Inovação no e-commerce: Tão simples quanto montar um look básico? - SEBRAE

368 visualizações

Publicada em

Palestra Inovação no e-commerce: Tão simples quanto criar um look básico, realizada na Semana do Empreendedor de Moda em parceria com o Maraponga Mart Moda e SEBRAE.

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
368
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Inovação no e-commerce: Tão simples quanto montar um look básico? - SEBRAE

  1. 1. INOVAÇÃO NO E-COMMERCE LEONARDO LEITÃO SEMANA DO EMPREENDEDOR DE MODA
  2. 2. Olá, eu sou Leonardo Leitão. Consultor de Marketing, Empreendedor, Instrutor, Palestrante, Mentor de Startups, Curador de Conteúdo e PAI.
  3. 3. Antes, uma pergunta.
  4. 4. Quem aqui tem e-commerce?
  5. 5. Quem aqui atende clientes que tem e-commerce?
  6. 6. Mudanças no Processo de Compras Diminuição das compras por impulso; A Internet passa a ser ferramenta de consulta antes da tomada de decisão de consumo.
  7. 7. O E-COMMERCE BRASILEIRO REGISTROU UM AUMENTO DE 16% NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015, SE COMPARADO COM O MESMO PERÍODO DE 2014, FATURANDO R$ 18,6 BILHÕES* *Dados do Webshoppers 2015
  8. 8. 17,6 MILHÕES DE CONSUMIDORES VIRTUAIS REALIZARAM PELO MENOS UMA COMPRA NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015* *Dados do Webshoppers 2015
  9. 9. EM ALGUNS SITES OS CELULARES RESPONDEM POR 60% DAS VISITAS. A BOA CONSTRUÇÃO DESSE CANAL, RENDEU, NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2015, 10% DAS VENDAS.* *Dados do Webshoppers 2015
  10. 10. CRIAÇÃO DE PLATAFORMA
  11. 11. CRIAÇÃO DE PLATAFORMA PARA O SEU E-COMMERCE LAYOUT AMIGÁVEL
  12. 12. CRIAÇÃO DE PLATAFORMA PARA O SEU E-COMMERCE RESPONSIVIDADE
  13. 13. CRIAÇÃO DE PLATAFORMA PARA O SEU E-COMMERCE CERTIFICADO SEGURANÇA
  14. 14. CRIAÇÃO DE PLATAFORMA PARA O SEU E-COMMERCE CHAT / ATENDIMENTO AO CONSUMIDOR
  15. 15. COMO SE DESTACAR DO CONCORRENTE E AUMENTAR AS VENDAS?
  16. 16. O MARKETING DIGITAL PODE SER A PEÇA QUE FALTAVA PRA ALAVANCAR AS SUAS VENDAS!
  17. 17. MAS LEMBRE SEMPRE QUE O MARKETING DIGITAL NÃO FAZ MILAGRES… É PRECISO ORGANIZAR O SEU E-COMMERCE PARA QUE O CONSUMIDOR TENHA UMA BOA EXPERIÊNCIA. UM E-COMMERCE BEM ESTRUTURADO É CAPAZ DE ATRAIR E RETER CLIENTES.
  18. 18. TODO O INVESTIMENTO EM MARKETING DIGITAL DEVE SER PLANEJADO COM FOCO EM RESULTADOS OTIMIZÁVEIS
  19. 19. VAMOS CONHECER ALGUMAS ESTRATÉGIAS DE MARKETING DIGITAL?
  20. 20. 1. OTIMIZAÇÃO DE SEO
  21. 21. Otimização dos Mecanismos de Busca Em qual página das buscas do Google seu e-commerce aparece? O seu e-commerce aparece nas buscas relacionadas às principais palavras-chaves do seu negócio?
  22. 22. Otimização dos Mecanismos de Busca Foco em novos visitantes de forma orgânica, por meio de técnicas e métodos que ajudarão a posicionar o seu e-commerce nas buscas do Google. Além dos ajustes técnicos do e-commerce, o blog pode ser uma boa estratégia para otimização do SEO.
  23. 23. 2. E-MAIL MARKETING
  24. 24. 3. REDES SOCIAIS E MÉTRICAS
  25. 25. Qual delas tem relação com seu e-commerce? Não adianta estar em todas as redes sociais se nem todas elas são úteis para o seu negócio. Saiba onde está o seu público-alvo e planeje sua comunicação.
  26. 26. APROVEITE OS INSIGHTS! As redes sociais fornecem informações interessantes sobre o seu público-alvo O Facebook Insights, por exemplo, fornece informações interessantes para que você otimize sua comunicação em anúncios.
  27. 27. www.sebraemercados.com.br/canaisdigitais/
  28. 28. 4. SEGMENTAÇÃO
  29. 29. Vamos repensar a segmentação? ! Mulher, 24 a 35 anos, classe AB, moradora da Aldeota
  30. 30. Segmentação Demográfica Baseada em Grupos • Mulheres • 25 a 35 anos • Moram em Fortaleza • Classe A e B Segmentação Etnográfica Baseada em Tipologias • Mães de filhos até 5 anos • Gostam de atividades ao ar livre • Nasceram ou Moram em Fortaleza • Interesse em saúde e qualidade de vida Foco no Veículo Foco no Indivíduo Consumo como referenciador de status Consumo como referenciador de estilo de vida Venda é persuasão Venda é identificação
  31. 31. 5. FACEBOOK ADS
  32. 32. É preciso planejar as campanhas afinal, você não vai querer gastar dinheiro à toa…
  33. 33. Explore as possibilidades e use a criatividade! Pesquisa indica que anúncios em carrossel performam 10 vezes melhor
  34. 34. 6. INSTAGRAM ADS
  35. 35. 7. YOUTUBE ADS
  36. 36. 8. SNAPCHAT
  37. 37. 9. GOOGLE ADWORDS
  38. 38. Links Patrocinados
  39. 39. Rede Display
  40. 40. 10. REMARKETING E RETARGETING
  41. 41. Sabe aquele anúncio que mostra aquele produto que você estava pesquisando?
  42. 42. 11. INBOUND MARKETING
  43. 43. Atrair o tráfego certo para aumentar as vendas Compartilhar conteúdo que esteja relacionado ao universo do seu consumidor é uma forma de garantir leads e ampliar o número de clientes.
  44. 44. O Facebook Lead ADS permite a captação de forma rápida e prática de leads por meio de anúncios.
  45. 45. NÃO ESQUEÇA DE SEMPRE MENSURAR SEUS RESULTADOS. Eles vão dizer se é preciso mudar a estratégia!
  46. 46. 12. RELACIONAMENTO
  47. 47. 86% dos consumidores não confiam em anúncios publicitários. 78% dos consumidores confiam em opiniões postadas na Internet.
  48. 48. "Propaganda é a alma do negócio" Relacionamento é a alma do negócio
  49. 49. As pessoas não querem interagir com propaganda; as pessoas querem interagir com conteúdo relevante.
  50. 50. O Cliente quer se identificar com você.
  51. 51. Fidelizar o cliente é coisa do passado. Em vez de cliente fiel, o cliente leal. O cliente leal é advogado de sua marca.
  52. 52. INDICADORES DE DESEMPENHO
  53. 53. Visitas de páginas de produto Medição de quais as páginas mais visitadas e quais são pouco visitadas. Tráfego do site Medição do tráfego da sua loja on-line, determinando o número de visitas diárias, semanais e mensais. Média de visualizações de página e de tempo no site Métricas indicando se o conteúdo da sua loja é envolvente e se o tráfego é direcionado. Fontes de referência Métrica de acompanhamento de como os clientes chegaram ao seu site. Google? E-mails?Anúncios? Mídias sociais?
  54. 54. Taxa de conversão A sua loja on-line faz tudo o que é necessário para motivar seus clientes a concluir uma ação desejada? Taxa de retorno Você está tomando as medidas necessárias para fazer com que os clientes sempre voltem? Valor médio do pedido Essa métrica é útil porque indica o valor total das vendas, dividido pelo número de pedidos recebidos. Taxa de abandono do carrinho De acordo com o Baymard Institute, a taxa média de abandono de carrinho de compras no comércio eletrônico é muito alta: 67,75%. Por que isso acontece?
  55. 55. www.sebraemercados.com.br/e-commerce/
  56. 56. Leonardo Leitão leonardo@lemedigital.com.br leoclbox Obrigado.

×