual de segurança alimentar
Elaboração e implementação do manual de segurança alimentar
 
Perigos no processamento de alimentos
Perigos no processamento de alimentosPerigos no processamento de alimentos
Perigos no processamento de alimentos
 
Perigos durante o processamento de alimentos
Perigos durante o processamento de alimentosPerigos durante o processamento de alimentos
Perigos durante o processamento de alimentos
 
1456
14561456
1456
 
Códigos de Boas Práticas.ppt
Códigos de Boas Práticas.pptCódigos de Boas Práticas.ppt
Códigos de Boas Práticas.ppt
 
Workshop “Segurança e Higiene Alimentar em Monte Verde
Workshop “Segurança e Higiene Alimentar em Monte VerdeWorkshop “Segurança e Higiene Alimentar em Monte Verde
Workshop “Segurança e Higiene Alimentar em Monte Verde
 
apostila-controle-de-qualidade-dos-alimentos1627396466.pdf
apostila-controle-de-qualidade-dos-alimentos1627396466.pdfapostila-controle-de-qualidade-dos-alimentos1627396466.pdf
apostila-controle-de-qualidade-dos-alimentos1627396466.pdf
 
Higiene Pessoal na Industria Alimentar.pdf
Higiene Pessoal na Industria Alimentar.pdfHigiene Pessoal na Industria Alimentar.pdf
Higiene Pessoal na Industria Alimentar.pdf
 
Material de apoio
Material de apoioMaterial de apoio
Material de apoio
 
Introdução sobre boas práticas, higiene, microbiologia, rotulagem etc.pptx
Introdução sobre boas práticas, higiene, microbiologia, rotulagem etc.pptxIntrodução sobre boas práticas, higiene, microbiologia, rotulagem etc.pptx
Introdução sobre boas práticas, higiene, microbiologia, rotulagem etc.pptx
 
Controle de qualidade jean paul ducroquet
Controle de qualidade   jean paul ducroquetControle de qualidade   jean paul ducroquet
Controle de qualidade jean paul ducroquet
 
Codex alimentarius
Codex alimentariusCodex alimentarius
Codex alimentarius
 
Codexalimentarius 110828085850-phpapp01
Codexalimentarius 110828085850-phpapp01Codexalimentarius 110828085850-phpapp01
Codexalimentarius 110828085850-phpapp01
 
Barreiras Sanitárias e Comércio Internacional
Barreiras Sanitárias e Comércio InternacionalBarreiras Sanitárias e Comércio Internacional
Barreiras Sanitárias e Comércio Internacional
 
ApresentaçãO Estagio 2008
ApresentaçãO Estagio 2008ApresentaçãO Estagio 2008
ApresentaçãO Estagio 2008
 
Segurancaalimentarescola
SegurancaalimentarescolaSegurancaalimentarescola
Segurancaalimentarescola
 
Apostilaproctecnalim 2015
Apostilaproctecnalim 2015Apostilaproctecnalim 2015
Apostilaproctecnalim 2015
 
Implementação do Sistema HACCP numa Queijaria
Implementação do Sistema HACCP numa QueijariaImplementação do Sistema HACCP numa Queijaria
Implementação do Sistema HACCP numa Queijaria
 

Mais de Leonor Alves

Ficha de trabalho cpv- m7
Ficha de trabalho   cpv- m7Ficha de trabalho   cpv- m7
Ficha de trabalho cpv- m7Leonor Alves
 
Aulas previstas totais ano letivo 18 19 (2) - principal
Aulas previstas totais ano letivo 18 19 (2) - principalAulas previstas totais ano letivo 18 19 (2) - principal
Aulas previstas totais ano letivo 18 19 (2) - principalLeonor Alves
 
Ficha de trabalho m8- cv - atendimento
Ficha de trabalho m8- cv  -  atendimentoFicha de trabalho m8- cv  -  atendimento
Ficha de trabalho m8- cv - atendimentoLeonor Alves
 
As 7 etapas do processo de vendas
As 7 etapas do processo de vendasAs 7 etapas do processo de vendas
As 7 etapas do processo de vendasLeonor Alves
 
Comida tipica portuguesa
Comida tipica portuguesaComida tipica portuguesa
Comida tipica portuguesaLeonor Alves
 
Dia da europa 2018
Dia da europa 2018Dia da europa 2018
Dia da europa 2018Leonor Alves
 
20 perguntas de sociologia
20 perguntas de sociologia20 perguntas de sociologia
20 perguntas de sociologiaLeonor Alves
 
Manual de primeiros socorros
Manual de primeiros socorrosManual de primeiros socorros
Manual de primeiros socorrosLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº 1 técnicas de distribuição -Equipamentos
Ficha de trabalho nº 1   técnicas de distribuição -EquipamentosFicha de trabalho nº 1   técnicas de distribuição -Equipamentos
Ficha de trabalho nº 1 técnicas de distribuição -EquipamentosLeonor Alves
 
Artefacto 2 aprendizagem cooperativa e colaborativa
Artefacto 2  aprendizagem cooperativa e colaborativaArtefacto 2  aprendizagem cooperativa e colaborativa
Artefacto 2 aprendizagem cooperativa e colaborativaLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº46 spv-destino dos rsu
Ficha de trabalho nº46 spv-destino dos rsuFicha de trabalho nº46 spv-destino dos rsu
Ficha de trabalho nº46 spv-destino dos rsuLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº46 spv-agencia do ambiente
Ficha de trabalho nº46 spv-agencia do ambienteFicha de trabalho nº46 spv-agencia do ambiente
Ficha de trabalho nº46 spv-agencia do ambienteLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº44 spv-gestão de residuos
Ficha de trabalho nº44 spv-gestão de residuosFicha de trabalho nº44 spv-gestão de residuos
Ficha de trabalho nº44 spv-gestão de residuosLeonor Alves
 
Como elaborar um trabalho escrito
Como elaborar um trabalho escritoComo elaborar um trabalho escrito
Como elaborar um trabalho escritoLeonor Alves
 
Como colocar postagens no blog
Como colocar postagens no blogComo colocar postagens no blog
Como colocar postagens no blogLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº40 spv-grelha de reclamação
Ficha de trabalho nº40  spv-grelha de reclamaçãoFicha de trabalho nº40  spv-grelha de reclamação
Ficha de trabalho nº40 spv-grelha de reclamaçãoLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº39 spv-gestão de reclamações
Ficha de trabalho nº39  spv-gestão de reclamaçõesFicha de trabalho nº39  spv-gestão de reclamações
Ficha de trabalho nº39 spv-gestão de reclamaçõesLeonor Alves
 
Ficha de trabalho nº38 spv-elementos do serviço ao cliente
Ficha de trabalho nº38  spv-elementos do serviço ao clienteFicha de trabalho nº38  spv-elementos do serviço ao cliente
Ficha de trabalho nº38 spv-elementos do serviço ao clienteLeonor Alves
 

Mais de Leonor Alves (20)

Ficha de trabalho cpv- m7
Ficha de trabalho   cpv- m7Ficha de trabalho   cpv- m7
Ficha de trabalho cpv- m7
 
Aulas previstas totais ano letivo 18 19 (2) - principal
Aulas previstas totais ano letivo 18 19 (2) - principalAulas previstas totais ano letivo 18 19 (2) - principal
Aulas previstas totais ano letivo 18 19 (2) - principal
 
Ficha de trabalho m8- cv - atendimento
Ficha de trabalho m8- cv  -  atendimentoFicha de trabalho m8- cv  -  atendimento
Ficha de trabalho m8- cv - atendimento
 
As 7 etapas do processo de vendas
As 7 etapas do processo de vendasAs 7 etapas do processo de vendas
As 7 etapas do processo de vendas
 
Soc
SocSoc
Soc
 
Comida tipica portuguesa
Comida tipica portuguesaComida tipica portuguesa
Comida tipica portuguesa
 
Dia da europa 2018
Dia da europa 2018Dia da europa 2018
Dia da europa 2018
 
20 perguntas de sociologia
20 perguntas de sociologia20 perguntas de sociologia
20 perguntas de sociologia
 
Manual de primeiros socorros
Manual de primeiros socorrosManual de primeiros socorros
Manual de primeiros socorros
 
Ficha de trabalho nº 1 técnicas de distribuição -Equipamentos
Ficha de trabalho nº 1   técnicas de distribuição -EquipamentosFicha de trabalho nº 1   técnicas de distribuição -Equipamentos
Ficha de trabalho nº 1 técnicas de distribuição -Equipamentos
 
Artefacto 2 aprendizagem cooperativa e colaborativa
Artefacto 2  aprendizagem cooperativa e colaborativaArtefacto 2  aprendizagem cooperativa e colaborativa
Artefacto 2 aprendizagem cooperativa e colaborativa
 
Ficha de trabalho nº46 spv-destino dos rsu
Ficha de trabalho nº46 spv-destino dos rsuFicha de trabalho nº46 spv-destino dos rsu
Ficha de trabalho nº46 spv-destino dos rsu
 
Ficha de trabalho nº46 spv-agencia do ambiente
Ficha de trabalho nº46 spv-agencia do ambienteFicha de trabalho nº46 spv-agencia do ambiente
Ficha de trabalho nº46 spv-agencia do ambiente
 
Ficha de trabalho nº44 spv-gestão de residuos
Ficha de trabalho nº44 spv-gestão de residuosFicha de trabalho nº44 spv-gestão de residuos
Ficha de trabalho nº44 spv-gestão de residuos
 
Como elaborar um trabalho escrito
Como elaborar um trabalho escritoComo elaborar um trabalho escrito
Como elaborar um trabalho escrito
 
Como colocar postagens no blog
Como colocar postagens no blogComo colocar postagens no blog
Como colocar postagens no blog
 
Workshop convite
Workshop conviteWorkshop convite
Workshop convite
 
Ficha de trabalho nº40 spv-grelha de reclamação
Ficha de trabalho nº40  spv-grelha de reclamaçãoFicha de trabalho nº40  spv-grelha de reclamação
Ficha de trabalho nº40 spv-grelha de reclamação
 
Ficha de trabalho nº39 spv-gestão de reclamações
Ficha de trabalho nº39  spv-gestão de reclamaçõesFicha de trabalho nº39  spv-gestão de reclamações
Ficha de trabalho nº39 spv-gestão de reclamações
 
Ficha de trabalho nº38 spv-elementos do serviço ao cliente
Ficha de trabalho nº38  spv-elementos do serviço ao clienteFicha de trabalho nº38  spv-elementos do serviço ao cliente
Ficha de trabalho nº38 spv-elementos do serviço ao cliente
 

Último

Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoDjalmadeAndrade2
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfGiza Carla Nitz
 
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadSlide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadJordanPrazeresFreita1
 
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIASAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIAArtthurPereira2
 
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxEnfaVivianeCampos
 
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdfAula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdfGiza Carla Nitz
 
372589790-Aula-10-Fios-de-Sutura.aulafiospptx
372589790-Aula-10-Fios-de-Sutura.aulafiospptx372589790-Aula-10-Fios-de-Sutura.aulafiospptx
372589790-Aula-10-Fios-de-Sutura.aulafiospptxpatrcialibreloto
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfAula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAndersonMoreira538200
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 4- Biologia Celular - Membrana Plasmática. pptx.pdf
Aula 4- Biologia Celular - Membrana Plasmática. pptx.pdfAula 4- Biologia Celular - Membrana Plasmática. pptx.pdf
Aula 4- Biologia Celular - Membrana Plasmática. pptx.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 2.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo -  PARTE 2.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo -  PARTE 2.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 2.pdfGiza Carla Nitz
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfamaroalmeida74
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdfAula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdfGiza Carla Nitz
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfRodrigoSimonato2
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfmarrudo64
 

Último (20)

Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalho
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
 
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para DownloadSlide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
Slide sobre Estruturalismo - Disponível para Download
 
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIASAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
SAUDE E SEGURANNÇA DO TRABALHO E EPIDEMIOLOGIA
 
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
 
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdfAula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
 
372589790-Aula-10-Fios-de-Sutura.aulafiospptx
372589790-Aula-10-Fios-de-Sutura.aulafiospptx372589790-Aula-10-Fios-de-Sutura.aulafiospptx
372589790-Aula-10-Fios-de-Sutura.aulafiospptx
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
 
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
 
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdfAula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
Aula 7 - Sistema Linfático - Anatomia humana.pdf
 
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Médica -Organização, Estrutura, Funcionamento.pdf
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
 
Aula 4- Biologia Celular - Membrana Plasmática. pptx.pdf
Aula 4- Biologia Celular - Membrana Plasmática. pptx.pdfAula 4- Biologia Celular - Membrana Plasmática. pptx.pdf
Aula 4- Biologia Celular - Membrana Plasmática. pptx.pdf
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 2.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo -  PARTE 2.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo -  PARTE 2.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 2.pdf
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
 
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdfAula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
 

Ficha de trabalho nº 5(17 18)- contaminação dos alimentos

  • 1. ANO LETIVO 2017/2018 CURSO CEF TURMA: CEF 2º ano Técncias de Distribuição Ficha de trabalho nº5- Principais Fontes de Contaminação dos Alimentos Aluno: Nº Prof: Classificação: UFCD-3296 – Higiene e segurança alimentar Principais Fontes de Contaminação dos Alimentos O Homem é portador de bactérias na boca, nariz, mãos, intestinos e pode contaminar os alimentos quando os manipula, quando tosse ou espirra sobre os alimentos. Os alimentos crus podem ser “veículos” de contaminação, especialmente as carnes, os mariscos e vegetais. Os insectos e roedores podem transportar bactérias perigosas e pelos seus hábitos de vida facilmente contaminam os alimentos. No pêlo dos animais domésticos e nas penas das aves podem existir bactérias perigosas. Não deve ser permitida a sua entrada ou permanência nos locais onde se manuseiam alimentos. São considerados alimentos de alto risco – alimentos que pela sua composição permitem o desenvolvimento rápido das bactérias – as carnes de animais de talho e carne de aves, ovos, produtos de pastelaria, especialmente bolos com creme e, alguns molhos e maionese. Prof: Leonor Alves 1
  • 2. Enquadramento Legal e Normativo Com a livre circulação de produtos no espaço comum europeu e, de forma a reforçar a protecção da saúde pública e, consequentemente, o grau de confiança dos consumidores, a Actualmente, o Regulamento (CE) n.° 852/2004 (obrigatório a partir de 1 de Janeiro de 2006) define que os operadores das empresas do sector alimentar devem criar, aplicar e manter um processo ou processos permanentes baseados nos princípios HACCP A International Organization for Standadization (ISO) criou, em Setembro de 2005, a ISO 22000, que define os requisitos para a implementação de Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar, segundo a Metodologia HACCP. O HACCP é uma sigla internacionalmente reconhecida para Hazard Analysis and Critical Control Point ou Análise de Perigos e Controlo de Pontos Críticos. Prof: Leonor Alves 2