Movimentos sociais

3.474 visualizações

Publicada em

Movimentos sociais - Cidadania e Políticas Sociais

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.474
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
553
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Movimentos sociais

  1. 1. Movimentos Sociais Prof: Lúcio Braga
  2. 2. Historização  1950-1960- Perspectiva de criminalização dos movimentos sociais . Talcott Parsons ( referência teórica)- qualquer movimentação na sociedade causa “perturbação social”.  1970-1980- manifestações contra regimes autoritários marcaram os movimentos sociais na América do Sul. Luta pelo retorno dos direitos de cidadania.  1990-(....)- Os movimentos sociais passaram ser vistos de maneira difusa organizados em redes nacionais e internacionais com reivindicações locais e globais.
  3. 3. Características Estruturais dos Movimentos Sociais  Os movimentos podem ser caracterizados pelo caráter de suas ações ou seja se são voltados para a transformação da sociedade ou para a manutenção de determinadas conquistas. Podem também fiscalizar o trabalho do Estado.  Duas características em comum dos movimentos sociais contemporâneos  A) Não apresentam coordenação única – apresentam uma diversidade muito grande de ideias e valores , bem como atuação e organização  B) Suas ações se desenvolvem em torno de interesses e necessidades mas também de reconhecimento para criar uma nova sociabilidade.
  4. 4. A Relação com o Estado – Parceria e Confronto  Golpe Civil-Militar 1964- Cristalizou a ideia de que os movimentos sociais só agiriam em anteposição ao Estado- Se deve ao caráter centralizador e autoritário desde tipo de Estado.  Quando o Estado é mais aberto às demandas da sociedade civil ampliam-se as possibilidades de quem a relação entre esses atores políticos não seja só de confronto.  Muitas vezes os movimentos sociais buscam justamente que as demandas sejam consideradas pelo Estado e transformadas em leis ou políticas públicas.
  5. 5. Transformação X Conservação  Os movimentos lutam por causas que vão além dos interesses particulares e seus objetivos quando alcançados transformam a vida de muitas pessoas.  Isso ocorre pela universalização das ações que afetam pessoas em um mesmo espaço político, e pela sua sedimentação na forma de leis .  Essa característica comum aos movimentos sociais permite verificar se as demandas buscam, superar uma ordem social pré-estabelecida, propor maior rigidez do sistema político ou servir de apoio à busca por ampliação de direitos de grupos específicos .
  6. 6.  Superar uma ordem social pré-estabelecida  Ex: MST  Mudar a estrutura e edistribuição de terra no pais ( além de demandas relativas à modelo produtivo e agricultura familiar.
  7. 7.  Propor maior rigidez do sistema político  Ex: Marcha com Deus pela Liberdade  19 de março e 2 de abril de 1964- São Paulo e Rio de Janeiro  Organizados contra a “ ordem comunista” e contra a “ameaça” do governo “Jango”
  8. 8.  Ampliação e busca por direitos específicos  Ex: movimentos que lutam pela cidadania de negros , mulheres e outros grupos minoritários quanto a representação política.
  9. 9. Objetivos de longo Prazo  Movimentos revolucionários- propõe a reorganização e transformação radical de toda a sociedade. Transformado não apenas as leis internas de cada país mas as bases que permitem sua legitimidade.  Movimentos reformistas – aceitam a estrutura das instituições sociais e políticas , embora considerando passível de melhorias para eliminar abusos de determinados setores sobre os demais .

×