BOLETIM INFORMATIVOCasa do Menor São Miguel Arcanjo – Nacional – FEVEREIRO DE 2011 – 2ª Edição                “  O Consula...
E        DITORIAL       A importância da PRESENÇA      A Casa do Menor São Miguel Arcanjo, faz parte da minha vida desdeOu...
Í   ndice      Início dos Cursos Profissionalizantes ________________ 6      Charge ______________________________________...
Momentos antes do inicio doevento...                              Casa do Menor São Miguel Arcanjo
Fotografia: Leandro Luciano S. M.    dos SantosCasa do Menor São Miguel Arcanjo
No dia 08 de Fevereiro, a sede administrativa da Casa do menor, em Miguel Couto, recebeu os    novos alunos dos cursos pro...
Nos últimos anos, os cursos profissionalizantes da Instituição, vêem se tornando uma tradição, na baixada fluminense pela ...
todos os dias, após a oração, no programa Café com Jesus, joga- se o dado do Amor, (um resumo da    bíblia), para que os a...
Esquadrão da Morte... Violência por falta de OPORTUNIDADE!                                       Casa do Menor São Miguel ...
Matéria retirada do site do Consulado do Japão do Rio de Janeiro –                   Endereço: http://www.rio.br.emb-japan...
realizada na Casa do Menor São Miguel Arcanjo no dia 04 de fevereiro de 2011.        O evento contou com a presença de cer...
Os equipamentos utilizados nos vários cursos estavam obsoletos e alguns até sem     condições de uso. Além disso, como não...
Furadeira de coluna                              Fresadora           Torno mecânico                          Máquina de so...
Este livro nasceu de um desafio que me foi lançado por ocasião dos vinte e um anos da Casa      do Menor: “Qual contribuiç...
CONTRIBUIÇÃO PEDAGÓGICA E TERAPÊUTICA       Essa contribuição pedagógica e terapêutica não nasceu da reflexão teórica, mas...
DESCOBERTAS               O caminho de vinte e um anos no meio dos não-amados em muitas formas ajudou-nos a fazer      alg...
APONTANDO UM CAMINHO       Essas luzes não pretendem ser a última palavra. Apenas indicam um caminho que deve sercontinuad...
No dia 04 de Fevereiro de 2011, o C.I.D.A.H – CENTRO CULTURAL da Casa do Menor      concretizou o dia de ação solidária em...
É importante ressaltar a sensação de dever cumprido que todos os voluntarios demonstraram     após a doação de sangue. Acr...
Fábio Leandro – Instrutor de Graffiti -Idealizador da campanha Doe Sanguee Salve Vidas.                                   ...
Equipe de Voluntários que    participaram da campanha.Casa do Menor São Miguel Arcanjo
A PIOR DAS TEMPESTADES           Caminhamos curvados e trôpegos, enfrentando às tempestades que a vida nos traz. Ao    rec...
Parceiro do RJ. Mais de 2.000 inscritos. E em Nova Iguaçu MARIANE GOMES, moradora dobairro do AMBAÍ, tornou-se uma PARCEIR...
Em visita ao Nosso Centro Cultural, MARIANE GOMES, nos cativou com a sua sinceridade e    com a sua vontade de apresentar ...
Apresentação de circoApresentação de Graffiti                                    Casa do Menor São Miguel Arcanjo
Jovem abrigada pela Casa do Menor São Miguel Arcanjo, realiza o sonho de ter uma festa de      debutante, com direito, ao ...
Momento de Comunhão                      Casa do Menor São Miguel Arcanjo
Aniversariante ao lado                                   da Mãe SocialCasa do Menor São Miguel Arcanjo
O Setor de Comunicação é a nova proposta da Diretoria da Casa do Menor para estabelecer a imagem dainstituição no país e n...
Responsável pela Rádio                                   Presença OnlineCasa do Menor São Miguel Arcanjo
A       GRADECIMENTOS     AGRADECEMOS A TODOS OS ENVOLVIDOS NA ELABORAÇÃO DESTE BOLETIM E A CASADO MENOR SÃO MIGUEL ARCANJ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

2ª EDIÇÃO - BOLETIM INFORMATIVO DA CASA DO MENOR

2.799 visualizações

Publicada em

2ª EDIÇÃO DO BOLETIM INFORMATIVO DA CASA DO MENOR SÃO MIGUEL ARCANJO

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.799
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
36
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2ª EDIÇÃO - BOLETIM INFORMATIVO DA CASA DO MENOR

  1. 1. BOLETIM INFORMATIVOCasa do Menor São Miguel Arcanjo – Nacional – FEVEREIRO DE 2011 – 2ª Edição “ O Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro doou R$ 166.692,02 (US$ 96.914,00) à Casa do Menor São Miguel Arcanjo, em Nova Iguaçu, no Estado do Rio de Janeiro,através do programa “Assistência Projetos Comunitários e de Segurança Humana”.
  2. 2. E DITORIAL A importância da PRESENÇA A Casa do Menor São Miguel Arcanjo, faz parte da minha vida desdeOutubro de 2007. Antes, disso já ouvira falar do Padre Renato e os seuspivetes. Mas, ainda não percebia a grandeza de sua obra. Ironicamente, também me sentia marginalizado pela falta deoportunidade, pela injustiça de ter nascido em um lar desestruturado... “Mãeque espancava seus filhos, os abandona!“ Se tivesse esse Boletim comomeio de comunicação, aos oito anos de idade, seria essa a matéria CAPA.Assim, como os pivetes, eu também cresci com as feridas abertas.Agradeço a PRESENÇA do meu pai, que a pesar da deficiência visual, nosprotegeu de um futuro, ainda, mais cruel. E por intermédio do meu pai, conheci a Casa do Menor em MiguelCouto. Aqui, o primeiro a se fazer PRESENÇA, foi o Srº Darcyr (Instrutor deElétrica), depois o Marcelo (Instrutor de Serralharia), a quem agradeço peloincentivo, e pela atenção de todas as horas, o Srº Ronildo (Instrutor deMecânica de Auto), o Jorge (Instrutor de Informática) e tantos outros... E o resultado de tanto amor, emanado da PRESENÇA dessaspessoas em minha vida, faz com que tente, de todas as maneiras, retribuirtudo o que a Casa do Menor me deu. Mas, talvez, eu não consiga! Porque àCasa do Menor, eu devo a VIDA! E por isso que peço a Deus que continue me abençoando, eabençoando à todos, que acreditam nessa obra que é Dele! Leandro Luciano Silva Monteiro dos Santos Boletim Informativo da Casa do Menor – Assessoria de Imprensa Boletim Informativo BOA LEITURA!
  3. 3. Í ndice Início dos Cursos Profissionalizantes ________________ 6 Charge ________________________________________ 9 Projeto de melhoria dos Cursos Profissionalizantes ________________________ 10 Momento Presença _______________________________ 14 Campanha: Doe Sangue e Salve Vidas ___________________________________ 18 Mensagem de Paz _______________________________ 22 Centro Cultural e Parceiros do RJ _________________________________ 23 Aniversário de 15 anos ____________________________ 26 Setor de Comunicação _____________________________ 29 Agradecimentos _________________________________ 31 “A MIM O FIZESTE...”Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  4. 4. Momentos antes do inicio doevento... Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  5. 5. Fotografia: Leandro Luciano S. M. dos SantosCasa do Menor São Miguel Arcanjo
  6. 6. No dia 08 de Fevereiro, a sede administrativa da Casa do menor, em Miguel Couto, recebeu os novos alunos dos cursos profissionalizantes. Com um clima de boas vindas e de muita espiritualidade, os alunos foram recebidos por Márcio Antônio e Lúcia Inês no programa Café da manhã com Jesus, da radio presença online e de toda a equipe da profissionalização.Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  7. 7. Nos últimos anos, os cursos profissionalizantes da Instituição, vêem se tornando uma tradição, na baixada fluminense pela seriedade, pelos investimentos recebidos e o comprometimento dos profissionais envolvidos. Os cursos Profissionalizantes da Casa do Menor (Miguel Couto) vêm se consolidando, como um dos projetos de maior tradição na formação de “Profissionais Cidadãos”, na Baixada Fluminense. E isso se deve ao comprometimento de todos os profissionais envolvidos. A Casa do Menor oferece cursos de: Mecânica de Auto, Mecânica Geral, Elétrica Predial, Serralheria, Cabeleireiro, Informática e Panificação, para toda a Região de Nova Iguaçu e é à base da cidadania para tantos meninos que se encontram acolhidos na Instituição. O objetivo dos Cursos Profissionalizantes é proporcionar cidadania a tantos jovens, oriundos ounão casa lares, da Instituição, sem oportunidade, tornando – os capazes de protagonizar a própriaHistória.A ARTE DE AMARAtravés dos ensinamentos de Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focolares, que tem comobase a Espiritualidade da Unidade; e que serve como base de inspiração para a Casa do Menor; Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  8. 8. todos os dias, após a oração, no programa Café com Jesus, joga- se o dado do Amor, (um resumo da bíblia), para que os alunos possam vivenciar a palavra de forma simples e completa. Aplicando – as no seu dia a dia. Todos os dias acontecem na Capela da Instituição, através da rádio Presença Online, o CAFÉ DA MANHÃ COM JESUS. Momento de espiritualidade e de unidade, onde a fé é colocada acima de qualquer religião, onde o Amor de Jesus Cristo é exaltado através dos ensinamentos de Sua palavra. Curso de Cabeleireiro momento de integração com a nova turma. Este curso é patrocinado pela WELLA.Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  9. 9. Esquadrão da Morte... Violência por falta de OPORTUNIDADE! Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  10. 10. Matéria retirada do site do Consulado do Japão do Rio de Janeiro – Endereço: http://www.rio.br.emb-japan.go.jp/cooperacao/apccursoprof.htm FOTO O Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro doou R$ 166.692,02 (US$ 96.914,00) à Casa do Menor São Miguel Arcanjo, em Nova Iguaçu, no Estado do Rio de Janeiro, através do programa “Assistência a Projetos Comunitários e de Segurança Humana”. E com o término da aquisição e com a instalação dos equipamentos para treinamentos profissionalizantes, a cerimônia de inauguração foiCasa do Menor São Miguel Arcanjo
  11. 11. realizada na Casa do Menor São Miguel Arcanjo no dia 04 de fevereiro de 2011. O evento contou com a presença de cerca de duzentos e cinquenta pessoas, entre as quais, oCônsul-Geral Interino do Japão no Rio de Janeiro, Hajime Kimura, o Cônsul Takaharu Nagashima, oFundador e Presidente da Casa do Menor São Miguel Arcanjo, Renato Chiera, os membros dadiretoria, instrutores dos treinamentos profissionalizantes, alunos desta entidade, e da Prefeitura deNova Iguaçu, a Secretária de Educação (representante da Prefeita), Dilceia Quintela, o Secretário deAção Social, Sebastião Wagner Berriel, a Vereadora Marli Freitas, e a Secretária de Ação Social deBelford Roxo, Rosangela Pedra.PROJETO DE MELHORIA DOS CURSOS PROFISSIONALIZANTES A Casa do Menor São Miguel Arcanjo é uma entidade filantrópica fundada em 1986, em NovaIguaçu-RJ. Essa instituição possui atualmente 18 casas-lares que abrigam meninos e meninas quevivem nas ruas das cidades do Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, Santa Ipanema-AL, Fortaleza e Pacatuba-CE. Na Casa de Nova Iguaçu, beneficiada pela presente doação, vários cursos de capacitaçãoprofissional estão sendo oferecidos, anualmente, a mais de 1.200 adolescentes de 14 a 24 anos, defamílias carentes dessa região, proporcionando-os condição de se estabelecerem na sociedade. Oscursos oferecidos são: Mecânica Geral, Mecânica de Autos, Serralheria, Eletricista Predial, Informática,Cabeleireiro, Penteado Afro, Manicure e Pedicure, Panificação e Design Gráfico. Os equipamentos utilizados nos vários cursos estavam obsoletos e alguns até sem condiçõesde uso. Além disso, como não existiam equipamentos modernos, os alunos não conseguiam aprendernovas tecnologias e nem receber treinamento eficaz. Presidente, o Cônsul e alunos cortam a fita em frente da sala do curso de Mecânica Geral Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  12. 12. Os equipamentos utilizados nos vários cursos estavam obsoletos e alguns até sem condições de uso. Além disso, como não existiam equipamentos modernos, os alunos não conseguiam aprender novas tecnologias e nem receber treinamento eficaz. Por isso, o Governo do Japão doou os seguintes equipamentos: 1. Mecânica Geral: 5 tornos, 3 furadeiras de coluna e 1 fresadora 2. Mecânica de Autos: 2 prensas hidráulicas, 2 macacos hidráulicos, 1 compressor de ar e 2 bancadas 1. Serralheria: 2 máquinas de soldagem - mig/mag, 2 máquinas de soldagem – tig 2. Elétrica Predial: 1 Bancada de teste elétrico e 1 bancada móvel Com a presente doação, a entidade conseguiu pela primeira vez adquirir novos equipamentos e com a introdução desses novos equipamentos, os alunos poderão aprender a lidar com modernas tecnologias de forma eficiente. Estima-se que o número de alunos beneficiados será de aproximadamente 550 por ano. Apresentação dos alunos de PercussãoCasa do Menor São Miguel Arcanjo
  13. 13. Furadeira de coluna Fresadora Torno mecânico Máquina de soldagem mig/mag Bancada de teste elétrico Compressor de ar“A Casa do Menor agradece pela a parceria e a confiança depositada em nosso trabalho!” Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  14. 14. Este livro nasceu de um desafio que me foi lançado por ocasião dos vinte e um anos da Casa do Menor: “Qual contribuição podemos oferecer à sociedade como resposta à causa da criança e do adolescente, no Brasil e talvez no mundo?” Aceitei o desafio de oferecer, com simplicidade e humildade, os caminhos que fomos descobrindo e as luzes que foram se acendendo.Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  15. 15. CONTRIBUIÇÃO PEDAGÓGICA E TERAPÊUTICA Essa contribuição pedagógica e terapêutica não nasceu da reflexão teórica, mas de umaexperiência vivida que tentamos sistematizar, embora com muitas limitações. Nasceu da escuta dosgritos dos meninos e das exigências da vida deles. A vida dos meninos falou alto para nós; apenastentamos escutar aquilo de que eles precisavam. Todo dia é uma descoberta, são passos novos.FRUTO DE UM MUTIRÃO E DA VIDA DE COMUNHÃO A proposta é fruto de um mutirão, antes de tudo fruto da comunhão de vida e experiências entrenós. É um caminho epistemológico e cognitivo, novo, calçado a partir da experiência e da vida decomunhão entre os educadores e os meninos. Muitos colaboraram, educadoras, mães e pais sociais,psicólogos e pedagogos da nossa Casa, e também adolescentes e crianças, que aceitaram partilharsuas experiências. Uma então doutoranda em Pedagogia da Universidade de Cambridge visitou-nos querendopromover uma pesquisa com adolescentes envolvidos em drogas, no narcotráfico e na violência.Acabou se apaixonando pela nossa proposta pedagógica, que ela sentia nova e válida não só para osmeninos de rua e excluídos do Brasil, mas também para o Primeiro Mundo – tão pobre de relaçõesvivificantes, onde os jovens não são assassinados, como no Brasil, mas se suicidam, de muitasformas, pela falta de sentido e de amor e vivem em depressão e com medo do futuro. São órfãos depais vivos, mas ausentes.PEDAGOGIA DOS NÃO AMADOSNós amamos e estimamos a “pedagogia do oprimido”, de Paulo Freire, que aborda a dimensão daexclusão socioeconômica. Com nossa proposta pedagógica, gostaríamos de chegar ao ponto maisprofundo do ser humano. É a “pedagogia dos não-amados”, na qual a pobreza é apenas umaexpressão dessa falta de amor; mas existem outras opressões e pobrezas mais fundamentais. Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  16. 16. DESCOBERTAS O caminho de vinte e um anos no meio dos não-amados em muitas formas ajudou-nos a fazer algumas descobertas daquilo que é fundamental no ser humano: cada pessoa tem como “código genético”, “DNA”, o amor. É feita para ser amada e amar. Isso é simples, mas é essencial. A estrutura fundamental do ser humano é o amor e, portanto, a sua exigência é o amor; o resto é conseqüência disso. Descobrimos a essencialidade da relação na pessoa humana. Para um crescimento harmonioso e pleno, o ser humano precisa encontrar a relação com a fonte-útero-mãe-pai e gerar relações com os outros (ser irmão e pai). Quando essa relação se torna recíproca (amor recíproco), mergulha-se na mesma vida que existe em Deus, que é Trindade, e volta-se ao Útero –Frontal -Deus Amor presente entre nós. E o ser humano se reencontra na sua origem e descobre a sua verdadeira identidade. DIAGNOSTICO Conseguimos chegar a um diagnóstico profundo dos problemas em que mergulham crianças, adolescentes e jovens: revolta, violência, agressividade, drogas, narcotráfico, perversões e desvios afetivos sexuais. Esses fatos sinalizam uma doença mais profunda: a falta de amor. São frutos do desamor, da falta de relações vivificantes, de referenciais fundantes, da ausência de uma presença. Não recebendo amor e não amando, o ser humano se destrói. Daí todas as desarmonias e estragos. A CURA Descobrimos também o caminho da cura, a que chamamos de “presença”, e apontamos a necessidade de encontrar um referencial, alguém que ama de verdade e chama vida a brotar. A cura, a recuperação, o extenuante retorno à vida, à realização plena, acontece quando a pessoa se sente amada e, sobretudo, aprende a amar. Sente a presença de quem a ama e consegue ser presença de amor para os outros. Recebendo amor e começando a amar, o “motor” do ser humano começa a “funcionar” com o “combustível” de amor. É uma volta às nossas origens. Então, experimenta-se a felicidade, conseqüência da plenitude e realização do ser. A experiência de recuperação do dependentes nas Fazendas da Esperança acontece com o mesmo processo.Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  17. 17. APONTANDO UM CAMINHO Essas luzes não pretendem ser a última palavra. Apenas indicam um caminho que deve sercontinuado e compreendido. Já fomos visitados, e continuamos a ser, por pessoas que queremaprofundar essa nossa pedagogia com teses universitárias. Esperamos com alegria essa colaboraçãoe complementação. Não procuramos confirmar nossa proposta pedagógica com teorias e pedagogiasexistentes unicamente pela falta de tempo e de competência.O GRITO QUE ESPERA RESPOSTAS Temos, porém, uma certeza: Deus tem pressa para salvar a vida de todos e, sobretudo, dospequenos. A vida pede passagem com urgência! A vida morre em todo o mundo, e os meninos sofremem todo o mundo. Nunca a humanidade tratou tão mal os seus filhos como agora. Nunca o grito desofrimento dos pequenos foi tão forte e dramático. É uma noite coletiva e cultural. É uma dor e um grito que ecoa o grito de Jesus na cruz: “Porquê?” É um aspecto desse grito e dor de Jesus na cruz. Por isso, é dor grávida de vida que anuncia oparto e prepara a ressurreição. Deus está suscitando, no Brasil e no mundo afora, pessoas que entramnessas chagas e encontram respostas a esse drama humano. Estão nascendo tantas experiências noBrasil e exterior, sinais de ressurreição e de vida que devem se unir e se tornar corpo para conseguirchamar muitos Lázaros “a vir para fora”.PEQUENA RESPOSTA, MAS EFICAZ A nossa é uma pequena resposta que está dando certo. Captou o clamor profundo dos meninosque pedem amor, e os vários clamores pela falta de família, de escola, de profissão, de lazer e cultura,de trabalho, de casa e de cidadania. É uma resposta completa e contempla o arco mais importante davida humana. Gostaríamos de somar com outras experiências brasileiras e estrangeiras, para nãodeixar a esperança morrer e ajudar a vida a vencer. Sentimos o limite das propostas governamentais ede algumas ONGs que custam a perceber a exigência fundamental do ser humano. Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  18. 18. No dia 04 de Fevereiro de 2011, o C.I.D.A.H – CENTRO CULTURAL da Casa do Menor concretizou o dia de ação solidária em benefício das vitimas da Região Serrana. A Campanha DOE SANGUE E SALVE VIDAS, idealizada por Fábio Leandro (Instrutor de Graffiti) e abraçada pela a coordenação do Centro Cultural (Thaísa Miranda dos Santos), contou com a participação de voluntários da comunidade e dos cursos profissionalizantes da Casa do Menor.Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  19. 19. É importante ressaltar a sensação de dever cumprido que todos os voluntarios demonstraram após a doação de sangue. Acredita-se que ações como essa deva acontecer com maior frequencia em nossa comunidade. E mais uma vez a Casa do Menor demonstra pioneirismo em ações socialmente responsáveis. Cristiano, funcionário da Casa do Menor – Regional Tinguá “Sempre tive vontade de doar sangue. e agora tenho certeza que continuarei doando sempre. Hoje sei da importância de vivenciar os ensinamentos de Deus. Dê vida aqueles que necessitam!” Cristiano – Prestação de Contas – TinguáCasa do Menor São Miguel Arcanjo
  20. 20. Fábio Leandro – Instrutor de Graffiti -Idealizador da campanha Doe Sanguee Salve Vidas. Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  21. 21. Equipe de Voluntários que participaram da campanha.Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  22. 22. A PIOR DAS TEMPESTADES Caminhamos curvados e trôpegos, enfrentando às tempestades que a vida nos traz. Ao recebermos o impacto da tormenta, não devemos nos deixar enfraquecer, pois as tormentas fazem parte do nosso dia a dia. Após a sua passagem, o sol volta a brilhar, a paz volta a reinar e percebemos que os estragos não foram tão grandes assim. Então, ao sermos envolvidos pelas tempestades da vida, não nos deixemos arrancar a fé, de nossa conduta moral correta, do caminho certo que começa a ser, lentamente, percorrido. Não se deve, por antecipação, deixar a revolta tomar conta do seu coração. Devemos aguardar que a tempestade desabe, mesmo que o faça com toda a sua fúria. Calma e confiantemente, aguardaremos a bonança. Ela virá, com certeza! A vida é feita de pequenos ou grandes percalços, depende do prisma pelo qual olhamos. A maior tempestade que pode desabar sobre nossas vidas é a do desânimo, a falta de confiança, a da falta de fé... Todas as outras são meros acaso do destino! Mas se não esmorecermos, se acreditarmos e confiarmos plenamente em Deus, sabemos que serão superados. CONFIANÇA, CORAGEM e FÉ , sinônimos de grandeza de alma.Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  23. 23. Parceiro do RJ. Mais de 2.000 inscritos. E em Nova Iguaçu MARIANE GOMES, moradora dobairro do AMBAÍ, tornou-se uma PARCEIRA DO RJ. E através de seu, enorme, talento e carisma,compromete-se a resgatar o incentivo a cultura e a dignidade aos Iguaçuanos realizando um “360graus” de informação, de entretenimento e de entrega. E nós da Casa do Menor São Miguel Arcanjonão duvidamos disso! Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  24. 24. Em visita ao Nosso Centro Cultural, MARIANE GOMES, nos cativou com a sua sinceridade e com a sua vontade de apresentar uma Cidade de realidade paradoxal e que possui grandes oportunidades de melhorias. “Sabemos das dificuldades de muitos bairros e solicito a todos que realmente se revoltem com essa situação, através de manifestos sociais e culturais como este que é realizado há 25 anos pela Casa do Menor São Miguel Arcanjo.” Diz MARIANE GOMES. E nesta última quinta-feira, dia 17 de Fevereiro de 2011, atendendo a pedidos da mesma, alunos e instrutores do Centro Cultural da Casa do Menor se apresentaram na Praça Rui Barbosa, Centro de Nova Iguaçu, na estréia da nossa GUERREIRA DO AMBAÍ, no quadro PARCEIROS DO RJ. É um novo quadro do RJTV (REDE GLOBO), que vai mostrar a realidade de diferentes regiões da região metropolitana do Rio sob o ponto de vista do próprio morador. É ele quem vai apresentar o lugar em que vive, com um olhar que só ele tem, produzindo conteúdo para o telejornal. Para isso, serão selecionadas 16 pessoas de oito áreas do Rio de Janeiro. Estas pessoas precisam ser curiosas, conhecer seus bairros e, principalmente, gostar de contar histórias. Cada selecionado será um “Parceiro do RJ”. Parceiros do RJ de Nova Iguaçu são MARIANE DEL REIS e Mc Peter. Veja o vídeo, acessando este link: http://cidahcentrocultural.blogspot.com/ Mariane Del Rei – Parceira do Rj e Moradora do bairro do Ambaí Instrutor de Graffiti, Fábio LeandroCasa do Menor São Miguel Arcanjo
  25. 25. Apresentação de circoApresentação de Graffiti Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  26. 26. Jovem abrigada pela Casa do Menor São Miguel Arcanjo, realiza o sonho de ter uma festa de debutante, com direito, ao tradicional, vestido branco e uma cerimônia, emocionante, ministrada pelo Padre Renato Chiera. Veja, a seguir, algumas fotos do evento:Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  27. 27. Momento de Comunhão Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  28. 28. Aniversariante ao lado da Mãe SocialCasa do Menor São Miguel Arcanjo
  29. 29. O Setor de Comunicação é a nova proposta da Diretoria da Casa do Menor para estabelecer a imagem dainstituição no país e no mundo. Atualmente, fazem parte desse novo setor: Wellington Carlos (Produtora, rádioweb e audio visual), Rômulo Vieira (Web master), Renata Vargas (Eventos, assessoria de imprensa,apadrinhamento e captação de recursos), Leandro Luciano (Boletim Informativo), Marli de Paula(Apadrinhamento e captação de recursos) e Srº Márcio Antônio (Institucional). Além dos jovens aprendizes quesão peças fundamentais nessa empreitada. Casa do Menor São Miguel Arcanjo
  30. 30. Responsável pela Rádio Presença OnlineCasa do Menor São Miguel Arcanjo
  31. 31. A GRADECIMENTOS AGRADECEMOS A TODOS OS ENVOLVIDOS NA ELABORAÇÃO DESTE BOLETIM E A CASADO MENOR SÃO MIGUEL ARCANJO POR INCENTIVAR A CULTURA E A COMUNICAÇÃO NABAIXADA FLUMINENSE. E OBRIGADO PADRE RENATO CHIERA POR DEIXAR DEUS UTILIZAR ASUA VIDA PARA SALVAR TANTAS OUTRAS... SEJA PARCEIRO DO NOSSO BOLETIM INFORMATIVO ANUNCIE AQUI! E ajude a Casa do Menor São Miguel Arcanjo a continuar, por mais 24 anos, acolhendo crianças, adolescentes e jovens em situação de risco pessoal, dando ênfase ao trabalho com suas famílias, tendo como preocupação e objetivo a reintegração familiar e social. Além de favorecer o protagonismo desses meninos e meninas. E lembre-se: “UM POUQUINHO PARA VOCÊ É UM MILAGRE PARA NÓS!” Casa do Menor São Miguel Arcanjo

×