SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Alves MTB¹, Brito MEF2, Souza LMF3, Medeiros IACM3, Pinheiro AMF¹, Fernandes MCP¹, Almeida IOT4, Melo AD4, Paiva RP4, Figueiredo JD¹.
¹Residente de Pediatria da UFRN; 2Pediatra da Unidade de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente do HUOL; 3Professor(a) do Departamento de Pediatria da UFRN; 4Acadêmica
de Medicina da UFRN.
De acordo com a literatura, a prevalência de disfunções tireoidianas
em pacientes com síndrome de Down varia de 2% a 63%. Observou-
se uma prevalência de alterações tireoidianas de 8,6% na população
estudada, corroborando a necessidade do seguimento regular e
laboratorial, pois muitas vezes os sintomas podem ser discretos e
confundidos com algumas características próprias da síndrome.
1. Carroll, Kecia N., et al. "Increase in incidence of medically treated thyroid
disease in children with Down syndrome after rerelease of American
Academy of Pediatrics Health Supervision guidelines." Pediatrics 122.2
(2008): e493-e498.
2. Bull, Marilyn J. "Health supervision for children with Down
syndrome."Pediatrics 128.2 (2011): 393-406.
Identificar a prevalência de alterações tireoidianas nos pacientes
com síndrome de Down acompanhados no ambulatório de
pediatria geral do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL),
em Natal-RN.
Foi realizado estudo transversal e descritivo através da análise dos
prontuários dos pacientes com Síndrome de Down em seguimento
no ambulatório de Pediatria do HUOL da Universidade Federal do
Rio Grande do Norte.
Foram analisados 220 pacientes com diagnóstico de Síndrome de
Down, dos quais 19 apresentavam alterações na função tireoidiana
(8,6%) e, por isso, foram selecionados para este estudo. A idade
média foi de 9,9 anos (mínimo 0,83 e máximo de 18 anos) e 68,5%
eram do sexo masculino. Das alterações tireoidianas encontradas, a
mais frequente foi o hipotireoidismo primário (68,4%), seguido do
hipotireoidismo congênito (21%) e do hipertireoidismo (10%). Foi
constatada a presença de autoimunidade em 21% dos pacientes
avaliados. A idade média ao diagnóstico da alteração tireoidiana
variou de 0,08 a 9 anos, correspondendo a uma média de 3,4 anos.
História familiar positiva de problemas de tireóide foi relatada em
apenas 10,52% dos casos.
68,4%
21%
10%
Alterações tireoidianas
Hipotireoidismo primário
Hipotireoidismo congênito
Hipertireoidismo
Pacientes com Síndrome de Down e alteração da função
tireoidiana
Prevalência 8,6%
Idade Média 9,9 anos
Sexo Masculino 68,5%
Idade média ao diagnóstico 3,4 anos
História familiar positiva para
tireoidopatias
10,52%

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Banner eco ped 1a amostra rn final
Banner eco ped 1a amostra rn   finalBanner eco ped 1a amostra rn   final
Banner eco ped 1a amostra rn finalgisa_legal
 
Pôster semana da Ciência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Pôster semana da Ciência do Hospital de Clínicas de Porto AlegrePôster semana da Ciência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Pôster semana da Ciência do Hospital de Clínicas de Porto AlegreAishameriane Schmidt
 
Pôster salão de iniciação científica da UFRGS 2008
Pôster salão de iniciação científica da UFRGS 2008Pôster salão de iniciação científica da UFRGS 2008
Pôster salão de iniciação científica da UFRGS 2008Aishameriane Schmidt
 
Poster XX Salão de Iniciação Científica UFRGS
Poster XX Salão de Iniciação Científica UFRGSPoster XX Salão de Iniciação Científica UFRGS
Poster XX Salão de Iniciação Científica UFRGSAishameriane Schmidt
 
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unitAllan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unitAllan Ulisses
 
Inca capacita médico para identificar câncer de útero
Inca capacita médico para identificar câncer de úteroInca capacita médico para identificar câncer de útero
Inca capacita médico para identificar câncer de úteroMinistério da Saúde
 
Conhecimento sobre CA de mama hereditário
Conhecimento sobre CA de mama hereditárioConhecimento sobre CA de mama hereditário
Conhecimento sobre CA de mama hereditárioAishameriane Schmidt
 
Aplicacao do teste do coracaozinho em servico universitario de referancia rel...
Aplicacao do teste do coracaozinho em servico universitario de referancia rel...Aplicacao do teste do coracaozinho em servico universitario de referancia rel...
Aplicacao do teste do coracaozinho em servico universitario de referancia rel...gisa_legal
 
Aplicacao do-teste-do-coracaozinho-em-servico
Aplicacao do-teste-do-coracaozinho-em-servicoAplicacao do-teste-do-coracaozinho-em-servico
Aplicacao do-teste-do-coracaozinho-em-servicogisa_legal
 
1 diretrizes brasileiras para o rastreamento do ca de colo
1 diretrizes brasileiras para o rastreamento do ca de colo1 diretrizes brasileiras para o rastreamento do ca de colo
1 diretrizes brasileiras para o rastreamento do ca de coloCinthia13Lima
 
Odontogeriatria como especialidade atual
Odontogeriatria como especialidade atualOdontogeriatria como especialidade atual
Odontogeriatria como especialidade atualClaudio Fleig
 
Surta,+estima v14n1 21-28
Surta,+estima v14n1 21-28Surta,+estima v14n1 21-28
Surta,+estima v14n1 21-28kratos8
 
15113 article-198471-1-10-20210516
15113 article-198471-1-10-2021051615113 article-198471-1-10-20210516
15113 article-198471-1-10-20210516kratos8
 
Cuidado de enfermagem baseado em genômica para mulheres com síndrome de turner
Cuidado de enfermagem baseado em genômica para mulheres com síndrome de turnerCuidado de enfermagem baseado em genômica para mulheres com síndrome de turner
Cuidado de enfermagem baseado em genômica para mulheres com síndrome de turnerTayslane Rocha
 
Artigo referência módulo- feridas crônicas parte 2
Artigo  referência módulo- feridas crônicas parte 2Artigo  referência módulo- feridas crônicas parte 2
Artigo referência módulo- feridas crônicas parte 2Cleyton Veríssimo
 

Mais procurados (20)

Banner eco ped 1a amostra rn final
Banner eco ped 1a amostra rn   finalBanner eco ped 1a amostra rn   final
Banner eco ped 1a amostra rn final
 
Pôster semana da Ciência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Pôster semana da Ciência do Hospital de Clínicas de Porto AlegrePôster semana da Ciência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
Pôster semana da Ciência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre
 
Pôster salão de iniciação científica da UFRGS 2008
Pôster salão de iniciação científica da UFRGS 2008Pôster salão de iniciação científica da UFRGS 2008
Pôster salão de iniciação científica da UFRGS 2008
 
Poster XX Salão de Iniciação Científica UFRGS
Poster XX Salão de Iniciação Científica UFRGSPoster XX Salão de Iniciação Científica UFRGS
Poster XX Salão de Iniciação Científica UFRGS
 
De
DeDe
De
 
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unitAllan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
Allan artigo 2013 rev ctbmf patologia unit
 
Inca capacita médico para identificar câncer de útero
Inca capacita médico para identificar câncer de úteroInca capacita médico para identificar câncer de útero
Inca capacita médico para identificar câncer de útero
 
Conhecimento sobre CA de mama hereditário
Conhecimento sobre CA de mama hereditárioConhecimento sobre CA de mama hereditário
Conhecimento sobre CA de mama hereditário
 
Aplicacao do teste do coracaozinho em servico universitario de referancia rel...
Aplicacao do teste do coracaozinho em servico universitario de referancia rel...Aplicacao do teste do coracaozinho em servico universitario de referancia rel...
Aplicacao do teste do coracaozinho em servico universitario de referancia rel...
 
Aplicacao do-teste-do-coracaozinho-em-servico
Aplicacao do-teste-do-coracaozinho-em-servicoAplicacao do-teste-do-coracaozinho-em-servico
Aplicacao do-teste-do-coracaozinho-em-servico
 
1 diretrizes brasileiras para o rastreamento do ca de colo
1 diretrizes brasileiras para o rastreamento do ca de colo1 diretrizes brasileiras para o rastreamento do ca de colo
1 diretrizes brasileiras para o rastreamento do ca de colo
 
03
0303
03
 
Odontogeriatria como especialidade atual
Odontogeriatria como especialidade atualOdontogeriatria como especialidade atual
Odontogeriatria como especialidade atual
 
Caso controle
Caso controleCaso controle
Caso controle
 
D1103032328
D1103032328D1103032328
D1103032328
 
Surta,+estima v14n1 21-28
Surta,+estima v14n1 21-28Surta,+estima v14n1 21-28
Surta,+estima v14n1 21-28
 
Caso Controle
Caso ControleCaso Controle
Caso Controle
 
15113 article-198471-1-10-20210516
15113 article-198471-1-10-2021051615113 article-198471-1-10-20210516
15113 article-198471-1-10-20210516
 
Cuidado de enfermagem baseado em genômica para mulheres com síndrome de turner
Cuidado de enfermagem baseado em genômica para mulheres com síndrome de turnerCuidado de enfermagem baseado em genômica para mulheres com síndrome de turner
Cuidado de enfermagem baseado em genômica para mulheres com síndrome de turner
 
Artigo referência módulo- feridas crônicas parte 2
Artigo  referência módulo- feridas crônicas parte 2Artigo  referência módulo- feridas crônicas parte 2
Artigo referência módulo- feridas crônicas parte 2
 

Destaque

Herpes zoster acquired in utero - Case Report
Herpes zoster acquired in utero - Case ReportHerpes zoster acquired in utero - Case Report
Herpes zoster acquired in utero - Case ReportLaped Ufrn
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Relatório de Atividades - ...
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Relatório de Atividades - ...Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Relatório de Atividades - ...
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Relatório de Atividades - ...Laped Ufrn
 
Carta Convite (Modelo) - I Jornada de Infectopediatria do RN
Carta Convite (Modelo) - I Jornada de Infectopediatria do RN Carta Convite (Modelo) - I Jornada de Infectopediatria do RN
Carta Convite (Modelo) - I Jornada de Infectopediatria do RN Laped Ufrn
 
Febre Amarela: Nota Informativa
Febre Amarela: Nota InformativaFebre Amarela: Nota Informativa
Febre Amarela: Nota InformativaLaped Ufrn
 
Edital - 1º Processo Seletivo da LAPED UFRN
Edital - 1º Processo Seletivo da LAPED UFRN Edital - 1º Processo Seletivo da LAPED UFRN
Edital - 1º Processo Seletivo da LAPED UFRN Laped Ufrn
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN na CIENTEC 2015: "Científica, Lúdica e...
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN  na  CIENTEC 2015:  "Científica, Lúdica e...Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN  na  CIENTEC 2015:  "Científica, Lúdica e...
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN na CIENTEC 2015: "Científica, Lúdica e...Laped Ufrn
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN: - Relatório Atividades 2016
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN: - Relatório Atividades 2016Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN: - Relatório Atividades 2016
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN: - Relatório Atividades 2016Laped Ufrn
 
Câncer na infância e adolescência: Tumores de SNC
Câncer na infância e adolescência: Tumores de SNCCâncer na infância e adolescência: Tumores de SNC
Câncer na infância e adolescência: Tumores de SNCLaped Ufrn
 
Hematúria na infância
Hematúria na infânciaHematúria na infância
Hematúria na infânciaLaped Ufrn
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Planejamento 2016.1
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Planejamento 2016.1Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Planejamento 2016.1
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Planejamento 2016.1Laped Ufrn
 
Dislipidemias na Infância
Dislipidemias na InfânciaDislipidemias na Infância
Dislipidemias na InfânciaLaped Ufrn
 
Xantogranuloma Juvenil Congênito Gigante
Xantogranuloma Juvenil Congênito GiganteXantogranuloma Juvenil Congênito Gigante
Xantogranuloma Juvenil Congênito GiganteLaped Ufrn
 
Estatuto LAPED UFRN - Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN
Estatuto LAPED UFRN - Liga Acadêmica de Pediatria da UFRNEstatuto LAPED UFRN - Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN
Estatuto LAPED UFRN - Liga Acadêmica de Pediatria da UFRNLaped Ufrn
 
Retinopatia da Prematuridade
  Retinopatia da Prematuridade   Retinopatia da Prematuridade
Retinopatia da Prematuridade Laped Ufrn
 
Relato de Caso - LAPED UFRN
Relato de Caso - LAPED UFRN Relato de Caso - LAPED UFRN
Relato de Caso - LAPED UFRN Laped Ufrn
 
Libro neonatologia U de chile
Libro neonatologia U de chileLibro neonatologia U de chile
Libro neonatologia U de chilePaulina Méndez
 
Lesões Cutâneas do RN
Lesões Cutâneas do RNLesões Cutâneas do RN
Lesões Cutâneas do RNLaped Ufrn
 
Distúrbios respiratórios agudos no P.S. infantil: laringite x crise asmática
Distúrbios respiratórios agudos no P.S. infantil: laringite x crise asmáticaDistúrbios respiratórios agudos no P.S. infantil: laringite x crise asmática
Distúrbios respiratórios agudos no P.S. infantil: laringite x crise asmáticaLaped Ufrn
 
Icterícia Neonatal
Icterícia NeonatalIcterícia Neonatal
Icterícia Neonatalblogped1
 

Destaque (20)

Herpes zoster acquired in utero - Case Report
Herpes zoster acquired in utero - Case ReportHerpes zoster acquired in utero - Case Report
Herpes zoster acquired in utero - Case Report
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Relatório de Atividades - ...
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Relatório de Atividades - ...Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Relatório de Atividades - ...
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Relatório de Atividades - ...
 
Carta Convite (Modelo) - I Jornada de Infectopediatria do RN
Carta Convite (Modelo) - I Jornada de Infectopediatria do RN Carta Convite (Modelo) - I Jornada de Infectopediatria do RN
Carta Convite (Modelo) - I Jornada de Infectopediatria do RN
 
Febre Amarela: Nota Informativa
Febre Amarela: Nota InformativaFebre Amarela: Nota Informativa
Febre Amarela: Nota Informativa
 
Edital - 1º Processo Seletivo da LAPED UFRN
Edital - 1º Processo Seletivo da LAPED UFRN Edital - 1º Processo Seletivo da LAPED UFRN
Edital - 1º Processo Seletivo da LAPED UFRN
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN na CIENTEC 2015: "Científica, Lúdica e...
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN  na  CIENTEC 2015:  "Científica, Lúdica e...Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN  na  CIENTEC 2015:  "Científica, Lúdica e...
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN na CIENTEC 2015: "Científica, Lúdica e...
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN: - Relatório Atividades 2016
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN: - Relatório Atividades 2016Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN: - Relatório Atividades 2016
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN: - Relatório Atividades 2016
 
Icteria Neonatal - Liga de Pediatria UNICID
Icteria Neonatal - Liga de Pediatria UNICIDIcteria Neonatal - Liga de Pediatria UNICID
Icteria Neonatal - Liga de Pediatria UNICID
 
Câncer na infância e adolescência: Tumores de SNC
Câncer na infância e adolescência: Tumores de SNCCâncer na infância e adolescência: Tumores de SNC
Câncer na infância e adolescência: Tumores de SNC
 
Hematúria na infância
Hematúria na infânciaHematúria na infância
Hematúria na infância
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Planejamento 2016.1
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Planejamento 2016.1Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Planejamento 2016.1
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN - Planejamento 2016.1
 
Dislipidemias na Infância
Dislipidemias na InfânciaDislipidemias na Infância
Dislipidemias na Infância
 
Xantogranuloma Juvenil Congênito Gigante
Xantogranuloma Juvenil Congênito GiganteXantogranuloma Juvenil Congênito Gigante
Xantogranuloma Juvenil Congênito Gigante
 
Estatuto LAPED UFRN - Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN
Estatuto LAPED UFRN - Liga Acadêmica de Pediatria da UFRNEstatuto LAPED UFRN - Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN
Estatuto LAPED UFRN - Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN
 
Retinopatia da Prematuridade
  Retinopatia da Prematuridade   Retinopatia da Prematuridade
Retinopatia da Prematuridade
 
Relato de Caso - LAPED UFRN
Relato de Caso - LAPED UFRN Relato de Caso - LAPED UFRN
Relato de Caso - LAPED UFRN
 
Libro neonatologia U de chile
Libro neonatologia U de chileLibro neonatologia U de chile
Libro neonatologia U de chile
 
Lesões Cutâneas do RN
Lesões Cutâneas do RNLesões Cutâneas do RN
Lesões Cutâneas do RN
 
Distúrbios respiratórios agudos no P.S. infantil: laringite x crise asmática
Distúrbios respiratórios agudos no P.S. infantil: laringite x crise asmáticaDistúrbios respiratórios agudos no P.S. infantil: laringite x crise asmática
Distúrbios respiratórios agudos no P.S. infantil: laringite x crise asmática
 
Icterícia Neonatal
Icterícia NeonatalIcterícia Neonatal
Icterícia Neonatal
 

Semelhante a Prevalência de alterações tireoidianas em pacientes com Síndrome de Down

Cc em um serviço de referência 2010
Cc em um serviço de referência   2010Cc em um serviço de referência   2010
Cc em um serviço de referência 2010gisa_legal
 
Crescimento baixa estatura avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
Crescimento baixa estatura  avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...Crescimento baixa estatura  avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
Crescimento baixa estatura avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...Van Der Häägen Brazil
 
Crescimento baixa estatura avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
Crescimento baixa estatura  avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...Crescimento baixa estatura  avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
Crescimento baixa estatura avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...Van Der Häägen Brazil
 
Transtornos alimentares em escolares
Transtornos alimentares em escolaresTranstornos alimentares em escolares
Transtornos alimentares em escolaresgisa_legal
 
Prevalência de cc ao nascimento
Prevalência de cc ao nascimentoPrevalência de cc ao nascimento
Prevalência de cc ao nascimentogisa_legal
 
Apresentação das cc diagnosticadas ao nascimento 2008
Apresentação das cc diagnosticadas ao nascimento   2008Apresentação das cc diagnosticadas ao nascimento   2008
Apresentação das cc diagnosticadas ao nascimento 2008gisa_legal
 
Síndrome de Prader Willi
Síndrome de Prader WilliSíndrome de Prader Willi
Síndrome de Prader WilliMila Fernandes
 
Allan artigo 2010 pboci
Allan artigo 2010 pbociAllan artigo 2010 pboci
Allan artigo 2010 pbociAllan Ulisses
 
Defeitos congenitos no rs
Defeitos congenitos no rsDefeitos congenitos no rs
Defeitos congenitos no rsgisa_legal
 
Defeitos congenitos no rs
Defeitos congenitos no rsDefeitos congenitos no rs
Defeitos congenitos no rsgisa_legal
 
BAIXA ESTATURA EM CRIANÇA/JUVENIL/ADOLESCENTE POR DGH UTILIZANDO GH-SOMATOTRO...
BAIXA ESTATURA EM CRIANÇA/JUVENIL/ADOLESCENTE POR DGH UTILIZANDO GH-SOMATOTRO...BAIXA ESTATURA EM CRIANÇA/JUVENIL/ADOLESCENTE POR DGH UTILIZANDO GH-SOMATOTRO...
BAIXA ESTATURA EM CRIANÇA/JUVENIL/ADOLESCENTE POR DGH UTILIZANDO GH-SOMATOTRO...Van Der Häägen Brazil
 
Condições de saúde bucal e diabetes
Condições de saúde bucal e diabetesCondições de saúde bucal e diabetes
Condições de saúde bucal e diabetesLucas Stolfo Maculan
 
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica história natural. dr. caio ...
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica   história natural. dr. caio ...Frequência da ocorrência da síndrome metabólica   história natural. dr. caio ...
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica história natural. dr. caio ...Van Der Häägen Brazil
 
Malformações extra-cardíacas em pacientes com cardiopatias congênitas atendid...
Malformações extra-cardíacas em pacientes com cardiopatias congênitas atendid...Malformações extra-cardíacas em pacientes com cardiopatias congênitas atendid...
Malformações extra-cardíacas em pacientes com cardiopatias congênitas atendid...blogped1
 
3_revisao_constipacao_intestinal_crianca
3_revisao_constipacao_intestinal_crianca3_revisao_constipacao_intestinal_crianca
3_revisao_constipacao_intestinal_criancadocanto
 
Doença hepática gordurosa não alcoólica e síndrome metabólica problema de saú...
Doença hepática gordurosa não alcoólica e síndrome metabólica problema de saú...Doença hepática gordurosa não alcoólica e síndrome metabólica problema de saú...
Doença hepática gordurosa não alcoólica e síndrome metabólica problema de saú...Van Der Häägen Brazil
 
Aconselhamento Genético.pptx
Aconselhamento Genético.pptxAconselhamento Genético.pptx
Aconselhamento Genético.pptxbianca375788
 

Semelhante a Prevalência de alterações tireoidianas em pacientes com Síndrome de Down (20)

Cc em um serviço de referência 2010
Cc em um serviço de referência   2010Cc em um serviço de referência   2010
Cc em um serviço de referência 2010
 
Malformações do Sistema Nervoso Central
Malformações do Sistema Nervoso CentralMalformações do Sistema Nervoso Central
Malformações do Sistema Nervoso Central
 
Crescimento baixa estatura avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
Crescimento baixa estatura  avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...Crescimento baixa estatura  avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
Crescimento baixa estatura avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
 
Crescimento baixa estatura avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
Crescimento baixa estatura  avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...Crescimento baixa estatura  avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
Crescimento baixa estatura avaliação gestão de uma criança juvenil adolescen...
 
Transtornos alimentares em escolares
Transtornos alimentares em escolaresTranstornos alimentares em escolares
Transtornos alimentares em escolares
 
Prevalência de cc ao nascimento
Prevalência de cc ao nascimentoPrevalência de cc ao nascimento
Prevalência de cc ao nascimento
 
Apresentação das cc diagnosticadas ao nascimento 2008
Apresentação das cc diagnosticadas ao nascimento   2008Apresentação das cc diagnosticadas ao nascimento   2008
Apresentação das cc diagnosticadas ao nascimento 2008
 
Síndrome de Prader Willi
Síndrome de Prader WilliSíndrome de Prader Willi
Síndrome de Prader Willi
 
Allan artigo 2010 pboci
Allan artigo 2010 pbociAllan artigo 2010 pboci
Allan artigo 2010 pboci
 
Defeitos congenitos no rs
Defeitos congenitos no rsDefeitos congenitos no rs
Defeitos congenitos no rs
 
Defeitos congenitos no rs
Defeitos congenitos no rsDefeitos congenitos no rs
Defeitos congenitos no rs
 
Refluxo
RefluxoRefluxo
Refluxo
 
BAIXA ESTATURA EM CRIANÇA/JUVENIL/ADOLESCENTE POR DGH UTILIZANDO GH-SOMATOTRO...
BAIXA ESTATURA EM CRIANÇA/JUVENIL/ADOLESCENTE POR DGH UTILIZANDO GH-SOMATOTRO...BAIXA ESTATURA EM CRIANÇA/JUVENIL/ADOLESCENTE POR DGH UTILIZANDO GH-SOMATOTRO...
BAIXA ESTATURA EM CRIANÇA/JUVENIL/ADOLESCENTE POR DGH UTILIZANDO GH-SOMATOTRO...
 
Condições de saúde bucal e diabetes
Condições de saúde bucal e diabetesCondições de saúde bucal e diabetes
Condições de saúde bucal e diabetes
 
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica história natural. dr. caio ...
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica   história natural. dr. caio ...Frequência da ocorrência da síndrome metabólica   história natural. dr. caio ...
Frequência da ocorrência da síndrome metabólica história natural. dr. caio ...
 
Malformações extra-cardíacas em pacientes com cardiopatias congênitas atendid...
Malformações extra-cardíacas em pacientes com cardiopatias congênitas atendid...Malformações extra-cardíacas em pacientes com cardiopatias congênitas atendid...
Malformações extra-cardíacas em pacientes com cardiopatias congênitas atendid...
 
3_revisao_constipacao_intestinal_crianca
3_revisao_constipacao_intestinal_crianca3_revisao_constipacao_intestinal_crianca
3_revisao_constipacao_intestinal_crianca
 
Hipertensão
HipertensãoHipertensão
Hipertensão
 
Doença hepática gordurosa não alcoólica e síndrome metabólica problema de saú...
Doença hepática gordurosa não alcoólica e síndrome metabólica problema de saú...Doença hepática gordurosa não alcoólica e síndrome metabólica problema de saú...
Doença hepática gordurosa não alcoólica e síndrome metabólica problema de saú...
 
Aconselhamento Genético.pptx
Aconselhamento Genético.pptxAconselhamento Genético.pptx
Aconselhamento Genético.pptx
 

Mais de Laped Ufrn

Dor Recorrente em Membros
Dor Recorrente em Membros Dor Recorrente em Membros
Dor Recorrente em Membros Laped Ufrn
 
Dor abdominal na infância: abordagem e diagnóstico diferencial
Dor abdominal na infância: abordagem e diagnóstico diferencialDor abdominal na infância: abordagem e diagnóstico diferencial
Dor abdominal na infância: abordagem e diagnóstico diferencialLaped Ufrn
 
Exame Físico em Pediatria
Exame Físico em PediatriaExame Físico em Pediatria
Exame Físico em PediatriaLaped Ufrn
 
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN Laped Ufrn
 
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN Laped Ufrn
 
Estágio UTI Neonatal - LAPED UFRN
 Estágio UTI Neonatal - LAPED UFRN  Estágio UTI Neonatal - LAPED UFRN
Estágio UTI Neonatal - LAPED UFRN Laped Ufrn
 
Aleitamento materno e adiposidade adulta
Aleitamento materno e adiposidade adultaAleitamento materno e adiposidade adulta
Aleitamento materno e adiposidade adultaLaped Ufrn
 
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)Laped Ufrn
 
Trombocitopenia na infância - Caso Clínico
Trombocitopenia na infância - Caso ClínicoTrombocitopenia na infância - Caso Clínico
Trombocitopenia na infância - Caso ClínicoLaped Ufrn
 
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)Laped Ufrn
 
O exame cardiológico inicial em pediatria: seu papel na atenção primária
O exame cardiológico inicial em pediatria: seu papel na atenção primáriaO exame cardiológico inicial em pediatria: seu papel na atenção primária
O exame cardiológico inicial em pediatria: seu papel na atenção primáriaLaped Ufrn
 
Hypoglycemia in the Newborn
Hypoglycemia in the NewbornHypoglycemia in the Newborn
Hypoglycemia in the NewbornLaped Ufrn
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN "Quem somos nós?"
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN    "Quem somos nós?"Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN    "Quem somos nós?"
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN "Quem somos nós?"Laped Ufrn
 
Semiologia do recém nascido
Semiologia do recém nascidoSemiologia do recém nascido
Semiologia do recém nascidoLaped Ufrn
 

Mais de Laped Ufrn (15)

Dor Recorrente em Membros
Dor Recorrente em Membros Dor Recorrente em Membros
Dor Recorrente em Membros
 
Dor abdominal na infância: abordagem e diagnóstico diferencial
Dor abdominal na infância: abordagem e diagnóstico diferencialDor abdominal na infância: abordagem e diagnóstico diferencial
Dor abdominal na infância: abordagem e diagnóstico diferencial
 
Exame Físico em Pediatria
Exame Físico em PediatriaExame Físico em Pediatria
Exame Físico em Pediatria
 
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
 
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
Estágio Pronto Socorro Infantil - LAPED UFRN
 
Estágio UTI Neonatal - LAPED UFRN
 Estágio UTI Neonatal - LAPED UFRN  Estágio UTI Neonatal - LAPED UFRN
Estágio UTI Neonatal - LAPED UFRN
 
Aleitamento materno e adiposidade adulta
Aleitamento materno e adiposidade adultaAleitamento materno e adiposidade adulta
Aleitamento materno e adiposidade adulta
 
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)
Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)
 
Autismo
AutismoAutismo
Autismo
 
Trombocitopenia na infância - Caso Clínico
Trombocitopenia na infância - Caso ClínicoTrombocitopenia na infância - Caso Clínico
Trombocitopenia na infância - Caso Clínico
 
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
 
O exame cardiológico inicial em pediatria: seu papel na atenção primária
O exame cardiológico inicial em pediatria: seu papel na atenção primáriaO exame cardiológico inicial em pediatria: seu papel na atenção primária
O exame cardiológico inicial em pediatria: seu papel na atenção primária
 
Hypoglycemia in the Newborn
Hypoglycemia in the NewbornHypoglycemia in the Newborn
Hypoglycemia in the Newborn
 
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN "Quem somos nós?"
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN    "Quem somos nós?"Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN    "Quem somos nós?"
Liga Acadêmica de Pediatria da UFRN - LAPED UFRN "Quem somos nós?"
 
Semiologia do recém nascido
Semiologia do recém nascidoSemiologia do recém nascido
Semiologia do recém nascido
 

Prevalência de alterações tireoidianas em pacientes com Síndrome de Down

  • 1. Alves MTB¹, Brito MEF2, Souza LMF3, Medeiros IACM3, Pinheiro AMF¹, Fernandes MCP¹, Almeida IOT4, Melo AD4, Paiva RP4, Figueiredo JD¹. ¹Residente de Pediatria da UFRN; 2Pediatra da Unidade de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente do HUOL; 3Professor(a) do Departamento de Pediatria da UFRN; 4Acadêmica de Medicina da UFRN. De acordo com a literatura, a prevalência de disfunções tireoidianas em pacientes com síndrome de Down varia de 2% a 63%. Observou- se uma prevalência de alterações tireoidianas de 8,6% na população estudada, corroborando a necessidade do seguimento regular e laboratorial, pois muitas vezes os sintomas podem ser discretos e confundidos com algumas características próprias da síndrome. 1. Carroll, Kecia N., et al. "Increase in incidence of medically treated thyroid disease in children with Down syndrome after rerelease of American Academy of Pediatrics Health Supervision guidelines." Pediatrics 122.2 (2008): e493-e498. 2. Bull, Marilyn J. "Health supervision for children with Down syndrome."Pediatrics 128.2 (2011): 393-406. Identificar a prevalência de alterações tireoidianas nos pacientes com síndrome de Down acompanhados no ambulatório de pediatria geral do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), em Natal-RN. Foi realizado estudo transversal e descritivo através da análise dos prontuários dos pacientes com Síndrome de Down em seguimento no ambulatório de Pediatria do HUOL da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Foram analisados 220 pacientes com diagnóstico de Síndrome de Down, dos quais 19 apresentavam alterações na função tireoidiana (8,6%) e, por isso, foram selecionados para este estudo. A idade média foi de 9,9 anos (mínimo 0,83 e máximo de 18 anos) e 68,5% eram do sexo masculino. Das alterações tireoidianas encontradas, a mais frequente foi o hipotireoidismo primário (68,4%), seguido do hipotireoidismo congênito (21%) e do hipertireoidismo (10%). Foi constatada a presença de autoimunidade em 21% dos pacientes avaliados. A idade média ao diagnóstico da alteração tireoidiana variou de 0,08 a 9 anos, correspondendo a uma média de 3,4 anos. História familiar positiva de problemas de tireóide foi relatada em apenas 10,52% dos casos. 68,4% 21% 10% Alterações tireoidianas Hipotireoidismo primário Hipotireoidismo congênito Hipertireoidismo Pacientes com Síndrome de Down e alteração da função tireoidiana Prevalência 8,6% Idade Média 9,9 anos Sexo Masculino 68,5% Idade média ao diagnóstico 3,4 anos História familiar positiva para tireoidopatias 10,52%