Aula anatomia celula 03

673 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
673
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula anatomia celula 03

  1. 1. O CORPO HUMANO NÍVEIS DE ORGANIZAÇÃO EDUCAÇÃO PROFISSIONAL - CETESP Profº: JOSÉ DE ARIMATÉA MACIEL TECNÓLOGO EM RADIOLOGIA
  2. 2. CORPO HUMANO O corpo humano é constituído por Aproximadamente 10 trilhões de células. A maioria delas são visíveis a penas no microscópio . As funções vitais de um organismo ocorre dentro das células do nosso corpo, e tem uma função específica.
  3. 3. COMO O CORPO SE ORGANIZA? Várias células* iguais que têm a mesma função se unem e formam um tecido*. Tecidos que funcionam juntos formam um órgão*. Órgãos que trabalham em conjunto formam um sistema*.
  4. 4. CÉLULAS. As células são componentes fundamentais de todos os organismos vivos do planeta Terra. Cada célula dá estrutura e funcionamento ao ser vivo do qual a célula faz parte. Todos os organismos são constituídos de células. célula é a unidade morfológica e fisiológica dos seres vivos. A atividade de um organismo depende do funcionamento das células individual e coletivamente; a célula é a unidade através da qual a matéria e a energia são adquiridas, convertidas, reservadas e utilizadas e na qual a informação genética é armazenada, liberada e expressa.
  5. 5. A membrana plasmática é um envoltório que delimita a célula. Quimicamente, a membrana plasmática é composta de lipídios e proteínas Como resultado, a membrana é uma estrutura flexível, embora resistente, que permite à célula mudanças de forma e tamanho e regula a passagem de substâncias entre o interior da célula e o meio. MEMBRANA PLASMÁTICA
  6. 6. ESTRUTURA ORGANISACIONAL DAS CÉLULAS Todas as células são formadas por uma membrana:  PLASMATICA  CITOPLASMA A membrana plasmática é uma estrutura fina que delimita a célula, Separando o meio intracelular do meio extracelular, enquanto, que o citoplasma é o espaço intracelular o encontra-se preenchido por liquido gelatinoso chamado CITOSOL.
  7. 7. ESTRUTURA BASICA DAS CÉLULAS Além das estruturas básicas as células podem ter diversas estruturas, na sua constituição, que formam dois padrões de células destinadas: CELULAS PROCARIONTES CELULAS EUCARIONTES
  8. 8. CELULA EUCARIONTES As células Eucariontes possuem no interior do citoplasma diversas estruturas. Como por exemplo: O núcleo Celular Mitocôndrias Ribossomos Lisossomos Já as células procariontes só são compostos pelas únicas organelas existentes no citoplasma que são os ribossomos.
  9. 9. Toda célula é originada de outra célula preexistente A continuidade da vida tem base celular, a célula possui os mecanismos de transmissão da informação genética. ESTRUTURA GERAL DAS CÉLULAS EUCARIONTES
  10. 10. CITOPLASMA Denomina-se citoplasma todo o conteúdo celular. O citoplasma é composto de um colóide aquoso no qual estão imersas as organelas celulares, enzimas, , íons, aminoácidos, nucleotídeos, ácidos e estruturas onde ocorre a síntese de proteínas, os ribossomos.
  11. 11. NÚCLEO É em geral uma organela esférica, delimitada por duas unidades de membrana, o envoltório nuclear e é o local de armazenamento da informação genética.
  12. 12. RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO Rede de túbulos e cisternas achatadas mergulhadas no citoplasma. Responsáveis pelo metabolismo de lipídios e a síntese de proteínas para exportação.
  13. 13. RIBOSSOMOS Os ribossomos são o local da síntese proteica nas células. Podem estar livres no citoplasma ou aderidos à face externa das membranas do retículo endoplasmático.
  14. 14. COMPLEXO DE GOLGI O complexo de golgi funciona como um centro de seleção, empacotamento e endereçamento de proteínas.
  15. 15. LISOSSOMAS: Estas organelas são vesículas esféricas repletas de enzimas hidrolíticas que atuam em pH ácido. os lisossomas são responsáveis pela digestão intracelular. LISOSSOMAS
  16. 16. MITOCÔNDRIAS: No interior das mitocôndrias ocorre a fosfolorilação oxidativa (respiração celular), processo pelo qual são formadas moléculas de ATP ( moléculas energéticas) MITOCÔNDRIAS
  17. 17. CENTRÍOLOS: Estruturas de forma cilíndrica compostas de microtúbulos protéicos. Os centríolos sã o centro organizador de microtúbulos na célula interfásica e na célula em divisão. CENTRÍOLOS
  18. 18. PEROXISSOMOS: Certos processos químicos oxidativos, como a degradação de aminoácidos, produzem peróxido de hidrogênio (H2O2) que pode lesar os componentes celulares. Para proteger a célula há os peroxissomos, organelas que possuem a enzima catalase que catalisa a reação de degradação de moléculas de peróxido de hidrogênio em água e oxigênio molecular. PEROXISSOMOS
  19. 19. CITOESQUELETO: Nas células eucariontes há uma rede tridimensional intracitoplasmática de proteínas fibrilares, o citoesqueleto. Esta estrutura conferem forma e rigidez à membrana plasmática e superfície celular. Além de dar forma às células, o citoesqueleto propicia movimento direcionado interno de organelas e possibilita o movimento da célula como um todo. CITOESQUELETO
  20. 20. COMO O CORPO SE ORGANIZA?
  21. 21. CITOLOGIA A citologia é a parte da BIOLOGIA, que estuda as células. A célula é a parte de um organismo, responsável pela a execução de Suas funções. São unidades estruturantes e funcionais dos organismo vivo.
  22. 22. QUE TECIDOS HÁ NO CORPO HUMANO?
  23. 23. TECIDOS DO CORPO HUMANO O tecido do corpo humano são agrupados de células especializadas em desempenhar uma função. Os principais tecidos são: MUSCULAR. EPITELIAL CONJUNTIVO NERVOSO
  24. 24. QUE TECIDOS HÁ NO CORPO HUMANO? Músculos do corpo Coração Órgãos
  25. 25. Que tecidos há no corpo humano? Quatro tecidos principais compõem o corpo humano: 1)Tecido epitelial: revestimento, proteção e secreção de substâncias.
  26. 26. Que tecidos há no corpo humano? Quatro tecidos principais compõem o corpo humano: 2) Tecido conjuntivo: tecidos que tem células com muito material extracelular (ME)*. São quatro:  Conjuntivo ósseo: ME rica em cálcio e por isso, rígida. Forma os ossos.  Conjuntivo cartilaginoso: ME rica em colágeno e, por isso, gelatinosa. Forma as cartilagens.  Conjuntivo adiposo: armazena gordura para reserva energética e proteção contra danos.  Conjuntivo sanguíneo: ME líquida.transporte de nutrientes e gases da respiração*.
  27. 27. O tecido conjuntivo inclui uma família variada de tecidos cuja função básica de preenchimento, estabelecendo continuidade entre os demais tecidos corpóreos, fornecendo forma e sustentação ao corpo. SOMAM-SE AS FUNÇÕES: Somam-se as funções de transporte nutrientes, gases e metabólicos; defesa e proteção do organismo (hemocitopoiese); geração calor (gordura marrom); armazenamento de energia, amortecimento e termorregulação (gordura); e reparo. O conjuntivo pode ser classificado em tecido conjuntivo propriamente dito, que no adulto pode ser frouxo ou denso, e tecido conjuntivo especial, como: cartilaginoso, ósseo, hematopoiético e adiposo. TECIDO CONJUNTIVO
  28. 28. O tecido conjuntivo é constituído de inúmeros tipos de células, como fibroblastos, macrófagos, mastócitos, adipócito e plasmócito, separadas por abundante matriz extracellular (MEC), produzida por elas. A MEC é formada por fibras (colágenas, elásticas e reticulares) e substância fundamental amorfa. Esta se assemelha ao plasma sanguíneo, constituída por uma pequena porcentagem de proteínas plasmáticas de baixo peso molecular, as quais passam através da parede dos capilares para os tecidos adjacentes, como resultado da pressão hidrostática do sangue. CONTINUAÇÃO
  29. 29. TECIDO EPITELIAL: Também conhecido como epitélio, o tecido epitelial é um dos quatro tipos de tecido do corpo humano. É formado por células justapostas (unidas entre si). Características principais O tecido epitelial apresenta as seguintes características: falta de espaço entre as células (células justapostas), falta de vascularização e excelente capacidade de renovação celular. Sua principal função é proteger o corpo contra a entrada de microorganismos (vírus, bacterias, protozoários), substâncias químicas e agressões físicas (cortes, pancadas, arranhões). TECIDO EPITELIAL
  30. 30. O tecido epitelial é encontrado na parte externa do corpo (córnea, epiderme) e na superfície interna dos órgãos ocos como o estômago, ouvido, pulmão, boca, útero, nariz, bexiga, etc. Funções: Além disso, ele é o responsável pela formação de determinadas glândulas (fígado, glândulas salivares, pâncreas, etc). CONTINUAÇÃO
  31. 31. TECIDO NERVOSO O tecido nervoso é um conjunto de células do corpo humano, responsável por executar tarefas específicas em nosso organismo. Esta complexa estrutura é de fundamental importância para o bom funcionamento de nosso corpo, pois desempenha funções fundamentais, principalmente relacionadas a coordenação das atividades corporais. O tecido nervoso é composto por dois tipos de células: neurônios e células da neuroglia.
  32. 32. Também conhecidas como células nervosas, os neurônios são os responsáveis por receber os estímulos externos e internos e transformá-los em impulsos nervosos. Os neurônios também fazem a passagem destes impulsos para outros neurônios, glândulas e fibras musculares. OS NEURÔNIOS SÃO COMPOSTOS POR TRÊS PARTES: - Corpo celular: possui núcleo e outras organelas. - Dendritos: prolongamentos celulares curtos e ramificados. São eles que recebem as informações de outros neurônios ou dos receptores sensoriais. - Axônios: Fazem o transporte dos impulsos nervosos. Geralmente são finos e de formato longo e cilíndrico. OS NEURÔNIOS E SUAS FUNÇÕES
  33. 33. NEURÓGLIA Também conhecida como célula neuroglial, desempenham várias funções importantes em nosso organismo. São estas células que colaboram para a manutenção de um ambiente químico propício para a produção dos impulsos químicos. Elas também desempenham papel fundamental na proteção do sistema nervoso central contra determinadas doenças.
  34. 34. TECIDO MUSCULAR Características gerais: - Responsáveis por todos os nossos movimentos: batimentos cardíacos, pulsar de uma artéria, contração do útero, movimento peristáltico, etc. - Formado por células altamente contráteis, alongadas, ricas em mitocôndrias - suas células se contraem devido ao encurtamento das miofibrilas contrateis de actina e miosina. - três tipos:  Estriado Esquelético  Estriado Cardíaco  Não-estriado (liso ou visceral)
  35. 35. TECIDO MUSCULAR ESTRIADO ESQUELÉTICO TECIDO MUSCULAR ESTRIADO ESQUELÉTICO: - Forma os músculos esqueléticos do corpo humano, compõem o sistema muscular, prendem-se aos ossos do sistema esquelético e juntamente com ele compõem o aparelho locomotor. - Apresentam contração voluntária - Cada célula é chamada de fibra muscular e também miócito - As células são multinucleadas. - Cada fibra é revestida por um envoltório, o endomísio que penetra nos tendões. - O endomósio + membrana plasmática = sarcolema - O citoplasma da célula muscular é o sarcoplasma, ele armazena grande quantidade de mitocôndrias e granulos de glicogênio - O retículo endoplasmático não-granuloso é chamado de retículo sarcoplasmático e armazena íons cálcio. - Envolvendo um conjunto de miócitos existe o perimísio envolvendo todo o músculo existe o epimísio.
  36. 36. TECIDO MUSCULAR ESTRIADO CARDÍACO: - Constitui o coração -Miocárdio - Apresentam contração involuntária - Apresentam apenas endomísio. - Possuem junções tipo gap, um estímulo forte se espalha levando todo o órgão a se contrair. - A frequência cardíaca (número de batimentos por minuto) é controlada por um grupo de células modificadas chamada de marca passo cardíaco ou nó-sinoatrial que a cada 1s emite um impulso elétrico. TECIDO MUSCULAR ESTRIADO
  37. 37. QUE TECIDOS HÁ NO CORPO HUMANO? Quatro tecidos principais compõem o corpo humano: 3) Tecido muscular: células que formam fibras. Pode ser:  Não-estriado: contração involuntária.  Estriado esquelético: contração voluntária.  Estriado cardíaco: contração involuntária.
  38. 38. TECIDO MUSCULAR ESTRIADO LISO: - Liso ou visceral - Contração involuntária e mais lenta que a fibra esquelética, permanecem contraídas por um período maior - A actina e a miosina se dispõem irregularmente formando uma trama dimensional, não apresentam um arranjo regular como das miofibrilas do estriado esquelético. - Presente em órgãos viscerais: estomago, intestino, úteros, ductos de glândulas, etc. - Células uninucladas com as extremidades alongadas (fusiformes). - Sem estrias - Contato por junções gap e zonas de adesão TECIDO MUSCULAR ESTRIADO LISO
  39. 39. REVISANDO... COMO O CORPO SE FORMA? Um óvulo + um espermatozóide = um embrião.
  40. 40. REVISANDO... COMO O EMBRIÃO CRESCE? A partir da divisão celular*. Quando ela ocorre na formação dos gametas, é chamada de meiose* pois as células finais são todas diferentes da inicial, têm apenas metade do DNA e são diferentes entre si.
  41. 41. REVISANDO... COMO O EMBRIÃO CRESCE? A partir da divisão celular*. Quando ela ocorre em qualquer outra célula do corpo, é chamada de mitose* pois as células finais são iguais à inicial e todas têm DNAs iguais.
  42. 42. glossário  Células: menor unidade do ser vivo.  Tecido: conjunto de células iguais que funcionam juntas.  Órgão: dois ou mais tecidos diferentes que funcionam juntos.  Divisão celular: processo pelo qual toda célula passa, onde uma se torna duas.  Meiose: processo de divisão celular que ocorre em células reprodutivas, que forma quatro células diferentes.  Mitose: divisão celular que gera duas células filhas idênticas à inicial.
  43. 43. GLOSSÁRIO  Material extracelular: substância que fica ao redor das células, que oferece suporte e nutrição.  Gases da respiração: oxigênio e gás carbônico.  Impulsos nervosos: informações que os neurônios passam para todas as partes do corpo.  Nervos: alongamentos de neurônios que se ramificam por todo o corpo.
  44. 44. Obrigado!!

×