Imprensa Livre - novembro de 2011 - ED. 95

538 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
538
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Imprensa Livre - novembro de 2011 - ED. 95

  1. 1. Ano 10, nº 95 Guarapari, ES novembro de 2011 Distribuição Gratuita10 anos de tradição com maior circulaçãoFundado pelo jornalista e radialista Carlinhos DJUma tradição da imprensa de GuarapariGoverno do estado investe com recursos ANCHEITApróprios R$ 11.159.812,50 nas obras de Vereadora presidente Dalva requerrevitalização da Praia do Morro que já instalação de corrimão em ponteagrada a moradores e turistas 04 Anchieta é a segunda melhor cidade do Estado para para se viver. 24 10 04 COLATINA VILA PAVÃO VITÓRIAConvênios de R$ 12 milhões para Alunos de Vila Pavão desenvolvem Defesa Civil Estadual e Municipal deobras de infraestrutura em Colatina Projeto Cores da Terra Vitória realizam oficinas e simulado de enfrentamento a desastres 02 09 11Circulação: Guarapari, Vitória, Vila Velha, Anchieta, Alfredo Chaves, Piúma, Itapemirim, Barra, Marataízes, St. Mª de Jetibá, Cariacica, Linhares,SãoJosé do Calçado, Vila Pavão, Domingos Martins, Viana, São Mateus, Serra, Colatina.Via postagem: Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo
  2. 2. 2 Guarapari ES, novembro de 2011 EDITORIAL GUARAPARIObras da Praia do Morro Presidente do PV de Guarapari, Edinho Maioli, defende que o Município instale câmeras de vídeovaloriza imóveis e agrada e crie central de monitoramento na cidade moradores e turistas para prática de ativi- rito Santo. As obras de revitalização com áreas de contemplação, dades físicas, aumen- Edinho, ainda, enfatizouda orla da Praia do Morro, lazer e recreação. Estão sen- tando o risco de ocor- que hoje Vila-Velha é referênciagerenciada pelo Iopes, dará do construídas uma quadra rências de crimes na em Gestão e operacionalizaçãoa Praia do Morro, uma das de vôlei e uma de peteca, orla e vias públicas. para Espírito Santo e o Brasil emmais conhecidas em todo o dois deques para prática de Segundo Edinho, relação a municípios que desen-país e mais famosa do Espí- esportes, dois playgrounds formando um novo volvem esse trabalho, contandorito Santo, destaque e valori- equipados com brinquedos conceito de Segurança com câmeras de videomonitora-zação em sua beleza. com estrutura de madeira Pública, o policiamen- mento distribuídas em 67 pon- O projeto contempla a de eucalipto e área onde fi- to eletrônico inaugura tos da cidade. Segundo dadosreurbanização ao longo da cará situada uma escola de uma nova modalida- da Secretaria de Defesa SocialAvenida Beira-Mar, numa velas. de de fiscalização e de Vila-Velha, a implementa-extensão de 2,89 quilôme- Além disso, será feito controle social, e con- ção do policiamento eletrônicotros e o Governo do estado paisagismo com jardineiras, tribui com as ações foi responsável pela redução deinveste com recursos pró- canteiros com bancos, além desenvolvidas pela aproximadamente 83% dos cri-prios R$ 11.159.812,50. da instalação de guarda- municipalidade como mes na orla de Vila Velha, disse A previsão é que ela seja -corpos, rampas e módulos fiscalização de limpeza públi- Edinho.concluída até o final do ano, de escadas com chuveiros. ca, crimes ambientais, extração “É urgente a instalação de oltado para a nova visão ilegal de areia, exploração sexu- câmeras e a criação de central demas a valorização imobiliá-ria já pode ser conferida nomercado, houve casos queas famosas placas de (ven- A população e os turistas contarão com nove módu- los com banheiros públicos, todos adaptados para porta- V de segurança pública, o Presidente do PV de Guarapari, Edinho Maioli, de- al, assistência na orla em locais com riscos de afogamentos, aju- da na localização de criança per- videomonitoramento na cidade, com medidas práticas, ações efetivas e incisivas no combatede-se) tiveram seus valores dores de necessidades espe- fende que o Município instale didas durante verão, assistência a criminalidade, a destruição domudados, para mais é claro, ciais, sendo alguns equipa- câmeras de vídeo e crie cen- aos moradores de rua, além de patrimônio público e até repri-é que com a revitalização a dos com fraldário. tral de monitoramento, com a cooperar para o serviço de in- mendas aos que agirem contra avalorização foi inevitável, Para melhorar a mobi- finalidade de inibir práticas e vestigação das Polícias Civil e ordem pública”, justificou.hoje o metro quadrado do lidade, foi construída uma ações criminosas na cidade. Militar, entre outras ocorrên- “Se o sistema for adotadocartão postal da cidade de ciclovia com dois metros de Lembrando que vem sendo cias.Ele destacou que o Governo em Guarapari, tenho a certezaGuarapari é bem diferente largura contemplando toda registrado elevado número de do Estado tem estabelecido par- que o nosso povo terá maiorde muitos anos atrás. a orla. Serão disponibiliza- roubos e assaltos na cidade e cerias importantes com outros tranqüilidade no dia a dia, ten- Guaraparienses, visitan- das 264 vagas para veículos atento a execução de importan- municípios, como já acontece do em vista que os infratorestes e turistas desfrutarão de particulares, contendo va- tes obras, como a revitalização com a cidade de Vila-Velha, por estarão sendo vigiados duranteuma nova orla que privile- gas para deficientes e ido- da Praia do Morro, ele faz um isso entende que esta iniciativa as 24 horas pelos operadores dogiará os espaços públicos sos, e para carga e descarga. alerta de que a cidade será vi- também pode ser firmada com sistema de videomonitoramen- sitada por muitos turistas nos Guarapari, uma vez que a cida- to”, finalizou Edinho. próximos meses, além de ser de é o destino de grande parte Fonte:Assessoria do PV de freqüentada por moradores dos turistas que visitam o Espí- Guarapari Expediente COLATINA IMPRENSA Convênios de R$ 12 milhões para LIVRE Uma publicação de JOSÉ CARLOS MOREIRA GOMES - ME obras de infraestrutura em Colatina 3D COMUNICAÇÃO Sucursal Vitória para a elaboração do plano mu- Empresa Jornalistica, Agência de Noticias, nicipal de redução de riscos de olatina participou no Colatina. CEdição de Jornais, Atividades de Publicidade Não Especificadas Anteriormente, Produção De Fotografias, Sonorização, dia 10 de novembro em Os convênios foram firma- Iluminação e Atividades de Rádio Vitória da assinatura de dos entre a Prefeitura, Caixa CNPJ:07.823.054/0001-04 três contratos viabilizados atra- Econômica Federal e Governo Insc.Municipal 1185-1 vés do PAC 2 (Programa de do Estado, que ao todo desti-Rua Camilo Gianordoli,26,Sala 07/3ºandar- Ed. Tropical Center Aceleração do Crescimento) e narão um montante de R$186 Muquiçaba - Guarapari - ES do Governo do Estado para a milhões distribuídos para 11 CEP: 29215-080 - Telefax: (27) 3262 7603 execução de obras de infraes- municípios capixabas e que recursos para a construção da jornalimprensalivre@yahoo.com.br trutura na cidade. serão utilizados nas áreas de infraestrutura logística e ener- Os repasses somam a or- saneamento, habitação e me- gética no intuito de sustentar o Diretor Geral, Editor e dem dos R$ 12 milhões. Sendo, lhorias urbanas. crescimento dos Estados brasi- Jornalista Responsável: R$ 1,5 milhão para a construção A solenidade de assinatura leiros. José Carlos Moreira Gomes do Reservatório de Água Tra- dos contratos aconteceu no Sa- O PAC 2 consolida as ações Colaboradores DRT-ES 01189JP tada na Estação de Tratamen- lão São Tiago, Palácio Anchie- da primeira fase do programa. colunistas Dept Jornalismo:Carlinhos DJ to de Água (ETA II), do Bairro ta, com presença do prefeito de Nos seis primeiros meses des- desta edição: Fotos: Carlinhos DJ Deyse de Lima e Silva Nossa Senhora Aparecida e Colatina, Leonardo Deptulski, se ano, R$ 86,4 bilhões já foramDiagramação: Leonardo Gomez Rogério Lima que faz parte do Programa de do governador Renato Casa- direcionados a obras por todo o Departamento Comercial: Desenvolvimento Urbano e Sa- grande, do vice-presidente de Brasil. (27) 3262 7603 neamento Ambiental de Cola- Governo da Caixa, José Urbano Desse total, R$ 35 bilhões tina. E outros de R$ 10.351,848 Duarte, de secretários de Esta- correspondem ao Financia-Comunicado: Conceitos idéias, afirmações, e outros tipos de opiniões emitidas em ma- milhões para a construção do do e prefeitos municipais. mento Habitacional, R$ 24,4térias assinadas, mesmo que só pseudônimo, podem não representar o pensamento Sistema de Esgotamento – In- bilhões ao executado pelas es-da direção e dos editores desta publicação, sendo de exclusiva responsabilidade deseus autores. Garantimos desde já em edição posterior espaço igual para resposta da- tercepção do lado Esquerdo do PAC2 tatais, R$ 13,4 bilhões ao setorqueles que se sentirem atingidos.Toda e qualquer matéria veiculada no Jornal Imprensa Rio Doce na sede com intercep- A segunda etapa do Progra- privado e R$ 9 bilhões ao Or-Livre é a título de colaboração, sem vínculo empregatício, inclusive cargos de direção. tores e redes coletoras e atende ma de Aceleração do Cresci- çamento Geral da União Fiscal ao programa de tratamento de mento foi lançado pelo Gover- e Seguridade. Os R$ 3 bilhões esgoto do município. no Federal em março do ano restantes são do Programa Evento que tem som de qualidade O terceiro projeto aprovado passado, incorporando e forta- “Minha Casa, Minha Vida”. no valor de R$ 150 mil foi plei- lecendo ações nas áreas social e Fonte:Assessoria da PMC / tem sempre essa marca! teado pelo Governo do Estado urbana, além de viabilizar mais Foto: PMC/Laércio Signorelli
  3. 3. Guarapari ES, novembro de 2011 3 GOVERNO DO ESTADOGovernador Renato Casagrande inaugurae anuncia obras que somam mais de R$ 11milhões em Cachoeiro de Itapemirim de Cachoeiro de Itapemirim es- melhoria da educação e da qua- tão recebendo grandes investi- lidade de vida dos moradores mentos do Governo do Estado de Cachoeiro”, contou Wilson. e estão mais modernas. Quem ganha são os alunos e as comu- ES 482 nidades, que passam a ter mais O governador também espaços para o conhecimento, a anunciou que o Departamento cultura, o lazer e o esporte”, des- de Estradas de Rodagem (DER- tacou. -ES) vai realizar obras de dupli- No Liceu Muniz Freire, o se- cação e urbanização na Aveni- cretário reviveu um momento da Jones dos Santos Neves, em especial, ao andar pelos corre- Cachoeiro de Itapemirim. As dores da escola onde estudou o obras compreendem um trecho Ensino Médio. “Esse é um dos de 1,4 quilômetros e, além do momentos de maior emoção da novo sistema de drenagem e da minha vida. Falar do Liceu sig- pavimentação em pistas duplas, nifica lembrar do passado, mas o projeto prevê a construção de acima de tudo olhar para frente, baias para ônibus segmentadas porque esta é uma escola que da pista, o que garante mais se- olhou para o futuro. Por isso tem gurança e conforto, tanto para tamanha importância no Estado passageiros como para os mo- e formou e forma cidadãos de toristas que garantem o fluxo grande destaque no cenário es- independente de paradas para tadual”, frisou o secretário Klin- embarque e desembarque. ger. Na nova via também serão As solenidades contaram implantadas calçadas nos dois ainda com a presença do pro- sentidos. O edital para contrata- fessor Wilson Resende, que deu ção da empresa para realizar as cesano Dom Dario e uma pales- qualidade de vida dos cachoei-Sucursal Vitória tra na Faculdade de Direito de renses” disse. Governo do Estado en- Cachoeiro de Itapemirim, onde Deputados, vereadores, lide-O tregou importantes in- vestimentos em Educa-ção no município de Cachoeiro recebeu homenagem. “A nossa visita hoje ao mu- nicípio de Cachoeiro é mais uma ranças locais, prefeitos de muni- cípios do entorno e população local acompanharam a comitivade Itapemirim e anunciou a re- forma de reafirmarmos o nosso do governador, que tambémcuperação da Rodovia Jones dos compromisso com todos os ca- visitou o distrito de Burarama,Santos Neves (ES 482), no dia pixabas, com cada cidade, pelo situado a quase 50 km do cen- tro do município, para a entrega de reforma e ampliação de uma unidade escolar. Educação No distrito de Burarama, o Governo do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Sedu), inaugurou as obras de reforma e amplia- ção da Escola Estadual Wilson nome à primeira escola e foi obras foi publicado no dia 07 de Resende. Com investimento de diretor do Liceu Muniz Freire. novembro e a abertura da licita- mais de R$ 1,8 milhão nas obras, “Estou muito feliz de estar aqui ção será no dia 15 de dezembro. a unidade passa a contar com neste momento. Sempre traba- O investimento total será de cer- setor pedagógico composto por11.11.2011. São obras que totali- bem comum de todos os cida- oito salas de aula, pátio coberto,zam mais de R$ 11 milhões, des- dãos. O Governo não interrom- quadra poliesportiva coberta,tinados à melhoria da qualidade peu as obras iniciadas na gestão auditório com palco, biblioteca/de vida da população, com foco passada e estamos investindo sala de vídeo, laboratórios de in-na redução das desigualdades este ano R$ 100 milhões em Es- formática e ciências, cozinha, re-sociais e na descentralização do colas e a educação é o caminho feitórios, dentre outros espaços.desenvolvimento, focos da atual mais curto para gerar oportuni- Na sede do município, a Es-gestão. dade para as pessoas, destacou o cola Liceu Muniz Freire também Acompanhado do vice- governador. passou por obras de reforma e-governador Givaldo Vieira, do Casagrande também afir- ampliação, com investimento deprefeito Carlos Casteglione, do mou que o Governo já publicou mais de R$ 3,5 milhões. Funda-vice-prefeito Braz Barros, dos o edital para a primeira etapa da em 1936, a unidade de ensi-secretários de Educação Klinger de duplicação da Rodovia Jones no, uma das mais tradicionais deBarbosa Alves, da Assistência dos Santos Neves. “É uma rodo- Cachoeiro, ganhou mais espaçoSocial, Trabalho e Direitos Hu- via importante para a economia e modernidade. A escola contamanos, Rodrigo Coelho, do di- de Cachoeiro, que já enfrenta en- com laboratórios de informáticaretor presidente do Iopes, Pedro garrafamentos que atrapalham e ciências, auditório, camarim,José de Almeida Firme, o gover- esta pujança. E vamos investir piscina, vestiário, pátio, quadranador Renato Casagrande par- ainda mais no município, na poliesportiva, dentre outros. lhei muito pela educação do Es- ca de R$ 6 milhões de reais.ticipou de diversas cerimônias, estrada até Coutinho, que leva O secretário de Estado da tado, sendo professor e diretor Fonte: Assessoria de Comu-que também incluiram uma ao município de Alegre, com Educação, Klinger Barbosa Al- do Liceu por muitos anos e aju- nicação/Seduinauguração de subestação da recursos proprios e do BID, para ves, ressaltou a importância dando a criar a Wilson Resende. Fotos: Thiago Guimarães/EDP, uma visita ao Bispo Dio- melhorar a trafegabilidade e a dos investimentos. “As escolas Sempre traçamos metas para a Secom-ES
  4. 4. 4 Guarapari ES, novembro de 2011 ANCHIETAAnchieta é a segunda Vereadora Terezinha solicitamelhor cidade do Estado melhorias na infraestruturapara se viver ser uma praia virgem não será ao Secretário de Saúde, Fayer sileiros. necessário e viável o quebra- Fonseca. Terezinha explicou O resultado foi bem recebi- -mar, mas somente uma pro- que a presença de morcegos do pelo prefeito Edival Petri. Se- teção ao redor do tronco para nessa escola está preocupando gundo ele, o índice é graças aos fortalecer a sua estrutura, uma as diretoras e professores da es- trabalhos e ações desenvolvidos troncos. cola, já que os morcegos são ani- nos diversos setores pela mu- Outra matéria, requerimen- mais e podem transmitir raiva nicipalidade. “Estamos traba- to nº 426/2011, pede a limpeza ao ser humano, no caso de uma lhando muito para desenvolver da fossa na escola Auta Pom- mordida. “Recentemente fui esse município, aplicando os permayer, localizada em Serra informada que foram encontra- recursos em infraestrutura e em Redação Guarapari das Graças, no município de das muitas fezes desse animal eRedação Guarapari ações na educação, saúde e de- Anchieta. A vereadora disse que é comum ouvirem barulhos ntre os pedidos está à que a limpeza da fossa é extre- característicos deles e a direçãoO Índice Firjan de Desen- volvimento Municipal (IFDM) mostra que os in- mais áreas. Hoje estamos com mais de 100 obras em andamen- to, são novas escolas, unidades de saúde, quadras poliesporti- E limpeza da fossa na escola Auta Pomper- mayer, localizada em Serra mamente necessária para as boas condições de higiene da es- cola, pois o local é uso frequente da escola requer informações sobre como agir para resolver esse problema”, informou ela.vestimentos aplicados pela Pre- vas e pavimentação de ruas e das Graças, no município de de crianças. “Sabemos que a hi-feitura de Anchieta em diversas estradas rurais, a fim de oferecer Anchieta giene dos ambientes são priori- Atendimento no bancoestão dando resultados positi- ao cidadão qualidade de vida e, O secretário de Infraestrutu- dades para manter a boa saúde Banestesvos. O município foi conside- com isso, conseguimos também ra, Renato Lorencini, receberá e por esse real motivo pedimos A última matéria de Terezi-rado a segunda melhor cidade aquecer a economia e gerar no- nos próximos dias dois requeri- a sua limpeza”, salientou. nha, requerimento nº 622/2011,para se viver no Espírito Santo, vas oportunidades de empre- mentos de melhorias protocolo- Já outra proposta, requeri- solicita ao Superintendente Re-de acordo com o ranking foi pu- go”, disse. cados pela vereadora Terezinha mento nº 596/2011, requer que gional Sul do banco do Banes-blicado no dia 08 de novembro, Petri ainda lembrou que, Mezadri (PV) e aprovados em a Guarda Municipal providen- tes, José Francisco da Silva, queem A Tribuna. com o crescimento do muni- Plenário durante sessão ordi- cie a ronda na Praia de Santa seja cumprida a Lei Estadual A relação das cidades capi- cípio, devido às novas desco- nária na Câmara Municipal de Helena, na comunidade de Iriri, que determina o limite máximoxabas com melhor qualidade de bertas de jazidas de petróleo e Anchieta. As propostas contem- pois têm sofrido com a prática de 20 minutos o tempo de espe-vida, segundo o Índice Firjan, de investimentos oriundos de plam as comunidades de Iriri e de vandalismo. Segundo Tere- ra de um cliente por seu atendi-mostra que Anchieta ficou em empresas da área de mineração, Serra das Graças. zinha, é deserta e com poucos mento nas filas nesse banco. Asegundo lugar, ficando atrás a prefeitura vem trabalhando O primeiro, requerimento moradores, com certas áreas de parlamentar ressaltou que sãoapenas de Vitória, que foi apon- com mais atenção para asse- nº 597/2011, Terezinha solicita poucas visibilidade e por esse muitas as reclamações, princi-tada também como a segunda gurar a qualidade de vida dos proteção nas raízes das árvo- motivo quando se aproxima a palmente com relação a falta demelhor capital do país para se moradores e investir os recursos res das Castanheiras da Praia época de maior movimento, ne- funcionários suficientes para aviver. Em nível nacional, An- com responsabilidade. “Esta- de Santa Helena, localizada na cessitam de uma ronda diária. quantidade de gente na esperachieta ficou na 49º posição. mos atentos ao crescimento, por comunidade de Iriri. A parla- do atendimento na fila, o que O índice é divulgado anual- isso ouvimos a população e pro- mentar destacou que o estado Saúde ocasiona desconforto, demora emente pela Federação da Indús- curamos investir em ações que em que elas se encontram é de A vistoria na escola Auta insatisfação aos clientes do ban-tria do Estado do Rio de Janeiro venham somar com essa nova preocupação, pois a castanheira Pompermayer, localizada em co.(Firjan) e analisa os investimen- era de crescimento”, disse. existente no local tem em média Serra das Graças foi requerida Fonte: Assessoria da CMAtos em saúde, educação e em- Fonte: Assessoria da PMA 40 anos. Explicou ainda que por pela vereadora e encaminhada Foto: Carlinhos DJprego nos 5.564 municípios bra- Foto:Carlinhos DJItapeúna vence Campeonato Vereadora presidente Dalva requerMunicipal de Futebol de Anchieta instalação de corrimão em ponte Segundo a corrimão na nº 397/2006. “Essa lei que foi Gerência Estraté- ponte sobre o aprovada por esta Casa de Leis gica de Esporte rio Uma, que é bem clara em sua redação no e Lazer Comu- fica próxima sentido de proibir o uso de pos- nitário, 11 times ao escritório tes de madeira em perímetro ur- anchietenses onde funciona- bano. Neste sentido, por se tra- participaram da va a Alusa. Ela tar de um bairro pertencente ao competição que explicou que o perímetro urbano, requeiro que vinham ocorren- corrimão será esta companhia elétrica para do desde junho. de uso princi- que substitua o poste de madei- Para o geren- palmente dos ra por um de maior segurança te de Esporte e pedestres que aos moradores, no caso o poste Lazer Comunitá- transitam na- de concreto”, sugeriu Dalva. rio, Luiz Carlos quela localida- Por último, a presidente ela- Mattos, o campeonato objeti- de. “Essa rei- borou requerimento a Cesan emRedação Guarapari vou integrar as comunidades vindicação são que solicita informações do mo- conteceu no dia 06 de por meio do esporte. “Realiza- de vários mo- tivo da constante falta de águaA novembro, em Jabaqua- ra, a final do V Campe-onato Municipal de Futebol de mos esse evento para estimu- lar jovens e adultos às práticas esportivas e ao mesmo tempo Redação Guarapari radores alegam que o trânsito de car- que ros e pessoas é intenso naquela na comunidade de Recanto do Sol, principalmente no horário da tarde e que, segundo os mo-Campo de Anchieta. Os times reunir as comunidades através retirada de um poste ponte e que a instalação desse radores, se estende até a noite.vencedores foram Itapeúna (ti-tular) e Jabaquara (aspirante).Itapeúna venceu por 4 a 1 o dos jogos que foram promovi- dos em diversas localidades do município”, disse. A de madeira em frente à Igreja Assembleia de Deus, localizada na comuni- corrimão trará maior segurança aos pedestres que passam por ali”, destacou ela. “Fui procurada pelos morado- res desse bairro e eles solicita- ram informações afetas à faltatime Unidos da Ponta, em um dade de Parati foi também re- A retirada de um poste de de água naquele bairro. Assim,jogo muito emocionante. Mais competições querida pela parlamentar madeira em frente à Igreja As- solicito a esta companhia que Torcida e muita emoção No dia 07, iniciou a Copa Preocupada com o bem es- sembleia de Deus,localizada na tome as providências necessá-fizeram parte dos jogos que Beach Soccer Verão 2011-2012, tar da população de Anchieta, comunidade de Parati foi tam- rias para o seu restabelecimentoocorreram durante todo o dia na Arena Central, na Praia a presidente da Casa, Dalva da bém requerida pela parlamen- normal, pois são diversas famí-do domingo. O prefeito Edival Central de Anchieta a partir Matta (PDT) pediu ao Secretá- tar e encaminhada a Escelsa. lias que estão sendo prejudica-Petri esteve presente e partici- das 19h. rio Municipal de Obras e Infra- Dalva ressaltou que tal provi- das”, finalizou.pou da entrega da premiação Fonte: Assessoria da PMA estrutura, Renato Lorencini, que dência pleiteada é de somente Fonte: Assessoria da CMAàs equipes vendedoras. Fotos: Assessoria da PMA providencie a instalação de um fazer cumprir a Lei Municipal Foto: Carlinhos DJ
  5. 5. Guarapari ES, novembro de 2011 5
  6. 6. 6 Guarapari ES, novembro de 2011
  7. 7. Guarapari ES, novembro de 2011 7
  8. 8. 8 Guarapari ES, novembro de 2011Carlinhos DJ uma tradição da imprensa de Guarapari vocêtambém faz parte desta história O saudoso José Maria de Oliveira de chápeu(Grande liderança do O jornalista entrevistando o ator da Foto da saudade dos saudosos Paulo PDT de Guarapari)e amigos GLOBO Eri Johnson na loja do Santo Borges de branco e Dr.João Batista de Antônio preto Casagrande e Paulo Hartung na filiação de Paulo H. ao PSBNesta foto durante show do cantorJosé Augusto, olha a Dona Ita toda Este trio é só simpatia Sorteio na Stein revestimentofelizWilian do Santo Antonio e Carli- Dona Nilci, a jornalista Melissa e Dona Silvia na festa do Siribeira Alexandre Barros com seu lindonhos do Grande Rio cabelo, sua esposa Vânia e amigos www.samarco.com 0800 031 23 03 ALEGRIA E NATUREZA CONTAM A HISTÓRIA DE PIÚMA. PARABÉNS PELOS SEUS 47 ANOS. Piúma tem uma gente que sabe receber. Tem a tradição de transformar conchas em arte e tem um belo carnaval. Por isso, cada vez mais turistas de todo o Brasil querem visitar a cidade. A Samarco se orgulha por fazer parte dessa história, realizando projetos socioambientais, gerando empregos e mais qualidade de vida para todos. No aniversário de Piúma, a Samarco presta a sua homenagem.
  9. 9. Guarapari ES, novembro de 2011 9 VILA PAVÃOAlunos de Vila Pavão desenvolvem Artesão pavoenseProjeto Cores da Terra produz cestos de terra e produzir tintas naturais não tóxicas de baixo custo para uso diversificado em telas, cerâ- papel micas, residências, entre outros”, explica Maria Aparecida Pena, diretora do CMEA. Tinta com cola branca – In- gredientes: 4 kg ou 1 galão de terra seca, 1,5 kg de cola branca (cola de madeira) e 4 litros de água. Modo de preparar - Coloque a água e a terra em uma lata e bata com uma furadeira elétrica com adaptador; adicione a cola ao creme de terra e volte a bater bem (quanto mais batida, me- lhor a consistência). Caso a tinta fique muito grossa ou muito rala (isso depende do tipo de terra) poderão ser adicionados mais ou menos ingredientes. Tinta com cola branca, cal de pintura e óleo de linhaça – Ingre- confecção das cestas são pe- Sucursal Vitória dientes: 4 kg ou 1 galão de terra daços de papel variados, com que a natureza oferece. seca, 1,5 kg de cola branca (cola produção de cestos colo- destaque para os “santinhos”Sucursal VitóriaO s alunos do Centro Muni- cipal de Educação Agro- ecológica “Agostinho “O projeto é um sucesso en- tre os alunos e tem como objeti- vo desenvolver o conhecimento pelas produções da “Arte”, fa- de madeira), 1 kg de cal de pin- tura, 75 ml de óleo de linhaça. Modo de preparar - Dissol- va o óleo de linhaça e a cal em 1 A ridos, feitos com papel, é a mais nova opção de trabalho e renda apresentada de candidatos, recolhidos em época de eleições. “Quando ter- mina uma campanha eleitoral pelo artesanato de Vila Pavão. recolho todo material dos can-Batista Veloso”, de Vila Pavão, No ano passado, Eleosipo didatos, que têm boa qualidadecoordenados pelas professoras Moreira Lopes, 60 anos, casa- e não geram custo na confecçãoVágna Oliveira Felisberto e Mô- do com Alda Rossim Lopes, 4 das cestas”, explica Eleosipo.nica Rodor, estão desenvolvendo filhos, começou a confeccionar As cestas custam em médiao Projeto “CORES DA TERRA”,que ensina uma técnica simplesde pintura, com atividades esco-lares de 2 a 4 horas semanais, ini-ciadas no mês de abril deste ano. Trazido pelo Incaper e de-senvolvido pela UniversidadeFederal de Viçosa desde 2007,por meio da equipe do Prof.Anôr Fiorini de Carvalho, oprojeto ‘Cores da Terra’ ensinauma técnica simples, criativa e cestos com pedaços de papel de R$5,00 a R$20,00 (feitas comsustentável, cuja matéria-prima e o sucesso foi tanto que o ar- santinhos) e R$30,00 (com pa-utilizada é a terra seca de várias tesão passou a comercializar pel colorido). Os interessadostonalidades. Quando misturada sua produção para as famílias podem conhecer e adquirir ocom os ingredientes água, cola pavoenses e nas feiras artesa- material expostos na Secreta-e pigmento de plantas (urucum, nais em Vitória, Barra de São ria Municipal de Cultura e naaçafrão, sumo de folhas (couve, zendo-os reconhecer a pesquisa litro de água para produzir um Francisco e outros municípios residência do Eleosipo Moreirataioba...), pó de café, carvão, be- como fonte de prazer, estimulan- creme. Depois dissolva a terra e da região. O trabalho requer Lopes, situada à Rua Germanoterraba, etc...), resulta em tintas do a sua curiosidade nas desco- a cola branca em 3 litros de água, muita habilidade nas mãos e Linhares, sn, Centro, Vila Pa-de cores e tons variados. O ma- bertas e criatividade no processo produzindo um creme de terra. paciência, virtudes que sobram vão – ES.terial não é tóxico e tem por fina- de produção, além de resgatar Para finalizar, misturar o creme no artesão. Fonte e foto:Assessoria dalidade produzir tinta ecologica- a cultura e costumes dos nossos de cal ao creme de terra e bater O material utilizado na Prefeitura de Vila Pavãomente correta, de valor acessível antepassados; aperfeiçoar o uso bem.e cores miscíveis entre si, além de tradicional do barro em outras Outras informações - Antesrevelar toda a beleza do colorido técnicas; descobrir as cores da de receber a tinta, a parede deve estar “in natura” limpa e seca. Após a primeira demão, esperar secar por 3 horas, antes de aplicar outras demãos, se necessárias. A tinta feita somente com cola branca cria uma camada que impermeabiliza a parede e, se houver umidade, a água não evapora e pode formar bolhas e crostas. A cal, acrescentada à tinta, faz com que a camada fi- que mais porosa, permitindo a transpiração da parede. O óleo de linhaça é secante e contribui para aumentar a durabilidade da tinta. Fonte: Assessoria da Pre- feitura de Vila Pavão / Fotos: Assessoria da Prefeitura de Vila Pavão
  10. 10. 10 Guarapari ES, novembro de 2011 GUARAPARI Coluna Social Media Governo do estado investe com recursos próprios R$ 11.159.812,50 nas obras de Rogério Lima Publicitário, blogueiro e analista de mídias sociais. revitalização da Praia do Morro que já www.rogeriolima.org agrada a moradores e turistas Redação Guarapari Os caras-pintadas 2.0 oradores e turistas queH oje vivemos em um mun- do novo. O mundo do imediatismo, da infor- vantagem política e, de quebra, riem de toda essa bagunça. Lá fora, inicialmente nos Es- M escolheram a Praia do Morro para passar o feriado prolongado da Procla- mação da República - come-mação rápida e da nova safra tados Unidos, os “Occupy” são morado no dia 15 de novem-de engajados por uma causa uma nova forma de protesto bro, e se mostraram satisfeitoscomum: pessoas que lutam pe- que, diferentemente dos alunos e empolgados com a evoluçãolos seus direitos no conforto do da USP, tem como objetivo ocu- das obras de reurbanizaçãoseu lar. par (literalmente falando) paci- da orla mais movimentada É até engraçado observar o ficamente pontos estratégicos de Guarapari. Na medida emantes e o depois ou, até mesmo, para protestar em prol de um que as intervenções avançamo atual, mas em outros países. objetivo comum e, principal- e entram na fase de conclu-Para entender melhor, vamos mente, sem infringir nenhuma são, cresce a expectativa entrelembrar o que aconteceu no im- lei. populares e veranistas quantopeachment de Fernando Collor: Mas no final mesmo, tudo ao novo panorama da orla e otodos os estudantes pintaram a vira piada. Estamos cercados que ela poderá oferecer a seus ca; áreas para academia e escola çadão está livre para caminhadacara e foram para as ruas reivin- de piadistas dos mais diversos frequentadores. de velas; playgrounds equipa- e corrida e não tem mais gentedicar a saída de um Presidente e duvidosos gostos. E, também Comerciantes da região já dos com brinquedos em estru- atrapalhando as pessoas anda-que, mesmo sendo eleito pelo o (ou em sua maioria), dos que observam movimentação mais tura de madeira; módulos com rem. Quando terminar vai ficarpoder da mídia, teve a mesma ficam revoltadinhos com a sua intensa de pessoas no calçadão. banheiros públicos, adaptados ainda melhor”.como inimiga, usada como vi- piada, pois você não se mobi- Com a proximidade do fim para pessoas com deficiência; Na avaliação do moradortrine das atividades desses pro- lizou ferozmente para assinar Nedival Silva Paiva, o turismotestantes. uma petição feita por pessoas tende a se fortalecer. “Moro Hoje, o ato de protestar mal informadas sobre um as- aqui há três anos e a orla estávirou motivo de piada. Hoje, sunto. É triste, mas a má inter- mais bonita e confortável. O ve-colocar uma “hashtag” nos as- pretação de texto será um dos rão desse ano promete ser mui-suntos mais comentados do principais fatores para o verda- to bom e certamente o turismoTwitter ou mobilizar uma ver- deiro fim do mundo. vai melhorar”.dadeira corrente de linguiça no As piadas, junto com as ma- A revitalização da orla estáFacebook se tornou mais efeti- nifestações de cadeira dos no- em fase de conclusão. No atualvo no ponto de vista dos estu- vos caras-pintadas, são as prin- estágio, as obras se concentramdantes. “Levantar da cadeira cipais atrações das redes sociais na conclusão dos acabamentospara que, se eu posso mostrar hoje em dia. A realidade hoje é dos novos quiosques, banhei-para o mundo a minha indig- triste, infelizmente. Veja alguns ros, quadras de vôlei e peteca, enação?”, dizem eles. exemplos: Cai um Prefeito na playgrounds, no assentamento Um belo exemplo disso, foi visão do piadista: “Nossa caiu do piso intertravado, implanta-o #ForaSarney, que deu em o Prefeito Tal de tal Cidade. Pê- ção de guarda-corpo, e execu-que? Em nada. Não preciso nalti para o Corinthians!”. Caiu ção de rampas e escadas.nem detalhar isso. Outro bom um Prefeito na versão do enga- Fonte: Assessoria de Comu-exemplo de coisa muito mobili- jado: “Já vai tarde. Isso é pouco. nicação - Sedurb / Idurb-ESzada pela internet que teve seu Deveria ser preso! #ForaPrefei- Foto: Romero Mendonça/objetivo furado no meio do ca- toTal”. do ano e das férias escolares – quiosques, melhoria dos esta- Secom-ESminho como um pneu diantei- E esse ciclo vicioso vai desde avaliam esses profissionais, a cionamentos, paisagismo com Para o presidente do PSBro de bicicleta após passar sobre Prefeitos, passando por auto- tendência é que o número de jardineiras, canteiros e bancos de Guarapari (partido do go-um prego foi o projeto da “Lei ridades internacionais, artistas banhistas aumente gradativa- para con-Ficha Limpa” que, graças aos grávidas, desastres ambientais, mente até, pelo menos, o mês de templação.panos quentes (panos quentes guerras e até Ministros. Mas, março do ano que vem. A gran-não, balde de água fria mes- uma coisa é certa: a única coi- “O feriado do ano passado diosidademo) das autoridades, teve seu sa que se cair pode gerar uma não tinha tanta gente. Esse ano da inter-efeito retardado e, os políticos enorme revolta e, até mesmo, a circulação já melhorou bas- vençãoque deveriam ser punidos por uma guerra civil é uma só: A tante. Acredito que as pessoas chamou aela, hoje gozam de toda a sua INTERNET. têm informações sobre a urba- atenção da nização, sabem que a orla está turista Lei- ficando muito bonita e por isso dimar Sou- acabam vindo em maior núme- za Gomes, ro. Antes, a praia, os quiosques de Belo Ho- eram horríveis. Hoje temos um rizonte. Ela ambiente bonito com quiosques esteve com modernos. Eu mesmo espero a família vender ainda mais”, destacou em Guara- a ambulante Dora Barcelos, que pari há dois possui uma barraca de chapéus anos, quando a obra ainda não vernador Renato Casagrande) de praia. havia começado. De lá para cá, e morador da praia do morro, O Governo do Espírito San- o panorama mudou e a mineira, Ricardo Conde (Foto), esta obra to, por meio da Secretaria de inclusive, pontua as diferenças e de revitalização é muito im- Estado de Saneamento, Habita- benefícios que notou ao chegar portante, não só para Praia do ção e Desenvolvimento Urbano à praia. Morro que é o cartão postal de (Sedurb), investe com recursos “Vim aqui em 2007 e tinha Guarapari, como para o Espírito próprios R$ 11.159.812,50 nas muita bagunça, como barracas Santo. Nosso turismo será bem obras de revitalização da orla da no meio da calçada, quiosques melhor. Temos que agradecer Praia do Morro. sujos e abandonados. Agora o ao Governo do Estado pelas O projeto envolve a constru- que vejo aqui é uma situação obras importantes em Guara- ção de quadras de vôlei e pete- completamente diferente. O cal- pari
  11. 11. Guarapari ES, novembro de 2011 11 VITÓRIADefesa Civil Estadual e Municipal de Vitória realizamoficinas e simulado de enfrentamento a desastres elaboração O encerramento da pro- para criar uma cultura de pre- de plano gramação se dará no dia 26 venção e aumentar o nível de de con- de novembro, a partir das 9 percepção de risco da comu- tingência, horas, com a realização de nidade. Além de possibilitar aplicação um grande simulado de eva- a verificação da aplicabilidade de recursos cuação de área com risco, no do Plano de Contingência e e decreta- Morro do Jaburu, em Vitória. integrar os diversos órgãos de ção de si- O evento foi planejado pela proteção, proporcionando um tuação de Prefeitura Municipal de Vitó- trabalho sincronizado em tor- emergên- ria, por meio da Defesa Civil no do objetivo principal, que é cia, com o Municipal. o de oferecer mais segurança à objetivo fi- Este tipo de treinamento população. nal de pre- é de grande importância, pois Assessoria de Comunica- parar oito ajuda a população a se prepa- ção do Corpo de Bombeiros municípios rar e a enfrentar uma situa- Militar previamen- ção de desastre, contribuindo Foto: Divulgação te selecio- nados pela Secretaria Nacional de Defe- sa Civil e demais ór- gãos fede- rais envol- para técnicos, e profissionais vidos no projeto.Sucursal Vitória da área, de todos os municí- No dia 21 de novembro, Defesa Civil Estadual e pios capixabas. aconteceu uma palestra espe-A a Municipal de Vitória, em parceria com a Se-cretaria Nacional de Defesa Foram realizadas ofici- nas nos dias 16, 17, 18 e 21 de novembro, das 9 às 17 horas, cífica sobre o Cartão de Defe- sa Civil, adotado pela Defesa Civil Nacional. A implantaçãoCivil promoveram oficinas e no quartel do Corpo de Bom- do cartão possibilitará maiorum simulado de preparação beiros, em Vitória. O objeti- agilidade na utilização de re-para desastres, visando o pe- vo foi realizar capacitações cursos repassados pela Secre-ríodo de chuvas, através da para identificação de riscos taria Nacional de Defesa Civilrealização de um Plano Emer- geológicos, sistema de mo- aos municípios afetados porgencial. As ações são voltadas nitoramento, alerta e alarme, desastres.
  12. 12. 12 Guarapari ES, novembro de 2011

×