Pensamento Sistêmicopara Apoio ao PlanoDiretorAudiência Pública“Não nos serve mais apenas novos processos ou novastecnolog...
http://pspcplanodiretorcapaobonitodosul.wordpress.com/
www.sistemico.com.brcontato@sistemico.com.brpolar@polar-ambiental.com.brAurélio L. AndradeAnalista de sistemas e mestre em...
Agenda do dia18:00 – Inicialização18:15 – Contexto do projeto18:30 – O projeto passo a passo18:35 – R1 – Desafio Visionári...
EventosPadrões deComportamentoEstruturaSistêmicaModelosMentais
Método Sistêmico1) Definir um Desafio Visionário2) Apresentar a História Através de Eventos3) Identificar os Fatores e Var...
R’ Data Horas Formato Atividade em Capão Bonito do Sul1 18/fev 8hPresencial Definição dos Desafios VisionáriosApresentação...
Co-criadores
Co-criadores
Desafio Visionário“Ser um municípiocom visão inovadorade desenvolvimento e sustentabilidadeequilibrando passado com futuro...
série histórica1889 povoamento e fundação de capão bonito1950o nome Capão Bonito do Sul se deu em consonância ao capão de ...
série histórica1889 povoamento e fundação de capão bonito1950o nome Capão Bonito do Sul se deu em consonância ao capão de ...
Dimensões evariáveis da vida domunicípio
Padrões decomportamento(gráficos)
Padrões decomportamento(gráficos)
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
Modelos mentaisPrefeito"É preciso doar-se para ser bomprefeito""Desejo que onosso municípiocresça"Vereadores"Eu quero amud...
Modelos mentaisPrefeito"É preciso doar-se para ser bomprefeito""Desejo que onosso municípiocresça"Vereadores"Eu quero amud...
Abundância de águacom qualidadeFalta de água(qualidade/quantidade)Má qualidade deEnsino formal etécnicoÓtima qualidade deE...
Abundância de águacom qualidadeFalta de água(qualidade/quantidade)Má qualidade deEnsino formal etécnicoÓtima qualidade deE...
Abundância de águacom qualidadeFalta de água(qualidade/quantidade)Má qualidade deEnsino formal etécnicoÓtima qualidade deE...
Abundância de águacom qualidadeFalta de água(qualidade/quantidade)Má qualidade deEnsino formal etécnicoÓtima qualidade deE...
Diretrizes para PlanoDiretor• O depositário das conclusõesMapa sistêmicoModelos mentaisCenáriosMemóriasExemplos de planosd...
O que é o Plano DiretorO Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01) instituiu oPlano Diretor como o instrumento básico dapolítica ...
O que é o Plano DiretorOs Planos Diretores têm como objetivo organizarsistematicamente os aspectos físicos, econômicos eso...
O que é o Plano DiretorOs Planos Diretores devemnecessariamente conectar-se aosoutros instrumentos deplanejamento: o PPA, ...
EstratégiasRobustas• Ampliar as vagas de ensino técnico e dar abertura de oportunidades nomunicípio• Buscar novos modelos ...
EstratégiasRobustas• Ampliar as vagas de ensino técnico e dar abertura de oportunidades nomunicípio• Buscar novos modelos ...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQua...
Professores"Se houvesse maisajuda da famíliaseria muito melhor""O futuro épreocupante"Investir em constanteatualização e q...
ProdutoresColonizadores“como que Tapejaraé desenvolvida eCBS não?”Melhorar a qualidade decomunicação e integração entreato...
População”quanto menosgente de fora vier,melhor”“os que vem de foraque não venham daropinião aqui”Realizar dois eventos an...
Modelos MentaisCríticosPrefeito"É preciso doar-se para ser bomprefeito"Otimizar o uso do tempo doprefeito priorizando ativ...
Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul1. Eixo Estratégico 1 – Estrutura Urbana1. Elaborar um plano de regularizaç...
Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul2. Eixo Estratégico 2 – Preservação eConservação Ambiental1. Constituir o S...
Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul3. Eixo Estratégico 3 – Desenvolvimento Social1. Estabelecer um programa de...
Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul4. Eixo Estratégico 4 – DesenvolvimentoCultural1. Planejar e implantar uma ...
Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul5. Eixo Estratégico 5 – DesenvolvimentoEconômico1. Elaborar um plano de des...
Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul6. Eixo Estratégico 6 – DesenvolvimentoInstitucional e Gestão Pública1. Rea...
“Talvez, pela primeira vez na história,a humanidade tenha a capacidade de criarmuito mais informações do que o homempode a...
Pspc r6 audiência pública cbs rs blog
Pspc r6 audiência pública cbs rs blog
Pspc r6 audiência pública cbs rs blog
Pspc r6 audiência pública cbs rs blog
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pspc r6 audiência pública cbs rs blog

402 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
402
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
170
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pspc r6 audiência pública cbs rs blog

  1. 1. Pensamento Sistêmicopara Apoio ao PlanoDiretorAudiência Pública“Não nos serve mais apenas novos processos ou novastecnologias. Precisamos de novas habilidades e capacidades.Novas maneiras de perceber, sentir e comunicar o mundo.Precisamos de um conjunto renovado de valores.Aurélio L. Andrade. Pensamento Sistêmico: Caderno de Campo.
  2. 2. http://pspcplanodiretorcapaobonitodosul.wordpress.com/
  3. 3. www.sistemico.com.brcontato@sistemico.com.brpolar@polar-ambiental.com.brAurélio L. AndradeAnalista de sistemas e mestre em engenharia de produçãoAutor do livro Pensamento Sistêmico Caderno de CampoLeonardo R. F. MarquesPsicólogo e especialista em sustentabilidade integralFacilitador em metodologias sistêmicasDaniele ChavesQuímica egestora de projetos
  4. 4. Agenda do dia18:00 – Inicialização18:15 – Contexto do projeto18:30 – O projeto passo a passo18:35 – R1 – Desafio Visionário, História18:45 – R2 – Padrões de comportamento, Gráficos18:55 – R3 – Mapa Sistêmico19:15 – R4 – Modelos Mentais e Cenários19:30 – R5 – Diretrizes de Plano19:45 – Diálogos20:00 – Encerramento
  5. 5. EventosPadrões deComportamentoEstruturaSistêmicaModelosMentais
  6. 6. Método Sistêmico1) Definir um Desafio Visionário2) Apresentar a História Através de Eventos3) Identificar os Fatores e Variáveis Chave4) Traçar os Padrões de Comportamento5) Desenhar a Estrutura Sistêmica6) Identificar Modelos Mentais7) Planejar Cenários8) Definir Direcionadores Estratégicos, Políticas eDiretrizes, Reprojetar o Sistema e Planejar Ações
  7. 7. R’ Data Horas Formato Atividade em Capão Bonito do Sul1 18/fev 8hPresencial Definição dos Desafios VisionáriosApresentação da História por meio de EventosIdentificação dos Fatores-chave1A 2hÀ distância Definição das variáveis e organização da coleta de dados Coleta dedados; coleta de conhecimento; desenho de pré-mapas2 27/fev 8hPresencial Conscientização sobre padrões de comportamentoDesenvolvimento do mapa sistêmico2A 8hÀ distância Refinamento do mapa sistêmico3 20/mar 8hPresencial(início 10h)Apresentação e refinamento do mapa sistêmicoIdentificação dos modelos mentais3A 4hPresencial oue/ou distânciaRefinamento do mapa sistêmico com modelos mentais4 1/abr 8hPresencial Cenários4A 4hÀ distância Refinamento dos cenários5 15/abr 8hPresencial Desenvolver Visão de FuturoElaborar Direcionadores Estratégicos5A 4hPresenciale/ou distânciaRefinamento da Visão de Futuro e dos Direcionadores EstratégicosPublicação dos resultados6 06/mai Presencial Apresentação pública dos resultados alcançados
  8. 8. Co-criadores
  9. 9. Co-criadores
  10. 10. Desafio Visionário“Ser um municípiocom visão inovadorade desenvolvimento e sustentabilidadeequilibrando passado com futuroatravés de trabalho e união”
  11. 11. série histórica1889 povoamento e fundação de capão bonito1950o nome Capão Bonito do Sul se deu em consonância ao capão de matodas proximidades do povoado, onde houve combate de tropas rivais etambém serviu como refúgio dos índios1950 criação da primeira escola rural. Primeiro professor Mário Frizzo1950 primeiro carro de CBS1950 granja do Genervino Pacheco (trigo)1950 Primeiro evento de industrialização: cerraria Francisco Argenta1953 primeiro torneio de laço: CBS-Esmeralda1954 Escola rural isolada1954 Elevação a Sub-distrito. Criado por lei por Raul Feijó1955morte de Joaquim Ferreira Pato. Segundo criador de gado Devon naregião. Faleceu por ocasião de uma reunião de criadores de raça naestância Santa Lúcia1956 Fundação do Gaúcho Futebol Clube. Presidente Eurico Vieira1960Primeiro ginete em pelo Cacildo Lima. Montou a puro pelo em campodireto, cavalo cruzou o açude. Ginete ganhou uma faca que guarda atéhoje1963 Vinda do professor Telmo Paganello, que escreveu um livro sobre CBS1965 Neve no município1966 Nomeado o primeiro leiloeiro rural, senhor Leonel Vieira Pato1971 Festa do Trigo (Presença do governador Triches, exposição de máquinas,desfiles de máquinas e animais, baile com escolha das soberanas)1971 Teatro ao ar-livre na festa do trigo1973 Escola rural; representação da vida de Bento Gonçalves; União dacomunidade e destaque na região1975 Perfurado o primeiro poço artesiano do município através do estado1975 Rede de água foi instalada e quem bancou foi João Bolsonelo1977 Escola estadual de primeiro grau Abelardo José Nacul1977 Senhor Pedro Boff doou a terra para a escola1980 Distrito de Lagoa Vermelha1986Lançamento do livro da história de CBS escrito por Fidelis DalsinBarboza1990 Primeiro movimento para emancipação1992 Mais de 160 pessoas se reuniram para tentar emancipação masperderam por votação1994 Foi instalada a comissão para emancipação1994 Criação da associação comunitária1996 Plebiscito1996 Emancipação1998 Construção dos silos2000 Primeira eleição municipal2001 E.E.E.F. Dr. Abelardo José Nacul2001 Início da Vila Azul, com alguns problemas2001 Assentamento de reforma agrária com 55 famílias2001 Instalação administrativa2002 Chegada do MST2003 Inauguração E.M.E.F Firmino Frizzo2005 Primeira feira de ovinos2005 Primeiro churrasco de cordeiro2006 Asfalto nas ruas Felipe Barreto, Artur Feijó, Benjamin Bonzonello2007 Construção do parque de eventos2007Adquirida uma área de 5hectares para construção do parquemunicipal de eventos2009 Municipalização da escola Horácio Severo da Costa2012 Eleição municipal: prefeito eleito Danilo Barreto da Costa2012 Construção do Cras (atendimento de todos os usuários quenecessitam de políticas públicas)
  12. 12. série histórica1889 povoamento e fundação de capão bonito1950o nome Capão Bonito do Sul se deu em consonância ao capão de matodas proximidades do povoado, onde houve combate de tropas rivais etambém serviu como refúgio dos índios1950 criação da primeira escola rural. Primeiro professor Mário Frizzo1950 primeiro carro de CBS1950 granja do Genervino Pacheco (trigo)1950 Primeiro evento de industrialização: cerraria Francisco Argenta1953 primeiro torneio de laço: CBS-Esmeralda1954 Escola rural isolada1954 Elevação a Sub-distrito. Criado por lei por Raul Feijó1955morte de Joaquim Ferreira Pato. Segundo criador de gado Devon naregião. Faleceu por ocasião de uma reunião de criadores de raça naestância Santa Lúcia1956 Fundação do Gaúcho Futebol Clube. Presidente Eurico Vieira1960Primeiro ginete em pelo Cacildo Lima. Montou a puro pelo em campodireto, cavalo cruzou o açude. Ginete ganhou uma faca que guarda atéhoje1963 Vinda do professor Telmo Paganello, que escreveu um livro sobre CBS1965 Neve no município1966 Nomeado o primeiro leiloeiro rural, senhor Leonel Vieira Pato1971 Festa do Trigo (Presença do governador Triches, exposição de máquinas,desfiles de máquinas e animais, baile com escolha das soberanas)1971 Teatro ao ar-livre na festa do trigo1973 Escola rural; representação da vida de Bento Gonçalves; União dacomunidade e destaque na região1975 Perfurado o primeiro poço artesiano do município através do estado1975 Rede de água foi instalada e quem bancou foi João Bolsonelo1977 Escola estadual de primeiro grau Abelardo José Nacul1977 Senhor Pedro Boff doou a terra para a escola1980 Distrito de Lagoa Vermelha1986Lançamento do livro da história de CBS escrito por Fidelis DalsinBarboza1990 Primeiro movimento para emancipação1992 Mais de 160 pessoas se reuniram para tentar emancipação masperderam por votação1994 Foi instalada a comissão para emancipação1994 Criação da associação comunitária1996 Plebiscito1996 Emancipação1998 Construção dos silos2000 Primeira eleição municipal2001 E.E.E.F. Dr. Abelardo José Nacul2001 Início da Vila Azul, com alguns problemas2001 Assentamento de reforma agrária com 55 famílias2001 Instalação administrativa2002 Chegada do MST2003 Inauguração E.M.E.F Firmino Frizzo2005 Primeira feira de ovinos2005 Primeiro churrasco de cordeiro2006 Asfalto nas ruas Felipe Barreto, Artur Feijó, Benjamin Bonzonello2007 Construção do parque de eventos2007Adquirida uma área de 5hectares para construção do parquemunicipal de eventos2009 Municipalização da escola Horácio Severo da Costa2012 Eleição municipal: prefeito eleito Danilo Barreto da Costa2012 Construção do Cras (atendimento de todos os usuários quenecessitam de políticas públicas)
  13. 13. Dimensões evariáveis da vida domunicípio
  14. 14. Padrões decomportamento(gráficos)
  15. 15. Padrões decomportamento(gráficos)
  16. 16. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo11Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R23
  17. 17. Modelos mentaisPrefeito"É preciso doar-se para ser bomprefeito""Desejo que onosso municípiocresça"Vereadores"Eu quero amudança mas tenhopouco poder""Temos váriospensamentosdiferentes"Líderes Históricos"Precisamos embutirna cabeça daspessoas que CBStem que crescer""Quero ver acomunidade crescerdesenvolvendo aspessoas Professores"O futuro do nossomunicípio dependede nós""Se houvesse maisajuda da famíliaseria muito melhor""O futuro épreocupante"Produtores ColonizadoresProdutores NativosPopulaçãoPopulação do Sul (caboclo)Idosos e AposentadosPopulação JovemAssentadosGestor PúblicoColaboradores ExternosLíderes Religiosos
  18. 18. Modelos mentaisPrefeito"É preciso doar-se para ser bomprefeito""Desejo que onosso municípiocresça"Vereadores"Eu quero amudança mas tenhopouco poder""Temos váriospensamentosdiferentes"Líderes Históricos"Precisamos embutirna cabeça daspessoas que CBStem que crescer""Quero ver acomunidade crescerdesenvolvendo aspessoasProfessores"O futuro do nossomunicípio dependede nós""Se houvesse maisajuda da famíliaseria muito melhor""O futuro épreocupante"Produtores ColonizadoresProdutores NativosPopulaçãoPopulação do Sul (caboclo)Idosos e AposentadosPopulação JovemAssentadosGestor PúblicoColaboradores ExternosLíderes Religiosos
  19. 19. Abundância de águacom qualidadeFalta de água(qualidade/quantidade)Má qualidade deEnsino formal etécnicoÓtima qualidade deEnsino formal etécnico1 23 4EncantadorDesolador“Fim da picada”Cenário da InteligênciaAfundando a educaçãoCenários
  20. 20. Abundância de águacom qualidadeFalta de água(qualidade/quantidade)Má qualidade deEnsino formal etécnicoÓtima qualidade deEnsino formal etécnico1 23 4EncantadorDesolador“Fim da picada”Cenário da InteligênciaAfundando a educaçãoCenários
  21. 21. Abundância de águacom qualidadeFalta de água(qualidade/quantidade)Má qualidade deEnsino formal etécnicoÓtima qualidade deEnsino formal etécnicoEncantadorDesoladorFim da picada”- Capacitar professores para nãoserem meros educadores.Capacitá-los para seremeducadores do futuro- Inovar a infraestrutura e atecnologia do ensino/aprendizado;- Investir na integraçãofamília/escola- Reestruturar o processo deensino para torná-lo atrativo paraos alunosAfundandoaeducação- Investir em Desenvolvimentotecnológico- Ampliar atividade industrial- Atrair novos investidores atravésde plano de divulgação daspotencialidades- Fazer campanha de usosustentável da água e do solodespertando a consciênciacomunitária- Desenvolver educaçãoempreendedora para inovação- Investir emeducação/orientação- Fazer campanha para usosustentável da água com todacomunidade- Criar projetos de incentivosfiscais para uso racional da água- Criar programas de preservaçãoda água- Investir em florestamento ereflorestamento- Planejar uso do solo- Capacitar constantementeprofessoresDesolador–“Fimdapicada”CenáriodaInteligência- Elaborar projetos para melhoriada distribuição da água- Conscientizar a população parareeducação cultural (indivíduosativos)- Disponibilizar incentivos públicospara educação técnica- Desenvolver projetos na área dasustentabilidade- Educar a população sobre o bomuso da água e sobre a destinaçãocorreta do lixoEstratégiaspara cenários
  22. 22. Abundância de águacom qualidadeFalta de água(qualidade/quantidade)Má qualidade deEnsino formal etécnicoÓtima qualidade deEnsino formal etécnicoEncantadorDesoladorFim da picada”- Capacitar professores para nãoserem meros educadores.Capacitá-los para seremeducadores do futuro- Inovar a infraestrutura e atecnologia do ensino/aprendizado;- Investir na integraçãofamília/escola- Reestruturar o processo deensino para torná-lo atrativo paraos alunosAfundandoaeducação- Investir em Desenvolvimentotecnológico- Ampliar atividade industrial- Atrair novos investidores atravésde plano de divulgação daspotencialidades- Fazer campanha de usosustentável da água e do solodespertando a consciênciacomunitária- Desenvolver educaçãoempreendedora para inovação- Investir emeducação/orientação- Fazer campanha para usosustentável da água com todacomunidade- Criar projetos de incentivosfiscais para uso racional da água- Criar programas de preservaçãoda água- Investir em florestamento ereflorestamento- Planejar uso do solo- Capacitar constantementeprofessoresDesolador–“Fimdapicada”CenáriodaInteligência- Elaborar projetos para melhoriada distribuição da água- Conscientizar a população parareeducação cultural (indivíduosativos)- Disponibilizar incentivos públicospara educação técnica- Desenvolver projetos na área dasustentabilidade- Educar a população sobre o bomuso da água e sobre a destinaçãocorreta do lixoEstratégiaspara cenários
  23. 23. Diretrizes para PlanoDiretor• O depositário das conclusõesMapa sistêmicoModelos mentaisCenáriosMemóriasExemplos de planosdiretoresDiretrizes paraPlano Diretor
  24. 24. O que é o Plano DiretorO Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01) instituiu oPlano Diretor como o instrumento básico dapolítica de desenvolvimento urbano sendo oresultado de um processo que, desde a década de70, vinha promovendo o planejamento urbano nasadministrações municipais.
  25. 25. O que é o Plano DiretorOs Planos Diretores têm como objetivo organizarsistematicamente os aspectos físicos, econômicos esociais do Município como um todo e da área urbanaem particular numa perspectiva de presente e futuro.O Plano Diretor deve partir “do pressuposto que a cidadeé produzida por uma multiplicidade de agentes quedevem ter sua ação coordenada, não em função de ummodelo produzido em escritórios, mas a partir de umpacto que corresponda ao interesse público da cidade”.Os planos devem manifestar o interesse público edevem ser construídos com a participação popular.
  26. 26. O que é o Plano DiretorOs Planos Diretores devemnecessariamente conectar-se aosoutros instrumentos deplanejamento: o PPA, a LDO e aLOA.
  27. 27. EstratégiasRobustas• Ampliar as vagas de ensino técnico e dar abertura de oportunidades nomunicípio• Buscar novos modelos produtivos sustentáveis e capacitar a população• Conscientizar a comunidade para o uso sustentável dos recursos naturais.• Criar lei de restrição de Insumos e Herbicidas• Fazer campanhas de uso sustentável da água e do solo, despertando aconsciência comunitária• Fiscalizar áreas produtivas e fazer cumprir as determinações legais depreservação a matas ciliares• Incentivar e estimular a diversidade de produção em pequenaspropriedades• Integrar setores em prol do desenvolvimento sustentável domunicípioInvestir em capacitação constante e valorização dos profissionaisda educação• Investir em desenvolvimento tecnológico para ampliar atividades industriaise atrair novos investidores
  28. 28. EstratégiasRobustas• Ampliar as vagas de ensino técnico e dar abertura de oportunidades nomunicípio• Buscar novos modelos produtivos sustentáveis e capacitar a população• Conscientizar a comunidade para o uso sustentável dos recursos naturais.• Criar lei de restrição de Insumos e Herbicidas• Fazer campanhas de uso sustentável da água e do solo, despertando aconsciência comunitária• Fiscalizar áreas produtivas e fazer cumprir as determinações legais depreservação a matas ciliares• Incentivar e estimular a diversidade de produção em pequenaspropriedades• Integrar setores em prol do desenvolvimento sustentável domunicípioInvestir em capacitação constante e valorização dos profissionaisda educação• Investir em desenvolvimento tecnológico para ampliar atividades industriaise atrair novos investidores
  29. 29. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo11Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R23
  30. 30. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo11Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R231- Receita eInvestimentoPúblico
  31. 31. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo1Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R231- Receita eInvestimentoPúblico- 1.1 Reduzir fuga dearrecadação domunicípio- 1.2 Conhecer,organizar e qualificaras fontes de recursosnão exporadas1
  32. 32. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo1Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R232- Educaçãopara qualidadede vida1
  33. 33. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo1Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R232- Educaçãopara qualidadede vida- 2.1 Buscar novas alternativasde lazer: especialmente quemelhorem cultura, saúde,educação e assistência social- 2.2 Atingir umaeducação inovadoraque integre lazer,cultura, saúde,empreendedorismo,formação técnica eorganizaçãocomunitária1
  34. 34. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo1Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R233- DesenvolvimentoEconômico1
  35. 35. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo1Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R233- DesenvolvimentoEconômico3.1 Elaborar um plano dedesenvolvimento econômico focadona diversificação e integração regionalde nos nossos ativos1
  36. 36. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo1Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R234-educaçãotécnicaqualificada1
  37. 37. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo1Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R234-educaçãotécnicaqualificada- 4.1 Ter uma escola técnica com 150alunos que atenda o desenvolvimentoeconômico diversificado e oempreendedorismo1
  38. 38. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo11Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R235- União eOrganizaçãoComunitária
  39. 39. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo11Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R23- 5.1 Elaborar um plano coletivo defortalecimento das organizaçõescomunitárias e das lideranças locais5- União eOrganizaçãoComunitária
  40. 40. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo11Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R236- Regularizaçãode terrenos
  41. 41. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo11Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R236- Regularizaçãode terrenos- 6.1 Elaborar um plano deregularização fundiária nomunicípio
  42. 42. ProduçãoComércio eServiçosEmpregosRendaPopulaçãoR1Qualidadede vidaQualidadeda saúde eAssistênciasocialQualidadedo lazerQualidadeda educação Qualidade do ar,água e soloUnião eOrganizaçãoComunitáriaCapacidadeInovaçãoProduçãoIndustrialDistribuiçãode rendaArrecadaçãoMunicípioQualidadeModeloEconômicoDiversidadeProdutivaProduçãoPrimáriaInvestimentospara desenvSocialQualidade deAdministraçãodos ativosBiodiversidade eCobertura vegetalAtivosmunicipaisOficinas de arte,Cultura, esportesCapacitaçãoe qualificaçãode professoresQualidade deplanejamentodo uso do soloRegularizaçãode terrenosAtratividadedo mercadoimobiliárioAcesso afinanciamentosPavimentaçãoQualidadeda gestãopúblicaQualidade daEducaçãoTécnicaQualidadeda infra elogísticaInvestimentosem agroindústriasTamanhoda unidadeprodutivaVariabilidadedo climaEmpreendedorismoe incentivo anegóciosGrau deIntegraçãoIncentivoPúblicoEducação paraempreendedorismo11Valorizaçãodospotenciais122R2R3R4R5R6R7R8R9R10R11R12R13R14R15R16R17R18R19R20R21R22R24R23- 4.1 Ter uma escolatécnica com 150alunos que atenda odesenvolvimentoeconômicodiversificado e oempreendedorismo- 6.1 Elaborarum plano deregularizaçãofundiária nomunicípio- 5.1 Elaborar um plano coletivo defortalecimento das organizaçõescomunitárias e das lideranças locais3.1 Elaborar umplano dedesenvolvimentoeconômico focadona diversificação eintegração regionalde nos nossos ativos- 2.2 Atingir umaeducação inovadoraque integre lazer,cultura, saúde,empreendedorismo,formação técnica eorganizaçãocomunitária- 2.1 Buscar novasalternativas de lazer:especialmente quemelhorem cultura,saúde, educação eassistência social- 1.1 Reduzirfuga dearrecadaçãodomunicípio- 1.2 Conhecer, organizar e qualificaras fontes de recursos não exporadas
  43. 43. Professores"Se houvesse maisajuda da famíliaseria muito melhor""O futuro épreocupante"Investir em constanteatualização e qualificação dosprofessores acompanhandomudanças culturais etecnológicasCriar ambiente familiar nasescolas para atrair oenvolvimento dos pais notrabalho da escolaComo Tratar?Como Tratar?Modelos MentaisCríticos
  44. 44. ProdutoresColonizadores“como que Tapejaraé desenvolvida eCBS não?”Melhorar a qualidade decomunicação e integração entreatores, especialmenteprodutores colonizadores,poder público e líderescomunitáriosVereadores"Temos váriospensamentosdiferentes"Realizar eventos deconfraternização entre ospoderes visando uma maiorintegraçãoComo Tratar?Como Tratar?Modelos MentaisCríticos
  45. 45. População”quanto menosgente de fora vier,melhor”“os que vem de foraque não venham daropinião aqui”Realizar dois eventos anuaisque promovam a integração,com reuniões prévias.Estabelecer um programa deestímulo ao cooperativismopromovido pelas organizaçõescomunitáriasComo Tratar?Como Tratar?Modelos MentaisCríticos
  46. 46. Modelos MentaisCríticosPrefeito"É preciso doar-se para ser bomprefeito"Otimizar o uso do tempo doprefeito priorizando atividadesde gestão e estratégicasComo Tratar?
  47. 47. Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul1. Eixo Estratégico 1 – Estrutura Urbana1. Elaborar um plano de regularização fundiáriano município2. Elaborar um plano coletivo de fortalecimentodas organizações comunitárias e daslideranças locais3. Elaborar um plano de saneamento4. Elaborar um plano de habitação
  48. 48. Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul2. Eixo Estratégico 2 – Preservação eConservação Ambiental1. Constituir o Sistema Municipal de MeioAmbiente2. Criar lei de restrição do uso de insumos eherbicidas3. Orientar produtores sobre o manejoconsciente de agrotóxicos, maquinários eimplementos4. Fiscalizar áreas produtivas e fazer cumprir asdeterminações legais de preservação da mataciliar
  49. 49. Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul3. Eixo Estratégico 3 – Desenvolvimento Social1. Estabelecer um programa de estímulo ao cooperativismopromovido pelas entidades comunitárias2. Estabelecer três ou mais eventos anuais que promovam aintegração, contando com reuniões prévias3. Buscar novas alternativas de lazer, especialmente que,integradamente, melhorem cultura, saúde, educação eassistência social4. Capacitar constantemente e valorizar os profissionais daeducação, investindo em atualização e qualificação queacompanhe as mudanças culturais e tecnológicas5. Colocar em prática e ampliar o projeto “Família na Escola”6. Criar ambiente familiar nas escolas para atrair o envolvimentodos pais
  50. 50. Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul4. Eixo Estratégico 4 – DesenvolvimentoCultural1. Planejar e implantar uma educação inovadora que integrelazer, cultura, saúde, empreendedorismo, formação técnica eorganização comunitária2. Ter uma escola técnica com 150 alunos que atenda odesenvolvimento econômico diversificado e oempreendedorismo3. Conscientizar a comunidade para o uso sustentável dosrecursos naturais4. Realizar campanha de uso sustentável da água e do solo,despertando a consciência comunitária5. Otimizar e ampliar a utilização dos espaços públicos
  51. 51. Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul5. Eixo Estratégico 5 – DesenvolvimentoEconômico1. Elaborar um plano de desenvolvimento econômico focado nadiversificação e integração regional, assim como em nos nossosativos2. Reduzir a fuga de arrecadação do município3. Integrar setores em prol do desenvolvimento sustentável domunicípio4. Conhecer, organizar e qualificar as fontes de recursos nãoexploradas5. Ampliar o ensino técnico e abrir oportunidades no município6. Incentivar e estimular a diversidade de produção em pequenaspropriedades7. Investir em desenvolvimento tecnológico para ampliar atividades
  52. 52. Objetivos do PlanoDiretor de CapãoBonito do Sul6. Eixo Estratégico 6 – DesenvolvimentoInstitucional e Gestão Pública1. Realizar eventos de confraternização entre ospoderes visando uma maior integração2. Otimizar o uso do tempo do prefeito e outrosgestores públicos priorizando atividades degestão e estratégicas3. Melhorar a qualidade da comunicação eintegração entre atores, especialmenteprodutores colonizadores, poder público elíderes comunitários4. Criar agência de desenvolvimento local
  53. 53. “Talvez, pela primeira vez na história,a humanidade tenha a capacidade de criarmuito mais informações do que o homempode absorver, de gerar uma interdependênciamuito maior que o homem pode administrare de acelerar as mudanças comuma velocidade muito maiorque o homem pode acompanhar.”Peter SengeObrigado!

×