O Blog Como Ferramenta Pedagógica

7.308 visualizações

Publicada em

Uma apresentação sobre o tema BLOG, além de um teste de upload no Sklideshare. Trabalharei sobre isso numa capacitação com professores dos Laboratório de Informática da região da 2ª CREDE - Itapipoca/Ce.

1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.308
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
448
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
252
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • O Blog Como Ferramenta Pedagógica

    1. 1. BLOG: UMA FERRAMENTA PEDAGÓGICA AO SEU ALCANCE
    2. 2. Os rumos que o desenvolvimento tecnológico vem tomando de forma geral e, também, na educação não podem ficar de fora das mãos dos educadores, da sua reflexão crítica e da sua possibilidade de intervenção. Para isso, torna-se vital a investigação, a ampliação e a troca de conhecimentos nesta área por parte dos educadores e das instituições educacionais. Sobretudo, investigações que se relacionem com a inserção das TEI (tecnologias educacionais informatizadas) no trabalho dos educadores e que considerem todos os aspectos que circundam este tema. REFLETINDO SOBRE TECNOLOGIAS NA EDUCAÇÃO
    3. 3. Todas as questões referentes ao uso da tecnologia, a sua criação, seu papel no cotidiano das pessoas, os espaços e interações que elas criam, as relações que emergem nestes espaços, são questões importantes e urgentes para a humanidade. A disponibilidade deste viver em rede , pelos desdobramentos múltiplos e profundos que possui, requer que nos apropriemos deste conhecimento para podermos participar de forma consciente, crítica e eficiente da construção das relações que emergem nestes espaços.
    4. 4. O termo blog deriva da união das palavras inglesas web (rede) e log (diário de bordo), onde os navegadores registravam os eventos das viagens, principalmente aqueles ligados ao clima. O blog, portanto, é um abreviatura de web log , onde web representa a Internet e log são os registros feitos pelo usuário do blog, chamado blogger ou blogueiro . O blog pode ser considerado, de maneira geral, como um diário eletrônico que as pessoas criam na Internet para tratar de assuntos diversos. Que tal o desafio de criar um?! Mas antes vamos conhecer um pouco mais sobre o assunto.
    5. 5. CARACTERÍSTICAS DO BLOG <ul><li>Facilidade com que podem ser criados, editados e publicados, com pouquíssimos conhecimentos técnicos. </li></ul><ul><li>Conteúdo mais recente na primeira página. </li></ul><ul><li>Apresenta poucas subdivisões internas, quase sempre restritas a links para os arquivos, que guardam o conteúdo mais antigo, e para alguma página que descreve o site e seu autor. </li></ul><ul><li>Possuem estrutura hipertextual, permeada de links. </li></ul><ul><li>Utilizam textos geralmente sucintos. </li></ul><ul><li>São relatos pessoais, partindo de um ponto de vista próprio. </li></ul><ul><li>São contextualizados e interpretados por comentários. </li></ul><ul><li>São atualizados diariamente ou até várias vezes por dia. </li></ul><ul><li>Possuem acesso público e gratuito ao conteúdo da página. </li></ul><ul><li>Possibilidade de interatividade. </li></ul>
    6. 6. Os blogs chegam a ser considerados como produções síncronas, em razão da quase simultaneidade entre o que se escreve, sua veiculação na rede e seu acesso por alguém que esteja conectado. ( Apostila Introdução à Educação Digital - MEC)
    7. 7. O QUE HÁ DE TÃO IMPORTANTE EM PUBLICAR NA WEB? Os weblogs vêm se transformando em importantes repositórios de informações, em verdadeiros filtros que avaliam, interpretam e indexam estas informações. Os weblogs são ambientes de construção cooperativa do conhecimento, da criação de comunidades de pesquisadores e, também, uma alternativa à mídia tradicional, uma possibilidade de voz autônoma no ciberespaço.
    8. 9. AS VANTAGENS DOS BLOGS <ul><li>Os principais benefícios para professores e alunos: </li></ul><ul><li>Aproximar professores e alunos. </li></ul><ul><li>Os estudantes tendem a se identificar com o professor blogueiro. Se o aluno cria um blog, os professores têm um espaço a mais para orientar o aluno. </li></ul><ul><li>Permitir maior reflexão sobre o conteúdo. </li></ul><ul><li>Quando o professor blogueiro expõe sua opinião, está sujeito a críticas e elogios. Com isso, reflete sobre seu trabalho e faz os alunos pensar mais sobre o tema proposto. </li></ul><ul><li>Manter o professor atualizado. </li></ul>
    9. 10. <ul><li>O professor blogueiro busca em outros sites e blogs informações para compartilhar com os alunos. Isso o coloca em permanente reciclagem. </li></ul><ul><li>O estudo não fica restrito aos 45 (50) minutos de sala de aula. Com o blog, o professor instiga os alunos a estudar mais. Eles buscam no blog desafios, exercícios e gabaritos. </li></ul><ul><li>Trazer experiências de fora da escola. </li></ul><ul><li>O blog abre as atividades da escola para pessoas de outros colégios, cidades e até países colaborarem. Isso amplia a visão de mundo da turma. </li></ul><ul><li>Divulgar o trabalho do aluno e do professor. </li></ul>
    10. 11. <ul><li>Permitir o acompanhamento. </li></ul><ul><li>Com os blogs, os pais podem monitorar as atividades escolares dos filhos. E também ter acesso ao que o professor está ensinando. Isso não é possível com as aulas. </li></ul><ul><li>Ao montar blogs, alunos e professores passam por um processo de &quot;alfabetização digital&quot;. Aprendem a fazer downloads e outros recursos para navegar com facilidade. </li></ul><ul><li>  </li></ul><ul><li>Fonte: </li></ul><ul><li>http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EDG76347-6014-456,00.html </li></ul>
    11. 12. DICAS DE BLOGS EDUCACIONAIS <ul><li>http://palavraaberta.blogspot.com (Profª Gládis Leal) </li></ul><ul><li>http://blogosferamarli.blogspot.com (Profª Marli Fiorentin) </li></ul><ul><li>http://jarbas.wordpress.com (Prof. Jarbas) </li></ul><ul><li>http://almadeeducador.blogspot.com </li></ul><ul><li>http://lousadigital.blogspot.com </li></ul><ul><li>http://edublogosfera.blogspot.com </li></ul><ul><li>http://rafaelnink.com/blog (Rafael Nink) </li></ul><ul><li>http://ciberespaconaescola.blogspot.com </li></ul><ul><li>http://of2edu.blogspot.com (Sites e dicas interessantes para professores) </li></ul>
    12. 13. SITES PARA CRIAÇÃO DE BLOGS <ul><li>Blogger - http://www.blogger.com.br </li></ul><ul><li>Blogger.com - http://www.blogger.com </li></ul><ul><li>Weblogger.br - http://weblogger.terra.br </li></ul><ul><li>Blig - http://www.blig.com.br </li></ul><ul><li>Blog – Uol - http://blog.uol.com.br </li></ul><ul><li>Big Blogger - http://www.bigblogger.com.br </li></ul><ul><li>The Blog - http://www.theblog.com.br </li></ul><ul><li>Blog-se - http://www.blog-se.com.br </li></ul><ul><li>Via Blog - http://www.viablog.com.br </li></ul><ul><li>Sapo.pt - http://blogs.sapo.pt </li></ul><ul><li>Fonte : http://informaticaeeducacaoblog.blogspot.com/2006/10/sites-para-criao-de-blogs.html </li></ul>
    13. 14. Professora Maria Laís Sousa – Itapipoca/Ce. [email_address] GUTIERREZ, Suzana de Souza. Projeto Zaptlogs : as tecnologias educacionais informatizadas no trabalho de educadores. Revista Novas Tecnologias na Educação - Renote Porto Alegre: CINTED-UFRGS, v. 1, n. 2, set. 2003. Disponível em http://www.cinted.ufrgs.br/renote/set2003/artigos/projetozaptlogs.pdf. FIORENTINI. Leda (Coord.). Introdução à Educação Digital : Curso de Formação Continuada para Professores do Ensino Fundamental e Médio da Rede Pública. Seed/MEC. Brasília: 1ª.ed., 2008.

    ×