Combate a pragas florestais
(controle químico)
Silvicultura: Aula 10
Profº Eng. Flor. Ms. Wagner Corrêa Santos
Profº Eng. ...
Introdução
 Pragas são organismos vivos que causam
danos econômicos a cultura em questão
 No setor florestal as pragas s...
Muda de Pinus atacada por formiga cortadeira
Muda de Eucalyptus atacada por formiga cortadeira
Muda de Pinus atacada por formiga cortadeira e com rebrota em touceira,
causando perca em incremento, bifurcação ou tronco...
Formigas cortadeiras
 Atta (saúvas) e Acromyrmix ( quenquéns e
mineiras)
 deve fazer parte do projeto silvicultural de
i...
Formigas cortadeiras
 O controle pode ser feito a qualquer época
do ano, com maior intensidade apos a
revoada das novas r...
Controle químico de formigas
 Líquido: Aplica-se o líquido em
termonebulizadores a frio ou quente, no olheiro do
formigue...
Controle em pó de formigas cortadeiras
Controle químico de formigas
 Granulados: São iscas a granel ou em
saquinhos que apresentam essência de
citrus e são colo...
CONTROLE DAS FORMIGAS
 O método de controle mais utilizado para as
formigas cortadeiras são em pó e granulados
 áreas co...
CONTROLE DAS FORMIGAS
Controle com pó
 devem-se localizar os formigueiros não apenas na
área de plantio e sim em talhões ...
CONTROLE DAS FORMIGAS
 Controle com iscas granuladas
 Com a localização dos formigueiros
 -Localiza-se os formigueiros ...
CONTROLE DAS FORMIGAS
CONTROLE DAS FORMIGAS
 Sem a localização dos formigueiros
 - Lançar pacote ou granel a cada 5 a 10 mudas;
 - Voltar alg...
CONTROLE DAS FORMIGAS
 Obs: Não aplicar em dias chuvosos,
tendo as iscas em saquinhos maior
durabilidade se comparado com...
FIM
Comnate a pragas
Comnate a pragas
Comnate a pragas
Comnate a pragas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Comnate a pragas

281 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
281
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comnate a pragas

  1. 1. Combate a pragas florestais (controle químico) Silvicultura: Aula 10 Profº Eng. Flor. Ms. Wagner Corrêa Santos Profº Eng. Flor. Wilson Cesar
  2. 2. Introdução  Pragas são organismos vivos que causam danos econômicos a cultura em questão  No setor florestal as pragas são menos relevantes que o setor agrícola  No setor florestal há uma tendência de um controle biológico  Principal praga é a formiga cortadeira, que deve estar no projeto silvicultural
  3. 3. Muda de Pinus atacada por formiga cortadeira
  4. 4. Muda de Eucalyptus atacada por formiga cortadeira
  5. 5. Muda de Pinus atacada por formiga cortadeira e com rebrota em touceira, causando perca em incremento, bifurcação ou tronco tortuosos, Especialistas afirmam que estas plantas não serão mais atacadas por formigas por produzirem uma espécie de anticorpo
  6. 6. Formigas cortadeiras  Atta (saúvas) e Acromyrmix ( quenquéns e mineiras)  deve fazer parte do projeto silvicultural de implantação, deve ser executado de caráter preventivo e fazer parte do custo de implantação  Fazer o controle antes do plantio e após sempre que houver necessidade, até os 3 anos de idade para Pinus e idades indeterminadas para Eucalyptus, na fase inicial do plantio deve haver um maior cuidado, intensificando o monitoramento área
  7. 7. Formigas cortadeiras  O controle pode ser feito a qualquer época do ano, com maior intensidade apos a revoada das novas rainhas (outubro e novembro), onde o método químico é mais eficaz
  8. 8. Controle químico de formigas  Líquido: Aplica-se o líquido em termonebulizadores a frio ou quente, no olheiro do formigueiro  Gás: É aplicado no olheiro do formigueiro e este penetra por gravidade  Pó: O pó seco é aplicado diretamente no olheiro do formigueiro com uma bomba de vácuo de aplicação manual
  9. 9. Controle em pó de formigas cortadeiras
  10. 10. Controle químico de formigas  Granulados: São iscas a granel ou em saquinhos que apresentam essência de citrus e são colocados na área de plantio sem precisar localizar o formigueiro, pois as formigas a levam devido à essência neles. Não podendo estes serem pegos com a mão
  11. 11. CONTROLE DAS FORMIGAS  O método de controle mais utilizado para as formigas cortadeiras são em pó e granulados  áreas com alto grau de infestação recomenda-se utilizar os dois processos
  12. 12. CONTROLE DAS FORMIGAS Controle com pó  devem-se localizar os formigueiros não apenas na área de plantio e sim em talhões vizinhos, pois s a formiga tem a capacidade de buscar as folhas a longas distancia  Depois de encontrado o formigueiro, o operador localiza o olheiro, insere o cano e aplica o pó, podendo este emergir em novos olheiros do mesmo formigueiro. Este método é muito eficaz, porém bastante ocioso
  13. 13. CONTROLE DAS FORMIGAS  Controle com iscas granuladas  Com a localização dos formigueiros  -Localiza-se os formigueiros dentro e fora do talhão  - Mede-se a área dos formigueiros  - Colocar a isca próximo ao carreiro, aplicando 10g/m² de formigueiro
  14. 14. CONTROLE DAS FORMIGAS
  15. 15. CONTROLE DAS FORMIGAS  Sem a localização dos formigueiros  - Lançar pacote ou granel a cada 5 a 10 mudas;  - Voltar alguns dias depois e verificar se as iscas foram levadas pelas formigas e se teve mudas atacadas;  - Aplicar novamente as iscas em locais com maior ataque;  - Continuar fazendo o monitoramento
  16. 16. CONTROLE DAS FORMIGAS  Obs: Não aplicar em dias chuvosos, tendo as iscas em saquinhos maior durabilidade se comparado com as iscas a granel
  17. 17. FIM

×