Successfully reported this slideshow.

Lengalengas e poemas

4.208 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Turismo
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Lengalengas e poemas

  1. 1. Lengalengas e Poemas<br />
  2. 2. Índice <br />Lengalenga -123-pág nº1<br />Formiga-pág nº2<br />Arre burrinho -pág nº3<br />Poemas -pág nº4<br />As férias batem á porta-pág nº5<br />No ar que dança-pág nº6<br />Zé Pimpão, o Acelera-pág nº7<br />
  3. 3. Lengalengas<br />1,2,3 <br />1,2,3 <br />Acerta o passo Inês <br />Damos meia volta <br />Damos outra vez <br />Damos outra vez <br />Ó menina Carlota<br /> 1,2,3 <br />Damos todos meia volta <br />1<br />
  4. 4. Formiga<br />Pelo muro acima vai uma formiga<br /> Com uma mão na testa e outra na barriga Pelo muro abaixo vai um escaravelho<br />Com uma mão na barriga e outra no joelho <br />2<br />
  5. 5. Arre burro<br /> Arre burro <br />De Loulé Carregado<br /> De água-pé <br />Arre burro<br /> De Monção Carregado <br />De requeijão<br /> Arre burrinho <br />Arre burrinho <br /> Sardinha assada<br /> Com pão e vinho<br /> Arre burrinho<br /> De Nazaré <br /> Uns a cavalo <br />Outros a pé<br /> Arre burrinho <br />Para Azeitão <br /> Que os outros <br />Já lá vão <br /> Carregadinhos <br />De feijão <br />ARRE BURRO<br />3<br />
  6. 6. Poemas<br />4<br />
  7. 7. As Ferias batem á porta.<br />As férias  batem à portaimpacientes, querem entrar;são amigas do calordo sol, da praia, do mar.<br />Trazem festas populares,foguetes, bombos, melão,pimentos, sardinha assada,dias quentes de verão.Trazem pêssegos, geladosfatias de melancia,viagens, tendas, caravanas,descobertas, alegria.<br />As férias batem à portapor favor deixem entraro ano só tem um Verãoé preciso aproveitar.<br />5<br />
  8. 8. No ar que dança <br />Maria Luísa Barreto<br />No ar que dança<br />Folha que cai<br />Nas ervas frescas<br />Minh´ alma vai<br />No ar que dança<br />Tão de levinho<br />No chão rasteiro<br />Verde e fresquinho<br />Pés que nem poisam<br />Sorriso lindo…<br />Jardim tranquilo<br />Por ti vou indo…<br />6<br />
  9. 9. Zé Pimpão, o Acelera<br />O carro era o seu mundo,<br />O volante a sua alma,<br />O insulto a sua arma<br />E a buzina a sua espada.<br />Até que um dia, sem querer,<br />Estando o piso molhado,<br />Numa curva apertada<br />Deixou o caldo entornado.<br />A guiar não tinha par<br />Sentia-se um campeão<br />E, ao meter as mudanças<br />Acelerava o coração<br />Tinha cervejas a mais<br />E sentia-se um herói<br />Mas só no hospital<br />É que viu como isso dói.<br />José Jorge<br />Letria<br />7<br />
  10. 10. Trabanho realizado por:<br />Barbara Silva e Pedro Carriço<br />Turma:6F Nº2:21<br />Fim<br />Disciplina: LinguaPotuguesa<br />Professora: Isabel Preto<br />

×