ENCONTRO DE PROFESSORES           1



    BIBLIOTECÁRIOS




Gestão Integrada do processo de
     aplicação do MAABE
    ...
Metodologias de operacionalização
         Gestão Integrada do Processo de Aplicação do MAABE
2



       Tratamento da I...
Procedimentos para uso da aplicação online
                     p            p ç
3


                          Entrada na...
2. Parametrização dos Instrumentos de Recolha
4


    Opcional         1.   Seleccionar o ponto 2. “Parametrização
    pré...
Parametrização de cada instrumento (ex.)
5

                         Escrever o texto inicial na caixa de texto
     Pode...
3. Envio e preenchimento de exemplares dos
    instrumentos d recolha (ex)
    i             de    lh ( )
6

             ...
3. Envio e preenchimento de exemplares dos
    instrumentos d recolha (ex)
    i             de    lh ( )
7

       Quem ...
3. Envio e preenchimento de exemplares dos
    instrumentos d recolha (ex)
    i             de    lh ( )
8


   E na apl...
3. Envio e preenchimento de exemplares dos
    instrumentos d recolha (ex)
    i             de    lh ( )
9

             ...
3. Envio e preenchimento de exemplares dos
     instrumentos d recolha (ex)
     i             de    lh ( )
10




       ...
Concluir preenchimento de exemplares dos
     instrumentos de recolha
11



     Experimente
     as diversas
     funcion...
Aferir escalas… (exemplos de alterações)
                       (    p             ç )
12


                             Q...
Aferir Escalas…
13


              2. Classifique o nível dos recursos documentais facultados pela BE ou postos a circular...
Aferir Escalas…
14



     B-
     QD2

           . 5. Expresse a sua concordância ou discordância relativamente às afirm...
Aferir Escalas…
15


            4. Diz o que pensas da BE:
     D-     Actividades realizadas pela BE                    ...
4. Elaboração do relatório de
16
              auto-avaliação


     Compare
     com o
     documento
     em suporte
   ...
Elaborar o Relatório
17



     EXEMPLO…




                            Helena Dina Mendes ;Helena Duque
                ...
Modelo de Relatório

                             Resultados
Estrutura:                   da auto-
                       ...
Pensar em termos de avaliação, implica

   Efectuar julgamentos sobre o funcionamento da
    BE (eficácia, utilidade, val...
Gerir a informação – elaborar o relatório
20




     Cf. com sessão da
         Formação -
                              ...
secção A- em detalhe… Evidências
       A

Deverão:
 Ter em conta o conjunto de instrumentos/técnicas (identificadas em c...
secção A- em detalhe… Evidências
   ç

   Exemplificando: No subdomínio A.1, para o indicador A.1.2 poderíamos estabelece...
secção A- em detalhe… Pontos Fortes e Fracos
       A


   Em função das evidências detectadas, identificar o que
    con...
Acções para a melhoria
24


     Efectuar uma Leitura Horizontal

                                                        ...
Acções de melhoria…
25

     Domínio Seleccionado para avaliação – Quadro Síntese
     Motivo da escolha deste domínio: 
 ...
Atribuir Nível
26




        Neste exemplo, a BE situa-se claramente ao nível do 3 (cumpre 4 em 5
         descritores),...
Seccão B

Domínio X.  ……………………………..
Domínio X
                                     Evidências que 
                   Rela...
Incluir informação
28



                EX:




                          Helena Dina Mendes ;Helena Duque
             ...
Concluir o relatório - C
29




                                   Até 30 de Julho
                                    de...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Pb maio2010 vf1_diapositivos [modo de compatibilidade]

477 visualizações

Publicada em

Apresentação base/guião na utilização da aplicação informática de apoio ao MAABE

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
477
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Pb maio2010 vf1_diapositivos [modo de compatibilidade]

  1. 1. ENCONTRO DE PROFESSORES 1 BIBLIOTECÁRIOS Gestão Integrada do processo de aplicação do MAABE Programa RBE - ME P 12 de Maio 2010
  2. 2. Metodologias de operacionalização Gestão Integrada do Processo de Aplicação do MAABE 2  Tratamento da Informação// Gestão das Evidências - Usar a aplicação informática … p ç  Fases:  1. Selecção do Domínio  2. Parametrização dos instrumentos de recolha  3. 3 Criação e preenchimento de exemplares dos instrumentos de recolha  4. Elaboração do relatório de auto-avaliação (gerir a auto avaliação informação Recolhida ) Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  3. 3. Procedimentos para uso da aplicação online p p ç 3  Entrada na Aplicação D nio Sele nar - Domín  Seleccionar o ponto 1 e seguir as instruções eccion  Complementar com - Manual do utilizador [PDF] Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  4. 4. 2. Parametrização dos Instrumentos de Recolha 4 Opcional 1. Seleccionar o ponto 2. “Parametrização pré-visualiza dos instrumentos de recolha” o questionário ou as outras Grelhas ( (não pode p ser alterado) 2. Proceder sempre da mesma forma para Mas… todos os instrumentos de Recolha Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  5. 5. Parametrização de cada instrumento (ex.) 5  Escrever o texto inicial na caixa de texto Pode-se: disponível. -Escrever um texto inicial -- Escrever um texto final  Adicionar questões (tantas vezes q q ( quantos as questões que q q queiram acrescentar) - Adicionar - questões Questões que não serão tratadas estatisticamente pela aplicação Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  6. 6. 3. Envio e preenchimento de exemplares dos instrumentos d recolha (ex) i de lh ( ) 6  Enviar exemplar ou Enviar exemplares (lote de Seleccionar endereços) o instrumento de Recolha Enviar - exemplar a quem? - - biblioteca - -Turma 5ºA - -turma 7º A - -… Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  7. 7. 3. Envio e preenchimento de exemplares dos instrumentos d recolha (ex) i de lh ( ) 7  Quem recebe e preenche preenche... Como aparece no email… e após preenchimento: ENVIAR Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque Helena Duque
  8. 8. 3. Envio e preenchimento de exemplares dos instrumentos d recolha (ex) i de lh ( ) 8  E na aplicação (somatório de dados automaticamente) Helena Dina Mendes ;Helena Duque Ana Cabral; Duque
  9. 9. 3. Envio e preenchimento de exemplares dos instrumentos d recolha (ex) i de lh ( ) 9  Registar dados agrupados - fase 1 Seleccionar: Registados Agrupados g p -I t d i - Introduzir valores… Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  10. 10. 3. Envio e preenchimento de exemplares dos instrumentos d recolha (ex) i de lh ( ) 10 Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  11. 11. Concluir preenchimento de exemplares dos instrumentos de recolha 11 Experimente as diversas funcionalidad f i lid d es.. Basta clicar Helena Dina Mendes ;Helena Duque Ana Cabral; Duque
  12. 12. Aferir escalas… (exemplos de alterações) ( p ç ) 12 Questões : 7,8,9,10 B-QA2 7. Quando vais à BE para ler ou requisitar um livro, a equipa da BE dá-te sugestões e apoia-te, se pedires? Muitas vezes  Algumas vezes  Nunca  Sempre Quase Sempre Às vezes Nunca 13. Como classificas as seguintes actividades realizadas pela BE? Muito Pouco Não Actividades realizadas pela BE p interessante Interessante interessante Conheço Nada interessante 14. Já participaste em algumas destas actividades? Actividade: Sim  Não  Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  13. 13. Aferir Escalas… 13 2. Classifique o nível dos recursos documentais facultados pela BE ou postos a circular no agrupamento, B- relacionados com a leitura de temas na sua área disciplinar. Muito bom  Bom  Suficiente  Insuficiente  Não conheço  QD2 3. Com que frequência se envolve em actividades propostas ou articuladas com a BE? ment frequente Ocasiona pre te Raram ca mentee Semp Muito o lment Nunc Propostas da BE/Articulação com a BE e Sempre sempre Quase Nunca vezes Às 4. Classifique o nível do trabalho realizado pela BE no âmbito da leitura e literacia. Muito bom  Bom  Suficiente  Insuficiente  Não conheço  Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  14. 14. Aferir Escalas… 14 B- QD2 . 5. Expresse a sua concordância ou discordância relativamente às afirmações que constam da tabela abaixo, no que se refere ao trabalho da BE no âmbito da leitura. Não conheço plenamente Concordo Concordo Discordo A biblioteca escolar Discordo plenamente Di d l t Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  15. 15. Aferir Escalas… 15 4. Diz o que pensas da BE: D- Actividades realizadas pela BE Bom Suficiente Pouco Nada QA3 Ver 4. Qual a tua opinião sobre a BE question Sim Não ários 1. O horário da BE é adequado e responde às tuas necessidades de acesso.   2. A área da BE é adequada para circulares à vontade e realizares bem os trabalhos.   3. Os computadores respondem tuas necessidades e têm-te permitido realizar os   trabalhos. 5. Avalia 5 A li os recursos ddocumentais existentes na BE ou que esta f circular na t escola e a f t i i t t t faz i l tua l forma como respondem às tuas necessidades e interesses. Recursos documentais Nível de resposta Muito Bom Bom Suficiente Insuficiente 5. Avalia os recursos documentais existentes na BE ou que esta faz circular na tua escola e a forma como respondem às tuas necessidades e interesses. Muito Bom Bom Suficiente Insuficiente Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  16. 16. 4. Elaboração do relatório de 16 auto-avaliação Compare com o documento em suporte t escrito Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  17. 17. Elaborar o Relatório 17 EXEMPLO… Helena Dina Mendes ;Helena Duque Ana Cabral; Duque
  18. 18. Modelo de Relatório Resultados Estrutura: da auto- avaliação Análise Global da no domínio acção da BE, de escolhido acordo com a estrutura do Modelo de Auto-Avaliação- que testemunham o seu desempenho nas diferentes áreas de funcionamento Quadro síntese dos resultados da avaliação, com indicação das acções de melhoria a implementar
  19. 19. Pensar em termos de avaliação, implica  Efectuar julgamentos sobre o funcionamento da BE (eficácia, utilidade, valor…),  Fazer a(s) pergunta(s)  Como sabemos isso?  Q i as evidências que suportam esse Quais idê i julgamento?.
  20. 20. Gerir a informação – elaborar o relatório 20 Cf. com sessão da Formação - Helena Dina Mendes ;Helena Duque Ana Cabral; Duque
  21. 21. secção A- em detalhe… Evidências A Deverão:  Ter em conta o conjunto de instrumentos/técnicas (identificadas em cada indicador) que ajudaram na recolha da informação que seja susceptível de se transformar em evidência;  Ser objectivos na identificação da informação que necessita para comprovar determinado item item;  Relembrar-se que devem efectuar a análise dos dados, na medida em que apenas são meros aspectos informativos. P f Para que sejam evidências j idê i efectivas é necessário que deles se extraia o sentido da informação, se estabeleçam ligações entre dados. Pelo que, se deve ter em conta que:  Para cada indicador fazer uso da informação (e idências) fa er so (evidências) disponibilizada por diversos instrumentos (sempre que seja operacional;  As evidências podem resultar do cruzamento de dados obtidos através do uso de instrumentos (um ou vários instrumentos de recolha);
  22. 22. secção A- em detalhe… Evidências ç  Exemplificando: No subdomínio A.1, para o indicador A.1.2 poderíamos estabelecer o seguinte paralelismo entre os instrumentos utilizados e as evidências recolhidas a partir da análise da informação Instrumentos Evidências Planificações das Áreas de Projecto, de  Formação Cívica e de Estudo  A BE planeou... com os docentes da Área…/ do Projecto... Acompanhado/Apoio ao Estudo Projectos Curriculares das Turmas A BE reuniu com os docentes da Área…/ do Projecto... A BE trabalhou com grupos de alunos que vieram pesquisar sobre…, no âmbito da Área…/ do  Registos de Reuniões/Contactos/ Acções  Projecto… conjuntas A BE direccionou acções formativas (número de acções) a docentes/ alunos das Áreas…/  Projectos Resultados do Questionário QP1. Por ex:...% professores afirmou usar diariamente a BE (ou  Questionário aos Professores (QP1) nunca usar a BE); % professores (não) participou em sessões de formação; % professores  articulou actividades com a BE; % professores avaliou positivamente (ou negativamente) o  (questões que remetem para o indicador  trabalho da BE; % professores indicou experiências de trabalho com a BE muito/pouco  correspondente) positivas; % professores atribui um grande/pequeno nível de influência à BE a nível da sua  formação cívica, etc. As turmas (nº de turmas)... desenvolveram trabalho articulado na BE no âmbito de .... Estatísticas ... % professores usou a BE para determinada Área (Área de Projecto; Estudo Acompanhado;  Formação Cívica; outra); 22
  23. 23. secção A- em detalhe… Pontos Fortes e Fracos A  Em função das evidências detectadas, identificar o que consideram serem os pontos fortes e fracos na acção/projecto da BE;  Na identificação desses pontos devem ser efectuadas comparações com factores críticos de sucesso e/outros standards que a literatura identifica;  Os pontos fortes e fracos deverão espelhar as evidências recolhidas ( assim não for h lhid (se i ã f haverá incongruência no processo ái ê i de avaliação) e perspectivar possíveis acções de melhoria a implementar ou manutenção/aperfeiçoamento de acções já iniciadas [consideradas sempre acções para a melhoria]; i ii d [ id d õ lh i ]
  24. 24. Acções para a melhoria 24 Efectuar uma Leitura Horizontal Acções de A õ d Pontos Fortes Pontos Fracos melhoria  Acções de Melhoria : Identificados os pontos fortes e fracos (1º tabela), mas tendo em conta o contexto global da escola (também as oportunidades e ameaças), perspectivar acções que permitam continuar a melhorar a qualidade da acção da BE, o seu nível de desempenho – executáveis, concretas… Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  25. 25. Acções de melhoria… 25 Domínio Seleccionado para avaliação – Quadro Síntese Motivo da escolha deste domínio:  _____________________________________________________________ ___________________ Indicad Nív Acções para a melhoria Acções para a melhoria Observações or el  obt ido  Identificar o nível obtido no Perfil de Desempenho – consultar a respectiva Tabela de Perfis de Desempenho, no fim de cada domínio/subdomínio seleccionado; Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  26. 26. Atribuir Nível 26  Neste exemplo, a BE situa-se claramente ao nível do 3 (cumpre 4 em 5 descritores), apesar de estar ao nível do 2, num dos descritores. Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque
  27. 27. Seccão B Domínio X.  …………………………….. Domínio X Evidências que  Relatório de  Subdomínio fundamentam o  Acções para melhoria Avaliação relatório • Relatório de Avaliação: análise concisa tendo em conta os pontos fracos e fortes detectados nesses domínios; • Evidências: há com certeza informações relevantes que devem ser consideradas, pois provam que foram domínios também trabalhados p pela BE; • Com base nessa análise e consequente identificação de pontos fortes e fracos devem apontar-se acções de melhoria claras tendo fracos, apontar se claras, em conta os perfis de desempenho do modelo 27
  28. 28. Incluir informação 28  EX: Helena Dina Mendes ;Helena Duque Ana Cabral; Duque
  29. 29. Concluir o relatório - C 29  Até 30 de Julho de 2010  Estar atento a informações relevantes da d RBE Ana Cabral; Dina Mendes ;Helena Duque

×