1timeleite

155 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
155
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1timeleite

  1. 1. Cultivos Florestais
  2. 2. Potencial Qualificador da Pecuária de Leite através da arborização de pastagens.
  3. 3. •Conforto térmico para os animais. (Pires et al., 2007) • Conservação de solo e água. (Sanchez, 2001) •Melhoria propriedades químicas do solo. (Castro et al., 2007) • Aumento da atividade microbiana do solo. (Rangel, 2005) •Melhoria valor nutricional da forragem. (Menarim Filho,2008) • Maior retenção de carbono. (Tsukamoto Filho et al., 2004) Formas de qualificação
  4. 4. CONFORTO PARA OS ANIMAIS Zona de Conforto Térmico - gado europeu 1ºC a 21ºC - gado zebuino 10° a 27ºC Condições de ambiente onde ruminantes manteriam produção mínima: - 4°C a 24ºC gado leiteiro em lactação; - 4ºC a 26ºC gado de corte; - 10ºC a 26ºC para novilhas; - UR em torno de 75% - QTR ~ 60cal.cm-2.s-1 ~ 700W.m-2 - ventos entre 1,4 e 2,2 m.s-1
  5. 5. V.PORFÍRIODASILVA
  6. 6. AROEIRA,2000
  7. 7. V.PORFÍRIODASILVA
  8. 8. V.PORFÍRIODASILVA
  9. 9. PRODUÇÃO DE MADEIRA Área de 2,5 ha (1 Alqueire) Espaçamento de 35 x 2 m (375 árvores) Maio 2008 ( 5 ANOS) Desbaste 69 árvores (18%) 35 m3 x R$ 35,00 = R$ 1.225,00 Volume total 200 m3 x R$ 35,00 = R$ 7.000,00 2017 (14 anos) Incremento anual 30 m3 420 m3 x R$ 100,00 = R$ 42.000,00
  10. 10. SISTEMA DE PRODUÇÃO INTEGRADA SILVIPASTORIL
  11. 11. MANEJO DA LUZ •Controle da forragem •Arranjo das árvores •Manejo da copa das árvores •Desbaste das árvores
  12. 12. •Azevém anual - Lolium multiflorum •Estrela - Cynodon nlemfuensis •Bufell - Cenchrus ciliares •Amendoim forrageiro - Arachis pintoi •Braquiária decumbens - Brachiaria decumbens •Colonião, Tanzânia, Mombaça - Panicum maximum •Aruana, Vencedor - Panicum maximum •Quicuio da Amazônia - Brachiaria humidico •Braquiarão (Marandu) - Brachiaria brizantha Forrageiras medianamente tolerantes ao sombreamento
  13. 13. •Cedro-australiano - Toona ciliata •Grevílea Grevillea - robusta •Coqueiro Cocos - nucifera •Eucalipto - Eucalyptus spp. •Amoreira - Morus alba •Pinus - Pinus spp. •Leucena -Leucaena leucocephala •Gliricídia - Gliricidia sepium •Araucária - Aracauria angustifolia •Angico-vermelho - Anadenathera peregrina •Angico-mirim - Mimosa arthemisiana •Bracatinga - Mimosa scabrella •Acácia negra - Acacia mearnsii •Acácia mangium - Acacia mangium •Outras - (Adaptado de Garcia et al. 2005) Espécies arbóreas usadas em SSP no Brasil
  14. 14. MANEJO DA ÁGUA E DOS NUTRIENTES •Profundidade das raízes •Controle da forragem •Plantio das árvores em nível •Adubação •Desbaste das árvores
  15. 15. •15 a 40 m •Depende da declividade do terreno
  16. 16. CANAL “Crista da Curva”
  17. 17. • SSP’s Intencionais e planejados •Foco na pastagem •Predominam os SSP em faixas •7.000 ha •URT instaladas As Pastagens dos SSP do Paraná
  18. 18. •Acabar com a falsa dicotomia que árvores prejudicam as pastagens cultivadas •Cria um grupo interdisciplinar e interinstitucional que adote o SSP como sistema de produção Desafios da extensão
  19. 19. •Avaliar os SSP •Forragem •Produção animal •Produção de madeira •Compara-las às tradicionais •Divulgar os resultados Necessidade
  20. 20. RESULTADOS Leite ? Madeira •Volume atual – 27 m3 •Incremento anual – 9,5 m3 •Projeção de renda •Lenha -10 % (5anos) – 47 m3 x R$ 35,00 = R$ 1.645,00 •Serra -(14 anos) – 86 m3 x R$ 90, 00 = R$ 7.740,00 •TOTAL – R$ 9.385,00 •Renda anual – R$ 670,00 PORTO VITORIA Produtor –Arlindo Zamboni Área de SSP – 2,87 ha Idade do Sistema – 3 anos Espécies -Eucalyptus grandis x azeven
  21. 21. Coloque sua vaca na sombra ! Obrigado!

×