Desenho Técnico  IAA011 Professor: HERON S. COSTA AULA 01/15 -  UNIDADE I - Noções fundamentais para o desenho técnico.
IAA 011  AULA 01/15  UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico.  <ul><li>SUMÁRIO </li></ul><ul><ul><li>Introduç...
<ul><li>OBJETIVO INSTRUCIONAL </li></ul><ul><li>AO FINAL DESTA AULA O ALUNO DEVERÁ: </li></ul><ul><ul><li>Listar as princi...
IAA 011    UNID. I AULA 04/15 1 . INTRODUÇÃO 1.1 GENERALIDADES 29/09/11 DEAS/FCA Representar de maneira precisa objetos só...
<ul><li>Introdução  (continuação) </li></ul>IAA 011   AULA 01/15  UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29...
<ul><li>Histórico </li></ul>IAA 011   AULA 01/15  UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA ...
<ul><li>Histórico </li></ul>IAA 011   AULA 01/15  UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA ...
<ul><li>Histórico </li></ul>IAA 011   AULA 01/15  UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA ...
<ul><li>Histórico </li></ul>IAA 011   AULA 01/15  UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA ...
DEAS/FCA Desenhos feitos com instrumentos mecânicos, desenhos criados através da utilização de programas gráficos computac...
DEAS/FCA <ul><li>Pesquisar: </li></ul><ul><li>- Quais as diferenças entre desenho técnico e o desenho artístico? </li></ul...
DEAS/FCA <ul><ul><li>Definição de desenho técnico </li></ul></ul><ul><li>Desenho técnico  - é uma forma de representação g...
DEAS/FCA <ul><li>Importância de desenho técnico para os cursos de Engenharia Ambiental  </li></ul><ul><li>O desenho técnic...
DEAS/FCA Normas O desenho técnico permite, por meio de um conjunto de linhas, números, símbolos e indicações escritas, for...
DEAS/FCA Normas usuais: NBR 10647  – Desenho técnico – Norma geral. NBR 10068  – Folha de desenho – Leiaute e dimensões. N...
DEAS/FCA <ul><ul><li>Instrumentos básico   NBR 10647 </li></ul></ul><ul><ul><li>Geralmente, é comum associar-se o Desenho ...
DEAS/FCA Compassos   – são instrumentos empregados para traçar circunferências,  seus arcos, ou transportar medidas. Figur...
DEAS/FCA Escalímetro  – é uma régua em forma de prisma triangular contendo em cada face duas escalas de redução. Ex: 1/20 ...
DEAS/FCA Régua T  – é um instrumento próprio para desenho técnico. Assim como a régua paralela é uma régua utilizada para ...
DEAS/FCA Tecnígrafo  – é um aparelho que substituí o conjunto de esquadros, régua T e transferidores.  Figura 13  - Tecníg...
DEAS/FCA Lapiseiras  - Estão disponíveis lapiseiras que utilizam minas de 0,3 mm, 0,5mm, 0,7mm e 0,9mm,principalmente. O i...
DEAS/FCA Fita adesiva  – é usado para fixar a folha de na prancheta. Figura 17  – Fita adesiva Fonte:   www.frutodearte.co...
<ul><li>BIBLIOGRAFIA </li></ul><ul><ul><li>FRENCH, T. E.;VIERCK, C. J. (2005) Desenho Técnico Gráfica e Tecnologia Gráfica...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Iaa 011 aula1

3.804 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Iaa 011 aula1

  1. 1. Desenho Técnico IAA011 Professor: HERON S. COSTA AULA 01/15 - UNIDADE I - Noções fundamentais para o desenho técnico.
  2. 2. IAA 011 AULA 01/15 UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. <ul><li>SUMÁRIO </li></ul><ul><ul><li>Introdução </li></ul></ul><ul><ul><li>Histórico </li></ul></ul><ul><ul><li>Linguagem gráfica: teoria e prática </li></ul></ul><ul><ul><li>Métodos de expressão </li></ul></ul>29/09/11 DEAS/FCA
  3. 3. <ul><li>OBJETIVO INSTRUCIONAL </li></ul><ul><li>AO FINAL DESTA AULA O ALUNO DEVERÁ: </li></ul><ul><ul><li>Listar as principais características de um desenho técnico; </li></ul></ul><ul><ul><li>Listar os principais vantagens do uso do desenho técnico. </li></ul></ul>IAA 011 AULA 01/15 UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA
  4. 4. IAA 011 UNID. I AULA 04/15 1 . INTRODUÇÃO 1.1 GENERALIDADES 29/09/11 DEAS/FCA Representar de maneira precisa objetos sólidos.
  5. 5. <ul><li>Introdução (continuação) </li></ul>IAA 011 AULA 01/15 UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA A arte de representar um objeto ou fazer sua leitura por meio do Desenho Técnico é muito importante para o Engenheiro e o Projetista, visto que ele fornece todas as informações precisas e necessárias para construção do objeto representado.
  6. 6. <ul><li>Histórico </li></ul>IAA 011 AULA 01/15 UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA Existe desde o início dos tempos, independentes de idiomas. As primeiras expressões de escrita podemos citar hieróglifos egípcios Figura 02 – Hieróglifos egípcios Fonte: http://www.cce.ufsc.br/~scheidt/historico.html
  7. 7. <ul><li>Histórico </li></ul>IAA 011 AULA 01/15 UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA Figura 03 – Planta de fortaleza desenhada pelo engenheiro Caldeu Gudea e gravada em uma placa de pedra Fonte: http://www.cce.ufsc.br/~scheidt/historico.html
  8. 8. <ul><li>Histórico </li></ul>IAA 011 AULA 01/15 UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA Figura 04 – Desenho técnico moderno. Fonte: http://www.cce.ufsc.br/~scheidt/historico.html
  9. 9. <ul><li>Histórico </li></ul>IAA 011 AULA 01/15 UNID. I - Noções fundamentais para o desenho técnico. 29/09/11 DEAS/FCA Figura 04 – Desenho técnico moderno. Fonte: http://www.cce.ufsc.br/~scheidt/historico.html
  10. 10. DEAS/FCA Desenhos feitos com instrumentos mecânicos, desenhos criados através da utilização de programas gráficos computacionais, CAD projeto assistido por computador. Figura 05 – Auto Cad Fonte: http://www.cce.ufsc.br/~scheidt/historico.html
  11. 11. DEAS/FCA <ul><li>Pesquisar: </li></ul><ul><li>- Quais as diferenças entre desenho técnico e o desenho artístico? </li></ul><ul><li>Quais os instrumentos utilizados no desenho técnico? </li></ul>?
  12. 12. DEAS/FCA <ul><ul><li>Definição de desenho técnico </li></ul></ul><ul><li>Desenho técnico - é uma forma de representação gráfica, usada entre outras finalidades, para ilustrar instrumentos de trabalho, como máquinas, peças e ferramentas. </li></ul><ul><li>Neste contexto, entendem-se tanto os projetistas de um objeto, quanto a quem o realiza. </li></ul><ul><li>Quais as diferenças entre desenho técnico e o desenho artístico? </li></ul><ul><li>Desenho técnico - é um tipo de representação gráfica utilizado por profissionais </li></ul><ul><li>de uma mesma área, como, por exemplo, na arquitetura, na engenharia, na mecânica, na marcenaria, etc. </li></ul><ul><li>Deve transmitir com exatidão todas as características do objeto que representa. Dessa forma, todos os elementos do desenho técnico obedecem as normas técnicas, ou seja, são normalizados. </li></ul><ul><li>Desenho artístico - reflete o gosto e a sensibilidade do artista que o criou. </li></ul>
  13. 13. DEAS/FCA <ul><li>Importância de desenho técnico para os cursos de Engenharia Ambiental </li></ul><ul><li>O desenho técnico possui grande importância para os profissionais da área de Engenharia Ambiental, pois representa graficamente de forma técnica e padronizada os empreendimentos, equipamentos, estruturas, peças, desenho arquitetônico, etc. Como exemplo pode-se citar algumas áreas, onde se faz uso do desenho técnico: </li></ul><ul><li>Agrimensura (mapas, croquis, representações cartográficas, divisão de áreas, demarcação de divisas, estradas, etc.); </li></ul><ul><li>Construções (estações de tratamento de água e esgoto, casas, galpões, tesouras, sapatas, estruturas de irrigação, drenagem, etc.); </li></ul><ul><li>Equipamentos e peças (rede de distribuição de água, rede de coleta de esgoto, etc.); </li></ul><ul><li>Parques e jardins, etc. </li></ul><ul><li>Objetivo do desenho Técnico para os cursos de Engenharia Ambiental </li></ul><ul><li>- Objetivo do desenho Técnico para os cursos acima. Proporcionar ao profissional Engenheira Ambiental o aporte de todas as técnicas, normas e padrões utilizados em desenho técnico para que se possa realizar a construção, leitura, interpretação e dimensionamento de estruturas e equipamentos ambiental. </li></ul>
  14. 14. DEAS/FCA Normas O desenho técnico permite, por meio de um conjunto de linhas, números, símbolos e indicações escritas, fornecerem informações sobre a função, forma e dimensões e material de um dado objeto que poderá ser executado sem o contato direto entre projetista e executante. Por esse motivo, a execução correta de um desenho técnico, pressupõe da parte de quem executa, o conhecimento de todas as normas que foram elaboradas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) em acordo com a ISO . Sem tal conhecimento e, sobretudo sem a aplicação constante das normas, que devem ser estudadas e discutidas, não é possível uma execução correta do desenho que deve, pois ser lido e entendido facilmente sem equívocos e interpretação.
  15. 15. DEAS/FCA Normas usuais: NBR 10647 – Desenho técnico – Norma geral. NBR 10068 – Folha de desenho – Leiaute e dimensões. NBR 10582 – Conteúdo da folha para desenho técnico. NBR 13142 – Dobramento de cópia de desenho técnico. NBR 8196 – Emprego de escala em desenho técnico. NBR 8402 – Execução de caracteres para escrita em desenho técnico. NBR 8403 – Aplicação de linhas em desenhos – Tipos de linhas – Larguras de linhas. NBR 10126 – Cotagem em desenho técnico. NBR 6492 – Representação de projetos de arquitetura.
  16. 16. DEAS/FCA <ul><ul><li>Instrumentos básico NBR 10647 </li></ul></ul><ul><ul><li>Geralmente, é comum associar-se o Desenho Técnico apenas à execução precisa por meio de instrumentos (régua, compasso, esquadros, etc.), mas ele pode, também, ser executado à mão livre e até mesmo por meio de computador. </li></ul></ul>Esquadros – É o conjunto de duas peças de formato triangular-retangular, uma com ângulos de 45º e outra com ângulos de 30º e 60º (obviamente, além do outro ângulo reto – 90º). Figura 6 – Esquadros Fonte: http://cursos.unipampa.edu.br/bage/desenhotecnico/Apostila_1.pdf
  17. 17. DEAS/FCA Compassos – são instrumentos empregados para traçar circunferências, seus arcos, ou transportar medidas. Figura 7 – Compasso Fonte: http://cursos.unipampa.edu.br/bage/desenhotecnico/Apostila_1.pdf Transferidor de 180º – É um instrumento utilizado na construção e medição de ângulos. Figura 8 – Transferidor Fonte: http://cursos.unipampa.edu.br/bage/desenhotecnico/Apostila_1.pdf
  18. 18. DEAS/FCA Escalímetro – é uma régua em forma de prisma triangular contendo em cada face duas escalas de redução. Ex: 1/20 e 1/25; 1/50 e 1/75; 1/100 e 1/125. Figura 9 – Escalímetro Fonte: http://cursos.unipampa.edu.br/bage/desenhotecnico/Apostila_1.pdf Prancheta – geralmente de madeira, em formato retangular, onde se fixam os papéis para os desenhos. È importante que a prancheta bem como o banco possibilitem ao aluno uma correta postura ergonômica. Figura 10 – Prancheta Fonte: http://deivaodionisio.blogspot.com/2008/08/desenho-tcnico.html
  19. 19. DEAS/FCA Régua T – é um instrumento próprio para desenho técnico. Assim como a régua paralela é uma régua utilizada para apoiar o esquadro ou para traçar linhas paralelas quando apoiada na mesa de desenhos, possui em média 80 cm e normalmente é de madeira com detalhes em acrílico. Figura 11 – Régua T Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Régua_T A régua paralela – tem como função o traçado de linhas horizontais paralelas. Fica presa à prancheta através de um sistema de fios e roldanas, que promovem seu deslizamento paralelo sobre a mesa de desenho. Figura 12 – Régua paralela Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Paralela
  20. 20. DEAS/FCA Tecnígrafo – é um aparelho que substituí o conjunto de esquadros, régua T e transferidores. Figura 13 - Tecnígrafo Fonte: http://cursos.unipampa.edu.br/bage/desenhotecnico/Apostila_1.pdf Lápis comum de madeira e grafite – pode ser usado para desenho. O lápis dever ser apontado, afiado com uma lixa pequena e, em seguida, ser limpo com algodão, pano ou papel. Figura 14 - Lápis Fonte: http://cursos.unipampa.edu.br/bage/desenhotecnico/Apostila_1.pdf
  21. 21. DEAS/FCA Lapiseiras - Estão disponíveis lapiseiras que utilizam minas de 0,3 mm, 0,5mm, 0,7mm e 0,9mm,principalmente. O ideal é que a lapiseira tenha uma pontaleta de aço, com a função de proteger o grafite da quebra quando pressionado ao esquadro. Figura 15 – Lapiseiras mecânicas Fonte: http://cursos.unipampa.edu.br/bage/desenhotecnico/Apostila_1.pdf * Atualmente é mais prático o uso de lapiseira. Recomenda-se a de 0,5mm e a de 0,9mm, com grafite HB . **Tanto o lápis quanto a lapiseiras são capazes de produzir desenhos de qualidade. Sua preferência pessoal é uma questão de OPÇÃO e de HABILIDADE PESSOAL. A borracha – sempre se deve utilizar borracha macia, compatível com o trabalho para evitar danificar a superfície do desenho. Evitar o uso de borrachas para tinta, que geralmente são mais abrasivas para a superfície de desenho. Figura 16 - Borracha Fonte: www.frutodearte.com.br/product
  22. 22. DEAS/FCA Fita adesiva – é usado para fixar a folha de na prancheta. Figura 17 – Fita adesiva Fonte: www.frutodearte.com.br/product Gabaritos – são chapas em plástico ou acrílico, com elementos diversos vazados, que possibilitam a reprodução destes nos desenhos. O gabarito de círculos é útil para o traçado de pequenos círculos de raios pré-disponíveis. Outros gabaritos úteis: equipamentos sanitários/hidráulicos, formas geométricas e mobiliário. Figura 18 – Gabaritos Fonte: http://images.google.com.br/images Papel cartão, manteiga, vegetal, poliéster, etc.
  23. 23. <ul><li>BIBLIOGRAFIA </li></ul><ul><ul><li>FRENCH, T. E.;VIERCK, C. J. (2005) Desenho Técnico Gráfica e Tecnologia Gráfica. 8 ed. São Paulo: Globo, 1093p. </li></ul></ul>IAA 011 UNID. III AULA 04/15 DEAS/FCA

×