Doenaes 101018203549-phpapp01

1.799 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.799
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doenaes 101018203549-phpapp01

  1. 1. Distúrbio mais comum na gestação **( 5-10% das gestações normais) Caracteriza-se por: Hipertensão Edema Proteinúria**Organização Mundial de Saúde
  2. 2. * Pré-eclâmpsia*EclâmpsiaGrave complicação da gestaçãocaracterizadapor: (H) hemólise, (EL) enzimashepáticas elevadas e (LP) baixacontagem de plaquetas
  3. 3. ↓ PerfusãoFalha na placentação 20ª Semana uteroplacentária Vasoespásmos ↑ Pressão arterial DHEG ↑ Permeabilidade Proteinúria vascular Edema Coagulopatias ↑ Uréia Lesão endotelial Disfunção hepática ↑ Creatinina ↑ Ácido úrico ↓Taxa filt glomerular ↑ Oligúria
  4. 4. Conceitua-se como o aparecimento de hipertensãoarterial ( 140x90 mmHg) acompanhada de proteinúria(300mg) em urina 24h em gestação acima de 20semanas, podendo haver ou não edema.
  5. 5. •Primigestas;•Antecedentes familiares de (pré-) eclâmpsia;•Antecedentes pessoal de (pré-) eclâmpsia;•Gestação gemelar;•HAS, nefropatia, lúpus, diabetes, etc.
  6. 6. CLASSIFICAÇÃOLEVE:*Aumento moderado da PA (140x90mmHg);*Proteinúria;*Discreto edema
  7. 7. GRAVE• PA persistente ≥ 160x110mmHg;• Proteinúria 24h ≥ 2g em 24h;• Oligúria (menor que 500 ml/dia, ou 15 ml/h);• Níveis séricos de creatinina maiores que1,2mg/dia;• Sinais de encefalopatia hipertensiva;
  8. 8. GRAVE•Sinais de insuficiência cardíaca;• Plaquetopenia (< 100.000 /mm3);• Aumento de enzimas hepáticas e debilirrubinas;• Presença de oligoâmnio;• Evidência clínica e/ou laboratorial
  9. 9. Avaliação • Repouso materna e • Dieta normossódica fetal entre a • Anti-hipertensivo (se 37ª e a 40ª níveis tensionais acima semana de 100mmHg)Comprometidas Normais Reavaliações 2- 3 x /semanas Alteradas Mantidas Aguardar trabalho de partoIndicação de parto espontâneo até 40 imediato semanas
  10. 10. É o aparecimento de convulsõesseguidas ou não de coma em gestantescom pré-eclâmpsia, não devido àdoença neurológica coincidente.
  11. 11. *Principal causa de morte materna noBrasil (37% das mortes obstétricas diretas.)O alto risco de morte materna exige arápida tomada de decisões e medidasadequadas para o controle e estabilizaçãodo quadro convulsivo.
  12. 12. Internação obrigatória Avaliação materna/fetal Anti-hipertensivos / sulfato de magnésio Melhora Não melhora (mantidas ou agravadas)Reavaliação permanente materno e fetal Mantidas Alteradas Antecipação do Maturidade fetal parto
  13. 13. •Dieta hipossódica;•Manter repouso relativo em decúbito lateral esquerdo;•Controle de PA;•Controle de diurese a cada 24h;•Controle de peso;•Manter acesso venoso periférico;•Atentar para sinais de escotomas cintilantes e visão turva,cefaléia ,edema papilar e nível de consciência.
  14. 14. Em vários casos, mudanças no peso, dieta e estilo de vidapodem ajudar a diminuir a pressão arterial, observe-se:
  15. 15. - Ducan,Bruce B. Medicina Ambulatorial: Condutas deatenção primaria b aseadas em evidencias/ Bruce B.Ducan.Maria Inês Schimidt, Elsa R.J. Giugliani...[et al.].-3.Ed.- Porto Alegre: Artmed, 2004- Peixoto, Sergio Peixoto – Pré – Natal/ Sergio Peixoto,Mauro Sancovski,Eliane Rocha Mendes, GuilhermeFernandes [et al.]. 3 ed.- São Paulo:roca, 2004- Tsai,Alexandre Wan How: Protocolo Técnico Assistencial –Autarquia Hospitalar Municipal

×