Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto                            Curso de Doutoramento em Arte e Design       ...
ÍNDICE DA DEFESA DA PROPOSTA DE PROJECTO DE TESE                                           1.                 • Pergunta/p...
1. PROBLEMA DE INVESTIGAÇÃO           O problema é o seguinte:Quais os princípios, ao nível gráfico e de interação, que o ...
1. PROBLEMA DE INVESTIGAÇÃO          Interrogações iniciais...                     Quais as características mais apropriad...
2. PERTINÊNCIA DA INVESTIGAÇÃO PROPOSTAUma investigação como a que aqui se propõe reveste-se de pertinência por estas razõ...
3. OBJECTIVOS DA INVESTIGAÇÃO PROPOSTAA presente proposta de Projecto de Tese reveste-se de objectivos específicose de obj...
4. IDENTIFICAÇÃO DOS OBJECTOS DE ESTUDO                                                             Séniores1. O público-a...
4. IDENTIFICAÇÃO DOS OBJECTOS DE ESTUDO                                                             Interface do Meo2. A t...
4. IDENTIFICAÇÃO DOS OBJECTOS DE ESTUDO                                                     Marca iNeighbour TV3. A aplica...
5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTAS          As Metodologias de Investigação previstas dividem-se em:            Rec...
5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTASRecolha de dados - Fase 1Dedicada à:• Construcção do enquadramento teórico;• Revi...
5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTASRecolha de dados - Fase 2Fase experimental, dedicada à construcção e teste de pro...
5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTASRecolha de dados - Fase 2Depois da realização dos testes de interacção e Usabilid...
5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTASTratamento de dados1. Segmentar temáticamente os dados recolhidos (Árvore de tema...
6. ÁREAS DE INVESTIGAÇÃO E TEMAS CIENTÍFICOSOs temas e áreas de investigação científica da nossa proposta são os seguintes...
7. TRABALHO JÁ REALIZADO - PRIMEIRA REVISÃO DE LITERATURAVerificou-se a existência de trabalho já desenvolvido por outros ...
7. TRABALHO JÁ REALIZADO - PRIMEIRA REVISÃO DE LITERATURAE o que é que se verificou com esta primeira Revisão de Literatur...
Muito obrigado!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Defesa da Proposta de Projecto de Tese

1.776 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.776
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Defesa da Proposta de Projecto de Tese

  1. 1. Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto Curso de Doutoramento em Arte e Design Doutorando Leonardo Pereira PRINCÍPIOS ORIENTADORES DE DESIGN Tutor DE INTERFACES, PARA APLICAÇÕES DE Professor Doutor JorgeTrinidad Ferraz de Abreu IPTV ORIENTADAS PARA PÚBLICOS SÉNIORES PORTUGUESES Defesa e Apresentação de Proposta de Projecto de Tese | Prova de Aferição Porto • 26 de Maio de 2011
  2. 2. ÍNDICE DA DEFESA DA PROPOSTA DE PROJECTO DE TESE 1. • Pergunta/problema de Investigação proposto • 2. • Pertinência da Investigação proposta • 3. • Objectivos da investigação proposta • 4. • Identificação dos objectos de estudo • 5. • Metodologias de investigação previstas • 6. • Áreas de Investigação e temas científicos • 7. • Trabalho já realizado - Primeira Revisão de Literatura •
  3. 3. 1. PROBLEMA DE INVESTIGAÇÃO O problema é o seguinte:Quais os princípios, ao nível gráfico e de interação, que o Design das interfaces de aplicações para IPTV (Internet Protocol Television) deve seguir, por forma a que as interfaces se adequem mais eficazmente aos requisitos especiais que caracterizam os utilizadores séniores, neste caso, portugueses?
  4. 4. 1. PROBLEMA DE INVESTIGAÇÃO Interrogações iniciais... Quais as características mais apropriadas: • das Tipografias? • dos tamanhos das Tipografias e dos elementos gráficos? • das cores e suas combinações? • das representações gráfica dos elementos das interfaces? • dos esquemas de interacção? • das transições entre ecrãs? • dos destaques de interação? • dos passos de interacção que devem existir para se executar uma tarefa? • da localização no ecrã e telecomando dos diferentes elementos da interface? entre outras...
  5. 5. 2. PERTINÊNCIA DA INVESTIGAÇÃO PROPOSTAUma investigação como a que aqui se propõe reveste-se de pertinência por estas razões:• Pelo actual fenómeno de envelhecimento generalizado da população humana mundial; Em Portugal: Menos natalidade Menos mortalidade Mais esperança de vida• Pela inexistência de trabalho de investigação nesta área em Portugal;• Pelo combate que representa ao fenómeno de exclusão dos séniores da Sociedade de Informação digital contemporânea;• Pelo potencial de dividendos comerciais que podem advir de productos para este público.
  6. 6. 3. OBJECTIVOS DA INVESTIGAÇÃO PROPOSTAA presente proposta de Projecto de Tese reveste-se de objectivos específicose de objectivos de carácter geral:• Objectivos específicos:Enunciar um conjunto de PODs de Interfaces de aplicações para IPTV, que elevem o graude Usabilidade que os séniores experimentam na sua interacção com as mesmas aplicações;Aplicar e validar o nosso estudo teórico no projecto “iNeighbour TV” em desenvolvimento por ,investigadores do Centro de Estudos das Tecnologias e Ciências da Comunicação (Aveiro).• Objectivos de carácter geral:Demonstrar que o Design de Comunicação pode contribuir para a melhoria da qualidade de vidadaqueles que padecem de necessidades específicas (não é apenas grafismo ou estética);Contribuir para a integração dos séniores no mundo da comunicação digital, do qualestes geralmente se excluem.
  7. 7. 4. IDENTIFICAÇÃO DOS OBJECTOS DE ESTUDO Séniores1. O público-alvo a quem se destinam as interfaces em estudo, ou seja, a população sénior. A população sénior será alvo de estudo em características do envelhecimento humano: • Características físicas - (degradação do controlo motor); • Características cognitívas - (degradação da memória); • Características sensoriais - (degradação da visão e audição); • Características culturais - (iliteracia digital).
  8. 8. 4. IDENTIFICAÇÃO DOS OBJECTOS DE ESTUDO Interface do Meo2. A tipologia de interfaces utilizada em aplicações de IPTV, ou seja, Interfaces de iTV assentes em televisores e controlados por telecomando. Tendo em conta os séniores estas serão alvo de estudo em relação às características das seguintes componentes: Componentes Gráficas da interface: Componentes de Interacção da interface: • Menús de interacção; • Passos de Interacção; • Os ícones e logos; • Os avisos, alertas e pedidos de confirmação; • Os elementos tipográficos; • As ajudas de Interacção; • Os fundos; • Métodos de navegação e selecção; • Etc... • As transições entre ecrãs; • Etc... Já parcialmente realizada com a Primeira Revisão de Literatura!
  9. 9. 4. IDENTIFICAÇÃO DOS OBJECTOS DE ESTUDO Marca iNeighbour TV3. A aplicação de IPTV iNeighbour TV, aplicação na qual tencionamos aplicar e validar os resultados da nossa investigação. Esta aplicação permitirá estudar: • As características das componentes das interfaces antes identificadas no segundo objecto de estudo num cenário de teste prático; • As limitações impostas ao Design das interfaces pelos componentes tecnológicos de aplicações de IPTV (ainda por identificar).
  10. 10. 5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTAS As Metodologias de Investigação previstas dividem-se em: Recolha de dados Tratamento de dados
  11. 11. 5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTASRecolha de dados - Fase 1Dedicada à:• Construcção do enquadramento teórico;• Revisão de literatura (já iniciada).Prevemos que a recolha assentará nos seguintes métodos de recolha:• Leituras exploratórias;• Fichas de leitura de artigos científicos, dissertações, teses e literatura técnica especializada;• Inquéritos por entrevista a profissionais, especialistas, teóricos e académicos de áreas de interesse para esta investigação: • Gerontologia; • Design de Interfaces para séniores.
  12. 12. 5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTASRecolha de dados - Fase 2Fase experimental, dedicada à construcção e teste de protótipos de interface, protótiposesses com duas tipologias:• Protótipos Experimentais Protótipos que usem os PODs originados pela rev. de literatura e inquéritos antes realizados;• Protótipos de Controlo Protótipos que não usem os referidos PODs.Posteriormente serão feitos:• Testes de interacção e usabilidade dos protótipos junto de uma amostra do Público Alvo;Possíveis métodos de recolha de dados:• Observação directa do investigador;• Registo automático das interacções;• Observação indirecta (registo av da interacção do utilizador com a aplicação no ecrã);• Diário de bordo a ser entregue e a ser “preenchido“ pelos utilizadores.
  13. 13. 5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTASRecolha de dados - Fase 2Depois da realização dos testes de interacção e Usabilidade...Consideram-se os possíveis métodos de recolha de dados:• Aplicação de Inquérito por questionário - Aplicado por via indirecta; Com vista à recolha de dados e opiniões.• Criação de Focus Groups Formação de grupos de discussão entre o investigador e indivíduos da amostra.
  14. 14. 5. METODOLOGIAS DE INVESTIGAÇÃO PREVISTASTratamento de dados1. Segmentar temáticamente os dados recolhidos (Árvore de temas);2. Depois faremos a interpretação, análise e tratamento dos dados em duas vertentes: • Quantitativa; • Qualitativa.A necessidade das duas referidas vertentes prende-se com o facto de os fenómenos, comporta-mentos e opiniões a observar serem tanto de natureza quantitativa como de natureza qualitativa.
  15. 15. 6. ÁREAS DE INVESTIGAÇÃO E TEMAS CIENTÍFICOSOs temas e áreas de investigação científica da nossa proposta são os seguintes:• Design de Interfaces digitais para séniores:O Público-alvo das interfaces em causa determina a necessidade de se extrair, de outras vias deinvestigação situadas na mesma problemática, dados e conhecimentos já existentes e validados.• Gerontologia:A Gerontologia será outro tema científico, uma vez que será a partir das restrições impostas peloenvelhecimento que serão constituídos os referidos PODs de Interfaces orientados para séniores.• Usabilidade:A Usabilidade será abordada enquanto medida do grau de facilidade e conforto com que osséniores interagem com uma aplicação por meio das interfaces onde sejam aplicados os PODsque venhamos a propor.
  16. 16. 7. TRABALHO JÁ REALIZADO - PRIMEIRA REVISÃO DE LITERATURAVerificou-se a existência de trabalho já desenvolvido por outros investigadores emproblemas situados na mesma problemática que o nosso:• Professor Alexander Carmichael - Design de Interfaces de iTV para séniores; Style Guide for the design of interactive television services for elderly viewers.• Arthur Fisk et Al - Design de Interfaces para séniores; Designing for Older Adults. Principles and Creative Human Factors Approaches.• Robert Johnson & Simon Kent - Design de Interfaces de aplicações web para séniores; Designing universal access: web-applications for the elderly and disabled.• Mark Rice & Norman Alm - Design de Interfaces de iTV para séniores; Designing new interfaces for digital interactive television usable by older adults.• Marianna Obrist et Al - Design de Interfaces de iTV para séniores; Focusing on elderly: an iTV usability evaluation study with eye-tracking.• Mary Zajicek - Design de Interfaces para séniores. Interface design for older adults.
  17. 17. 7. TRABALHO JÁ REALIZADO - PRIMEIRA REVISÃO DE LITERATURAE o que é que se verificou com esta primeira Revisão de Literatura?• Que designers que queiram desenvolver interfaces digitais para séniores têm de conhecer as limitações e características dos séniores para se garantir a Usabilidade;• Que as limitações dos séniores extravasam as típicas limitações sensoriais que lhes associamos. Acrescem a motora, cultural, cognitiva;• Que os autores estudados apontam já alguns PODs que extravasam o grafismo e a interacção; Acrescem as componentes de áudio, terminologias, entre outras...• Que em relação aos séniores nacionais não existe nenhum estudo do género; Necessidade de verificar se resultados dos estudos estrangeiros são aplicáveis aos nossos séniores;• Que em nenhum dos autores consultados se faz qualquer referência à componente estética. Necessidade de suprir esta lacuna;
  18. 18. Muito obrigado!

×