Métodos de Estudo Bíblico

12.831 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
9 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.831
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
577
Comentários
1
Gostaram
9
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Métodos de Estudo Bíblico

  1. 1. MEB
  2. 2. MÉTODOS DE ESTUDO BÍBLICO INTRODUÇÃO PROF. LEIALDO PULZ AULA 1
  3. 3. DESCRIÇÃO Apresentação das técnicas básicas e necessárias para estudo pessoal e “original” da Bíblia, as quais exploram o sentido natural da compreensão e conduzem à aplicação mensurável dos princípios bíblicos presentes no texto. PROPÓSITO Motivar o aluno a aplicar os recursos metodológicos em seus estudos bíblicos, produzindo material original e com aplicações adequadas e contextualizadas com a vida diária.
  4. 4. OBJETIVOS Ao final do curso o aluno será capaz de:  Definir e distinguir as técnicas do estudo bíblico indutivo;  Apresentar com clareza o relacionamento entre um texto bíblico e seu contexto imediato (posterior e anterior) e maior;  Valorizar a importância dos princípios da interpretação bíblica;  Utilizar os métodos aprendidos como ferramentas para a preparação de estudos bíblicos “originais”, bem como para avaliar a integridade das mensagens ouvidas de terceiros;  Relacionar a porção bíblica em estudo com a sua própria vida assumindo a responsabilidade de conduzir seus ouvintes à aplicações mensuráveis, contextualizadas e fundamentas na Bíblia.
  5. 5. ATIVIDADES  Leitura do livro “Métodos de Estudo Bíblico”, de Howard F. Vos (Ed. Cultura Cristã);  Projetos de estudo a serem feitos em sala com orientação do professor;  Tarefas e exercícios relacionados aos assuntos ministrados em sala de aula;  Avaliação no final do semestre;  Participação em sala de aula.
  6. 6. Por que usar um método de estudo?
  7. 7. “conjunto dos meios dispostos convenientemente para alcançar um fim; ordem ou sistema que se segue no estudo ou no ensino de qualquer disciplina; maneira sistemática de dispor as matérias de um livro; maneira de fazer as coisas; modo de proceder.” “uma estratégia, um plano de ataque, que produzirá resultados máximos para seu investimento de tempo e esforço”. HOWARD HENCRICKS
  8. 8. Js 1.8 Sl 1.1-2 Sl 19.7-9 Sl 119.9 Sl 119.11 Pv 1.2-6 Mt 4.10-11 Mt 5.18 Mt 7.24-27 2Tm 3.15-17
  9. 9. AS ESCRITURAS SÃO OS ÓCULOS QUE NOS PERMITEM VER E FOCALIZAR COISAS, E SEM OS QUAIS TUDO SERÁ CONFUSO.
  10. 10. A PALAVRA É UM LEÃO. DEIXE-A SOLTA! A BÍBLIA NÃO É O TIPO DE LIVRO QUE UM HOMEM ESCREVERIA CASO PUDESSE, NEM QUE PODERIA CASO QUISESSE
  11. 11. A BÍBLIA NÃO É O TIPO DE LIVRO QUE UM HOMEM ESCREVERIA CASO PUDESSE, NEM QUE PODERIA CASO QUISESSE
  12. 12. 1. ESTUDO BÍBLICO O O O O O O estudante estudante estudante estudante estudante estudante demonstrará... será capaz de... experimentará a... não dependerá de... terá condições de... desenvolverá... ( ( ( ( ( ( ) ) ) ) ) ) pensar por si mesmo um método prático e pessoal avaliar outras mensagens esforço e trabalho individual mensagens de outras pessoas a alegria no seu próprio estudo 2. ENSINO BÍBLICO Pra ajudar o aluno a _____________________________ (2Tm 2.15) Para evitar ____________________________________
  13. 13.  •Estudar a Bíblia intelectualmente sem obedecê-la. •Dar ênfase exagerada em questões secundárias. •Fazer uma passagem dizer o que ela não diz. •Tirar versículos para fora de seu contexto. o o o o o O crente jamais ficará desempregado! O crente solteiro deve se casar com a sua cunhada viúva... Uma pessoa triste pode chorar até 20 litros de lágrimas! Todo o crente verdadeiro alcança o sucesso neste mundo! Deus não existe!!! Fp 4.13 Dt 24.5-6 Sl 6.6 Hb 11.33-34 Sl 14.1
  14. 14.  EFICÁCIA PESSOAL I. _____________________ ESPIRITUAL II. _____________________ ESPIRITUAL III. _____________________ ESPIRITUAL (1Pe 2.2) (Hb 5.11-14) (2Tm 3.16-17) * EFICIÊNCIA PESSOAL “O estudo bíblico efetivo requer um método. Não se ensina uma criança nadar, jogando-a na parte funda de uma piscina e dizendo: „Tudo bem, agora nade.” ("Vivendo na Palavra", p. 26)
  15. 15. ANALÍTICO: É o exame cuidadoso de um capítulo, trecho ou versículo bíblico. É o estudo do objeto em seus pormenores, tendo o cuidado de notar até os mais diminutos aspectos. Neste método analítico, as partes da passagem são estudadas como por um microscópio. É como entrar numa biblioteca e focalizar um livro na estante.  "A Grande Comissão" (Mt 28.19-20); a salvação em Ef 1.
  16. 16. TÓPICO ou TEMÁTICO: É a investigação sobre um tópico ou tema escolhido, em toda a Bíblia ou numa porção dela. Nesse método um tópico é "caçado" através da Bíblia. Este estudo exige o uso de uma concordância bíblica para a coleta de informações.  o amor no Evangelho de João; as orações de Jesus; os dons espirituais.
  17. 17. MÉTODOS DE ESTUDO BÍBLICO MÉTODO INDUTIVO PROF. LEIALDO PULZ AULA 2
  18. 18. BÍBLIAS  Algumas Bíblias possuem ferramentas especiais para estudo. MATERIAL DE APOIO  Chave Bíblica ou Concordância.  Dicionário.  Manual bíblico.  Comentário bíblico. MATERIAIS COMPLEMENTARES  Estudo de personagens.  Geografia bíblica .  Manual de costumes bíblicos.  Manual de história bíblica. MATERIAL DIGITAL  “Bíblia On-Line”  TheWord
  19. 19. SINTÉTICO: É o exame amplo de um livro. É a abordagem de cada livro bíblico como uma unidade, a qual visa entender seu sentido como um todo. Este estudo não se preocupa com os pormenores, mas com o escopo global do livro, como que por um telescópio. É como entrar numa biblioteca e focalizar uma estante inteira. Usa gráficos, tabelas, quadros.  Efésios: Posição (1-3) e Prática em Cristo (4-6); 1 Pedro: Sofrimento .
  20. 20. BIOGRÁFICO: É o estudo que remonta a vida ou parte da vida de pessoas ou personagens bíblicos. A este estudo pode associar-se elementos cronológicos, geográficos ou históricos. O estudo pode enfatizar exemplos positivos e negativos, virtudes, feitos, relacionamento com Deus, etc.  Moisés (Egito – Midiã – deserto), José; Daniel, Paulo; Pedro, Jesus. CRONOLÓGICO: É o estudo que remonta e traça uma linha de tempo, organizando fatos históricos relacionados a pessoas, reinos, eventos, acontecimentos, etc. Este estudo pode servir como pano-de-fundo histórico para outros estudos.  os anos do ministério de Jesus; as dispensações; o reinado de Davi. GEOGRÁFICO: É o estudo que procura relacionar aspectos geográficos para ilustrar movimentação de personagens ou fatos históricos. Este exame inclui lugares, cidades, montes, rios, etc.  Elias nos montes Carmelo e Horebe (1Rs 18-19); viagens de Paulo.
  21. 21. HISTÓRICO: É o estudo que se preocupa com a história bíblica. O mesmo pode envolver aspectos cronológicos, geográficos ou biográficos.  O povo de Israel no deserto; o retorno do exílio; a criação; a queda. DOUTRINÁRIO: É o estudo de uma doutrina ou conceito teológico, o qual pode se restringir a toda Bíblia, ou algum livro, autor ou gênero literário bíblico. A abordagem deste estudo pode seguir um padrão sintético, analítico ou tópico. Pode ser apoiado por livros de teologias sistemáticas.  falsos mestres em 2 Pedro; salvação em Romanos; Cristo em Hebreus. EPISTEMOLÓGICO: É o estudo minucioso do significado e ocorrência de termos, palavras e expressões bíblicas. A eficácia deste estudo necessita a consulta nos idiomas originais bíblicos, através de léxicos, comentários exegéticos, concordâncias nas línguas bíblicas ou texto bíblico original.  “selo” do Espírito em Ef 1.14; "misericórdia" no AT; "alma".
  22. 22.  Se refere ao estudo que lida com uma conclusão baseada na verificação anterior de fatos, em nosso caso a Bíblia. O estudo indutivo da Bíblia parte do pressuposto que a revelação objetiva registrada é o nosso ponto de partida e de chegada. O estudo NÃO dirige a Bíblia, porém a BÍBLIA DIRIGE o estudo através de três passos:
  23. 23. ESTUDO DEDUTIVO ESTUDO INDUTIVO OBSERVAÇÃO “O Que Vejo?” INTERPRETAÇÃO “O Que Entendo?” APLICAÇÃO “O Que Faço?”
  24. 24. Observação implica no exame cuidadoso e completo do texto. Apresentase como o alicerce do estudo indutivo. Quanto mais nos saturarmos do texto melhor será o estudo. Interpretação implica no discernimento do significado do texto, baseado nas observações já feitas. Exige a busca pelo significado e compreensão do sentido escrito e transmitido pelo autor bíblico aos seus ouvintes contemporâneos. Aplicação deve ser tomada como o alvo de todo estudo bíblico. A aplicação se refere à prática do que foi estudado. A ausência da aplicação revela uma tarefa incompleta e inacabada.
  25. 25. OBSERVAÇÃO ESTUDO MACRO ESTUDO MICRO Leitura Ampla Anotações Gerais Esboço Sintético Quadro Geral Leitura Cuidadosa Gênero Literário Perguntas Observadoras Estrutura Gramatical - Verbos - Substantivos - Modificadores - Conectivos Estrutura Literária Esboço Mecânico
  26. 26. INTERPRETAÇÃO ESTUDO MACRO Hermenêutica Geral Questões Introdutórias - Autoria - Data - Destinatários - Propósito - Mensagem - Pano-de-Fundo * Histórico * Político * Social * Cultural * Religioso ESTUDO MICRO Hermenêutica Especial Estudo de Vocábulo Figura de Linguagem Correlação - Contexto - Comparação - Consulta Pré-Esboço Exegético
  27. 27. APLICAÇÃO o Princípios Gerais para Aplicação o Princípio X Literalismo o Formulação de Aplicações - Exeqüíveis - Objetivas - Breves - Mensuráveis o Alvo das Aplicações o Perguntas Aplicativas ⇨Quem? ⇨ Por quê? ⇨ O que? ⇨ Onde? ⇨ Como? ⇨ Quando? ⇨ Para quê? ⇨ Quanto?
  28. 28.  _____________  _____________  _____________  _____________  _____________ o Perguntas: ⇨Quem? ⇨ O que? ⇨ Onde? ⇨ Como? ⇨ Por quê? ⇨ Quando? ⇨ Para quê? ⇨ Quanto?
  29. 29. MÉTODOS DE ESTUDO BÍBLICO MÉTODO INDUTIVO PROF. LEIALDO PULZ AULA 3
  30. 30.  Fazer um zip no texto (compactação das ideias e temas).  Impressões gerais por meio de investigações menos detalhadas.  As ramificações das ideias não são seguidas, mas notadas.  Divisões no texto das bíblias é “artificial” e pode não corresponder.
  31. 31.  Leitura para conhecimento do perfil geral (todo o livro).  Encontrar as características principais do livro.  Qual o tema central? Existe mais de um?  Encontrar as seções do livro (parágrafos): ◦ Nomear os parágrafos (máx. 3 palavras) ◦ Fazer observações marginais ◦ Prestar atenção em palavras chaves (“enxergar”)
  32. 32.  _____________  _____________  _____________  _____________  _____________ o Perguntas: ⇨Quem? ⇨ O que? ⇨ Onde? ⇨ Como? ⇨ Por quê? ⇨ Quando? ⇨ Para quê? ⇨ Quanto?

×