Aula 9 (a) cortes

20.262 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
20.262
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
106
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
172
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula 9 (a) cortes

  1. 1. Cortes
  2. 2. Cortes são planos verticais imaginários que interceptam a construção no seu interior, com a finalidade de visualizar as alturas e os espaços internos, permitindo esclarecer as dúvidas que venham a surgir durante a execução da obra.
  3. 3. Nos cortes aparecem as alturas de portas e peitoris de janelas, pé-direito dos vários cômodos, além de detalhes do telhado, que compõem a estrutura de cobertura da nossa futura construção Também podemos ver outros elementos, tais como: vigas, lajes e fundações. O número de cortes deve ser no mínimo de dois, sendo um transversal e um longitudinal
  4. 6. Principais recomendações no traçado de cortes a) a escala a ser adotada será de 1:50 e em casos excepcionais de 1:100; b) haverá, no mínimo, dois cortes, sendo um transversal e um longitudinal; c) os cortes deverão ser feitos nos locais da construção mais ricos em detalhes;
  5. 7. d) iniciando o desenho de cortes, deverá ser traçado, primeiramente, o perfil do terreno e em seguida, os detalhes do corte propriamente dito; e) espessuras de lajes, fundações e peças que compõem o telhado não deverão ser cotadas; f) as portas e janelas, quando vistas de frente, deverão ser representadas apenas pelo seu contorno externo, ou seja, nas dimensões cotadas na planta baixa;
  6. 8. g) deverão ser cotadas todas as dimensões verticais (por exemplo: altura de portas, janelas, peitoris, pé-direito, etc.), adotando de preferência o cm como unidade; h) a nomenclatura “Corte”, bem como a “Escala” utilizada deverão, ser indicadas no canto inferior direito ou esquerdo do desenho; i) no corte longitudinal, para efeito de representação gráfica do telhado, considera-se o corte passando na parte mais alta do telhado, ou seja, na cumieira.
  7. 9. Nomenclatura das peças de um telhado Tesoura de um telhado
  8. 10. Tesoura de um telhado com peças complementares
  9. 11. Dimensões comerciais de peças de um telhado
  10. 12. Valores para o traçado da inclinação de tesouras do telhado
  11. 13. Francesa Especificações: Inclinação Mínima: 30% Peso: 2,6 kg/peça Rendimento:16 peças/m²
  12. 14.   TELHA COLONIAL PAULISTA (c/ trava): Especificações <ul><li>Material: Cerâmica </li></ul><ul><li>Quantidade: 22 telhas por metro quadrado de telhado </li></ul><ul><li>Peso: 2,2 Kg por peça </li></ul><ul><li>Inclinação Mínima: 30% </li></ul><ul><li>Inclinação acima de 40%, recomendamos furação para fixação das telhas </li></ul><ul><li>Cor: Natural </li></ul>                            
  13. 15. As telhas de amianto soltam filbras e causam doença/mortífera Depois da atitude tomada pelo resto do mundo, as autoridades brasileiras(parte) e as comunidades começam e compreender que o contato com o amianto, INCLUSIVE NO MANUSEIO COM TELHAS VELHAS(de amianto), pode levar o &quot;suicida&quot; a ser um efetivo/potencial portador da cancer, asbestose, etc.

×