Cosmovisao

1.148 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.148
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cosmovisao

  1. 1. II – Cosmovisão Cristã"Eu acredito no Cristianismo como acredito que o Sol nasce A cosmovisão afeta como enxergamos etodo dia. Não apenas porque o vejo, mas porque através dele agimos em todas as áreas da nossa vida, oueu vejo tudo ao meu redor." C.S. Lewis seja, na área intelectual, física, social, econômica, ética.1) Conceitos 3) Classificação Cada indivíduo possuí uma cosmovisão, entretendo, podemos destacar as seguintes cosmovisões dominantes: a) Monismo Oriental – Cosmovisãoa) “Cosmovisão é semelhante a uma lente predominante no oriente.intelectual através da qual enxerga-se o mundo. Se b) Dualismo Ocidental – Cosmovisãoalguém olha através de uma lente vermelha, o predominante no ocidente.mundo lhe parece vermelho. Se outro indivíduo c) Teísmo Bíblico – Calvinismo – Movimentoolha através de uma lente azul, o mundo lhe parece reformado europeu.azul” Norman Geislerb) “Uma cosmovisão é um conjunto de 4) Monismo Orientalpressuposições (hipóteses que podem serverdadeiras, parcialmente verdadeiras ou O monismo é a crença de que tudo ointeiramente falsas) que sustentamos consciente ou que podemos conhecer – Deus, o homem, ainconscientemente, sobre a formação básica de matéria, o espírito, os animais, o passado, o futuro, os seres vivos e não-vivos, a verdade enosso mundo” James W. Sire a mentira, o prazer e o sofrimento – tudo isto é uma única essência pura, “o todo”.2) Características Identificação da divindade com a totalidade do Cosmos – Panteísmo.a) Papel Descritivo: Uma cosmovisãodetermina como encaramos os diversos 5) Dualismo Ocidentalaspectos da realidade.b) Papel Normativo: Uma cosmovisão não Dualismo – Identificação da divindadesomente determina como enxergamos a com “uma parte, força ou princípio do universorealidade, mas também a nossa atuação na criado”. o dualismo concebe a realidade comomesma. a composição de duas substâncias ou forças contrárias. Exemplo: Maniqueísmo. O Dualismo Ocidental divide-se em: a) Dualismo Forma/Matéria b) Dualismo Natureza/Graça c) Dualismo Natureza/Liberdade
  2. 2. 5.1) Dualismo Forma/Matéria na mídia, estudos acadêmicos que a consideram obstáculo para o • Mundo da Forma – Ou das idéias desenvolvimento humano. perfeitas – BOM - Alcançado através da • Proposição de liberdade na construção abstração racional. familiar: Modelos novos de família. • Mundo da Matéria – A realidade • Parafraseando Schaeffer: “Quando o sensível – MAU - Experimentado pelos homem moderno deu lugar à liberdade, sentidos. a liberdade devorou a natureza.” • A alma está aprisionada no corpo. • Consequência desta Cosmovisão: Valorização do que diz respeito à “alma” 6) Teísmo Bíblico do homem: abstração racional. Desvalorização do que diz respeito à A cosmovisão bíblica nasceu da matéria (tudo o que é físico). revelação redentora de Deus ao homem, consumada na pessoa de Jesus Cristo e5.2) Dualismo Natureza/Graça aplicada pelo Espírito Santo. Essa revelação nos fornece as • Esfera da Graça: Deus, Teologia estruturas fundamentais de uma cosmovisão (Conhecimento Revelacional), Igreja. cristã. • Esfera da Natureza: Filosofia A cosmovisão cristã está baseada na (Conhecimento Natural), trabalho, tríade: Criação - Queda - Redenção. família, lazer etc... • Existe uma tensão entre essas duas 6.1) Criação esferas, já que de acordo com essa visão, não há contato entre as duas. • Deus é a única origem absoluta, tendo Então os movimentos que tinham essa uma diferença qualitativa infinita em cosmovisão, ora tendiam para a esfera relação à sua criação. (Gn 1.1) da graça (desvalorizando a vida • Essa criação é ordenada pela vontade natural), ora para a esfera da natureza do Criador e reflete a sua glória, de (desvalorizando a graça, como disse modo que, em sua estrutura, há uma Francis Schaeffer, a natureza acabou ordem de leis, ou cosmonomia, uma devorando a graça). ordem de desenvolvimento temporal, ou cosmocronologia, e uma coerência-na-5.3) Dualismo Natureza/Liberdade diversidade de seus elementos. (Gn 1) • Mandato Cultural: Gn 1.26-27, Gn 2.15 • De acordo com esta visão, a criação é • A vontade criativa de Deus se expressa um sistema mecânico e fechado. O em uma pluriformidade de leis ou homem, porém, não está sujeito e não é normas que habilitam cada criatura a limitado pelas leis da natureza, pois ele operar segundo a intenção divina. está fora desta esfera, ele está na • Essa criação é completa e esfera da liberdade, e as leis da intrinsecamente boa. (Gn 1.31) natureza não podem ser empecilho para • Devemos aproveitar a criação e não a realização de suas satisfações viver um dualismo, desprezando a pessoais. natureza, os prazeres e etc. (Ec • O homem busca a realização em seus 2.24,25; 8.15) relacionamentos. • Família Tradicional (Lei divina na 6.2) Queda Natureza) – Empecilho para a sua liberdade • A queda do homem alienou toda a • Rompimento com a família tradicional – criação de Deus. Não destruiu a própria Mudanças na legislação, ridicularização estrutura da criação, nem tornou
  3. 3. nenhum de seus aspectos Questões Propostas essencialmente maligno, mas a colocou numa direção de rebeldia. ASSINALE V (verdadeira) e F (Falsa), para as • A queda foi total, ou seja, o homem afirmativas abaixo: distorce todas as suas ações e pensamentos, tendo em vista a idolatria: ( ) Uma cosmovisão determina como tornou-se uma fábrica de ídolos. encaramos os diversos aspectos da realidade. • O homem morreu espiritualmente. ( ) O monismo é a crença de que tudo o que • Antítese: Há a manifestação dois reinos podemos conhecer é uma única essência antagônicos, um fundado no amor de pura, “o todo”. Deus e no amor a si mesmo e ao ( ) O dualismo concebe a realidade como a próximo, e outro fundado no poder de composição de duas substâncias ou forças Satanás, na idolatria e no egoísmo contrárias. humano. ( ) A cosmovisão bíblica está baseada na • Entretanto, muitos cristãos rejeitam tudo tríade criação, queda e redenção. que os não cristãos produzem, principalmente produções culturais. Questões Suplementares • O problema dessa atitude é esquecer- se da maravilhosa doutrina da Graça CONSIDERE o seguinte caso: “Elizabeth era uma jovem brilhante com um profundo interesse pelo estudo Comum. da filosofia. Recém-convertida, estava ansiosa para • A doutrina afirma, em linhas gerais, que servir ao Senhor. Levada à Palavra de Deus por seus Deus na sua misericórdia, por meio do novos amigos cristãos, ela tinha prazer em aprender Espírito Santo, concede favor aos tudo o que pudesse. Porém, esses amigos zelosos ímpios para que eles possam produzir estavam ficando cada vez mais preocupados com o estudo cuidadoso e persistente da “filosofia secular” – a coisas boas, já que o Sol nasce tanto sabedoria do mundo –, que Elizabeth fazia. Finalmente, para bons, quanto para maus (Mt 5.45). Elizabeth chegou a uma encruzilhada: ela teria que escolher entre continuar com Cristo ou estudar as idéias6.3) Redenção de meros mortais.” Horton, Michael S.- “O Cristão e a Cultura” – ed. Cultura Cristã • A redenção, consumada por Jesus No caso acima, Elizabeth encontra-se em um Cristo, envolver a recriação do homem, dilema com relação a seus estudos. Robson, como “novo homem” em si mesmo, e o um de seus amigos cristãos, deu o seguinte redirecionamento da criação para Deus. conselho à Elizabeth: “Você deve escolher Cl 1.20 “e que, havendo feito a paz pelo entre Cristo e seus estudos, pois estes podem sangue da sua cruz, por meio dele, atrapalhar seu relacionamento com Deus, já reconciliasse consigo mesmo todas as que Ele afirma em Apocalipse 18. 4-5 que coisas, quer sobre a terra, quer nos devemos nos retirar dessa sociedade má (a céus.” grande Babilônia), para que não sejamos • A redenção não significa o acréscimo cúmplices dos seus pecados e não caia de uma graça especial, mas condenação sobre nós. Você tem que ser simplesmente, em sua essência, a como Daniel e abster-se das finas iguarias da reconstituição do propósito original de mesa do rei, ou seja, das coisas do diabo.” Deus. • Tudo o que foi criado é objeto do amor JULGUE o conselho de Robson como redentor de Deus, que tem um alcance verdadeiro ou falso, e JUSTIFIQUE seu integral. julgamento A PARTIR da cosmovisão bíblica (criação-queda-redenção).

×