Gv 04 regulamentação

567 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
567
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gv 04 regulamentação

  1. 1. Regulamentação para caldeirasNormas de projeto e fabricação:• No Brasil a norma mais adotada é o códigoASME - seção I (American Society of Mechanical Engineers)
  2. 2. Seções do código ASMEI. Power BoilersII. MaterialsIII. Rules for Construction of Nuclear FacilityComponentsIV. Heating BoilersV. Nondestructive ExaminationVI. Recommended Rules for the Care andOperation of Heating BoilersVII. Recommended Guidelines for the Care of PowerBoilersVIII. Pressure VesselsIX. ...
  3. 3. Normas para caldeirasNormas de inspeção:• NBR 12177-1 para caldeiras flamotubulares• NBR 12177-2 para caldeiras aquotubulares• NBR 13203 para caldeiras estacionárias elétricas
  4. 4. Normas RegulamentadorasNorma Regulamentadora sobre Segurança doTrabalho (Portaria nº 3.214/78 do MTb)• Norma técnica regulamentadora 13 (NR-13)– Itens 13.1 a 13.5 referem-se a caldeiras– Itens 13.6 a 13.10 referem-se a vasos de pressão
  5. 5. Organização da NR-13CALDEIRAS VASOS DE PRESSÃO13.1 - Disposições Gerais 13.6 - Disposições Gerais13.2 - Instalação de Caldeiras 13.7 - Instalação de Vasos de Pressão13.3 - Segurança na Operação 13.8 - Segurança na Operação13.4 - Segurança na Manutenção 13.9 - Segurança na Manutenção13.5 - Inspeção de Segurança 13.10 - Inspeção de Segurança
  6. 6. 13.1 - Caldeiras a vapor - disposições gerais• 13.1.2 Para efeito desta NR, considera-se “ProfissionalHabilitado” aquele que tem competência legal para oexercício da profissão de engenheiro nas atividadesreferentes a projeto de construção, acompanhamentode operação e manutenção, inspeção e supervisão deinspeção de caldeiras e vasos de pressão, emconformidade com a regulamentação vigente no País.• Pela regulamentação do sistema CONFEA/CREA’s essashabilitações são do Engenheiro MecânicoNR-13
  7. 7. • 13.1.3 - DefiniçãoPMTP = pressão máxima de trabalho permitidaouPMTA = pressão máxima de trabalho admissível• 13.1.4 - Itens de segurança obrigatórios• 13.1.5 - Placa de identificaçãoNR-13
  8. 8. NR-13• 13.1.6 - Documentação:– Prontuário– Registro de segurança (conforme 13.1.7)– Projeto de instalação (conf. 13.2)– Projetos de alteração ou reparo (conf. 13.4.2 e13.4.3)– Relatórios de inspeção (conf. 13.5.11, 13.5.12 e13.5.13)• 13.1.7 - Registro de segurança
  9. 9. • 13.1.9 - ClassificaçãoCategoria AP > 20 kgf/cm2 (1960 kPa)Categoria BP < 20 kgf/cm2 (1960 kPa e fora da classe C)Categoria CP < 6 kgf/cm2 (588 kPa) e volume interno inferior a 100 litros19,6 kgf/cm²5,8 kgf/cm²NR-13
  10. 10. 13.2 - Instalação de caldeiras• 13.2.3 - Área de caldeirasPara caldeiras grandes, não abrigadas• 13.2.4 - Casa de caldeirasPara caldeiras de pequeno porte(flamotubulares ou aquotubulares pequenas)• 13.2.7 - Sala de controle para caldeiras daclasse ANR-13
  11. 11. 13.3 Segurança na Operação de Caldeiras• 13.3.1 - Manual de operação• 13.3.4 - Operador de caldeira• 13.3.5 - Qualificação do operador• 13.3.9 - Duração do estágio prático paraoperador• 13.3.11 - Reciclagem dos operadoresNR-13
  12. 12. 13.4 Segurança na Manutenção de Caldeiras• 13.4.1 - Reparos e alterações• 13.4.1.2 - Tecnologias mais atuais substituindocódigos de projeto originais• 13.4.2 e 13.4.3 - Projetos de alteração oureparo• 13.4.4 - Teste hidrostáticoNR-13
  13. 13. 13.5 Inspeção de Segurança de Caldeiras• 13.5.1 - Inspeções:– Inicial (13.5.2)– Periódica (13.5.3)– Extraordinária (13.5.9)NR-13
  14. 14. • 13.5.3 Inspeção periódica - prazos máximos:– 12 meses para caldeiras A , B e C– 24 meses para caldeiras A , desde que aos 12 mesessejam testadas as pressões de abertura das válvulasde segurança– 40 meses para caldeiras especiais (conf. 13.5.5)• 13.5.5 - Caldeiras especiais: utilizam gases ouresíduos das unidades de processoNR-13
  15. 15. • 13.5.4 - Serviço Próprio de Inspeção deEquipamentos (anexo II)– 18 meses para caldeiras B e C– 30 meses para caldeiras A• 13.5.6 - Limite de 25 anos• 13.5.7 - Inspeção periódica das válvulas desegurançaNR-13
  16. 16. • 13.5.9 Inspeção extraordinária– após danos ou acidentes– após alterações ou reparos– quando parada por mais de 6 meses– mudança de local da instalação• 13.5.10 A inspeção de segurança deve serrealizadas por “Profissional Habilitado” ou por“Serviço Próprio de Inspeção deEquipamentos”, com emissão de “Relatório deInspeção” (13.5.11, 13.5.12 e 13.5.13)NR-13
  17. 17. • Emitir ART antes!(Anotação de Responsabilidade Técnica)• Preenchimento- Dados do Contratante- Identificação da Obra- Tipo de Atividade Técnica- Descrição (se disponível)- Datas de Início e Término- Valor do Serviço- Assinaturas Eng. e Contratante- Após término do serviço darbaixa na ARTCREA

×