O slideshow foi denunciado.
PensamentoSistêmico paraPlano DiretorR5 – DirecionadoresEstratégicos“Não nos serve mais apenas novos processos ou novastec...
Agenda do dia9:00 – Posicionamento Metodológico9:15 – Orientação para as atividades9:30 – Atividades composição de objetiv...
Método Sistêmico1) Definir um Desafio Visionário2) Apresentar a História Através de Eventos3) Identificar os Fatores e Var...
R’ Data Horas Formato Atividade em Ipê-RS1 19/fev 8hPresencial Definição dos Desafios VisionáriosApresentação da História ...
Desafio VisionárioConstruir um Ipê comdesenvolvimento sustentável,organizado e comqualidade de Vida para todosvalorizando ...
Plano Diretor• O depositário das conclusõesMapa sistêmicoModelos mentaisCenáriosMemóriasExemplos de planosdiretoresIdeias ...
Atividades• Encontrar objetivos estratégicos a serematingidos em cada produto do processo dePensamento Sistêmico– Pontos d...
Atividade 1• Organizar-se em 2 ou 3 grupos• Grupo 1:– Encontrar no mapa sistêmico 5 pontos dealavancagem– Definir de 1 a 3...
Projetos de Açãodemandaemergêncianum/esforçoatendimentoprop.boca-a-bocaatrati-vidadeRBRBpressão/sobrecargaqualidadeserviço...
Atividade 2• Grupo 2:– Encontrar 5 modelos mentais críticos– Definir de 1 a 3 objetivos a serem atingidos emcada ponto de ...
Atividade 3• Grupo 3:– Concluir a atividade de cenários– Definir estratégias robustas– Para cada estratégia robusta defini...
Eixos Estratégicos Pontos dealavancagemModelos mentaiscríticosEstratégias robustas1.2.3.4.5.6.
O que é o PlanoDiretorO Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01) instituiu oPlano Diretor como o instrumento básico dapolítica d...
O que é o PlanoDiretorOs Planos Diretores têm como objetivo organizarsistematicamente os aspectos físicos, econômicos esoc...
O que é o PlanoDiretorOs Planos Diretores devemnecessariamente conectar-se aosoutros instrumentos deplanejamento: o PPA, a...
Eixos Estratégicos1. Estrutura Urbana2. Preservação e ConservaçãoAmbiental3. Desenvolvimento Social4. Desenvolvimento Cult...
Eixos Estratégicos Pontos dealavancagemModelos mentaiscríticosEstratégias robustas1.2.3.4.5.6.
Eixo: EstruturaçãoUrbana• Ordenamento Territorial – Macrozoneamento• Ordenamento Territorial Urbano• Plano de Saneamento (...
Eixo:DesenvolvimentoEconômico• Fortalecimento da agropecuária• Fortalecimento da agroindústria• Fortalecimento da indústri...
Eixo: PreservaçãoAmbiental• Plano Diretor Ambiental• Sistema Municipal de Meio Ambiente
Eixo:DesenvolvimentoSocial• Plano de Educação• Plano de Saúde• Plano de Assistência Social
Eixo:DesenvolvimentoCultural• Plano de Esporte• Plano de Lazer• Plano de Cultura• Otimização e ampliação de utilização Esp...
Eixo:DesenvolvimentoInstitucional• Plano de desenvolvimento institucional• Sistema de planejamento municipal e gestãourban...
http://pspcplanodiretoripe.wordpress.com
Momento dePresençaO que almeja emergirQuem é o meu Eu maior?No que o Todo precisa de mim?
“Talvez, pela primeira vez na história,a humanidade tenha a capacidade de criarmuito mais informações do que o homempode a...
Obrigado!
Pspc r5 direcionadores estratégicos ipê rs
Pspc r5 direcionadores estratégicos ipê rs
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pspc r5 direcionadores estratégicos ipê rs

405 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Pspc r5 direcionadores estratégicos ipê rs

  1. 1. PensamentoSistêmico paraPlano DiretorR5 – DirecionadoresEstratégicos“Não nos serve mais apenas novos processos ou novastecnologias. Precisamos de novas habilidades e capacidades.Novas maneiras de perceber, sentir e comunicar o mundo.Precisamos de um conjunto renovado de valores.Aurélio L. Andrade. Pensamento Sistêmico: Caderno de Campo.
  2. 2. Agenda do dia9:00 – Posicionamento Metodológico9:15 – Orientação para as atividades9:30 – Atividades composição de objetivos estratégicos1. Pontos de alavancagem do mapa sistêmico2. Modelos mentais críticos3. Estratégias de cenários10:30 – Intervalo10:45 – Atividades composição deobjetivos estratégicos12:00 – Almoço13:30 – Eixos estratégicos e outros objetivos14:00 – Refinamento objetivos estratégicos15:30 – Intervalo15:45 – Apresentação dos objetivos estratégicos16:30 – Orientações finais17:00 – Momento de presença17:30 – Fim
  3. 3. Método Sistêmico1) Definir um Desafio Visionário2) Apresentar a História Através de Eventos3) Identificar os Fatores e Variáveis Chave4) Traçar os Padrões de Comportamento5) Desenhar a Estrutura Sistêmica6) Identificar Modelos Mentais7) Planejar Cenários8) Modelar em Computador9) Desenvolver Visão de Futuro10) Definir Direcionadores Estratégicos, Políticas eDiretrizes, Reprojetar o Sistema e Planejar Ações
  4. 4. R’ Data Horas Formato Atividade em Ipê-RS1 19/fev 8hPresencial Definição dos Desafios VisionáriosApresentação da História por meio de EventosIdentificação dos Fatores-chave1A 2hÀ distância Definição das variáveis e organização da coleta de dadosColeta de dados; coleta de conhecimento; desenho de pré-mapas2 28/fev 8hPresencial Conscientização sobre padrões de comportamentoDesenvolvimento do mapa sistêmico2A 8hÀ distância Refinamento do mapa sistêmico3 21/mar 8hPresencial Apresentação e refinamento do mapa sistêmicoIdentificação dos modelos mentais3A 4hPresencialou e/oudistânciaRefinamento do mapa sistêmico com modelos mentais4 2/abr 8hPresencial Cenários4A 4hÀ distância Refinamento dos cenários5 16/abr 8hPresencial Desenvolver Visão de FuturoElaborar Direcionadores Estratégicos5A 4hPresenciale/oudistânciaRefinamento da Visão de Futuro e dos DirecionadoresEstratégicos Publicação dos resultados
  5. 5. Desafio VisionárioConstruir um Ipê comdesenvolvimento sustentável,organizado e comqualidade de Vida para todosvalorizando nossas potencialidades
  6. 6. Plano Diretor• O depositário das conclusõesMapa sistêmicoModelos mentaisCenáriosMemóriasExemplos de planosdiretoresIdeias paraPlano Diretor
  7. 7. Atividades• Encontrar objetivos estratégicos a serematingidos em cada produto do processo dePensamento Sistêmico– Pontos de alavancagem do mapa sistêmico– Modelos mentais críticos– Estratégias robustas de cenários• Organizar estes objetivos estratégicos em eixosestratégicos• Refinar e adicionar objetivos
  8. 8. Atividade 1• Organizar-se em 2 ou 3 grupos• Grupo 1:– Encontrar no mapa sistêmico 5 pontos dealavancagem– Definir de 1 a 3 objetivos a serem atingidos emcada ponto de alavancagem• Um objetivo tem a seguinte redação:– [verbo][objeto] = fazer algo• Ex.: Elaborar plano de ordenamentoterritorial urbano
  9. 9. Projetos de Açãodemandaemergêncianum/esforçoatendimentoprop.boca-a-bocaatrati-vidadeRBRBpressão/sobrecargaqualidadeserviçoaçõespaliativasmotivaçãocomprome-timentoeficiênciaproduti-vidadefugaboletimvazãoB + +++-+++-++-+-+ComprometimentoprofissionalOrganizaçãoda demandaEficiência eprodutividade dosistema
  10. 10. Atividade 2• Grupo 2:– Encontrar 5 modelos mentais críticos– Definir de 1 a 3 objetivos a serem atingidos emcada ponto de alavancagem• Um objetivo tem a seguinte redação:– [verbo][objeto] = fazer algo• Ex.: Capacitar os professores da rede paraestimular o empreendedorismo nos alunos
  11. 11. Atividade 3• Grupo 3:– Concluir a atividade de cenários– Definir estratégias robustas– Para cada estratégia robusta definir de 1 a 3objetivos• Um objetivo tem a seguinte redação:– [verbo][objeto] = fazer algo• Ex.: Elaborar um plano de fortalecimentoda agroindústria
  12. 12. Eixos Estratégicos Pontos dealavancagemModelos mentaiscríticosEstratégias robustas1.2.3.4.5.6.
  13. 13. O que é o PlanoDiretorO Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01) instituiu oPlano Diretor como o instrumento básico dapolítica de desenvolvimento urbano sendo oresultado de um processo que, desde a década de70, vinha promovendo o planejamento urbano nasadministrações municipais.
  14. 14. O que é o PlanoDiretorOs Planos Diretores têm como objetivo organizarsistematicamente os aspectos físicos, econômicos esociais do Município como um todo e da área urbanaem particular numa perspectiva de presente e futuro.O Plano Diretor deve partir “do pressuposto que a cidadeé produzida por uma multiplicidade de agentes quedevem ter sua ação coordenada, não em função de ummodelo produzido em escritórios, mas a partir de umpacto que corresponda ao interesse público da cidade”.Os planos devem manifestar o interesse público edevem ser construídos com a participação popular.
  15. 15. O que é o PlanoDiretorOs Planos Diretores devemnecessariamente conectar-se aosoutros instrumentos deplanejamento: o PPA, a LDO e aLOA.
  16. 16. Eixos Estratégicos1. Estrutura Urbana2. Preservação e ConservaçãoAmbiental3. Desenvolvimento Social4. Desenvolvimento Cultural5. Desenvolvimento Econômico6. Desenvolvimento Institucional eGestão Pública
  17. 17. Eixos Estratégicos Pontos dealavancagemModelos mentaiscríticosEstratégias robustas1.2.3.4.5.6.
  18. 18. Eixo: EstruturaçãoUrbana• Ordenamento Territorial – Macrozoneamento• Ordenamento Territorial Urbano• Plano de Saneamento (inclui Plano de Resíduos)*• Plano de Habitação*• Plano de Mobilidade Urbana• Plano de Defesa Civil• Instrumentos de Política Urbana
  19. 19. Eixo:DesenvolvimentoEconômico• Fortalecimento da agropecuária• Fortalecimento da agroindústria• Fortalecimento da indústria• Fortalecimento do comércio e serviços• Desenvolvimento de sistema produtivo local• Relação com a política de desenvolvimentoregional – atração de novos setores• Plano de desenvolvimento tecnológico• Plano municipal de turismo
  20. 20. Eixo: PreservaçãoAmbiental• Plano Diretor Ambiental• Sistema Municipal de Meio Ambiente
  21. 21. Eixo:DesenvolvimentoSocial• Plano de Educação• Plano de Saúde• Plano de Assistência Social
  22. 22. Eixo:DesenvolvimentoCultural• Plano de Esporte• Plano de Lazer• Plano de Cultura• Otimização e ampliação de utilização EspaçosPúblicos
  23. 23. Eixo:DesenvolvimentoInstitucional• Plano de desenvolvimento institucional• Sistema de planejamento municipal e gestãourbana• Sistema de informações municipais
  24. 24. http://pspcplanodiretoripe.wordpress.com
  25. 25. Momento dePresençaO que almeja emergirQuem é o meu Eu maior?No que o Todo precisa de mim?
  26. 26. “Talvez, pela primeira vez na história,a humanidade tenha a capacidade de criarmuito mais informações do que o homempode absorver, de gerar uma interdependênciamuito maior que o homem pode administrare de acelerar as mudanças comuma velocidade muito maiorque o homem pode acompanhar.”Peter SengePensamentoSistêmico naGestão
  27. 27. Obrigado!

×