Factor4 case 1

460 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Factor4 case 1

  1. 1. POSICIONAMENTO DA MARCA FACTOR 4 1. Case: Posicionamento da Marca Factor 4 Com base no cartão da Factor 4, e considerando que não há uma única resposta correta: o Qual, em sua opinião, são os pilares da marca Factor 4? De acordo com a percepção que pude ter da marca, como o cartão de visitas e o site institucional (que tem apenas a visualização inicial), a marca Factor 4 foi fortemente influenciada pela teoria de sustentabilidade que leva o mesmo nome. O conceito Factor 4 envolve basicamente uma teoria econômica, em que os pilares de produção e atividades devem ser repensados a partir de uma melhora da tecnologia e métodos empregados, fazendo com que a produtividade e qualidade sejam duplicadas, com redução de custos e impactos negativos pela metade, e então temos “o dobro pela metade”.
  2. 2. O 4 também está ligado, mais uma vez, ao conceito de negócios sociais, que são baseados em 4 pilares principais: culturalmente correto, socialmente justo, ecologicamente correto e economicamente viável. Tendo em vista essa imersão, os pilares da marca Factor 4 podem ser encarados como assertividade (no sentido de confrontamento entre resultados X recursos), inovação (para trazer seguridade de novos processos), sustentabilidade e adaptabilidade, para trazer sempre o novo e o que terceiros buscam nessa marca. • Assertividade: uma marca segura, que está a serviço do que as pessoas procuram e precisam, de forma clara e simples, sem deixar ao mesmo tempo de ser perspicaz e eficiente. A eficiência, aliás, é um dos pontos fortes do serviço que é oferecido. • Inovação: por estar em um nicho novo, com uma proposta diferenciada de trabalho, a Factor 4 já traz inovação impregnada em si. Mas, para ajudar com soluções e projetos, o novo e o viável são sempre apresentados, em vias paralelas. Buscar novos caminhos, moldes e processos, faz parte dessa atuação inovadora. • Sustentabilidade: o preceito de negócios sociais rege toda a atuação da Factor 4, que traz soluções equilibradas e inovadoras, sem deixar em segundo plano os pilares econômico, social e ambiental. • Adaptabilidade: apesar da expressão da marca, sólida e confiável, a empresa tem a face que seu
  3. 3. interessado deseja ver: para os desafiadores (grandes empresas), a seriedade e capacidade de transformação, para os empreendedores, segurança e novidade. o Qual o conceito de marca que você enxerga na Identidade Visual da Factor 4? O conceito da marca, vai muito além da sua representação física, ou seja, está relacionado às percepções e subjetividades que aquela marca fomenta. O conceito também envolve os componentes do produto (prestação de serviço e solução customizada, com baixo custo e grandes resultados). • Componentes perceptuais: Com isso em mente, o conceito que a Factor 4 exalta é o de uma marca nova, que traz sua robustez, e ao mesmo tempo está apta a se transformar para fins diversos. O conceito de sustentabilidade também permeia toda a identificação visual e a proposta da marca. As quatro frentes que definem, por exemplo, a conceituação de um modelo social de negócio, remetem ao quadrado do logo, e também à teoria Factor 4. Os triângulos que dão forma ao quadrado maior, remetem diretamente ao slogan máximo: “o dobro pela metade”. E também podem ser encarados como uma representatividade da questão do triple botton line (econômico, ambiental e social). Para completar a expressão que o triângulo cria dentro desse conceito, essa forma é a mais equilibrada que existe na
  4. 4. geometria, e transparece segurança, equilíbrio e, de forma mais distante, responsabilidade. As cores e fontes escolhidas para dar representatividade à essa marca também remetem diretamente ao conceito de novidade, leveza e sustentabilidade, para reiterar todas as teorias que subjetivamente compõem esse quadro. Econômico Social Ambiental • Componentes linguísticos: as palavras selecionadas para representar a marca Factor 4 são exatamente aquelas que sua imagem e posicionamento buscam transpassar. A exaltação de alguns valores mais intrínsecos, como o “o dobro pela metade” também fazem com que a dúvida, o questionamento seja sugestionado em quem os lê, e isso torna o conceito atraente e repercussor das teorias que carrega. o O que você melhoraria? A marca ainda precisa ser trabalhada sob alguns aspectos mas, principalmente a valorização dos conceitos subjetivos que a construíram. Ou seja,
  5. 5. transparecer mais claramente alguns dos pilares que motivaram a construção do conceito. A consolidação da marca está ligada a variáveis que independem do esforço de sua comunicação, como o fator tempo. Então, para construir uma marca sólida, que represente o produto gerido e oferecido pela Factor 4, determinados elementos devem ser mais explorados. O surgimento de uma marca forte, que se construa intrinsecamente ligada com o produto que sugere, depende da alma, da identificação, da personalidade que transparece. Para que esse flow de construção e identificação seja gerido, os elementos iniciais de construção do projeto devem ser externalizados, pois só assim haverá compatibilidade com o consumidor. A dúvida e subjetividade, em determinado momento, podem ser ferramentas de promoção, mas também desgastam uma comunicação efetiva e racional da marca. o Quais meios de comunicação você utilizaria para comunicar a Factor 4? E por quê? Os meios de comunicação para comunicar a Factor 4 devem ser aqueles que aproximam as pessoas do conceito inovador que a organização tem, para formar uma marca mais sólida e reconhecida. Como trabalha com diversos stakeholders (com públicos-alvo também distintos), a marca deve ser versátil, e isso exige comunicação clara e efetiva para cada um dos públicos, ainda que esses não sejam os
  6. 6. interessados finais do produto. Sendo assim, as ferramentas que poderiam ser utilizadas são: • WEB 2.0 • Twitter: capacidade de estar linkado diretamente com parceiros e clientes, através de uma rede que cresce diariamente e já tem garantido retorno às organizações que a utilizam. O Twitter é extremamente dinâmico, e garante que a Factor 4 possa explorar assuntos diversos, que são correlacionados à sua atuação. A ideia do Twitter é a rapidez com que as coisas acontecem, a capacidade de interação com a rede de diversos tipos de stakeholders (clientes, formadores de opinião, empreendedores) • Facebook: criar um perfil da Factor 4 de maior interação com diversos públicos, como novos empreendedores, troca de mensagens e personalização da organização, que mostra-se então mais acessível. • Linkedin: estimular a interconexão entre as pessoas que conhecem a Factor 4, já utilizaram seus serviços ou tem algum interesse em sua atuação, pois é um excelente meio de referência para o mercado, profissionais, estudantes,etc. • BLOGS E SITES • Blog próprio: o blog é um dos meios de comunicação informal (e muitas
  7. 7. vezes,considerado formal) que mais tem crescido. É um espaço onde as pessoas expõem idéias e pontos de vista,e por isso deve ser muito bem briefado e construído a partir da marca,para que crie identificação com os públicos que queremos atingir. A linguagem despojada e mais informal desse meio permite que haja uma desconstrução de conceitos e posicionamentos que muitas vezes podem gerar um gap no entendimento da marca. É a chance de expor a Factor 4 de uma maneira leve, que seja facilmente entendida, possa ser replicada e também deve servir como um meio de exposição do que acontece com o negócio. A interatividade também é um dos pontos fortes do blog, que permitem a relação e intervenção direta dos receptores em relação ao que lhes é oferecido. • Blogs de terceiros: criar uma rede interconectada de pessoas que conhecem e confirmam a efetividade da marca Factor 4. Interlocutores externos à organização trazem maior credibilidade. O melhor marketing que existe é aquele que terceiros fazem por você. • Sites correlatos: provocar o uso de espaços em plataformas que sejam ligadas ao escopo principal da Factor 4: ter artigos, contribuições,
  8. 8. ou simples tracking do que está acontecendo em espaços que fomentem o empreendedorismo, explorem o assunto de consultorias, novos negócios, sustentabilidade, etc. A ideia de ter links pagos em grandes plataformas virtuais também pode ser um bom modo de produção. Exemplos: • MEIOS IMPRESSOS • Revistas: segmentar revistas que foquem em negócios, sustentabilidade e também tenham públicos-alvo definidos. Ter pequenos espaços que levem as pessoas a buscar um dos meios em que seremos mais fortes: internet. • Jornais: aproveitar o gancho de matérias que estejam sendo veiculadas sobre inovação, consultoria, negócios sociais, empreendedorismo, para então tentar construir um espaço da Factor 4 através de uma assessoria de imprensa antenada, que propõe pautas inovadoras e atraentes.

×