SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Monitoria

NOSSO PROJETO
Alguns combinados

Lidar com a pessoas não
é tarefa fácil, por isso
vamos fazer combinados
para que o nosso projeto
ajude a todos.
Tudo o que combinamos
serve para não termos
problemas futuros, então
não vamos esquecer!
Caracterização

Os       alunos      monitores
precisam ser identificados
entre os demais alunos das
salas, tanto pela Pape quanto
pelos professores e alunos.
Para isso não podemos
esquecer de vestir a camiseta
da monitoria sempre ao
chegar e de tirá-la ao final do
período, pois os próximos
monitores usarão.
Tratar com alunos e professores.

Tudo o que o aluno monitor
precisar ele deve sempre
solicitar a Pape. Deve evitar
criar intrigas entre professores e
alunos fazendo fofocas.
Se algo acontecer durante a
aula, por exemplo, um aluno da
turma brigou, xingou ou
respondeu o aluno monitor, o
mesmo deve falar com a Pape e
não com a professora.
Educação

Não podemos esquecer que o aluno
monitor não é professor da turma,
ele é um auxiliar da Pape. Por isso
não pode dar bronca nos alunos,
gritar ou falar alto com os mesmos.
Sempre que precisar tratar direto
com os alunos não podem esquecer
das palavrinhas mágicas:
             Por Favor
            Com licença
           Obrigada (o)
Exemplo
  Não podemos esquecer que os
  alunos monitores são os exemplos
  entre os demais alunos, portanto
  algumas atitudes devem ser
  evitadas, como:
 Conversar durante a explicação
  da professora ou da Pape;
 Entrar em sites e jogos não
  educacionais;
 Ficar brincando ou brigando
  durante a aula.
Ajudinha

    A responsabilidade do aluno monitor
    é ajudar os demais alunos e
    professores nos problemas ou
    dificuldade com o computador:
   Como salvar
   Abrir documentos
   Inserir Imagem
   Usar um Software, entre outros
    Não devem dar respostas, fazer pelo
    aluno, mudar de atividades sem
    perguntar a Pape. O ideal é sempre
    mostrar aos alunos como fazer.
Uso do computador

  Os alunos monitores podem usar os
  computadores para pesquisar na Internet ou
  jogar quando:
 Não tiver nenhuma turma usando;
 Quando      os alunos das salas não
  precisarem de ajuda;
 Quando a Pape solicitar;
  Lembrem-se que todas as vezes que as turmas
  entram os alunos monitores devem se levantar e
  esperar que todos sentem para ocupar os
  computadores vazios.
Projeto
Depois que houver a formação dos monitores o
horário destinado para este fim receberá a
comunidade em pequenos cursos. Os alunos
monitores irão trabalhar em parceria com a Pape
para auxiliar as pessoas da comunidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ApresentaçãO Final Regina
ApresentaçãO Final   ReginaApresentaçãO Final   Regina
ApresentaçãO Final Reginaliarosamoura
 
Resumo aula dia 26
Resumo aula dia 26Resumo aula dia 26
Resumo aula dia 26DaianeWagner
 
A EvoluçãO Do Professor
A EvoluçãO Do ProfessorA EvoluçãO Do Professor
A EvoluçãO Do Professorguestf7e95d
 
Aula magna universidade da tribo
Aula magna universidade da triboAula magna universidade da tribo
Aula magna universidade da triboPábulo Carpejane
 
Formação multimédia
Formação multimédiaFormação multimédia
Formação multimédiaaxel384256
 
Informática na educação
Informática na educaçãoInformática na educação
Informática na educação33852799
 
Regras como elaborar_um_power_point
Regras como elaborar_um_power_pointRegras como elaborar_um_power_point
Regras como elaborar_um_power_pointMarco Tadeu
 
Celular na escola da educação básica: sim ou não?
Celular na escola da educação básica: sim ou não?Celular na escola da educação básica: sim ou não?
Celular na escola da educação básica: sim ou não?Mari Monteiro
 
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantes
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantesEbook logica-de-programacao-para-iniciantes
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantesMarcio Lima
 

Mais procurados (17)

ApresentaçãO Final Regina
ApresentaçãO Final   ReginaApresentaçãO Final   Regina
ApresentaçãO Final Regina
 
Resumo aula dia 26
Resumo aula dia 26Resumo aula dia 26
Resumo aula dia 26
 
Como estudar
Como estudarComo estudar
Como estudar
 
A EvoluçãO Do Professor
A EvoluçãO Do ProfessorA EvoluçãO Do Professor
A EvoluçãO Do Professor
 
Reflexao final
Reflexao finalReflexao final
Reflexao final
 
Modelo de slides para as aulas dicas mkt
Modelo de slides para as aulas dicas mktModelo de slides para as aulas dicas mkt
Modelo de slides para as aulas dicas mkt
 
Aula magna universidade da tribo
Aula magna universidade da triboAula magna universidade da tribo
Aula magna universidade da tribo
 
Formação multimédia
Formação multimédiaFormação multimédia
Formação multimédia
 
Computadores nas escolas? Por que não!
Computadores nas escolas? Por que não!Computadores nas escolas? Por que não!
Computadores nas escolas? Por que não!
 
Sera que vou ter tempo
Sera que vou ter tempoSera que vou ter tempo
Sera que vou ter tempo
 
Informática na educação
Informática na educaçãoInformática na educação
Informática na educação
 
Apresentacao
ApresentacaoApresentacao
Apresentacao
 
Tecnófilo
TecnófiloTecnófilo
Tecnófilo
 
Regras como elaborar_um_power_point
Regras como elaborar_um_power_pointRegras como elaborar_um_power_point
Regras como elaborar_um_power_point
 
Celular na escola da educação básica: sim ou não?
Celular na escola da educação básica: sim ou não?Celular na escola da educação básica: sim ou não?
Celular na escola da educação básica: sim ou não?
 
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantes
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantesEbook logica-de-programacao-para-iniciantes
Ebook logica-de-programacao-para-iniciantes
 
Apresentação Projeto
Apresentação ProjetoApresentação Projeto
Apresentação Projeto
 

Semelhante a Monitoria combinados

Informática educativa
Informática educativaInformática educativa
Informática educativaRafael Lima
 
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptxCurso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptxmagdasilva693470
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraAndré Boaratti
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraAndré Boaratti
 
Aula tde 26 03-2015
Aula tde 26 03-2015Aula tde 26 03-2015
Aula tde 26 03-2015Aline Borin
 
7 dicas para dar aulas melhores
7 dicas para dar aulas melhores7 dicas para dar aulas melhores
7 dicas para dar aulas melhoresmarcello magela
 
Relatór reflexcrític.nomeformando
Relatór reflexcrític.nomeformando Relatór reflexcrític.nomeformando
Relatór reflexcrític.nomeformando Fatima Inacio Marques
 
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasDicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasAndré Boaratti
 
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasDicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasAndré Boaratti
 
O uso das novas tecnologias em sala de aula
O uso das novas tecnologias em sala de aulaO uso das novas tecnologias em sala de aula
O uso das novas tecnologias em sala de aulacederj
 
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicasDinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicasVinicius O Resiliente
 
Aula TDE dia 26 de Março
Aula TDE dia 26 de MarçoAula TDE dia 26 de Março
Aula TDE dia 26 de Marçonairafabieli
 

Semelhante a Monitoria combinados (20)

Atividade 3.2
Atividade 3.2Atividade 3.2
Atividade 3.2
 
10dicas
10dicas10dicas
10dicas
 
Mon pres online
Mon pres onlineMon pres online
Mon pres online
 
Informática educativa
Informática educativaInformática educativa
Informática educativa
 
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptxCurso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
Curso de ABA%20%E2%80%93%20aula%207 3.pptx
 
A EvoluçãO Do Professor
A EvoluçãO Do ProfessorA EvoluçãO Do Professor
A EvoluçãO Do Professor
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
 
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreiraDicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
Dicas para uma boa aula aos docentes em início de carreira
 
Aula tde 26 03-2015
Aula tde 26 03-2015Aula tde 26 03-2015
Aula tde 26 03-2015
 
Boas praticas moodle
Boas praticas moodleBoas praticas moodle
Boas praticas moodle
 
Boas Praticas Moodle
Boas Praticas MoodleBoas Praticas Moodle
Boas Praticas Moodle
 
7 dicas para dar aulas melhores
7 dicas para dar aulas melhores7 dicas para dar aulas melhores
7 dicas para dar aulas melhores
 
Relatór reflexcrític.nomeformando
Relatór reflexcrític.nomeformando Relatór reflexcrític.nomeformando
Relatór reflexcrític.nomeformando
 
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasDicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
 
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativasDicas para tornar suas aulas mais atrativas
Dicas para tornar suas aulas mais atrativas
 
O uso das novas tecnologias em sala de aula
O uso das novas tecnologias em sala de aulaO uso das novas tecnologias em sala de aula
O uso das novas tecnologias em sala de aula
 
Paulasapalo
PaulasapaloPaulasapalo
Paulasapalo
 
O aluno
O alunoO aluno
O aluno
 
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicasDinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
Dinamicas para oi nicio das aulas atividades ludicas
 
Aula TDE dia 26 de Março
Aula TDE dia 26 de MarçoAula TDE dia 26 de Março
Aula TDE dia 26 de Março
 

Mais de labneusa

Branca de neve
Branca de neveBranca de neve
Branca de nevelabneusa
 
Livro pronto
Livro prontoLivro pronto
Livro prontolabneusa
 
Encontre a imagem certa
Encontre a imagem certaEncontre a imagem certa
Encontre a imagem certalabneusa
 
áLbum de figurinhas
áLbum de figurinhasáLbum de figurinhas
áLbum de figurinhaslabneusa
 
Bela adormecida
Bela adormecidaBela adormecida
Bela adormecidalabneusa
 
A pequena sereia
A pequena sereiaA pequena sereia
A pequena sereialabneusa
 
A princesa ervilha
A princesa ervilhaA princesa ervilha
A princesa ervilhalabneusa
 
João e o pé de feijão
João e o pé de feijãoJoão e o pé de feijão
João e o pé de feijãolabneusa
 
Tutorial movie maker
Tutorial movie makerTutorial movie maker
Tutorial movie makerlabneusa
 
Intervenções
IntervençõesIntervenções
Intervençõeslabneusa
 
Livro de paródias
Livro de paródiasLivro de paródias
Livro de paródiaslabneusa
 
Apresentação rea
Apresentação reaApresentação rea
Apresentação realabneusa
 
Reaproveitamento
ReaproveitamentoReaproveitamento
Reaproveitamentolabneusa
 
Finalizado
FinalizadoFinalizado
Finalizadolabneusa
 
Livro pronto
Livro prontoLivro pronto
Livro prontolabneusa
 
Os planetas
Os planetasOs planetas
Os planetaslabneusa
 

Mais de labneusa (20)

Branca de neve
Branca de neveBranca de neve
Branca de neve
 
Livro 2 b
Livro 2 bLivro 2 b
Livro 2 b
 
Livro pronto
Livro prontoLivro pronto
Livro pronto
 
Encontre a imagem certa
Encontre a imagem certaEncontre a imagem certa
Encontre a imagem certa
 
áLbum de figurinhas
áLbum de figurinhasáLbum de figurinhas
áLbum de figurinhas
 
Rapunzel
RapunzelRapunzel
Rapunzel
 
Bela adormecida
Bela adormecidaBela adormecida
Bela adormecida
 
Cinderela
CinderelaCinderela
Cinderela
 
A pequena sereia
A pequena sereiaA pequena sereia
A pequena sereia
 
A princesa ervilha
A princesa ervilhaA princesa ervilha
A princesa ervilha
 
João e o pé de feijão
João e o pé de feijãoJoão e o pé de feijão
João e o pé de feijão
 
Tutorial movie maker
Tutorial movie makerTutorial movie maker
Tutorial movie maker
 
Intervenções
IntervençõesIntervenções
Intervenções
 
Livro de paródias
Livro de paródiasLivro de paródias
Livro de paródias
 
Apresentação rea
Apresentação reaApresentação rea
Apresentação rea
 
Reaproveitamento
ReaproveitamentoReaproveitamento
Reaproveitamento
 
Capa
CapaCapa
Capa
 
Finalizado
FinalizadoFinalizado
Finalizado
 
Livro pronto
Livro prontoLivro pronto
Livro pronto
 
Os planetas
Os planetasOs planetas
Os planetas
 

Último

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaanapsuls
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, Resistindo à Tentação no Caminho, 2Tr24.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 

Monitoria combinados

  • 2. Alguns combinados Lidar com a pessoas não é tarefa fácil, por isso vamos fazer combinados para que o nosso projeto ajude a todos. Tudo o que combinamos serve para não termos problemas futuros, então não vamos esquecer!
  • 3. Caracterização Os alunos monitores precisam ser identificados entre os demais alunos das salas, tanto pela Pape quanto pelos professores e alunos. Para isso não podemos esquecer de vestir a camiseta da monitoria sempre ao chegar e de tirá-la ao final do período, pois os próximos monitores usarão.
  • 4. Tratar com alunos e professores. Tudo o que o aluno monitor precisar ele deve sempre solicitar a Pape. Deve evitar criar intrigas entre professores e alunos fazendo fofocas. Se algo acontecer durante a aula, por exemplo, um aluno da turma brigou, xingou ou respondeu o aluno monitor, o mesmo deve falar com a Pape e não com a professora.
  • 5. Educação Não podemos esquecer que o aluno monitor não é professor da turma, ele é um auxiliar da Pape. Por isso não pode dar bronca nos alunos, gritar ou falar alto com os mesmos. Sempre que precisar tratar direto com os alunos não podem esquecer das palavrinhas mágicas: Por Favor Com licença Obrigada (o)
  • 6. Exemplo Não podemos esquecer que os alunos monitores são os exemplos entre os demais alunos, portanto algumas atitudes devem ser evitadas, como:  Conversar durante a explicação da professora ou da Pape;  Entrar em sites e jogos não educacionais;  Ficar brincando ou brigando durante a aula.
  • 7. Ajudinha A responsabilidade do aluno monitor é ajudar os demais alunos e professores nos problemas ou dificuldade com o computador:  Como salvar  Abrir documentos  Inserir Imagem  Usar um Software, entre outros Não devem dar respostas, fazer pelo aluno, mudar de atividades sem perguntar a Pape. O ideal é sempre mostrar aos alunos como fazer.
  • 8. Uso do computador Os alunos monitores podem usar os computadores para pesquisar na Internet ou jogar quando:  Não tiver nenhuma turma usando;  Quando os alunos das salas não precisarem de ajuda;  Quando a Pape solicitar; Lembrem-se que todas as vezes que as turmas entram os alunos monitores devem se levantar e esperar que todos sentem para ocupar os computadores vazios.
  • 9. Projeto Depois que houver a formação dos monitores o horário destinado para este fim receberá a comunidade em pequenos cursos. Os alunos monitores irão trabalhar em parceria com a Pape para auxiliar as pessoas da comunidade.