Imprensa livre ed-106_outubro_2012_formato_gazeta

512 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
512
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
237
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Imprensa livre ed-106_outubro_2012_formato_gazeta

  1. 1. Ano 12, nº 106 Guarapari, ES outubro de 2012 Distribuição Gratuita11 anos de tradição com maior circulaçãoFundado pelo jornalista e radialista Carlinhos DJUma tradição da imprensa de GuarapariCâmara de Guarapari disponibiliza CACHOEIROcópias do Regimento Interno da casa Primeiro Hemocentro da Região Sul será instalado em Cachoeiroe da Lei Orgânica do Município paraos vereadores eleitos 02 GOVERNO DO ESTADO Governo estuda viabilidade de mais nove aeroportos no ES 06 04 GUARAPARI GOVERNO DO ESTADOEspírito Santo ganha Projetos da Samarco contribuemprêmio nacional em para a preservação ambiental em R$ 391 mil de investimento nas Guarapari propriedades rurais colatinensesaúde pública 03 07 06Circulação: Guarapari, Vitória, Vila Velha, Anchieta, Alfredo Chaves, Piúma, Itapemirim, Barra, Marataízes, St. Mª de Jetibá, Cariacica, Linhares,SãoJosé do Calçado, Vila Pavão, Domingos Martins, Viana, São Mateus, Serra, Colatina.Via postagem: Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo
  2. 2. 2 Guarapari - ES, outubro de 2012 EDITORIAL CACHOEIRO DE ITAPEMIRIMBaixo rendimento na Primeiro Hemocentro da Região produção agrícola Sul será instalado em Cachoeiro Muitas têm sido as razões passam por dificuldades, afi-para Justificar o baixo rendi- nal com pouca instrução a coi-mento da nossa produção agrí- sa fica difícil.cola. Dizem por exemplo, que Com a menor oferta deo baixo rendimento da nossa mão de obra no mercado deagricultura é causado pela falta trabalho, a procura teria dede braços. crescer e os salários aumenta- Mas parece que os proble- riam. Isto, porém, não se veri-mas são outros, como: salário, fica.educação, saúde, lazer e até Os salários nas zonas ruraiscomunicação, afinal os filhos que em alguns casos não sãodos trabalhadores rurais quan- pagos com dinheiro, e sim comdo vem à cidade e conhece a comida e moradia, o que nãointernet ficam fascinados pela incentiva o trabalhador a con-tecnologia e é claro começam a tinuar no campo.cobrar dos pais esta ferramenta Mesmo admitindo que aem suas casas na zona rural, o migração de trabalhadores ru-que nem sempre é possível, ai rais para a cidade crie dificul-fica a preocupação dos pais, dades de mão de obra, certoque é convencer os filhos a con- número de fazendeiros aindatinuarem na zona rural. insiste em não regularizar a si- A dificuldade é tanta, que tuação, dando a eles os benefí-muitos trabalhadores para fi- cios da carteira assinada.car perto dos filhos, preferem Podemos concluir que istoabandonar o campo e vir para justifique a baixa no rendimen- Sucursal Vitória incremento no atendimento hospitais que atendem pelocidade tentar a vida, e muitos to médio da produção agrícola. dos pacientes hemofílicos e SUS no Espírito Santo. A Secretaria de Estado da portadores de anemia falci- As unidades vêm sofrendo Saúde (Sesa) construi- forme, e o incentivo à doação frequentemente com baixos Expediente rá, com recursos do voluntária de sangue, com estoques de sangue e neces- Governo Federal e contrapar- campanhas e ações externas. sitam de doadores voluntá- tida do Governo do ES, uma O diretor do Hemocentro rios constantes, para manter, nova unidade do Hemocen- da Sesa, Antonio Peçanha, assim, os estoques num nível tro, em Cachoeiro de Itape- destaca que essa é a primeira sempre satisfatório. mirim, a primeira da Região vez que o coordenador nacio- Mesmo sendo um ato sim- Sul. A liberação de recursos nal vem ao Estado. “A pre- ples, que dura em média 40 para a obra foi tratada com sença do coordenador é um minutos a uma hora (sendo 4 Uma publicação de JOSÉ CARLOS MOREIRA GOMES - ME o coordenador da Política de incentivo e um apoio às ações a 10 minutos de coleta), e que 3D COMUNICAÇÃO Sangue e Hemoderivados do de doação voluntária de san- não traz nenhum problema Empresa Jornalistica, Agência de Noticias, Ministério da Saúde, Guilher- gue, considerando o potencial para o doador, o número deEdição de Jornais, Atividades de Publicidade Não Especificadas me Genovez, que esteve no existente em nosso Estado”, pessoas que se predispõe a Anteriormente, Produção De Fotografias, Sonorização, Estado no dia 23 de outubro. afirmou. doar sangue tem sido inferior Iluminação e Atividades de Rádio Essa será a sexta unidade a O novo hemocentro deve- ao adequado para manter as CNPJ:07.823.054/0001-04 compor a hemorrede da Sesa rá ser construído no próximo necessidades tranfusionais da Insc.Municipal 1185-1 e contribuirá para reforçar os ano ao lado da Superinten- rede Hospitalar Pública.Rua Camilo Gianordoli,26,Sala 07/3ºandar- Ed. Tropical Center estoques de sangue, que vêm dência Regional de Saúde de Somente o Hemocentro de Muquiçaba - Guarapari - ES enfrentando baixa em todos Cachoeiro. “A construção Vitória recebe uma média diá- CEP: 29215-080 - Telefax: (27) 3262 7603 os grupos sanguíneos, situa- deste hemocentro irá forta- ria de 60 a 70 doações, quando jornalimprensalivre@yahoo.com.br ção idêntica a de outros esta- lecer o serviço e aumentar a o ideal seriam 120. Em cada dos do País. cobertura da hemorrede no coleta é preenchida uma bolsa Diretor Geral, Editor e Guilherme Genovez se Espírito Santo”, afirmou Gui- com capacidade de 450 ml, o Jornalista Responsável: reuniu com o secretário Ta- lherme Genovez. Atualmente, que representa menos de 10% José Carlos Moreira Gomes deu Marino, subsecretário de o Sul do Estado é atendido do total de sangue de alguém. DRT-ES 01189JP Saúde Aloísio Calve e direto- pela rede complementar pri- Uma bolsa pode beneficiar Dept Jornalismo:Carlinhos DJ Fotos: Carlinhos DJ res e diretores do Hemoes. vada. até três pessoas, porque as Diagramação: Leonardo Gomez Ele também fez uma visita à hemácias, plaquetas e o plas- Departamento Comercial: unidade do Hemocentro em Hemorrede ma, componentes do sangue, Vitória, onde conheceu a O Estado conta hoje com podem ser aproveitados de (27) 3262 7603 / (27) 9316-6970 - VIVO instituição e acompanhou os cinco unidades que compõem acordo com a necessidade doComunicado: Conceitos idéias, afirmações, e outros tipos de opiniões emitidas em ma-térias assinadas, mesmo que só pseudônimo, podem não representar o pensamento trabalhos desenvolvidos no a hemorrede da Secretaria de paciente.da direção e dos editores desta publicação, sendo de exclusiva responsabilidade de órgão visando à melhoria do Estado da Saúde (Sesa): em Fonte: Assessoria de Co-seus autores. Garantimos desde já em edição posterior espaço igual para resposta da- atendimento à população nas Vitória, Serra, Colatina, Li- municação da Sesaqueles que se sentirem atingidos.Toda e qualquer matéria veiculada no Jornal ImprensaLivre é a título de colaboração, sem vínculo empregatício, inclusive cargos de direção. áreas de Hemoterapia e He- nhares e São Mateus. Elas são Foto: Assessoria de Comu- matologia. Entre eles estão o responsáveis por abastecer os nicação / Sesa Email: jornalimprensalivre@yahoo.com.br jornalespiritosanto@yahoo.com.br
  3. 3. Guarapari - ES, outubro de 2012 3 GOVERNO DO ESTADOEspírito Santo ganha prêmio Espírito Santo batenacional em saúde pública recorde de produção de leite de vaca dente Kennedy, Nova Vené- Sucursal Vitória cia, Baixo Guandu, Cachoei- A produção de leite de ro de Itapemirim e, devido vaca ultrapassou a mar- aos incrementos tecnológicos ca história de 437 mi- adotados nos últimos tempos lhões de litros registrada em e as condições climáticas fa- 2007. De acordo com o relató- voráveis registradas em 2012, rio recente apresentado pelo há expectativa de que a pro- Instituto Brasileiro de Geo- dução neste ano ultrapasse os grafia e Estatística (IBGE), em 470 milhões de litros em todo 2011, o rebanho bovino capi- o Espírito Santo. xaba produziu 451,3 milhões “Só se sustentará no mer- de litros. A produção cresceu cado quem elevar o nível de 3% em relação ao ano ante- produtividade, reduzir os cus- rior. O aumento gradativo tos de produção e ofertar pro- vem ocorrendo em sequência dutos com a qualidade reque- nos últimos quatro anos e a rida pelo mercado, cada vez produção atual gerou R$ 341 mais exigente. No momento, milhões de faturamento para ainda temos adicionais de os produtores. preços para produtos de me- “A ampliação da produ- lhor qualidade, mas, num fu- ção de leite no Espírito Santo turo não muito distante, isso decorre da utilização de tecno- pode significar a permanência logias pelos agricultores como dos pecuaristas na atividade”, inseminação artificial, aduba- afirma Enio Bergoli. ção e irrigação de pastagens, Nos últimos anos, os in- além da melhoria do padrão vestimentos do Governo do mil. mes de HIV”, ressalta Gilsa. genético dos animais, o que é Espírito Santo para o fortale-Sucursal Vitória estratégico para o meio rural. cimento da pecuária chega- De acordo com a coorde- O Projeto Saúde de PontoO Espírito Santo foi um nadora da Vigilância Epide- a Ponto disputou com outros Com isso, a produção de leite ram a todas as regiões do Es- dos vencedores da 12º miológica do Estado, Gilsa dois de Minas Gerais e Para- aumenta, os custos unitários tado, por intermédio da Seag Mostra Nacional de Rodrigues, a ideia principal ná em evento realizado na de produção de leite são re- e instituições parceiras. ComExperiências Bem-Sucedidas da iniciativa é levar educação semana passada. Para receber duzidos, melhora a renda dos recursos na ordem de R$ 6 mi-em Epidemiologia, Preven- em saúde e oferecer serviços à a premiação, os concorrentes produtores e sobra área para lhões foi possível garantir am-ção e Controle de Doenças população. As ações são feitas tiveram que passar por uma promovermos a recuperação pliação de infraestrutura e ca-(Expoepi), evento realizado em parceria com os municí- apresentação oral, de 20 mi- ambiental no campo”, desta- pacitação de bovinocultores,anualmente em Brasília pelo pios. “Fizemos abordagens nutos, e depois por um deba- ca o secretário de Estado da principalmente com a implan-Ministério da Saúde (MS) e sobre diversos temas, como te. A platéia pode avaliar cada Agricultura, Abastecimento, tação de núcleos de insemi-que tem como objetivo pre- prevenção e tratamento de um dos deles e dar o seu voto. Aquicultura e Pesca (Seag), nação artificial, treinamentomiar iniciativas com foco na dengue, hanseníase, tubercu- O Projeto Saúde de Ponto Enio Bergoli. de inseminadores, repasse demelhoria da saúde pública em lose e Doenças Sexualmente a Ponto foi lançado em 2011 Atualmente, o rebanho bo- sêmen bovino para melhora-todo o Brasil. Transmissíveis, por exem- durante a semana do Dia “D” vino capixaba possui 2,2 mi- mento genético do rebanho, O Projeto Saúde de Ponto a plo”, salienta. de combate à dengue. A pro- lhões de animais, destinados implantação do laboratório dePonto, da Secretaria de Estado Entretanto, o Projeto, que posta é fazer a abordagem à pecuária de corte e de leite qualidade do leite, repasse deda Saúde (Sesa), foi reconhe- começou no ano passado e de passageiros dos terminais e cerca de 300 mil desses ani- tanques comunitários de res-cido nacionalmente e sagrou- continua em curso, também de ônibus de municípios da mais são de vacas destinadas friamento de leite, reforço na-se vencedor por meio de voto prevê a realização de alguns Grande Vitória e nas praias à ordenha. Diariamente, os 17 campanha para erradicaçãopopular na área que avaliava serviços de saúde, como va- capixabas - durante o verão, mil pecuaristas que investem da brucelose e ampliação daos esforços na integração das cinação para adultos, teste de para ampliar o número de na atividade ordenham 1,24 técnica de pastejo rotacionadoações de vigilância, preven- hepatite B e C, sífilis e HIV. pessoas beneficiadas. milhão de litros dos animais. nas propriedades.ção e controle das doenças e “No ano passado foram mi- Fonte: Assessoria de Co- Os municípios que mais Fonte: Assessoria de Co-agravos com os serviços de nistradas 1.150 doses de vaci- municação da Sesa produzem leite são Ecoporan- municação da Seagsaúde. Além de troféu, a Sesa nas contra hepatite B e tétano Foto: Assessoria de Comu- ga, Linhares, Colatina, Alegre, Foto: Assessoria de Comu-recebeu uma quantia de R$ 50 e foram realizados 1.720 exa- nicação/Sesa Barra de São Francisco, Presi- nicação/SeagEstado Presente: 3 mil beneficiados pelos Núcleosde Inclusão Musical na Grande Vitória ças e jovens em situação rito Santo. de comunidades menos favo- As regiões/escolas atendi- de vulnerabilidade e risco Este é um projeto com recidas. das são: Escola Mário Gurgel, social e adultos membros enfoque sociocultural, com O público-alvo do projeto em Terra Vermelha, Vila Ve- da comunidade, já ultra- base no ensino coletivo da são crianças, jovens e adultos lha; Ewerton Montenegro em passaram a marca de 3.000 música, visando potenciali- que recebem aulas de flauta Nova Bethânia, Viana; Escola pessoas diretamente be- zar as habilidades e garantir doce, sensibilização, canto co- Zaira Manhães de Andrade, neficiadas com o ensino comportamentos coerentes ral, violão e percussão. Para em Nova Rosa da Penha I, Ca- da música. O projeto, uma e adequados para crianças e participar das aulas, que são riacica; Escola Vila Nova de parceria entre a Faculdade adolescentes, buscando con- gratuitas, é necessário apenas Colares, em Vila Nova de Co- de Música do Espírito San- tribuir não só para o aprimo- que a pessoa dirija-se à escola lares, na Serra; e Escola Elza to (Fames), Secretaria de Esta- ramento da sensibilidade, da que tem os cursos e procure Lemos Andreata, no bairroSucursal Vitória do da Cultura (Secult), Secre- criatividade, da motricidade um dos professores das ofi- São Pedro, em Vitória.O s Núcleos de Inclusão taria de Estado da Educação e do raciocínio, mas também cinas. Os alunos ainda têm a Fonte: Assessoria de Co- Musical da Região Me- (Sedu) e o Instituto Sincades, para o desenvolvimento das possibilidade de aprender a municação da Fames tropolitana da Grande faz parte do Programa Estado relações interpessoais e a for- tocar mais de um instrumen- Foto: Assessoria de Comu-Vitória, que atendem a crian- Presente do Governo do Espí- mação do caráter dos jovens to. nicação/Fames
  4. 4. 4 Guarapari - ES, outubro de 2012 GOVERNO DO ESTADOGoverno estuda viabilidade demais nove aeroportos no ES Eles tornam a vida da população cada vez melhor de embaixadores, ministros e Os investimentos feitos presidentes. O trabalho é muito pelo Governo do Estado estão agradável e tenho a oportunida- alinhados à Nova Política de de de conversar com pessoas de Gestão de Pessoas do Poder todas as classes”, explica. Executivo Estadual, ferramenta criada pela Secretaria de Estado Oportunidade de Gestão e Recursos Humanos É em casos assim que se ins- neste ano – e que já beneficiou pira Brenno Santana Camuru- mais de 16 mil servidores. gy, 22 anos, servidor público há A Nova Política traz à ges- pouco mais de três anos. Após tão pública critérios modernos passar dois anos como estagiá- de meritocracia, estabelecendo rio no Governo do Espírito San- critérios técnicos para promo- to, Brenno conseguiu uma vaga ção e progressão remuneratória. Sucursal Vitória como assistente administrativo Em alguns casos, o servidor que dade técnica para os aeroportos na Secretaria de Estado da Saú- apresentar bom desempenho eSucursal Vitória privados de Nova Venécia, Vila O Brasil comemorou no dia de. buscar capacitar-se conseguirá O Estado do Espírito Santo Velha e Aracruz. 28 de outubro o Dia do Servi- reajustes que chegam a 15%.está se preparando para receber “Hoje, para conseguirmos dor Público. No Espírito Santo, Brenno “Hoje, temos um excelen-investimentos que irão benefi- apoio federal para a melhoria de a data está sendo lembrada pela “Antigamente, todo mundo te perfil de servidor no Estado.ciar a construção, reforma e mo- aeroportos, é importante termos campanha do Governo do Esta- falava que servidor público não São profissionais esforçados,dernização de nove aeroportos. alguns projetos em mãos. Nossa do intitulada “Várias profissões, trabalhava, mas aqui eu vi que que buscam a capacitação e aPara isso, a Secretaria de Estado intenção é ter tudo pronto em a mesma especialidade: tornar o pessoal rala bastante, trabalha inovação constante no serviçodos Transportes e Obras Públi- 2014 e, aos poucos, conseguir a vida dos capixabas cada vez para valer. Todo mundo me tra- público. O Governo do Espíritocas (Setop) lançou um edital, no apoio federal para desenvolver melhor”. ta de igual para igual, aprendo Santo entende que estes servi-dia 22 de outubro, para contra- nossos aeroportos junto ao Pro- É o caso de Hildatar a empresa que fará o estudo grama Federal de Auxilio aos Vieira Cabas, 84 anos,de viabilidade técnica desses Aeroportos (PROFAA), assim 30 destes dedicadosnove aeroportos no Estado. O como conseguimos para Linha- ao Governo do Espíri-objetivo principal é promover o res”, disse o secretario Fábio Da- to Santo.desenvolvimento de todo o Es- masceno. Cerca de 60% do valor Dona Hilda Cabaspírito Santo, dando suporte lo- total previsto para a construção Atualmente atu-gístico para atender às deman- da nova pista do Aeroporto de ando como assessoradas de todas as regiões. Linhares vem do PROFAA. para assuntos de ce- Além da viabilidade técnica A previsão é de que a pista rimonial e adminis-dos nove aeroportos, o edital, de pouso do aeroporto de Ca- tradora do Palácioorçado em torno de R$ 5 mi- choeiro de Itapemirim tenha 1,8 Anchieta, Dona Hil-lhões, ainda prevê que a em- quilômetro de extensão, com da, como é carinhosa-presa vencedora faça o projeto as demais pistas de São Ma- mente chamada pelosexecutivo de seis deles, além do teus, Colatina, Guarapari, Baixo companheiros de tra-terminal de passageiros do Ae- Guandu e Região Serrana fe- balho, demonstra jo-roporto de Linhares, que já será chadas em 1,4 quilômetro cada. vialidade e empenho,beneficiado com a ampliação da As pistas dos outros três aero- apesar da extensa roti-pista de pouso, em outro edi- portos ainda dependerão do na de trabalho.tal, lançado recentemente. Essa estudo preliminar. Para todos “Digo que tenhopista, por sinal, tem previsão os nove ainda estão previstas a 84 anos com muito or-de início das obras no início de construção de terminais de pas- gulho e dou conta do meu reca- muito com eles e sempre ensino dores são os principais atores2013, num investimento federal sageiros, com pista ampliada e do. Não tenho hora para chegar bastante na parte de tecnologia. para a melhoria da Gestão e pore estadual de R$ 31 milhões. sinalizada, mais a seção contra ou para sair, mas me sinto mui- É o que eles mais me pedem aju- isso tem buscado a valorização Sobre os demais projetos, a incêndio. to bem, me sinto em casa. Gosto da!”, brinca Brenno. destes trabalhadores”, explicouempresa que vencer o edital fará Dentro desse cronograma mesmo do que faço”, enfatiza O caminho seguido por o secretário de Estado de Gestãoo estudo de viabilidade e proje- de aeroportos estudado pelo a servidora. Em meio a tantos Brenno é o mesmo traçado por e Recursos Humanos, Alcio deto executivo para os aeroportos Governo do Espírito Santo, a anos de serviço público, boas Gabriel dos Santos Pinto, de Araújo.de Cachoeiro de Itapemirim, previsão é que os de Linhares histórias não faltam. apenas 17 anos, um dos três Para garantir o contínuoSão Mateus, Colatina, Guara- e de Cachoeiro de Itapemirim “Um fato que me marcou mil estagiários do programa desenvolvimento pessoal dospari, Baixo Guandu e um mu- sejam aeroportos regionais, en- foi ter visto o nascimento da Jovens Valores, criado pela Se- servidores, o Governo do Espí-nicípio da Região Serrana (a ser quanto os outros serão aeropor- primeira criança no Palácio cretaria de Estado de Gestão e rito Santo, por meio da Escoladefinido com a ajuda do estudo tos locais. Anchieta, quando Rita Cama- Recursos Humanos. “Este é o de Serviço Público do Espíritode viabilidade); além de mais Fonte: Assessoria de Comu- ta, então esposa do governador meu primeiro emprego e estou Santo (Esesp), tem promovidotrês desses estudos de viabili- nicação da Setop Gérson Camata, deu à luz”, re- aprendendo muito sobre como cursos e capacitações direcio- lembra Dona Hilda, que detalha o Governo funciona. Vou levar nados para as necessidades do também as mudanças vividas a experiência que estou tendo Estado. No primeiro semestre pelo Governo do Estado até aqui para a vida toda”, argu- deste ano, foram mais de 13 mil hoje. mentou o adolescente. servidores capacitados – entre “Nestes anos todos, tivemos Outros muitos profissionais profissionais do Estado e de 17 alguns períodos obscuros, como ingressaram no serviço público prefeituras. todos sabem, mas hoje somos como resultado das ações estra- Comemoração tratados com total dignidade, tégicas do Governo do Estado Neste ano, o evento alusivo temos orgulho do que somos. que visam à melhoria da gestão ao Dia do Servidor será realiza- Temos uma responsabilidade pública e valorização do servi- do no dia 14 de novembro, no maior que a de qualquer ou- dor. Nos últimos quatro anos, Centro de Convenções de Vi- tro funcionário porque somos o Governo realizou mais de 30 tória. A programação contará pagos com dinheiro do povo”, concursos públicos, contratan- com palestras motivacionais e complementa. do aproximadamente 6,5 mil apresentações culturais, a serem “Estão insistindo até para eu servidores. Até o fim de 2013, divulgadas no próximo mês. narrar o que vivi aqui. Tenho mais seis mil vagas serão aber- Fonte: Assessoria de Comu- muito orgulho de ter recebido tas. nicação/Seger grandes pessoas, como Dona Foto: Assessoria de Comuni- Ruth Cardoso, Zilda Arns, além Investimentos cação/Seger
  5. 5. Guarapari - ES, outubro de 2012 5
  6. 6. 6 Guarapari - ES, outubro de 2012 COLATINA GUARAPARIR$ 391 mil de Câmara Municipal de Guarapariinvestimento nas vai seguir pedido do Ministériopropriedades Público do Espírito Santo verbas necessárias através do O objetivo do MP, ao solici-rurais colatinense Redação Guarapari orçamento, para a construção, tar a intervenção dos vereado- A Câmara Municipal de reforma e ampliação de centros res é de que até junho de 2016, Guarapari vai seguir o de educação infantil. exista número suficiente de va- pedido do Ministério De acordo com o presiden- gas nas creches de Guarapari, Público do Espírito Santo, te da Câmara, José Raimundo obedecendo a Emenda Cons- através da 1ª Promotoria de Dantas (PRP), essa solicitação titucional nº 59 de 2009, que Justiça Cível, que solicitou será prioridade. “Nós vereado- torna obrigatória a freqüência aos vereadores, que ao votar res não vamos medir esforços escolar a partir dos quatro anos. as leis orçamentárias da edu- para atender este pedido. Te- “Vamos fazer emendas e o que cação, tenham especial aten- nho certeza que será uma luta for possível. Os entendimentos ção ao aumento do número de todos para seguir o que pede começam nessa legislatura e de vagas na educação infantil a lei. É um direito constitucional certamente vão continuar com a e nas creches, principalmente de nossas crianças terem vagas reformulação da Câmara. Darei na faixa etária de 04 a 5 anos. nas escolas e creches. Educação especial atenção ao tema”, afir- O MP pediu ainda que os deve ser prioridade de qualquer mou Dantas. vereadores disponibilizem as administração”, disse. Fonte:Assessoria CMGSucursal Vitória tor de cinco portas para fazer visitas de assistência técnica. A Câmara de Guarapari disponibiliza cópias do Regimento Interno da casaO município de Colatina Esta é a segunda vez que foi contemplado no Pro- o município recebe recursos. jeto Infraestrutura Pro-dutiva Vida no Campo, com No ano passado, por meio do Pronaf, Programa Nacional de e da Lei Orgânica do Município paraa aprovação de R$ 391 mil do Agricultura Familiar, no âmbi-Conselho Estadual de Desen-volvimento Rural Sustentável, to estadual, foram R$ 213 mil para aquisição de equipamen- os vereadores eleitosCEDRS. Segundo informou a tos para a cafeicultura. A par-Secretaria Municipal de Desen- tir deste ano o Pronaf passouvolvimento Rural, os recursos a atender pelo nome de Vidaserão investidos em aquisição no Campo, que visa ampliarde máquinas e equipamentos as oportunidades e promoverpara melhorar a logística da a inclusão social e o desenvol-produção, assistência técnica e vimento regionalmente equili-comercialização nas proprieda- brado. Contempla 13 projetosdes rurais colatinenses. E tam- de apoio à agricultura familiarbém o acesso à internet para e é viabilizado por meio dasdisponibilizar informações Secretarias Municipais, Conse-técnicas e mercadológicas aos lhos Municipais e Associaçõesprodutores. de Produtores Rurais. Quatro secadores de café Os projetos englobam açõesvão atender produtores de Bela nas áreas de assistência técnica,Aurora, Patrimônio do Mos- infraestrutura produtiva, re-chen, Córrego Senador e Bar- vitalização de assentamentos,ra de São João Pequeno; e três crédito fundiário, crédito rural,descascadores/ despolpadores comercialização, habitação, ti-de café vão para Córrego Dan- tulação de terras, agriculturatas, São Gabriel de Baunilha e orgânica, agroecologia, juven-São Luiz da Barra Seca. As co- tude rural, empreendedorismomunidades de São Pedro serão e agroindústria.beneficiadas com um veículo Texto: Maria Tereza Pauli-utilitário, para transportes de noprodutos alimentícios do agro- Foto: Os recursos serão in-negócio (massas, entre outros) vestidos em aquisição de má-da região. Um equipamento quinas e equipamentos paraemissor de sinal de internet vai melhorar a atividade nas pro-para Paul de Graça. À Secreta- priedades rurais colatinenses.ria coube um veículo automo- (Foto/Secom) o funcionamento e com as leis Ainda de acordo com ele, o Redação Guarapari que vão trabalhar a partir de quadro funcional da casa está A Câmara Municipal de 2013. “Estamos disponibili- preparado para dar outras in- Guarapari disponibili- zando estes materiais, para formações necessárias, além zou para os vereadores que eles possam entender um de tirar qualquer dúvida dos eleitos, cópias do Regimento pouco do trabalho e do dia a vereadores eleitos. “Eles já Interno da casa e da Lei Or- dia do vereador. Não adianta podem buscar todas as infor- gânica do Município. O Ob- entrar na casa sem saber as mações que precisarem com jetivo é que os parlamentares leis que regem o nosso fun- nossa assessoria legislativa. Já eleitos, principalmente os de cionamento”, explicou o pre- coloquei todos em alerta para (27) 3262-7603 | (27) 9316-6970 primeiro mandato, possam começar a se familiarizar com sidente da Câmara José Rai- mundo Dantas (PRP). o que for preciso”, afirmou. Fonte:Assessoria
  7. 7. Guarapari - ES, outubro de 2012 7 GUARAPARIProjetos da Samarco contribuempara a preservação ambiental emGuarapari mag é um exemplo do envolvimento da Sa- marco visando ao de- senvolvimento susten- tável e à transformação positiva na vida das pessoas. É uma inicia- tiva que proporciona um ganho ambiental relevante, conscien- tizando a população local e gerando uma fonte de renda extra, e qualificação para as pessoas que trabalham com a reciclagem”, ex- plica o analista de De- senvolvimento Social da Samarco Gustavo Coutinho Dias. Sobre a Samarco Comemorando, em Ambiente da companhia. A par- 2012, 35 anos de atuação, a Sa-Redação Guarapari ceria possibilita o reaproveita- marco é hoje uma das principaisC om o objetivo de contri- mento de 11 toneladas de papéis, empresas brasileiras de minera- buir para a preservação plásticos, papelão e outros tipos ção, a quarta maior exportado- ambiental e o desenvol- de resíduos da unidade de Ubu, ra do País, e a segunda maiorvimento socioeconômico da mensalmente. empresa no mercado transoce-região de Guarapari, a Samar- ânico de pelotas de minério deco implantou dois projetos em Computadores ferro. Com clientes em mais deparceria com a Associação dos O projeto do lixo eletrônico 15 países de quatro continentes,Catadores de Materiais Reciclá- conta com o patrocínio da Sa- a empresa tem atualmente umaveis de Guarapari (Asscamarg). marco, como parte da Política capacidade de produção de 22A companhia está destinando de Investimento Institucional milhões de toneladas anuais deresíduos sólidos domésticos e Social (PIIS). A PIIS prevê in- pelotas, gerando cerca de 3 mil(papel, papelão, plástico e em- vestimentos em projetos sociais empregos diretos e aproxima-balagens cartonadas), gerados desenvolvidos em comunidades damente o mesmo número dena unidade de Ubu, para a re- do entorno das unidades indus- empregos indiretos. De capitalciclagem. Além disso, realiza a triais e dos minerodutos da com- fechado, a Samarco tem duascoleta de lixo eletrônico, que panhia, no Espírito Santo e em acionistas – Vale S/A e BHPé reaproveitado em cursos de Minas Gerais. Os projetos são Billiton Brasil Ltda. –, que divi-montagem de computadores e escolhidos e aprovados por meio dem o controle acionário, comde informática oferecidos aos de edital, lançado anualmente. 50% de participação cada uma,associados da Asscamarg e aos O lixo eletrônico (compu- e possui duas unidades indus-alunos de escolas públicas. tadores e peças) coletado em triais localizadas em Minas O objetivo do projeto de doa- Ubu é reutilizado em cursos de Gerais e no Espírito Santo, queção de resíduos sólidos é incenti- montagem de computadores, são interligadas por dois mine-var o reaproveitamento do mate- na sede da Asscamarg. Depois rodutos com 400 quilômetros derial reciclável e colaborar para a de montados, os aparelhos são extensão, além de um terminalsolução do problema do lixo. “A utilizados para cursos de infor- marítimo próprio em Ubu (ES)ação é baseada em dois impor- mática básica, oferecidos aos e dois escritórios internacio-tantes pilares: sustentabilidade e associados, aos estudantes de nais, em Amsterdã (Holanda) einclusão social. A iniciativa per- escolas públicas e também à co- Hong Kong (China).mite a reutilização de materiais munidade. Fonte:Assessoria/SAMAR-domésticos e a redução do vo- “A parceria com a Asscar- COlume de resíduos no meioambiente”, diz a analista deGestão de Resíduos da Ge-rência de Infraestrutura daSamarco Carolina do ValleVettoraci. Comprometida nãoapenas com o cumprimen-to das normas ambientais,mas também com o exercí-cio de práticas exemplaresde sustentabilidade, a Sa-marco já realiza a coleta se-letiva de resíduos em todasas suas unidades. A Assca-marg, por sua vez, ofereceestrutura adequada paraseparação e enfardamentodos resíduos domésticos efoi escolhida e homologa-da pela Gerência de Meio
  8. 8. 8 Guarapari - ES, outubro de 2012

×