Oficina: oportunidades de futuros para cidades criativas

432 visualizações

Publicada em

Oficina realizada no Fórum Internacional Cidades Criativas. Rio Quente, 10 de setembro de 2013.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
432
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oficina: oportunidades de futuros para cidades criativas

  1. 1. Vamos cocriar o futuro desejável de nossas cidades e territórios criativos ?
  2. 2. Vamos co-criar o futuro desejável de nossas cidades e territórios criativos ? BOM DIA ! Para começar, por favor escreva para nós, em relação aos conteúdos de ontem, quais foram seus principais AHÁs !! Onde foi que sua lâmpada da criatividade acendeu… ( e traga seu papel para nós…)
  3. 3. CRIE FUTUROS: Futuros desejáveis, sonhos, geram inovação e mudança de modelo www.criefuturos.com
  4. 4. MUNDO no século XXI: um outro mundo é possível: Temos recursos, conhecimento e pessoas !! Lala Deheinzelin
  5. 5. Lala Deheinzelin
  6. 6. Cidadania exercida em todos os locais e através das TICs: votando ou discutindo as leis e o orçamentos Lala Deheinzelin , 2012
  7. 7. As Fontes Públicas forma retomadas e são ponto de encontro Angela Léon , 2012
  8. 8. Exemplo Cultura de Paz ( 2008) A primeira pessoa a experimentar uma política ( de saúde, guerra, etc) será aquele que a criou Exemplos Trabalho ( 2009) Assim como existe “licença maternidade”, existirá a “licença paixão”
  9. 9. Calçadas plantadas com temperos
  10. 10. Profissão de Futuro PERSONAL TRUSTER (Criado em treinamento de Criar Futuros na BASF) Lala Deheinzelin , 2011
  11. 11. Beijaço, Tunísia, 2013
  12. 12. Almoço Coletivo Istambul, 2013
  13. 13. CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Ativos Intangíveis
  14. 14. CIDADES CRIATIVAS PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Conhece Celebra
  15. 15. Pilar 1 – INTANGÍVEIS Reconhecer o valor do que é local e próprio para garantir diversidade • Onde/como sou diverso, único? • Qual meu propósito ? Cuido de quê? • Que tipo de experiência diversa propicio? • Quais meus atributos (ativos intangíveis) ? • Qual meu nicho, o que caracteriza meu local ? Lala Deheinzelin
  16. 16. TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO Mundos virtuais Economia do Compartilhar CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA tornam-se visíveis e operacionais graças a PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Ativos Intangíveis
  17. 17. CIDADES CRIATIVAS TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Conecta Comunica Conhece Celebra
  18. 18. Pilar 2 – TICs , CULTURA DIGITAL • Estou na WEB, posso ser achado? • Como estou aproveitando as oportunidades do remoto? • Oportunidades de uso das TICs para que novos processos ( softwares) possam gerar melhor aproveitamento das estruturas (hardwares existentes). • Estou na lógica “Centralizado” ou na Lógica “Em Rede” ? Lala Deheinzelin , 2012
  19. 19. COLABORATIVO Modelos distribuídos de negócios e organização humana Causa compartilhada intangíveis + novas tecnologias resultam em TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO Mundos virtuais Economia do Compartilhar CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS tornam-se visíveis e operacionais graças a Futuros desejados Diversidade Cultural Ativos Intangíveis
  20. 20. SOCIEDADE EM REDE COLABORA CUIDA CIDADES CRIATIVAS TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Conecta Comunica Conhece Celebra
  21. 21. Vetor 3 – COLABORATIVO, REDES • Juntos ( empreendedor solitário,não) • A que redes estou integrado? • Gestão compartilhada e participativa •Consumo Colaborativo •Financiamento colaborativo •Possibilidade de criar junto, reconhecer e usar o conhecimento e criatividade de todos. •Estou na lógica “Centralizado” ou na Lógica “Em Rede” ? Lala Deheinzelin
  22. 22. COLABORATIVO Modelos distribuídos de negócios e organização humana Causa compartilhada intangíveis + novas tecnologias resultam em TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO Mundos virtuais Economia do Compartilhar chave: ampliar conceito e indicadores de riqueza PROSPERIDADE MULTIDIMENSIONAL 4D Patrimônios Sociais, Culturais, Econômicos, Ambientais 4D CICLO VIRTUOSO DA ABUNDÂNCIA tornam-se visíveis e operacionais graças a PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Futuros desejados Diversidade Cultural Ativos Intangíveis
  23. 23. SOCIEDADE EM REDE PROSPERIDADE 4D COLABORA CUIDA CREDITA CIRCULA CIDADES CRIATIVAS TECNOLOGIAS COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO PATRIMÔNIOS INTANGÍVEIS Conecta Comunica Conhece Celebra
  24. 24. Vetor 4 - RIQUEZA MULTIDIMENSIONAL • Mudar maneira de medir a riqueza das nações e empresas • Sistematizar e criar fluxos entre diferentes recursos e moedas • Criar novas métricas e indicadores para valor e resultados, nas quatro dimensões da sustentabilidade • Atribuir valor real a produtos, considerando aproveitamento de recursos 4D e resultados 4D •
  25. 25. Prosperidade 4D: Medir , atribuir valor e circular recursos nas 4 dimensões da sustentabilidade: Financeira, Ambiental, Social e Cultural Colocar um ‘”óculos 4D “para compreender dinâmicas de geração e fluxo de valor
  26. 26. SÓCIO - POLÍTICA Direitos + Governabilidade Intangível ECONOMIA 4D TECHNO - NATURAL = Tangível SUSTENTABILIDADE Ambiental 4 dimensões ECONOMIA 4D Financeiro MONETÁRIA + SOLIDÁRIA SIMBÓLICO - CULTURAL Conhecimento + Cultura Lala Deheinzelin
  27. 27. SÓCIO – POLÍTICA Atividades coletivas Relações comunitárias e familares Representatividade /lideranças Políticas/ Leis / Normas Espaços e instrumentos de ação integrada Reputação / Visibilidade/ Mídia/ Imprensa/Divulgação FINANCEIRA AMBIENTAL Conexões /Alianças/Contatos Financiamento/Editais/Fundos ( estrutura/hardware) Redes/Clubes/ Coletivos Investimento Espaços disponíveis , total ou parcialmente Mercados/ Produtos para Distribuição Equipamentos Horas de trabalho/ Voluntariado Locais especiais natureza e monumentos Moedas complementares RECURSOS Biodiversidade, natureza 4D Matérias primas e resíduos reutilizáveis Corpo e saúde SIMBÓLICO – CULTURAL Linguagens artísticas Saberes e Fazeres Tradicionais Conhecimento formal/Pesquisa História/mitos/curiosidades/tradições Valores/Atributos/Diferenciais Tecnologias sócio culturais Eventos/festejos/calendários Experiências únicas/lazer/ hobbies/
  28. 28. SÓCIO – POLÍTICA • Acesso a jornalistas •Contato com festivais internacionais •acesso a editais • carta de recomendação •mailing list FINANCEIRA AMBIENTAL • 2 computadores/2 dias • $1000 para tirar licenças • 8 horas de carreto •CNPJ para emitir recibos Exemplo •40 metros de pano •Circuito de distribuição Orçamento • 1 dia de estúdio de som 4D •horas dos artistas horas • 1 mês de sala de ensaio • • camêra de vídeo • SIMBÓLICO – CULTURAL •3 dias de costureira •designer para impressos • designer de web •afinador de piano •iluminador
  29. 29. SOCIAL Gera mais conexões, ação conjunta e coisas feitas de forma “co” ? COLABORAR CUIDAR AMBIENTAL Otimiza e gera recursos tecno -naturais? CONECTAR COMUNICAR ATIVAR FUTURO DESEJÁVEL FINANCEIRA Gera fluxos ,riqueza e bem estar nas 4Ds ? CULTURAL Gera conhecimento, criatividade, experiência ? CONHECER CELEBRAR CIRCULAR CREDITAR
  30. 30. SOCIAL 8 AMBIENTAL 9 SORVETE Frutos Do Cerrado No Resort 6+10+9+8= 8,25 CULTURAL 10 FINANCEIRA 6
  31. 31. SOCIAL 3 AMBIENTAL 3 SORVETE Multinacional No Resort 9+3+3+3= 3,75 CULTURAL 3 FINANCEIRA 9
  32. 32. Exemplo de Curadoria Coletiva
  33. 33. Curaduría Colectiva, Atribuición de valores 4D, Chascomús , Argentina Dimensión Cultural Tema 1 4 2 5 5 4 7 2 7 8 Utilización de Lenguaje, atuación, encenación 8 7 6 7 8 8 7 8 8 8 Grupo 1 Dimensión Dimensión ambiental Social Dimensión Financiera Promedio Afinidad Valores Proyecto Versatilidad Viabilidad 0 0 0 0 0 0 0 0 0 4 6 5 8 5 8 7 8 8 6 8 8 6 9 7 5 8 8 7 9 8 4,80 4,95 6,05 5,30 6,35 6,05 6,90 6,15 6,75 7,60
  34. 34. Economia Criativa: ciclo de geração de valor, que através de etapas onde ocorrem sinergias com outras áreas, ativa e concretiza as reservas de valor/patrimônios intangíveis Produto 2$ + Marketing Produto 4$ + Comunicação + Design ECONOMIA CRIATIVA SÓ É POSSÍVEL ATRAVÉS DE AÇÃO INTEGRADA ESTA É A SUA NATUREZA Produto $ Produto 8$ + Distribuidor
  35. 35. Visión sistemática: foco en el pomar Nutrir, estructurar, crear condiciones para …Irrigar
  36. 36. Escutar os Futuros de Cada um •O grupo escuta e absorve. Os futuros de cada um servem para inspirar e para que o grupo se conheça. •Não vamos criticar nenhum futuro apresentado, ou verificar se é possível , apropriado. Apenas ouvir e absorver.
  37. 37. Co – Criação : não é para DISCUTIR É incluir tudo, acreditar que o fluxo é harmônico http://www.youtube.com/watch?v=V87VXA6gPuE
  38. 38. Criar Futuros a partir do que escutou •Co-criar não é discutir. Não vamos discutir os temas, vamos pensar soluções para eles. •O espaço de co- criação não é um espaço de reclamações. Não falamos de problemas, pois quando pensamos em soluções o problema naturalmente estará contido nelas. •O futuro não deve ser abstrato ( felicidade para todos) ou genérico ( emprego para todos). A pergunta sempre é “Como ?”. Deve ser algo que possa se transformar em ação. •Futuros desejáveis não precisam ser plausíveis.Devem ser criados mesmo que sua realização pareça improvável no contexto presente.
  39. 39. Co – Criação : Foco no FAZER, IDEIA PARA FAZER EM 1 MÊS No movimento as coisas se sincronizam http://www.youtube.com/watch?v=Aaxw4zbULMs
  40. 40. Criar ações para fazer em um mês •Das ideias que apareceram, alguma pode ser feita já ? • O que podemos fazer juntando recursos disponíveis , que já temos e foram mapeados ? •As pessoas vão “emitir moeda” e investir em projetos : escrever o recursos 4D ( com seu nome) em post its das cores correspondentes e “investir” na ideia para ser feita em um mês. •Lista de nomes e emails do grupo •Data e local da primeira reunião , que deverá ser antes do dia 20 de setembro.
  41. 41. É possível trabalhar em grupo sem que ninguém conduza
  42. 42. REDES E TEORIA DE GAIA Estaríamos formando o sistema nervoso de GAIA?
  43. 43. Vamos co-criar o futuro desejável de nossas cidades e territórios criativos ? AQUI NOSSO GRUPO DE FACILITADORES BOM TRABALHO !

×