Mundo maravilhoso

528 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
528
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mundo maravilhoso

  1. 1. Texto: Mundo maravilhosoAutor: Luiz Gonzaga PinheiroMúsica: What a wonderful world
  2. 2. Quando eu nasci o mundo era lindo, mesmovisto pela janela descolorida da minha casa.
  3. 3. Havia muitos risos, muitas flores e cata-ventos que nunca paravam de girar.
  4. 4. O mar não trazia manchas, nem corpos, nem garrafas; os barcos eram pequenos e românticos como camafeus.
  5. 5. Eu me deitava no chão e ficava olhando os desenhos nas nuvens.
  6. 6. Os invernos deixavam córregos mansinhosque levavam nossos barcos de papel para além-bairro.
  7. 7. Havia muitas crianças brincando de índios contra mocinhos nos capinzais.
  8. 8. Os passarinhos não eram tão medrosos
  9. 9. Borboletas pousavam em nossas mãos.
  10. 10. Os sapos cantavam tanto que o mundo se enchia de melodias estranhas.
  11. 11. As tardes eram nostálgicas, cheias de saudade, impregnadas de uma poesia misteriosa com cheiro de flores silvestres.
  12. 12. Quando alguém falava em Deus, logo tirava o chapéu em sinal de respeito.
  13. 13. Ainda existiam árvores majestosas desafiando minha habilidade de menino travesso.
  14. 14. As mulheres faziam rendas, cantavam econtavam histórias de um ou outro ancestral.
  15. 15. A fumaça que se via vinha das chaminés, dos cachimbos, de coivaras preparando a terra .
  16. 16. Que maravilhoso o mundo em que vivi e que meus netos desconhecem.
  17. 17. Por isso guardo velhas fotos de flores, detardes, de quintais, aromas desconhecidos que palavras modernas não traduzem.
  18. 18. Por isso tenho discos velhos, poemas velhos, gestos velhos, sentimentos velhos, como se fosse um museu ambulante.
  19. 19. Até meu tempo é velho: o tempo da consciência.
  20. 20. Formatação: o caçador de imagens

×