O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno

3.565 visualizações

Publicada em

Apresentação da monografia de conclusão da especialização em desenvolvimento web pela UTFPR - Londrina

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.565
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
72
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O papel das mídias sociais na construção da identidade do sujeito pós-moderno

  1. 1. O papel das mídias sociaisna construção da identidade socialdo sujeito pós-moderno Larissa Januário Martins
  2. 2. Objetivo GeralEntender como as mídias sociais auxiliam no processo de construçãoda identidade do sujeito pós-moderno, bem como qual é o papel dosujeito pós moderno na construção das mídias sociais.
  3. 3. Objetivos Específicos- Estudar a construção da identidade dentro do contexto dapós-modernidade;- Entender como as redes sociais auxiliam no processo de construçãoda identidade;- Analisar como os usuários constroem suas identidades dentro dasredes sociais;- Entender qual é o papel das redes sociais na questão da identidadena pós modernidade.
  4. 4. O que é pós-modernidade? Modernidade Pós-Modernidade - Crença no Estado - O estado é cada vez menor - O mundo transformado a partir abrindo espaço pra iniciativa privada da racionalidade - Relações baseadas nas relações de - Atinge sua maturidade no séc XIX mercado. - Crença no capitalismo justo - Descrença nas estruturas - Mudanças rápidas - Liquefação das estruturas - Consequência nos lugares onde a modernidade se instalou completa- mente. - Diminuição das fronteiras
  5. 5. A questão da Identidade Crise “perguntar ‘quem é você’ só faz sentido se você acredita que pode ser outra coisa além de você mesmo” (BAUMAN, 2004) Sujeito moderno Sujeito pós-moderno - A religião deixa de ser o cerne da - A identidade é formada através de vida sua biografia. - O sujeito começa a se assentar - Identidades fragmentadas como sujeito social. - Estruturas líquidas. - A identidade é fomada a partir da relação com as outras pessoas e com a sociedade.
  6. 6. A “crise” da identidade “como afirmar a identidade dentro de um mundo que está em constante mudança?” Múltiplas identidades Identidades “descartáveis” Identidades fragmentadas Problema com o conceito de “identidade fixa” Identidades baseadas no consumo Sujeito pós-moderno
  7. 7. O papel da tecnologia “É tolice, além de injusto, culpar apenas a eletrônica pelo que está acontecendo com as pessoas que nascem num mundo interligado por conexões a cabo, com fio ou sem fio. Os aparelhos eletrônicos respondem a uma necessidade que não criaram; o máximo que fizeram foi torná-la mais aguda e A tecnologia se desenvolve de evidente, por colocarem ao alcance de todos, e de acordo com as necessidades modo sedutor, os meios de satisfazê-la sem exigir dos indivíduos. qualquer esforço maior que apertar algumas teclas” (BAUMAN, 2004)“Os meios de comunicação, desde o aparelho fonador até as redes digitais atuais, nada mais são do que canais para a transmissão da informação e, por isso, não se deve cair no equívoco de julgar que as transformações culturais se devem apenas à tecnologia e aos novos meios de comunicação” As formas de comunicação se (SANTAELLA, 2002) modificam
  8. 8. Mídias sociais Os indivíduos sempre tiveram necessidade de interagir para receber informaçõesINTERNET -> WEB 2.0 -> CONTEÚDO COLABORATIVO -> MÍDIAS SOCIAIS
  9. 9. Identidade e mídias sociais Assim como as mídias sociais auxiliam no processo de comunicação, o sujeito auxilia na construção dessas mídias As mídias sociais suprem algumas necessidades que já existem no indivíduo pós-moderno
  10. 10. Sondas culturais As sondas culturais “constituem uma abordagem interpretativa, que faz uso de objetos projetados e tarefas provocativas e de caráter subjetivo que servem para dar suporte à inclusão dos usuários nas etapas iniciais do processo de design”
  11. 11. Sondas culturais ?? SONDA 3 - A CAIXA DAS COISASSONDA 1 - COMO ME VEEM, COMO NÃO DITAS GOSTARIA DE SER VISTO, COMO O usuário constrói sua SOU identidade através das coisas O usuário constrói sua que não diz identidade através dos que os outros pensam sobre ele,como ele gostaria de ser visto e SONDA 1 - LIKE/DESLIKE; como pensa que é FOLLOW/UNFOLLOW; GOSTEI/ NÃO GOSTEI O usuário constrói sua identidade através do contato com os outros
  12. 12. Sonda 1 Essa sonda tenta entender como (e se) os usuários formam suas identidades baseadas no modo como os outros o veem, se ele possui uma identidade que gostaria de mostrar e se o jeito como o usuário julga ser coincide ou é influenciado pelos outros dois campos (o “como me veem” e “como gostaria de ser visto”)
  13. 13. Sonda 2 É necessário entender se a identidade do usuário dentro das mídias sociais também é formada através da interação com os outros usuários, através das coisas que os outros usuários postam. A hipótese que se levanta aqui é a de que o que os indivíduos gostam e não gostam no comportamento dos outros usuários também diz algo sobre eles.
  14. 14. Sonda 3 Segundo Zhao et al (2008 p. 1819) num mundo onde o desvio das normas socialmente estabelecidas podem ser ridicularizadas as máscaras que as pessoas vestem diariamente se tornam suas “identidades reais” e o que a pessoa é “de verdade” acaba sendo suprimido e acaba sendo escondido. Sendo assim, partimos do pressuposto de que as coisas que as pessoas não dizem também forma o que elas são.
  15. 15. Questionários - A partir do que foi observado em cada uma das sondas, era preciso entender se as impressões tiradas a partir das respostas dos usuários eram verdadeiras. - Foram formuladas perguntas para os participantes a partir das impressões que tivemos na sonda. - Sendo assim, foi elaborada um questionário com dezesseis perguntas que foram aplicadas via “google docs” em todos aqueles que participaram da pesquisa.
  16. 16. Perfil dos usuários Foram escolhidos oito usuários para essa pesquisa, sendo eles jovens entre 19 e 24 anos; dois do sexo feminino, seis do sexo feminino, a maioria deles heavy users de internet; um jornalista e todos os outros estudantes; todos eles usuários de Twitter e Facebook e voluntários.
  17. 17. Análises dos resultados
  18. 18. Sonda 1 CONSUMONão há uma separação visível O jeito como usuário acredita entre vida online e offline, ser visto e construir sua a personalidade das redes identidade através das coisas que consome Os usuários se sentemsociais não é completamente mais livres no Twitter do dissociada da vida offline. que no Facebook ?? A idéia de como os outros As identidades são Há a necessidade de o veem é formada por eles fragmentadas e é difícil ter uma reconhecimento mesmo e é nebulosa identidade fixa
  19. 19. Sonda 2 CONSUMO Os usuários tendem a Os usuários relatam gostargostar daquilo com o que se de itens de consumo como identificam. música, filmes, livros Os usuários gostam de se sentir queridos Os usuários tendem a se irritar com coisas com as quais não se identificam
  20. 20. Sonda 3 #naovaoentender #medo #naointeressa #vaimagoar Os usuários não postam várias coisas por diversas razões
  21. 21. Resultados CONSUMO Os usuários se sentem mais livres no Twitter doNão há uma separação visível O jeito como usuário acredita que no Facebook entre vida online e offline, ser visto e construir sua a personalidade das redes identidade através das coisassociais não é completamente que consome dissociada da vida offline. Os usuários tendem a gostar daquilo com o que se As identidades são identificam. fragmentadas e é difícil ter uma identidade fixa
  22. 22. Resultados Os usuários tendem a se irritar com coisas com as quais não se identificam A identidade é formada a partir do que os outros vão pensar deles pós moderno Todos os usuários dizem ter características pós-modernas
  23. 23. Conclusões Finais - A construção da identidade é sim uma preocupação dos indivíduos pós-modernos. - Não foram as mídias sociais, ou a tecnologia, os responsáveis pela mudança na forma dos indivíduos de construir suas identidades. -Dentro de um contexto pós-moderno, as identidades já são naturalmente fragmentadas, e as mídias sociais vieram como uma forma de comunicação/relacionamento que contempla essas necessidades da pós-modernidade.
  24. 24. Conclusões Finais - “Relações ancoradas”, várias pessoas das redes socias estão também presentes na vida- Não há uma separação visível offline. entre vida online e offline, apersonalidade das redes sociais não - “Lugares diferentes exigem comportamentosé completamente dissociada da vida diferentes” offline. - Fragmentação das identidades - Não necessariamente isso acontece por causa das mídias sociais, mas as mídias sociais dão vasão a isso.
  25. 25. Conclusões Finais - Os indivíduos demonstraram alguma dificuldade em definir quem são, como os outros os veem, ou como gostariam de ser vistos. Definem através de coisas transitórias, e muitasAs identidades são fragmentadas e vezes a identificação vinha através de itens de é difícil ter uma identidade fixa consumo como músicas, filmes ou livros. - Não acreditam em uma “identidade real” ou uma identidade fixa. A identidade está em constante mutação e é “impossível” ser de um jeito só, relatam eles.
  26. 26. Conclusões Finais CONSUMO - boa parte da sua identidade está baseada nos itens de consumo.O jeito como usuário acredita ser - constroem suas identidades, e não só as visto e construir sua identidade é feito através das coisas que suas identidades, mas também definem suas consome relações, a partir do que consomem. - As mídias sociais atuam como facilitadora desse processo de identificação. Através delas o usuário pode expor seus gostos as pessoas que integram suas redes sociais.
  27. 27. Conclusões Finais As identidades são remodeladas através das pessoas existentes em cada ambiente. É através do que as pessoas pensam (ou naA identidade é formada a partir verdade, o que os usuários acham que as do contato com os outros. pessoas vão pensar, já que o “quem sou eu” é bastante nebuloso) que elas constroem suas identidades. Há também a necessidade de reconhecimento pelos outros usuários (que mesmo quando é negada, existe). É também através das postagens dos outros que os usuários conseguem se expressar ou se identificar.
  28. 28. Conclusões Finais a identidade também é formada pelas coisas que os usuários escondem o que Zhao et al (2008) chama de “hidden selves”.Os usuários também são aquilo que escondem. Existem partes de suas identidades que eles preferem não mostrar seja porque causaria problemas, porque se sentiriam inseguros, porque não acham prudente. Essa característica é percebida não só dentro das mídias sociais, mas também na vida off- line.
  29. 29. Conclusões Finais os usuários trazem em si características da pós-modernidade. pós moderno Todos os usuários afirmaram ser pós- Todos os usuários dizem ter modernos e, sem perceber, colocaramcaracterísticas pós-modernas características que formam o conceito de pós modernidade tais como: incerteza, transitoriedade das identidades, diminuição das fronteiras de conhecimento, flexibilidade e a própria liquefação. Os usuários dizem viver num momento de incertezas e constante mutação onde as opiniões e estruturas podem ser modificadas a qualquer momento.
  30. 30. Para encerrar As mídias sociais facilitam as relações e as formas de exposição. A pós modernidade emodifica conceitos e, consequentemente, a relação entre as pessoas. os indivíduos procuram formas de comunicação que sirvam as suas necessidades. As mídias sociais parecem servir às necessidades dos cidadãos pós- modernos e também auxiliam os mesmos a construir não só a sua “identidade” mas sim dar vasão às suas diferentes identidades.
  31. 31. OBRIGADA!

×