Cap 16

193 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cap 16

  1. 1. Herbert desperta bem cedo, eledesce as escadas e encontra o corpo deKate desfigurado, o sangue esta por toda aescada, ele fica horrorizado, então segueaté a lavanderia, pega um balde e umesfregão, ele não poderia deixar provas deum assassinato em meio a suasala, Herbert pega o corpo, enrola em meioa um lençol, ele sai pela porta da cozinha esegue até o fundo do quintal, onde há umpequeno pântano e, lá mesmo ele jogaKate, que afunda em alguns segundos.Herbert então volta até a escada, e começauma árdua limpeza. Depois de terminadaa limpeza, Herbert segue até o quartoonde Fritz está, ele então diz:
  2. 2. _Por que você matou Kate? Porquê? _Era uma sirigaita, estavaolhando pela janela e a vi entrar nacasa, provavelmente para ir até seu quarto!Você não tem vergonha rapaz? Essesjovens indecentes... _Chega, eu não vou deixarvocê matar mais nenhuma pessoa! – DizHerbert, inrritado – Você vai ter que voltarpara o porão!
  3. 3. _Não! Não! Aquele lugarúmido e sujo não! Eu já passei muitotempo lá! – Diz a voz de Fritz _Mas intenda, você matouKate e Evelyn logo se dará conta disso! –Diz Herbert, já pegando seu pai doente nocolo. _Me solte seu imbecil, me solteagora mesmo rapaz! Não coloque as mãosem mim, não! –Diz a voz deFritz, relutando para não ser levado até oporão, o que não adianta, pois Herbert oleva até lá e o tranca. Em seguida Herbertsai pela porta de frente de casa, ele vaicomprar algumas coisas no comércio local.
  4. 4. Evelyn então desperta, ela selevanta e não encontra Kate em nenhumlugar da edícula, mas não ficapreocupada, aliás, Kate poderia estartomando café da manhã na casa de campo.Evelyn arruma todo o local e após algunsminutos ela decide visitar Herbert. Evelynsegue rumo a porta da cozinha, ela entra echama por Herbert, mas não obtémresposta, não demora muito para queEvelyn perceba que seu irmão não seencontra no local,
  5. 5. ela então aproveita para conversar comFritz e tirar tudo a limpo sobre oassassinato de Marion. Ela sobe as escadase encontra um respingo de sangue nocorrimão, mas não dá muitaimportância, alias não poderia perdertempo, tinha que aproveitar que se irmãonão estava. Evelyn procura por todos osquartos, mas não encontra Fritz, ela entãodecide ir procurar no andar de baixo.Enquanto isso, Herbert chega e vai direto aedícula para chamar Evelyn para oalmoço, ele adentra ao local e não encontraninguém:
  6. 6. Evelyn então percebe queprocurou seu pai por todos oscômodos, menos no porão, então ela descea pequena escada vagarosamente, ela abrea porta que leva a uma pequena saletaantes do porão, Evelyn então segue rumo apróxima porta, ela a abre e encontra umhomem de chapéu e sobretudo pretosentado sobre uma cadeira,
  7. 7. Evelyn tem certeza que é seupai, ela então toca os ombros dele, nãoobtendo resposta, ela pega pelo cassaco earrasta para fora da cadeira, Evelyn entãovê uma caveira com as roupas de seupai, com isso solta um grito horrível e altode pavor, ela percebe alguém abrindo aporta e ainda tensa se vira,
  8. 8. ela vê seu irmão trajado com as roupas deseu pai e com uma faca na mão, ele partepara cima dela e os dois caem nochão, onde travam uma intensaluta, Herbert ri como um psicopataenlouquecido, ele sobe por cima de Evelyn, ele tenta a esfaquear mas ela o impedesegurando seu braço, então Herbert sesolta e com a voz de Fritz diz:
  9. 9. _Nenhuma garota na vida demeu filho! Evelyn então solta um altogrito de pavor e em seguida Herbert agolpeia no braço, Evelyn então alcança acadeira onde se apoiava o cadáver, elaarremessa contra a cabeça de Herbert, quecai desacordado no chão.
  10. 10. Algumas horas depois Herbertse encontra preso, enquanto Evelyn estáem uma sala com um psiquiatra, ummédico o delegado local: _Cadê Herbert? E Kate? O quesignificava aquele cadáver no porão – DizEvelyn ainda assustada
  11. 11. _É, bom, como poderia... _Deixe-me explicar senhordelegado – Interrompeu o Psiquiatra –Tive uma pequena conversa com Herbert econfesso que me surpreendi com este caso.
  12. 12. _Como assim? – Questiona oadvogado _Na verdade Herbert cometeuapenas um assassinato, o de seu pai, já osde Marion e Kate foram feitos por Fritz. _Mas não é possível, Fritzestava morto no porão! – Exclama Evelyn _Sim, mas deixe-me explicar, apersonalidade de Herbert é muito, comopodemos dizer, confusa.
  13. 13. _Como assim – Questiona oadvogado _Para entender tudo, devemosvoltar para o passado, Herbert fora ummenino criado em um hotel onde conviviae se relacionava com poucas pessoas,comisso ele criava fortes vínculos com aspessoas daquele local e também o fato deesconder sua provável orientação sexualele...
  14. 14. _Como Dr.? - QuestionaEvelyn – Meu irmão era homossexual? _Provavelmente sim, mas oproblema não esta em sua orientaçãosexual, como dizia, Herbert criou vínculosmuito fortes com as pessoas no hotel, comisso acabou nascendo uma paixãoavassaladora, e como Fritz, seu pai, era umhomem viril , Herbert acabou alimentandoum intensa paixão pelo próprio pai.
  15. 15. Todos ficam espantados com arevelação. _Continuando, Herbert seapaixonou pelo pai e começou a sentirciúmes de sua própria mãe, Marion, entãocomeçou a planejar uma forma de a matar,seu plano era envenenar sua mãe, elecolocou uma pequena quantidade deveneno em um copo de conhaque, mas viuseu plano dar errado ao ver que seupróprio pai morrer ao ingerir a bebida.
  16. 16. _Então? – Perguntou Evelyninteressada. _Herbert então começou a terum ódio imenso pela mãe, a atraiu paraum encontro, onde gravou toda aconversação por simples prazer, Marionficou apavorada e ia fugir quando foimorta pelo próprio filho enquanto tomavabanho..
  17. 17. Todos se espantam novamente. _Já no orfanato, Herbertcomeçou a ficar perturbado com a mortede seu grande amor, Fritz, então elecomeçou a criar se pai dentro de si mesmo. _Como assim doutor? –Questiona o delegado _Foi no orfanato que Herbertpassou a ter duas personalidades, a suaprópria e a de seu pai, ele queria se tornarFritz, para que tivesse a impressão que seupai ainda estivesse vivo, foi uma forma deapagar a morte de Fritz em sua mente.
  18. 18. _E Kate? – Questiona Evelyn _Herbert viu em Kate umaaliada para poder fugir do orfanato para“viver uma vida feliz ao lado de Fritz” eleentão se refugiou na casa de Kate, viajouaté Berlim, roubou o corpo de seu pai e olevou para lhe fazer companhia, lá eleimitava a voz, a personalidade e até omesmo modo de pensar de seu própriopai, para dar a impressão de este aindaestar vivo _Mas porque ele a matou? –Questiona Evelyn novamente
  19. 19. _Como já disse, Herbertalimentava uma intensa paixão pelopróprio pai,e ele imaginava que seu paitambém o amava do mesmo jeito, então apersonalidade de Fritz que vivia emHerbert não permitia que mulhereschegassem perto dele, ou seja, quemmatou Kate foi o Fritz que vivia emHerbert, por puro ciúmes, igual aoassassinato de Marion e quando viu quevocê estava prestes a descobrir seussegredos, ele tentou lhe matar.
  20. 20. _Então Herbert será enviadoaté um hospital psiquiátrico ondepermanecerá por toda a vida, por causa deseu estado de demência – Explicou oAdvogado Evelyn fica espantada com asrevelações, mas não podia fazer nada, seuirmão estava louco e cometeu osassassinatos. Então ela vê seu irmão sendolevado até o carro para ser levado até ohospício, ele a olha e diz:
  21. 21. _Eu voltarei irmãzinha, meaguarde! – Soltando uma risada ao fim dafrase, que deixa Evelyn assustada. Evelyn então retorna a casa deMatthew e Marie, onde planeja esquecerseu passado e as atrocidades que seuirmão cometeu.
  22. 22. ©2013 Portal Machado de Assis

×