SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Preparo de Reagentes
Para realização das análises das amostras, é necessário o uso de reagentes
químicos para determinação numérica do teor a ser analisado das amostras. E
para uma boa análise é indispensável que o responsável pelo preparo dos
reagentes siga corretamente o método de preparo utilizando os materiais
(equipamentos) e reagentes corretos.
PREPARO DE REAGENTES
CÁLCULOS:

Solução Hidróxido de sódio 1,0 M (NaOH) (1 litro):

A solução é preparada utilizando a fórmula M = m / (MM x V) onde:
M – molaridade
m – massa (g)
MM – massa molar
V – volume (litros)

Então: m = M x MM x V → m = 1,0 M x 40 g x 1 litro → 40 g de NaOH .

Calcular NaOH 4,0 N.
PREPARO DE REAGENTES
CÁLCULOS:

Solução de Ácido clorídrico 1,0 M (HCl) (1 litro):
Propriedades físicas:
Densidade (solução 36,5 % HCl a 20° C): 1,19 g/cm³
Peso molecular: 36,50
A solução é preparada utilizando a fórmula M = m / (MM x V)
Então: m = M x MM x V → m = 1,0 M x 36,5 g /mol x 1 litro → 36,5 g de HCl.
O HCl é apresentado em solução a 36,5 % portanto m= 100 g:

36,5g x 100 % = “x” x 36,5 %

Assim: d = m /V → 1,19 = 100 / V → V = 84 ml

Calcular HCl 6,34 N. (resp: 532,7 ml)
Reatividade
                          4 – Perigo: Material explosivo em temperatura ambiente.
                          3 – Perigo: Pode ser explosivo em caso de choque, em aquecimento sobre confinamento ou se
                          misturado com água.
                          2 – Cuidado: Instável ou pode reagir violentamente se misturado com água.
                          1 – Cautela: Pode reagir sobre aquecimento ou misturado com água, mas não violentamente.
                          0 – Estável: Não reativo quando misturado com água.

                          Saúde
                          4 – Perigo: Pode ser fatal em pequena exposição. Usar EPI’S necessários
                          3 – Perigo: Corrosivo ou tóxico. Evitar contato com a pele ou inalação.
                          2 – Cuidado: Pode ser prejudicial ou nocivo se inalado ou absorvido.
                          1 - Cautela: Pode ser irritante.
                          0 - Estável: Não causa dano à saúde.

                          Inflamabilidade
                          4 - Perigo: Gás inflamável ou líquido extremamente inflamável.
                          3 - Perigo: Líquido inflamável com pressão de vapor abaixo de 38 ºC.
                          2 - Cuidado: Líquido inflamável com pressão de vapor entre 38º e 93º C.
                          1 – Cautela: Combustível se aquecido.
                          0 – Estável: Não combustível.

                          Risco Específico
                          OXI – Oxidante
                          ACIDO – Ácido
                          ALC – Alcalino
                          COR – Corrosivo
                          RA – Reativo em água
                          RAD – Radioativo




Consulta dos Produtos Químicos
Os produtos e reagentes químicos utilizados no laboratório possuem, cada um, sua
própria FISPQ, onde estão descritas todas as informações pertinentes quanto ao
uso, manuseio, condicionamento e descarte. As FISPQ's ficam disponíveis em local
de fácil acesso para serem consultadas obrigatoriamente por todos os funcionários
que forem manusear qualquer produto ou reagente químico.
Acidentes com Reagentes
A segurança no processo de manipulação de reagentes para análise requer
todo cuidado possível quer sejam reagentes ácidos ou alcalinos. A má
manipulação pode acarretar acidentes graves no analista químico.
Curso: Laboratório
Realizado por :Leandro Aparecido Cândido

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Determinação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTADeterminação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTAAdrianne Mendonça
 
Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1Clelia Picinin
 
Esterilização e desinfecção
Esterilização e desinfecção Esterilização e desinfecção
Esterilização e desinfecção dapab
 
Bioquímica de alimentos - Carboidrases
Bioquímica de alimentos - CarboidrasesBioquímica de alimentos - Carboidrases
Bioquímica de alimentos - CarboidrasesUERGS
 
Relatorio tamara producao de sabao
Relatorio tamara producao de sabaoRelatorio tamara producao de sabao
Relatorio tamara producao de sabaotamiiSacramento
 
Relatório de cromatografia- organica - aula 8
Relatório de cromatografia- organica - aula 8Relatório de cromatografia- organica - aula 8
Relatório de cromatografia- organica - aula 8Karen Pirovano
 
Relatório 03 - Química Analítica Quantitativa 1 - Dosagem de AAS e Mg(OH)2
Relatório 03 - Química Analítica Quantitativa 1 - Dosagem de AAS e Mg(OH)2Relatório 03 - Química Analítica Quantitativa 1 - Dosagem de AAS e Mg(OH)2
Relatório 03 - Química Analítica Quantitativa 1 - Dosagem de AAS e Mg(OH)2Jenifer Rigo Almeida
 
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscinaRelatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscinaarceariane87
 
Processamento de Leite Condensado e Requeijão
Processamento de Leite Condensado e RequeijãoProcessamento de Leite Condensado e Requeijão
Processamento de Leite Condensado e RequeijãoJeniffer Kelly Rodrigues
 
Quimica Alimentos Lipideos Ii
Quimica Alimentos Lipideos IiQuimica Alimentos Lipideos Ii
Quimica Alimentos Lipideos IiRicardo Stefani
 
Capitulo 2 balanço de massa
Capitulo 2   balanço de massaCapitulo 2   balanço de massa
Capitulo 2 balanço de massaPk Keller
 

Mais procurados (20)

Determinação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTADeterminação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTA
 
Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1Microbiologia dos alimentos aula 1
Microbiologia dos alimentos aula 1
 
5.operacoes unitarias slides
5.operacoes unitarias slides5.operacoes unitarias slides
5.operacoes unitarias slides
 
Esterilização e desinfecção
Esterilização e desinfecção Esterilização e desinfecção
Esterilização e desinfecção
 
P h
P hP h
P h
 
Bioquímica de alimentos - Carboidrases
Bioquímica de alimentos - CarboidrasesBioquímica de alimentos - Carboidrases
Bioquímica de alimentos - Carboidrases
 
Relatorio tamara producao de sabao
Relatorio tamara producao de sabaoRelatorio tamara producao de sabao
Relatorio tamara producao de sabao
 
Relatório de cromatografia- organica - aula 8
Relatório de cromatografia- organica - aula 8Relatório de cromatografia- organica - aula 8
Relatório de cromatografia- organica - aula 8
 
Relatório 03 - Química Analítica Quantitativa 1 - Dosagem de AAS e Mg(OH)2
Relatório 03 - Química Analítica Quantitativa 1 - Dosagem de AAS e Mg(OH)2Relatório 03 - Química Analítica Quantitativa 1 - Dosagem de AAS e Mg(OH)2
Relatório 03 - Química Analítica Quantitativa 1 - Dosagem de AAS e Mg(OH)2
 
Aula métodos de identificação
Aula  métodos de identificaçãoAula  métodos de identificação
Aula métodos de identificação
 
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscinaRelatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
 
A.b aula 4 amostragem
A.b aula 4 amostragemA.b aula 4 amostragem
A.b aula 4 amostragem
 
Higroscopicidade
HigroscopicidadeHigroscopicidade
Higroscopicidade
 
Relatorio analise de leite pratica
Relatorio analise de leite   praticaRelatorio analise de leite   pratica
Relatorio analise de leite pratica
 
Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04Relatorio analitica ii_04
Relatorio analitica ii_04
 
Equílibrio ácido base pronto cópia
Equílibrio ácido   base pronto cópiaEquílibrio ácido   base pronto cópia
Equílibrio ácido base pronto cópia
 
Processamento de Leite Condensado e Requeijão
Processamento de Leite Condensado e RequeijãoProcessamento de Leite Condensado e Requeijão
Processamento de Leite Condensado e Requeijão
 
Quimica Alimentos Lipideos Ii
Quimica Alimentos Lipideos IiQuimica Alimentos Lipideos Ii
Quimica Alimentos Lipideos Ii
 
Capitulo 2 balanço de massa
Capitulo 2   balanço de massaCapitulo 2   balanço de massa
Capitulo 2 balanço de massa
 
Aula equilíbrio ácido base
Aula equilíbrio ácido baseAula equilíbrio ácido base
Aula equilíbrio ácido base
 

Destaque

4-Treinamento Fábrica De Açúcar
4-Treinamento Fábrica De Açúcar4-Treinamento Fábrica De Açúcar
4-Treinamento Fábrica De AçúcarLeandro Cândido
 
5-Treinamento Fermentação /Destilação
5-Treinamento Fermentação /Destilação5-Treinamento Fermentação /Destilação
5-Treinamento Fermentação /DestilaçãoLeandro Cândido
 
8-Treinamento Boletim Diário
8-Treinamento Boletim Diário8-Treinamento Boletim Diário
8-Treinamento Boletim DiárioLeandro Cândido
 
6-Treinamento Levedura Seca
6-Treinamento Levedura Seca6-Treinamento Levedura Seca
6-Treinamento Levedura SecaLeandro Cândido
 
3-Treinamento Tratamento De Caldo
3-Treinamento Tratamento De Caldo3-Treinamento Tratamento De Caldo
3-Treinamento Tratamento De CaldoLeandro Cândido
 
03 recepção da cana-de-açúcar em usina sucroalcooleira
03 recepção da cana-de-açúcar em usina sucroalcooleira03 recepção da cana-de-açúcar em usina sucroalcooleira
03 recepção da cana-de-açúcar em usina sucroalcooleiraClauber Dalmas Rodrigues
 
O processo de fabricação de açúcar e álcool na usina
O processo de fabricação de açúcar e álcool na usinaO processo de fabricação de açúcar e álcool na usina
O processo de fabricação de açúcar e álcool na usinaCleuber Martins
 
Treinamento Fermentador
Treinamento FermentadorTreinamento Fermentador
Treinamento FermentadorMarcos Abreu
 
Tipos clases cafe
Tipos clases cafeTipos clases cafe
Tipos clases cafePaty7303
 
Manual Correção fator de Potência
Manual Correção fator de PotênciaManual Correção fator de Potência
Manual Correção fator de PotênciaCleuber Martins
 
4. Fundamentos microbiologicos,apostila
4. Fundamentos microbiologicos,apostila4. Fundamentos microbiologicos,apostila
4. Fundamentos microbiologicos,apostilaprimaquim
 
Seminário stab 2013 industrial - 05. processo de fabricação de levedura sec...
Seminário stab 2013   industrial - 05. processo de fabricação de levedura sec...Seminário stab 2013   industrial - 05. processo de fabricação de levedura sec...
Seminário stab 2013 industrial - 05. processo de fabricação de levedura sec...STAB Setentrional
 
Treinamento Operador de Separadora de Fermento
Treinamento Operador de Separadora de FermentoTreinamento Operador de Separadora de Fermento
Treinamento Operador de Separadora de FermentoMarcos Abreu
 

Destaque (20)

1-Treinamento Pcts
1-Treinamento Pcts1-Treinamento Pcts
1-Treinamento Pcts
 
4-Treinamento Fábrica De Açúcar
4-Treinamento Fábrica De Açúcar4-Treinamento Fábrica De Açúcar
4-Treinamento Fábrica De Açúcar
 
5-Treinamento Fermentação /Destilação
5-Treinamento Fermentação /Destilação5-Treinamento Fermentação /Destilação
5-Treinamento Fermentação /Destilação
 
8-Treinamento Boletim Diário
8-Treinamento Boletim Diário8-Treinamento Boletim Diário
8-Treinamento Boletim Diário
 
6-Treinamento Levedura Seca
6-Treinamento Levedura Seca6-Treinamento Levedura Seca
6-Treinamento Levedura Seca
 
2-Treinamento Moenda
2-Treinamento Moenda2-Treinamento Moenda
2-Treinamento Moenda
 
3-Treinamento Tratamento De Caldo
3-Treinamento Tratamento De Caldo3-Treinamento Tratamento De Caldo
3-Treinamento Tratamento De Caldo
 
Preparo da Cana-de-açúcar
Preparo da Cana-de-açúcarPreparo da Cana-de-açúcar
Preparo da Cana-de-açúcar
 
03 recepção da cana-de-açúcar em usina sucroalcooleira
03 recepção da cana-de-açúcar em usina sucroalcooleira03 recepção da cana-de-açúcar em usina sucroalcooleira
03 recepção da cana-de-açúcar em usina sucroalcooleira
 
O processo de fabricação de açúcar e álcool na usina
O processo de fabricação de açúcar e álcool na usinaO processo de fabricação de açúcar e álcool na usina
O processo de fabricação de açúcar e álcool na usina
 
Treinamento Fermentador
Treinamento FermentadorTreinamento Fermentador
Treinamento Fermentador
 
Otimização do Uso de Ar Comprimido
Otimização do Uso de Ar ComprimidoOtimização do Uso de Ar Comprimido
Otimização do Uso de Ar Comprimido
 
Asbc1000 fev08v1-0
Asbc1000 fev08v1-0Asbc1000 fev08v1-0
Asbc1000 fev08v1-0
 
Tipos clases cafe
Tipos clases cafeTipos clases cafe
Tipos clases cafe
 
El arte del buen café
El arte del buen caféEl arte del buen café
El arte del buen café
 
Seminário SprayDry
Seminário SprayDrySeminário SprayDry
Seminário SprayDry
 
Manual Correção fator de Potência
Manual Correção fator de PotênciaManual Correção fator de Potência
Manual Correção fator de Potência
 
4. Fundamentos microbiologicos,apostila
4. Fundamentos microbiologicos,apostila4. Fundamentos microbiologicos,apostila
4. Fundamentos microbiologicos,apostila
 
Seminário stab 2013 industrial - 05. processo de fabricação de levedura sec...
Seminário stab 2013   industrial - 05. processo de fabricação de levedura sec...Seminário stab 2013   industrial - 05. processo de fabricação de levedura sec...
Seminário stab 2013 industrial - 05. processo de fabricação de levedura sec...
 
Treinamento Operador de Separadora de Fermento
Treinamento Operador de Separadora de FermentoTreinamento Operador de Separadora de Fermento
Treinamento Operador de Separadora de Fermento
 

Semelhante a 7-Treinamento PreparaçãO De Reagentes

Noções gerais de segurança num laboratório
Noções gerais de segurança num laboratórioNoções gerais de segurança num laboratório
Noções gerais de segurança num laboratóriocmdantasba
 
Trabalho maercio 02 em comclusão 0 projeto terminado
Trabalho maercio 02 em comclusão 0 projeto terminadoTrabalho maercio 02 em comclusão 0 projeto terminado
Trabalho maercio 02 em comclusão 0 projeto terminadoSamuel Damazio Zeferino
 
Aula de reatividade, toxicologia e incompatibilidade de produtos quimicos
Aula de reatividade, toxicologia e incompatibilidade de produtos quimicosAula de reatividade, toxicologia e incompatibilidade de produtos quimicos
Aula de reatividade, toxicologia e incompatibilidade de produtos quimicosIFMT - Pontes e Lacerda
 
Curso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdfCurso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdfLABOREM
 
Curso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdfCurso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdfssuser22319e
 
Regras de segurança no laboratório
Regras de segurança no laboratórioRegras de segurança no laboratório
Regras de segurança no laboratórioveronicasilva
 
Manual de produtos quimicos
Manual de produtos quimicosManual de produtos quimicos
Manual de produtos quimicosSoraya Santos
 
aula de Produtos perigosos/labonde e romeu treinamentos e consultorias
 aula  de Produtos perigosos/labonde e romeu treinamentos e consultorias aula  de Produtos perigosos/labonde e romeu treinamentos e consultorias
aula de Produtos perigosos/labonde e romeu treinamentos e consultoriaslabonderomeu
 
163-Treinamento-em-Podutos-Químicos.ppt
163-Treinamento-em-Podutos-Químicos.ppt163-Treinamento-em-Podutos-Químicos.ppt
163-Treinamento-em-Podutos-Químicos.pptDaniloJacomelliIesi1
 
Protocolo do Ensaio Experimêntal da Formação do Biodiesel
Protocolo do Ensaio Experimêntal da Formação do BiodieselProtocolo do Ensaio Experimêntal da Formação do Biodiesel
Protocolo do Ensaio Experimêntal da Formação do Biodieselguestac12462
 
Protocolo Biodiesel
Protocolo BiodieselProtocolo Biodiesel
Protocolo Biodieselguestac12462
 
1ª Atividade Química Analítica Experimental
1ª Atividade Química Analítica Experimental 1ª Atividade Química Analítica Experimental
1ª Atividade Química Analítica Experimental Sistiaki
 

Semelhante a 7-Treinamento PreparaçãO De Reagentes (20)

Noções gerais de segurança num laboratório
Noções gerais de segurança num laboratórioNoções gerais de segurança num laboratório
Noções gerais de segurança num laboratório
 
Trabalho maercio 02 em comclusão 0 projeto terminado
Trabalho maercio 02 em comclusão 0 projeto terminadoTrabalho maercio 02 em comclusão 0 projeto terminado
Trabalho maercio 02 em comclusão 0 projeto terminado
 
Curso residuos ufscar
Curso residuos ufscarCurso residuos ufscar
Curso residuos ufscar
 
Aula de reatividade, toxicologia e incompatibilidade de produtos quimicos
Aula de reatividade, toxicologia e incompatibilidade de produtos quimicosAula de reatividade, toxicologia e incompatibilidade de produtos quimicos
Aula de reatividade, toxicologia e incompatibilidade de produtos quimicos
 
Treinamento produtos quimicos1
Treinamento produtos quimicos1Treinamento produtos quimicos1
Treinamento produtos quimicos1
 
Quimica
Quimica Quimica
Quimica
 
16-Curso-Produtos-quimicos.pdf
16-Curso-Produtos-quimicos.pdf16-Curso-Produtos-quimicos.pdf
16-Curso-Produtos-quimicos.pdf
 
Curso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdfCurso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdf
 
Curso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdfCurso-Produtos-quimicos.pdf
Curso-Produtos-quimicos.pdf
 
16-Curso-Produtos-quimicos.pdf
16-Curso-Produtos-quimicos.pdf16-Curso-Produtos-quimicos.pdf
16-Curso-Produtos-quimicos.pdf
 
Química experimental
Química experimentalQuímica experimental
Química experimental
 
Regras de segurança no laboratório
Regras de segurança no laboratórioRegras de segurança no laboratório
Regras de segurança no laboratório
 
Manual de produtos quimicos
Manual de produtos quimicosManual de produtos quimicos
Manual de produtos quimicos
 
aula de Produtos perigosos/labonde e romeu treinamentos e consultorias
 aula  de Produtos perigosos/labonde e romeu treinamentos e consultorias aula  de Produtos perigosos/labonde e romeu treinamentos e consultorias
aula de Produtos perigosos/labonde e romeu treinamentos e consultorias
 
163-Treinamento-em-Podutos-Químicos.ppt
163-Treinamento-em-Podutos-Químicos.ppt163-Treinamento-em-Podutos-Químicos.ppt
163-Treinamento-em-Podutos-Químicos.ppt
 
TREINAMENTO QUIMICO.pptx
TREINAMENTO QUIMICO.pptxTREINAMENTO QUIMICO.pptx
TREINAMENTO QUIMICO.pptx
 
Protocolo do Ensaio Experimêntal da Formação do Biodiesel
Protocolo do Ensaio Experimêntal da Formação do BiodieselProtocolo do Ensaio Experimêntal da Formação do Biodiesel
Protocolo do Ensaio Experimêntal da Formação do Biodiesel
 
Protocolo Biodiesel
Protocolo BiodieselProtocolo Biodiesel
Protocolo Biodiesel
 
Produtos perigosos
Produtos perigososProdutos perigosos
Produtos perigosos
 
1ª Atividade Química Analítica Experimental
1ª Atividade Química Analítica Experimental 1ª Atividade Química Analítica Experimental
1ª Atividade Química Analítica Experimental
 

7-Treinamento PreparaçãO De Reagentes

  • 1.
  • 2. Preparo de Reagentes Para realização das análises das amostras, é necessário o uso de reagentes químicos para determinação numérica do teor a ser analisado das amostras. E para uma boa análise é indispensável que o responsável pelo preparo dos reagentes siga corretamente o método de preparo utilizando os materiais (equipamentos) e reagentes corretos.
  • 3. PREPARO DE REAGENTES CÁLCULOS: Solução Hidróxido de sódio 1,0 M (NaOH) (1 litro): A solução é preparada utilizando a fórmula M = m / (MM x V) onde: M – molaridade m – massa (g) MM – massa molar V – volume (litros) Então: m = M x MM x V → m = 1,0 M x 40 g x 1 litro → 40 g de NaOH . Calcular NaOH 4,0 N.
  • 4. PREPARO DE REAGENTES CÁLCULOS: Solução de Ácido clorídrico 1,0 M (HCl) (1 litro): Propriedades físicas: Densidade (solução 36,5 % HCl a 20° C): 1,19 g/cm³ Peso molecular: 36,50 A solução é preparada utilizando a fórmula M = m / (MM x V) Então: m = M x MM x V → m = 1,0 M x 36,5 g /mol x 1 litro → 36,5 g de HCl. O HCl é apresentado em solução a 36,5 % portanto m= 100 g: 36,5g x 100 % = “x” x 36,5 % Assim: d = m /V → 1,19 = 100 / V → V = 84 ml Calcular HCl 6,34 N. (resp: 532,7 ml)
  • 5. Reatividade 4 – Perigo: Material explosivo em temperatura ambiente. 3 – Perigo: Pode ser explosivo em caso de choque, em aquecimento sobre confinamento ou se misturado com água. 2 – Cuidado: Instável ou pode reagir violentamente se misturado com água. 1 – Cautela: Pode reagir sobre aquecimento ou misturado com água, mas não violentamente. 0 – Estável: Não reativo quando misturado com água. Saúde 4 – Perigo: Pode ser fatal em pequena exposição. Usar EPI’S necessários 3 – Perigo: Corrosivo ou tóxico. Evitar contato com a pele ou inalação. 2 – Cuidado: Pode ser prejudicial ou nocivo se inalado ou absorvido. 1 - Cautela: Pode ser irritante. 0 - Estável: Não causa dano à saúde. Inflamabilidade 4 - Perigo: Gás inflamável ou líquido extremamente inflamável. 3 - Perigo: Líquido inflamável com pressão de vapor abaixo de 38 ºC. 2 - Cuidado: Líquido inflamável com pressão de vapor entre 38º e 93º C. 1 – Cautela: Combustível se aquecido. 0 – Estável: Não combustível. Risco Específico OXI – Oxidante ACIDO – Ácido ALC – Alcalino COR – Corrosivo RA – Reativo em água RAD – Radioativo Consulta dos Produtos Químicos Os produtos e reagentes químicos utilizados no laboratório possuem, cada um, sua própria FISPQ, onde estão descritas todas as informações pertinentes quanto ao uso, manuseio, condicionamento e descarte. As FISPQ's ficam disponíveis em local de fácil acesso para serem consultadas obrigatoriamente por todos os funcionários que forem manusear qualquer produto ou reagente químico.
  • 6. Acidentes com Reagentes A segurança no processo de manipulação de reagentes para análise requer todo cuidado possível quer sejam reagentes ácidos ou alcalinos. A má manipulação pode acarretar acidentes graves no analista químico.
  • 7. Curso: Laboratório Realizado por :Leandro Aparecido Cândido