Investimentos no 
esporte brasileiro 
visando os jogos 
olímpicos de 2016.
Introdução: 
 Após as Olimpíadas e as Paraolimpíadas de Sydney, em 
2000, o esporte brasileiro entrou em uma nova fase de...
Colaborações do governo: 
 Esses programas ampliaram as condições estruturais e técnicas para 
nossos atletas representar...
Tabela de orçamento Rio-2016:
Lei de incentivo ao esporte. 
Objetivo 
Projetos desportivos e paradesportivos 
Regulador 
Ministério do Esporte 
Quem Inc...
Lei de incentivo ao esporte 
Mais de R$ 850 milhões investidos no 
esporte brasileiro em todos os níveis
Bolsa Atleta 
O que é o Bolsa-Atleta 
 O Bolsa Atleta é um programa da Secretaria de Esporte do Distrito 
Federal criado...
Lançado Plano Brasil Medalhas 2016 
O Plano Brasil Medalhas 2016 investirá R$ 1 bilhão a mais em ações para que 
o país fi...
Apoio de estatais: 
 Banco do Brasil: vela, vôlei de praia, vôlei e pentatlo moderno; 
Banco do Brasil e Correios: handeb...
Rio 2016: legado dos Jogos terá 
investimento de R$ 24,1 bilhões. 
Somando todos os 
gastos, as Olimpíadas 
custarão R$ 36...
Grupo: 
Ayrton Sales 
Jovair Filho
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos

714 visualizações

Publicada em

Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
714
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos

  1. 1. Investimentos no esporte brasileiro visando os jogos olímpicos de 2016.
  2. 2. Introdução:  Após as Olimpíadas e as Paraolimpíadas de Sydney, em 2000, o esporte brasileiro entrou em uma nova fase de desenvolvimento. A partir de julho de 2001, quando foi sancionada a Lei Nº 10.264, conhecida como Lei Agnelo/Piva, os investimentos federais no esporte olímpico e paraolímpico do país foram sendo incrementados ano a ano, contando também com o surgimento de novos programas que mudaram radicalmente a estrutura esportiva nacional.
  3. 3. Colaborações do governo:  Esses programas ampliaram as condições estruturais e técnicas para nossos atletas representarem bem o Brasil nas mais importantes competições do cenário internacional.  A partir dali, com mais autonomia, o Ministério do Esporte tem desenvolvido diversos programas voltados à evolução do esporte olímpico e paraolímpico brasileiros. À Lei Agnelo/Piva somaram-se o programa Bolsa-Atleta, criado em 2004; a Lei de Incentivo ao Esporte, de 2006; e, mais recentemente, o Plano Brasil Medalhas, lançado em 13 de setembro de 2012 pela presidenta Dilma Rousseff e pelo ministro do Esporte, Aldo Rebelo.  Transformar um país numa potência olímpica não é algo feito da noite para o dia. A tarefa exige, além de investimentos, um longo ciclo de preparo de atletas. Esse ciclo entrou em um novo estágio em 2 de outubro de 2009. Durante a 121ª Sessão do Comitê Olímpico Internacional (COI), realizada em Copenhague, na Dinamarca, o Rio de Janeiro conquistou o direito de sediar os Jogos Olímpicos e os Jogos Paraolímpicos de 2016. O Ministério do Esporte passou a atuar com ainda mais foco no esporte de alto rendimento, visando aos Jogos de 2016, e a trabalhar para o fortalecimento das categorias de base e para a melhoria da infraestrutura esportiva. O objetivo é deixar um legado não apenas para 2016, mas para as demais edições olímpicas e paraolímpicas.
  4. 4. Tabela de orçamento Rio-2016:
  5. 5. Lei de incentivo ao esporte. Objetivo Projetos desportivos e paradesportivos Regulador Ministério do Esporte Quem Incentiva Pessoa Jurídica e Pessoa Física Como funciona? Abatimento de 100% do valor incentivado até o limite de 1% do Imposto de Renda devido pela Pessoa Jurídica* e 6% pela Pessoa Física.
  6. 6. Lei de incentivo ao esporte Mais de R$ 850 milhões investidos no esporte brasileiro em todos os níveis
  7. 7. Bolsa Atleta O que é o Bolsa-Atleta  O Bolsa Atleta é um programa da Secretaria de Esporte do Distrito Federal criado pela Lei nº 2.402 de 15 de janeiro de 1999 que visa garantir recursos para a manutenção pessoal aos atletas em plena atividade esportiva e que não possuem patrocínio. Ao mesmo tempo, o programa busca dar condições necessárias para que os atletas possam dedicar-se ao treinamento esportivo e participar de competições que permitam o desenvolvimento de suas carreiras.
  8. 8. Lançado Plano Brasil Medalhas 2016 O Plano Brasil Medalhas 2016 investirá R$ 1 bilhão a mais em ações para que o país fique entre os melhores colocados nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro.
  9. 9. Apoio de estatais:  Banco do Brasil: vela, vôlei de praia, vôlei e pentatlo moderno; Banco do Brasil e Correios: handebol; Banco do Nordeste (BNB): triatlo; BNDES: canoagem e hipismo; Caixa: atletismo, ciclismo BMX, futebol feminino, ginástica, lutas, modalidades paraolímpicas e tiro esportivo; Correios: natação, águas abertas (maratona aquática) e tênis; Eletrobrás: basquetebol; Infraero e Petrobras: judô; Petrobras: boxe e taekwondo.
  10. 10. Rio 2016: legado dos Jogos terá investimento de R$ 24,1 bilhões. Somando todos os gastos, as Olimpíadas custarão R$ 36,7 bilhões, segundo último cálculo apresentando pelos três níveis de governo.
  11. 11. Grupo: Ayrton Sales Jovair Filho

×