SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
SEMINÁRIO: O ensino de Língua Portuguesa: perspectivas e contradições 
(Handout) 
DIA 24 DE ABRIL DE 2014 
1. O ensino na Língua portuguesa 
1.1. Dificuldade no ensino da Língua – O ensino da Língua encontra dificuldade entre a fala e a escrita, onde 
a primeira trás consigo gírias, dialetos e até mesmo linguagem chula, já a escrita deve ser na norma culta e 
obedecendo as normas que a compreendem, tornando-se uma dificuldade e desafio para o docente; 
1.2. Variações linguísticas em sala de aula – Em sala de aula sempre haverá uma variação linguística, mas o 
professor mediante seus conhecimentos, deverá aplicar a sua metodologia de ensino, de modo que os alunos 
não se sintam envergonhados com sua fala em relação aos demais colegas de classe, contudo deve-se buscar 
o ensino da língua escrita na sua forma e maneira correta. 
1.3. As realidades do português ensinado em sala de aula e do português vivenciado no cotidiano do aluno – 
A língua portuguesa ensinada em sala de aula é diferente da língua português do cotidiano do aluno, contudo 
o português do cotidiano é proveniente do português formal e oficial, assim o professor pode juntar ambos 
usando subsídios do meio e dos próprios alunos, na busca por um processo de ensino aprendizagem de 
qualidade. 
1.4. A avaliação como forma de avaliar a aprendizagem do aluno – O tipo de avaliação tradicional (oral e 
escrita) precisa ser repensado, e o professor ao invés de medir o aprendizado do aluno deve ajudá-lo a 
construir o seu próprio conhecimento, não com a aplicação de testes, mas ajudando em pequenas mudanças 
onde o saber vai sendo formado em cada frase, cada linha do texto escrito. 
2. A escola como construtora do conhecimento 
2.1. A necessidade de novas perspectivas pedagógicas – Conforme as mudanças vão acontecendo em todos 
os setores da sociedade, assim também acontece com e educação, e o ensino da língua portuguesa tem sido 
abarcado por tais mudanças, onde o ler e o escrever por si só não bastam, sendo que o aluno deve aprender a 
fazer associações entre o ler e escrever e colocar em prática na vida cotidiana. 
3. Construindo conhecimento mediante o formalismo 
3.1. Apenas o ensino formal de português em sala de aula é suficiente para a aquisição do conhecimento – O 
ensino formal se faz necessário e importante, todavia não é e não poder ser a única forma de adquirir o 
saber. 
3.2. O formalismo no ensino da Língua portuguesa deve ser a ser trabalhado – é primordial para o ensino da 
língua materna trabalhar o seu formalismo, pois é por meio do ensino formal que o aluno conseguirá 
interpretar de forma correta a linguagem textual no contexto social.
Alunos: Marcelo Machado da Silva, Duban, Joice, Rosinete e Patricia Renata.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Plano de aula 1º ano
Plano de aula 1º anoPlano de aula 1º ano
Plano de aula 1º anoMarione Haack
 
Atividades de alfabetização word - 44 páginas
Atividades de alfabetização   word - 44 páginasAtividades de alfabetização   word - 44 páginas
Atividades de alfabetização word - 44 páginasNellma Cardoso
 
Dificuldades de aprendizagem moderadas,graves e profundas (cópia em conflito ...
Dificuldades de aprendizagem moderadas,graves e profundas (cópia em conflito ...Dificuldades de aprendizagem moderadas,graves e profundas (cópia em conflito ...
Dificuldades de aprendizagem moderadas,graves e profundas (cópia em conflito ...Rosane Domingues
 
Propriedades ópticas e restaurações anteriores em resinas compostas 2012 1
Propriedades ópticas e restaurações anteriores em resinas compostas 2012 1Propriedades ópticas e restaurações anteriores em resinas compostas 2012 1
Propriedades ópticas e restaurações anteriores em resinas compostas 2012 1Guilherme Terra
 
Atividades academicas funcionais
Atividades academicas funcionaisAtividades academicas funcionais
Atividades academicas funcionaisJu Dias
 
Enxertos osseos abo 2013
Enxertos osseos abo 2013Enxertos osseos abo 2013
Enxertos osseos abo 2013Bruna Sartori
 
Brincar e-ler-para-viver
Brincar e-ler-para-viverBrincar e-ler-para-viver
Brincar e-ler-para-viverRenata Costa
 
Plano de aula meio ambiente
Plano de aula meio ambientePlano de aula meio ambiente
Plano de aula meio ambienteafrinha
 
Modelo plano folclore de simone drumond
Modelo plano folclore de simone drumondModelo plano folclore de simone drumond
Modelo plano folclore de simone drumondSimoneHelenDrumond
 
Ingles Para Iniciantes PDF
Ingles Para Iniciantes PDFIngles Para Iniciantes PDF
Ingles Para Iniciantes PDFLeandro Habner
 
Hipersensibilidade dentinaria pdf (1)
Hipersensibilidade dentinaria   pdf (1)Hipersensibilidade dentinaria   pdf (1)
Hipersensibilidade dentinaria pdf (1)Sergio Sun
 
155 atividades para_educacao_infantil
155 atividades para_educacao_infantil155 atividades para_educacao_infantil
155 atividades para_educacao_infantilalvaro alves
 
APOSTILA DE ENSINO RELIGIOSO atualizada 2020 em PDF.pdf
APOSTILA DE ENSINO RELIGIOSO atualizada 2020  em PDF.pdfAPOSTILA DE ENSINO RELIGIOSO atualizada 2020  em PDF.pdf
APOSTILA DE ENSINO RELIGIOSO atualizada 2020 em PDF.pdfmary Felicidade
 
Cimento de ionômero de vidro civ
Cimento de ionômero de vidro  civCimento de ionômero de vidro  civ
Cimento de ionômero de vidro civDr.João Calais.:
 
Princípios gerais de preparos cavitários
Princípios gerais de preparos cavitáriosPrincípios gerais de preparos cavitários
Princípios gerais de preparos cavitáriosAlexandre Paim
 
5 projeto alimentação saudável
5 projeto alimentação saudável5 projeto alimentação saudável
5 projeto alimentação saudáveljuniorfuleragem
 

Mais procurados (20)

Plano de aula 1º ano
Plano de aula 1º anoPlano de aula 1º ano
Plano de aula 1º ano
 
Atividades de alfabetização word - 44 páginas
Atividades de alfabetização   word - 44 páginasAtividades de alfabetização   word - 44 páginas
Atividades de alfabetização word - 44 páginas
 
Dificuldades de aprendizagem moderadas,graves e profundas (cópia em conflito ...
Dificuldades de aprendizagem moderadas,graves e profundas (cópia em conflito ...Dificuldades de aprendizagem moderadas,graves e profundas (cópia em conflito ...
Dificuldades de aprendizagem moderadas,graves e profundas (cópia em conflito ...
 
Propriedades ópticas e restaurações anteriores em resinas compostas 2012 1
Propriedades ópticas e restaurações anteriores em resinas compostas 2012 1Propriedades ópticas e restaurações anteriores em resinas compostas 2012 1
Propriedades ópticas e restaurações anteriores em resinas compostas 2012 1
 
Atividades academicas funcionais
Atividades academicas funcionaisAtividades academicas funcionais
Atividades academicas funcionais
 
Enxertos osseos abo 2013
Enxertos osseos abo 2013Enxertos osseos abo 2013
Enxertos osseos abo 2013
 
Brincar e-ler-para-viver
Brincar e-ler-para-viverBrincar e-ler-para-viver
Brincar e-ler-para-viver
 
Plano de aula meio ambiente
Plano de aula meio ambientePlano de aula meio ambiente
Plano de aula meio ambiente
 
Modelo plano folclore de simone drumond
Modelo plano folclore de simone drumondModelo plano folclore de simone drumond
Modelo plano folclore de simone drumond
 
Ingles Para Iniciantes PDF
Ingles Para Iniciantes PDFIngles Para Iniciantes PDF
Ingles Para Iniciantes PDF
 
Hipersensibilidade dentinaria pdf (1)
Hipersensibilidade dentinaria   pdf (1)Hipersensibilidade dentinaria   pdf (1)
Hipersensibilidade dentinaria pdf (1)
 
155 atividades para_educacao_infantil
155 atividades para_educacao_infantil155 atividades para_educacao_infantil
155 atividades para_educacao_infantil
 
1º encontro Quem sou eu?
1º encontro   Quem sou eu?1º encontro   Quem sou eu?
1º encontro Quem sou eu?
 
APOSTILA DE ENSINO RELIGIOSO atualizada 2020 em PDF.pdf
APOSTILA DE ENSINO RELIGIOSO atualizada 2020  em PDF.pdfAPOSTILA DE ENSINO RELIGIOSO atualizada 2020  em PDF.pdf
APOSTILA DE ENSINO RELIGIOSO atualizada 2020 em PDF.pdf
 
Cimento de ionômero de vidro civ
Cimento de ionômero de vidro  civCimento de ionômero de vidro  civ
Cimento de ionômero de vidro civ
 
Coordenação motora fina
Coordenação motora finaCoordenação motora fina
Coordenação motora fina
 
Princípios gerais de preparos cavitários
Princípios gerais de preparos cavitáriosPrincípios gerais de preparos cavitários
Princípios gerais de preparos cavitários
 
Ficha silábica cursiva
Ficha silábica cursiva   Ficha silábica cursiva
Ficha silábica cursiva
 
Prótese Dental Parcial Fixa Metalocerâmica
Prótese Dental Parcial Fixa  MetalocerâmicaPrótese Dental Parcial Fixa  Metalocerâmica
Prótese Dental Parcial Fixa Metalocerâmica
 
5 projeto alimentação saudável
5 projeto alimentação saudável5 projeto alimentação saudável
5 projeto alimentação saudável
 

Semelhante a Ensino LP: perspectivas contradições

O ensino na língua portuguesa: Perspectivas e Contradi
O ensino na língua portuguesa: Perspectivas e ContradiO ensino na língua portuguesa: Perspectivas e Contradi
O ensino na língua portuguesa: Perspectivas e Contradilagunaedu
 
O ensino na língua portuguesa
O ensino na língua portuguesaO ensino na língua portuguesa
O ensino na língua portuguesalagunaedu
 
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e ContradiçõesSeminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradiçõeslagunaedu
 
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e ContradiçõesSeminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradiçõeslagunaedu
 
Na Crista da Onda_Livro do ProfessorU.pdf
Na Crista da Onda_Livro do ProfessorU.pdfNa Crista da Onda_Livro do ProfessorU.pdf
Na Crista da Onda_Livro do ProfessorU.pdfAdelaideGonalves2
 
Orientações Programáticas de Português Língua Não Materna
Orientações Programáticas de Português Língua Não MaternaOrientações Programáticas de Português Língua Não Materna
Orientações Programáticas de Português Língua Não MaternaEnsinar Português Andaluzia
 
Relatório de estágio 11 (reparado) (1)
Relatório de estágio  11 (reparado) (1)Relatório de estágio  11 (reparado) (1)
Relatório de estágio 11 (reparado) (1)Natália Ferreira
 
O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA DENTRO DO CONTEXTO ESCOLAR, NOVAS PERSPECTIVAS PAR...
O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA DENTRO DO CONTEXTO ESCOLAR, NOVAS PERSPECTIVAS PAR...O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA DENTRO DO CONTEXTO ESCOLAR, NOVAS PERSPECTIVAS PAR...
O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA DENTRO DO CONTEXTO ESCOLAR, NOVAS PERSPECTIVAS PAR...Andreia Medeiros
 
Orient programatplnm versaofinalabril08
Orient programatplnm versaofinalabril08Orient programatplnm versaofinalabril08
Orient programatplnm versaofinalabril08Raquel Castro
 
Atendimentoeducacionalespecializadopessoacomsurdez 111025163331-phpapp02
Atendimentoeducacionalespecializadopessoacomsurdez 111025163331-phpapp02Atendimentoeducacionalespecializadopessoacomsurdez 111025163331-phpapp02
Atendimentoeducacionalespecializadopessoacomsurdez 111025163331-phpapp02Andréa Alessandra Lédo
 
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?Grupo Educação, Mídias e Comunidade Surda
 
Atendimento educacional especializado à pessoa com surdez
Atendimento educacional especializado à pessoa com surdezAtendimento educacional especializado à pessoa com surdez
Atendimento educacional especializado à pessoa com surdezSimônica Salgado
 
Letramento em le apostila met efi 2011
Letramento em le apostila met efi 2011Letramento em le apostila met efi 2011
Letramento em le apostila met efi 2011Patrícia Talhari
 
Eb teste diagnostico_3cicloeb_secundario
Eb teste diagnostico_3cicloeb_secundarioEb teste diagnostico_3cicloeb_secundario
Eb teste diagnostico_3cicloeb_secundarioDanielly Velame
 
A Linguagem das Placas
A Linguagem das PlacasA Linguagem das Placas
A Linguagem das PlacasAFMO35
 

Semelhante a Ensino LP: perspectivas contradições (20)

O ensino na língua portuguesa: Perspectivas e Contradi
O ensino na língua portuguesa: Perspectivas e ContradiO ensino na língua portuguesa: Perspectivas e Contradi
O ensino na língua portuguesa: Perspectivas e Contradi
 
O ensino na língua portuguesa
O ensino na língua portuguesaO ensino na língua portuguesa
O ensino na língua portuguesa
 
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e ContradiçõesSeminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
 
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e ContradiçõesSeminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
Seminário academico. O Ensino da Língua Portuguesa: Perspectivas e Contradições
 
Na Crista da Onda_Livro do ProfessorU.pdf
Na Crista da Onda_Livro do ProfessorU.pdfNa Crista da Onda_Livro do ProfessorU.pdf
Na Crista da Onda_Livro do ProfessorU.pdf
 
Orientações Programáticas de Português Língua Não Materna
Orientações Programáticas de Português Língua Não MaternaOrientações Programáticas de Português Língua Não Materna
Orientações Programáticas de Português Língua Não Materna
 
Relatório de estágio 11 (reparado) (1)
Relatório de estágio  11 (reparado) (1)Relatório de estágio  11 (reparado) (1)
Relatório de estágio 11 (reparado) (1)
 
Ensino de língua materna
Ensino de língua maternaEnsino de língua materna
Ensino de língua materna
 
O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA DENTRO DO CONTEXTO ESCOLAR, NOVAS PERSPECTIVAS PAR...
O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA DENTRO DO CONTEXTO ESCOLAR, NOVAS PERSPECTIVAS PAR...O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA DENTRO DO CONTEXTO ESCOLAR, NOVAS PERSPECTIVAS PAR...
O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA DENTRO DO CONTEXTO ESCOLAR, NOVAS PERSPECTIVAS PAR...
 
Orient programatplnm versaofinalabril08
Orient programatplnm versaofinalabril08Orient programatplnm versaofinalabril08
Orient programatplnm versaofinalabril08
 
Atendimentoeducacionalespecializadopessoacomsurdez 111025163331-phpapp02
Atendimentoeducacionalespecializadopessoacomsurdez 111025163331-phpapp02Atendimentoeducacionalespecializadopessoacomsurdez 111025163331-phpapp02
Atendimentoeducacionalespecializadopessoacomsurdez 111025163331-phpapp02
 
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
Ensino de português para surdos: O que a linguística aplicada tem a nos ensinar?
 
Planejamento anual 2014
Planejamento anual   2014Planejamento anual   2014
Planejamento anual 2014
 
Atendimento educacional especializado à pessoa com surdez
Atendimento educacional especializado à pessoa com surdezAtendimento educacional especializado à pessoa com surdez
Atendimento educacional especializado à pessoa com surdez
 
Letramento em le apostila met efi 2011
Letramento em le apostila met efi 2011Letramento em le apostila met efi 2011
Letramento em le apostila met efi 2011
 
O Ensino de LPS
O Ensino de LPSO Ensino de LPS
O Ensino de LPS
 
Projeto PIBID
Projeto PIBIDProjeto PIBID
Projeto PIBID
 
Eb teste diagnostico_3cicloeb_secundario
Eb teste diagnostico_3cicloeb_secundarioEb teste diagnostico_3cicloeb_secundario
Eb teste diagnostico_3cicloeb_secundario
 
Teste
TesteTeste
Teste
 
A Linguagem das Placas
A Linguagem das PlacasA Linguagem das Placas
A Linguagem das Placas
 

Ensino LP: perspectivas contradições

  • 1. SEMINÁRIO: O ensino de Língua Portuguesa: perspectivas e contradições (Handout) DIA 24 DE ABRIL DE 2014 1. O ensino na Língua portuguesa 1.1. Dificuldade no ensino da Língua – O ensino da Língua encontra dificuldade entre a fala e a escrita, onde a primeira trás consigo gírias, dialetos e até mesmo linguagem chula, já a escrita deve ser na norma culta e obedecendo as normas que a compreendem, tornando-se uma dificuldade e desafio para o docente; 1.2. Variações linguísticas em sala de aula – Em sala de aula sempre haverá uma variação linguística, mas o professor mediante seus conhecimentos, deverá aplicar a sua metodologia de ensino, de modo que os alunos não se sintam envergonhados com sua fala em relação aos demais colegas de classe, contudo deve-se buscar o ensino da língua escrita na sua forma e maneira correta. 1.3. As realidades do português ensinado em sala de aula e do português vivenciado no cotidiano do aluno – A língua portuguesa ensinada em sala de aula é diferente da língua português do cotidiano do aluno, contudo o português do cotidiano é proveniente do português formal e oficial, assim o professor pode juntar ambos usando subsídios do meio e dos próprios alunos, na busca por um processo de ensino aprendizagem de qualidade. 1.4. A avaliação como forma de avaliar a aprendizagem do aluno – O tipo de avaliação tradicional (oral e escrita) precisa ser repensado, e o professor ao invés de medir o aprendizado do aluno deve ajudá-lo a construir o seu próprio conhecimento, não com a aplicação de testes, mas ajudando em pequenas mudanças onde o saber vai sendo formado em cada frase, cada linha do texto escrito. 2. A escola como construtora do conhecimento 2.1. A necessidade de novas perspectivas pedagógicas – Conforme as mudanças vão acontecendo em todos os setores da sociedade, assim também acontece com e educação, e o ensino da língua portuguesa tem sido abarcado por tais mudanças, onde o ler e o escrever por si só não bastam, sendo que o aluno deve aprender a fazer associações entre o ler e escrever e colocar em prática na vida cotidiana. 3. Construindo conhecimento mediante o formalismo 3.1. Apenas o ensino formal de português em sala de aula é suficiente para a aquisição do conhecimento – O ensino formal se faz necessário e importante, todavia não é e não poder ser a única forma de adquirir o saber. 3.2. O formalismo no ensino da Língua portuguesa deve ser a ser trabalhado – é primordial para o ensino da língua materna trabalhar o seu formalismo, pois é por meio do ensino formal que o aluno conseguirá interpretar de forma correta a linguagem textual no contexto social.
  • 2. Alunos: Marcelo Machado da Silva, Duban, Joice, Rosinete e Patricia Renata.