0508 Aterro sanitário - Rose

1.078 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.078
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
620
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
46
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

0508 Aterro sanitário - Rose

  1. 1. Poluição da águaPoluição da água
  2. 2. Poluição da águaPoluição da água A água é um bem precioso e cada vez mais tema de debates no mundo todo. O uso irracional e a poluição de fontes importantes (rios e lagos), podem ocasionar a falta de água doce muito em breve, caso nenhuma providência seja tomada. Causas da poluição das águas do planeta As principais causas de deteriorização dos rios, lagos e dos oceanos são: poluição e contaminação por poluentes e esgotos. O ser humano tem causado todo este prejuízo à natureza, através dos lixos, esgotos, dejetos químicos industriais e mineração sem controle.
  3. 3. Problemas gerados pela poluição das águas Problemas gerados pela poluição das águas   Estudos da Comissão Mundial de Água e deEstudos da Comissão Mundial de Água e de outros organismos internacionais demonstramoutros organismos internacionais demonstram que cerca de 3 bilhões de habitantes em nossoque cerca de 3 bilhões de habitantes em nosso planeta estão vivendo sem o mínimo necessárioplaneta estão vivendo sem o mínimo necessário de condições sanitárias.Um milhão não temde condições sanitárias.Um milhão não tem acesso à água potável.acesso à água potável.
  4. 4. Problemas gerados pela poluição das águas Problemas gerados pela poluição das águas   Em virtude desses graves problemas, espalham-Em virtude desses graves problemas, espalham- se diversas doenças como diarréia,se diversas doenças como diarréia, esquistossomose, hepatite e febre tifóide, queesquistossomose, hepatite e febre tifóide, que matam mais de 5 milhões de seres humanos pormatam mais de 5 milhões de seres humanos por ano, sendo que um número maior de doentesano, sendo que um número maior de doentes sobrecarregam os precários sistemas de saúdesobrecarregam os precários sistemas de saúde destes paísesdestes países
  5. 5. Aterro sanitárioAterro sanitário
  6. 6. Aterro SanitárioAterro Sanitário  Aterro sanitário é uma espécie de depósito ondeAterro sanitário é uma espécie de depósito onde são descartados resíduos sólidos (lixo)são descartados resíduos sólidos (lixo) provenientes de residências, indústrias, hospitaisprovenientes de residências, indústrias, hospitais e construções. Grande parte deste lixo ée construções. Grande parte deste lixo é formada por não recicláveis. Porém, como aformada por não recicláveis. Porém, como a coleta seletiva ainda não ocorre plenamente, écoleta seletiva ainda não ocorre plenamente, é comum encontrarmos nos aterros sanitárioscomum encontrarmos nos aterros sanitários plásticos, vidros, metais e papéis.plásticos, vidros, metais e papéis.
  7. 7. Aterros sanitáriosAterros sanitários  Os aterros sanitários são construídos, na maioriaOs aterros sanitários são construídos, na maioria das vezes, em locais distantes das cidades. Istodas vezes, em locais distantes das cidades. Isto ocorre em função do mal cheiro e daocorre em função do mal cheiro e da possibilidade de contaminação do solo e depossibilidade de contaminação do solo e de águas subterrâneas. Porém, existem, atualmente,águas subterrâneas. Porém, existem, atualmente, normas rígidas que regulam a implantação denormas rígidas que regulam a implantação de aterros sanitários. Estes devem possuir umaterros sanitários. Estes devem possuir um controle da quantidade e tipo de lixo, sistemascontrole da quantidade e tipo de lixo, sistemas de proteção ao meio ambiente e monitoramentode proteção ao meio ambiente e monitoramento ambiental.ambiental.
  8. 8. Aterros sanitáriosAterros sanitários  Os aterros sanitários são importantes, poisOs aterros sanitários são importantes, pois solucionam parte dos problemas causados pelosolucionam parte dos problemas causados pelo excesso de lixo gerado nas grandes cidades. excesso de lixo gerado nas grandes cidades. 
  9. 9. Coleta seletiva de lixoColeta seletiva de lixo Bom para a economia e meio ambiente
  10. 10. Coleta seletiva de lixoColeta seletiva de lixo  Coleta seletiva de lixo é um processo queColeta seletiva de lixo é um processo que consiste na separação e recolhimento dosconsiste na separação e recolhimento dos resíduos descartados por empresas e pessoas.resíduos descartados por empresas e pessoas. Desta forma, os materiais que podem serDesta forma, os materiais que podem ser reciclados são separados do lixo orgânico (restosreciclados são separados do lixo orgânico (restos de carne, frutas, verduras e outros alimentos).de carne, frutas, verduras e outros alimentos). Este último tipo de lixo é descartado em aterrosEste último tipo de lixo é descartado em aterros sanitários ou usado para a fabricação de adubossanitários ou usado para a fabricação de adubos orgânicosorgânicos
  11. 11. Coleta seletiva de lixoColeta seletiva de lixo  No sistema de coleta seletiva, os materiaisNo sistema de coleta seletiva, os materiais recicláveis são separados em: papéis, plásticos,recicláveis são separados em: papéis, plásticos, metais e vidros. Existem indústrias quemetais e vidros. Existem indústrias que reutilizam estes materiais para a fabricação dereutilizam estes materiais para a fabricação de matéria-prima ou até mesmo de outrosmatéria-prima ou até mesmo de outros produtos.produtos.
  12. 12. Coleta seletiva de lixoColeta seletiva de lixo  Pilhas e baterias também são separadas, poisPilhas e baterias também são separadas, pois quando descartadas no meio ambientequando descartadas no meio ambiente provocam contaminação do solo. Embora nãoprovocam contaminação do solo. Embora não possam ser reutilizados, estes materiais ganhampossam ser reutilizados, estes materiais ganham um destino apropriado para não gerarem aum destino apropriado para não gerarem a poluição do meio ambiente. poluição do meio ambiente. 
  13. 13. Lixos hospitalaresLixos hospitalares  Os lixos hospitalares também merecem umOs lixos hospitalares também merecem um tratamento especial, pois costumam estartratamento especial, pois costumam estar infectados com grande quantidade de vírus einfectados com grande quantidade de vírus e bactérias. Desta forma, são retirados dosbactérias. Desta forma, são retirados dos hospitais de forma específica (comhospitais de forma específica (com procedimentos seguros) e levados para aprocedimentos seguros) e levados para a incineração em locais especiais.incineração em locais especiais.
  14. 14. Poluição ambientalPoluição ambiental
  15. 15. Poluição ambientalPoluição ambiental  Podemos definir poluição ambiental como aPodemos definir poluição ambiental como a ação de contaminar as águas, solos e ar. Estaação de contaminar as águas, solos e ar. Esta poluição pode ocorrer com a liberação no meiopoluição pode ocorrer com a liberação no meio ambiente de lixo orgânico, industrial, gasesambiente de lixo orgânico, industrial, gases poluentes, objetos materiais, elementospoluentes, objetos materiais, elementos químicos, entre outros. químicos, entre outros. 
  16. 16. Poluição ambientalPoluição ambiental  A poluição ambiental prejudica o funcionamento dosA poluição ambiental prejudica o funcionamento dos ecossistemas, chegando a matar várias espécies animaisecossistemas, chegando a matar várias espécies animais e vegetais. O homem também é prejudicado com estee vegetais. O homem também é prejudicado com este tipo de ação, pois depende muito dos recursos hídricos,tipo de ação, pois depende muito dos recursos hídricos, do ar e do solo para sobreviver com qualidade de vida edo ar e do solo para sobreviver com qualidade de vida e saúde.saúde.  Os principais poluentes ambientais são: chumbo,Os principais poluentes ambientais são: chumbo, mercúrio, benzeno, enxofre, monóxido de carbono,mercúrio, benzeno, enxofre, monóxido de carbono, pesticidas, dioxinas e gás carbônico.pesticidas, dioxinas e gás carbônico.

×