SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE – ICSDEPARTAMENTO DE BIOINTERAÇÃODISCIPLINA: IMUNOLOGIA I – ICS 045 CITOMETRIA DE FLUXO Trabalho realizado pela Doutoranda de Imunologia da UFBA Danielle Dantas Lima sob orientação dos Professores Robert Schaer, Roberto Meyer, Cláudia Brodskin e Ricardo Portela. Atualizado em Fevereiro de 2010.
CARACTERÍSTICAS BÁSICAS
CARACTERÍSTICAS BÁSICAS ,[object Object]
É umatécnicautilizadaparacontar, examinar e classificarpartículasmicroscópicassuspensasemmeiolíquidoemfluxo. Permite a análise de váriosparâmetrossimultaneamente, sendoconhecidatambémporcitometria de fluxomultiparamétrica. Através de um aparelho de detecçãoóptico-eletrônicosãopossíveisanálises de característicasfísicas e/ouquímicas de uma simples célula. O citômetro de fluxo é um aparelhoutilizadoparaavaliaçãodaemissão de fluorescência das células (FACS – Fluorescence Activated CellSorter). ,[object Object],[object Object]
Grande número de células analisadas com rapidez;
 Disponibilidade de amplo perfil de anticorpos específicos;
 Análise de antígenos de superfície, intracitoplasmáticos e intranucleares;,[object Object]
Fenotipagem dos leucócitos
Fenotipagem de células tumorais- Diagnóstico e classificação das leucemias e dos 	linfomas ,[object Object]
Análise da função dos neutrófilos
Contagem de reticulócitos,[object Object]
Quantificação de subpopulações linfocitárias
Quantificação das células CD34+ como indicação da capacidade de reconstituição hematopoiética após o transplante de células-tronco
Avaliação de eritrócitos
Avaliação de plaquetas,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Anemia hemolitica
Anemia hemoliticaAnemia hemolitica
Anemia hemoliticadapab
 
Hemorragias e suas causas
Hemorragias e suas causasHemorragias e suas causas
Hemorragias e suas causasdapab
 
Bioquímica ii 08 eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
Bioquímica ii 08   eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)Bioquímica ii 08   eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
Bioquímica ii 08 eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)Jucie Vasconcelos
 
Diagnóstico Laboratorial - Anemias
Diagnóstico Laboratorial - AnemiasDiagnóstico Laboratorial - Anemias
Diagnóstico Laboratorial - AnemiasSEMUSA
 
Hemograma em idosos (pacientes geriátricos)
Hemograma em idosos (pacientes geriátricos)Hemograma em idosos (pacientes geriátricos)
Hemograma em idosos (pacientes geriátricos)João Marcos
 
Princípios do diagnóstico laboratorial das micoses
Princípios do diagnóstico laboratorial das micosesPrincípios do diagnóstico laboratorial das micoses
Princípios do diagnóstico laboratorial das micosesUniversidade de Brasília
 
Apresentação citometria
Apresentação citometriaApresentação citometria
Apresentação citometriaIvo Kerppers
 
Roteiro de aula prática de Biologia Celular
Roteiro de aula prática de Biologia CelularRoteiro de aula prática de Biologia Celular
Roteiro de aula prática de Biologia CelularNathália Vasconcelos
 
Testes In Vitro com Células
Testes In Vitro com CélulasTestes In Vitro com Células
Testes In Vitro com CélulasInstitut Kurz
 
Exames complementares: hemograma completo
Exames complementares: hemograma completoExames complementares: hemograma completo
Exames complementares: hemograma completoDanillo Paulo da Silva
 
Aula Tipos de morte celular
Aula Tipos de morte celularAula Tipos de morte celular
Aula Tipos de morte celulardrthiagobarboza
 
Exames laboratoriais - cardiologia
Exames laboratoriais -  cardiologiaExames laboratoriais -  cardiologia
Exames laboratoriais - cardiologiaresenfe2013
 

Mais procurados (20)

Anemia hemolitica
Anemia hemoliticaAnemia hemolitica
Anemia hemolitica
 
Atlas do exame de urina de rotina
Atlas do exame de urina de rotinaAtlas do exame de urina de rotina
Atlas do exame de urina de rotina
 
Aula Tecido Ósseo
Aula Tecido ÓsseoAula Tecido Ósseo
Aula Tecido Ósseo
 
Hemorragias e suas causas
Hemorragias e suas causasHemorragias e suas causas
Hemorragias e suas causas
 
Citotoxicidade
CitotoxicidadeCitotoxicidade
Citotoxicidade
 
Bioquímica ii 08 eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
Bioquímica ii 08   eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)Bioquímica ii 08   eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
Bioquímica ii 08 eletroforese e proteínas plasmáticas (arlindo netto)
 
Diagnóstico Laboratorial - Anemias
Diagnóstico Laboratorial - AnemiasDiagnóstico Laboratorial - Anemias
Diagnóstico Laboratorial - Anemias
 
Hemograma em idosos (pacientes geriátricos)
Hemograma em idosos (pacientes geriátricos)Hemograma em idosos (pacientes geriátricos)
Hemograma em idosos (pacientes geriátricos)
 
Princípios do diagnóstico laboratorial das micoses
Princípios do diagnóstico laboratorial das micosesPrincípios do diagnóstico laboratorial das micoses
Princípios do diagnóstico laboratorial das micoses
 
Apresentação citometria
Apresentação citometriaApresentação citometria
Apresentação citometria
 
Citologia de líquidos biológicos
Citologia de líquidos biológicosCitologia de líquidos biológicos
Citologia de líquidos biológicos
 
Coagulograma
CoagulogramaCoagulograma
Coagulograma
 
Roteiro de aula prática de Biologia Celular
Roteiro de aula prática de Biologia CelularRoteiro de aula prática de Biologia Celular
Roteiro de aula prática de Biologia Celular
 
Testes In Vitro com Células
Testes In Vitro com CélulasTestes In Vitro com Células
Testes In Vitro com Células
 
Exames complementares: hemograma completo
Exames complementares: hemograma completoExames complementares: hemograma completo
Exames complementares: hemograma completo
 
Aula Tipos de morte celular
Aula Tipos de morte celularAula Tipos de morte celular
Aula Tipos de morte celular
 
01.hemograma med
01.hemograma med01.hemograma med
01.hemograma med
 
Exames laboratoriais - cardiologia
Exames laboratoriais -  cardiologiaExames laboratoriais -  cardiologia
Exames laboratoriais - cardiologia
 
Avaliação Hepática
Avaliação HepáticaAvaliação Hepática
Avaliação Hepática
 
Aula10 respiração celular
Aula10 respiração celularAula10 respiração celular
Aula10 respiração celular
 

Destaque

ICSA29 - Métodos de avaliação da resposta imune celular
ICSA29 - Métodos de avaliação da resposta imune celularICSA29 - Métodos de avaliação da resposta imune celular
ICSA29 - Métodos de avaliação da resposta imune celularRicardo Portela
 
I M U N O F L U O R E S C E N C I A
I M U N O F L U O R E S C E N C I AI M U N O F L U O R E S C E N C I A
I M U N O F L U O R E S C E N C I ALABIMUNO UFBA
 
Ap11 - Western Blotting
Ap11 -  Western BlottingAp11 -  Western Blotting
Ap11 - Western BlottingLABIMUNO UFBA
 
Imunofluorescencia
ImunofluorescenciaImunofluorescencia
ImunofluorescenciaYuli Maia
 
Ap6 - Reação de Precipitação
Ap6 - Reação de PrecipitaçãoAp6 - Reação de Precipitação
Ap6 - Reação de PrecipitaçãoLABIMUNO UFBA
 
Aspectos da resposta imune a tumores
Aspectos da resposta imune a tumoresAspectos da resposta imune a tumores
Aspectos da resposta imune a tumoresLABIMUNO UFBA
 
Hipersensibilidade tipo I
Hipersensibilidade tipo IHipersensibilidade tipo I
Hipersensibilidade tipo ILABIMUNO UFBA
 
FixaÇo de-complemento
FixaÇo de-complementoFixaÇo de-complemento
FixaÇo de-complementoLABIMUNO UFBA
 
Resposta imune infecções
Resposta imune infecçõesResposta imune infecções
Resposta imune infecçõesLABIMUNO UFBA
 

Destaque (20)

ICSA29 - Métodos de avaliação da resposta imune celular
ICSA29 - Métodos de avaliação da resposta imune celularICSA29 - Métodos de avaliação da resposta imune celular
ICSA29 - Métodos de avaliação da resposta imune celular
 
Resposta inata
Resposta inataResposta inata
Resposta inata
 
Radioimunoensaio
RadioimunoensaioRadioimunoensaio
Radioimunoensaio
 
I M U N O F L U O R E S C E N C I A
I M U N O F L U O R E S C E N C I AI M U N O F L U O R E S C E N C I A
I M U N O F L U O R E S C E N C I A
 
Ap11 - Western Blotting
Ap11 -  Western BlottingAp11 -  Western Blotting
Ap11 - Western Blotting
 
Órgãos linfóides
Órgãos linfóidesÓrgãos linfóides
Órgãos linfóides
 
Imunofluorescencia
ImunofluorescenciaImunofluorescencia
Imunofluorescencia
 
Imunohistoquimica
ImunohistoquimicaImunohistoquimica
Imunohistoquimica
 
Elisa
ElisaElisa
Elisa
 
tecnica Western blot
tecnica Western blottecnica Western blot
tecnica Western blot
 
Ap6 - Reação de Precipitação
Ap6 - Reação de PrecipitaçãoAp6 - Reação de Precipitação
Ap6 - Reação de Precipitação
 
Ri virus helmintos
Ri virus helmintosRi virus helmintos
Ri virus helmintos
 
Aspectos da resposta imune a tumores
Aspectos da resposta imune a tumoresAspectos da resposta imune a tumores
Aspectos da resposta imune a tumores
 
Hipersensibilidade tipo I
Hipersensibilidade tipo IHipersensibilidade tipo I
Hipersensibilidade tipo I
 
Precipitacao
PrecipitacaoPrecipitacao
Precipitacao
 
FixaÇo de-complemento
FixaÇo de-complementoFixaÇo de-complemento
FixaÇo de-complemento
 
Resposta imune infecções
Resposta imune infecçõesResposta imune infecções
Resposta imune infecções
 
Vacinas
VacinasVacinas
Vacinas
 
Imunodiagnóstico
ImunodiagnósticoImunodiagnóstico
Imunodiagnóstico
 
Precipitacao
PrecipitacaoPrecipitacao
Precipitacao
 

Semelhante a Citometria de fluxo UFBA

Microscopia
MicroscopiaMicroscopia
MicroscopiaURCA
 
Nefelometria e citometria de fluxo.pptx
Nefelometria e citometria de fluxo.pptxNefelometria e citometria de fluxo.pptx
Nefelometria e citometria de fluxo.pptxDreisson Aguilera
 
preparacao_enferm_elisa
preparacao_enferm_elisapreparacao_enferm_elisa
preparacao_enferm_elisaIgorCruz53
 
preparacao_enferm_elisa.ppt
preparacao_enferm_elisa.pptpreparacao_enferm_elisa.ppt
preparacao_enferm_elisa.pptProfYasminBlanco
 
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfLista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfGabriela Almas
 
Medicina nuclear e Radiologia Digital
Medicina nuclear e Radiologia DigitalMedicina nuclear e Radiologia Digital
Medicina nuclear e Radiologia DigitalNoara Thomaz
 
Biologia celular métodos de estudo em biologia celular parte 1
Biologia celular   métodos de estudo em biologia celular parte 1Biologia celular   métodos de estudo em biologia celular parte 1
Biologia celular métodos de estudo em biologia celular parte 1Francisco Evaldo
 
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdf
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdfAula 2 - Métodos de estudo das células.pdf
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdfIngrid789856
 
Medicina Nuclear
Medicina NuclearMedicina Nuclear
Medicina Nuclearlilitha
 
LINDEN - INTERDISCIPLINARY LABORATORY FOR NANOSTRUCTURED DEVELOPMENT
LINDEN - INTERDISCIPLINARY LABORATORY FOR NANOSTRUCTURED DEVELOPMENT LINDEN - INTERDISCIPLINARY LABORATORY FOR NANOSTRUCTURED DEVELOPMENT
LINDEN - INTERDISCIPLINARY LABORATORY FOR NANOSTRUCTURED DEVELOPMENT Cesar Franco
 
Minicurso Técnicas de Sequenciamento e suas Aplicações
Minicurso Técnicas de Sequenciamento e suas AplicaçõesMinicurso Técnicas de Sequenciamento e suas Aplicações
Minicurso Técnicas de Sequenciamento e suas AplicaçõesAna Paula Mendes Silva
 

Semelhante a Citometria de fluxo UFBA (20)

Ap9 - Facs
Ap9 - FacsAp9 - Facs
Ap9 - Facs
 
Citometria de fluxo
Citometria de fluxoCitometria de fluxo
Citometria de fluxo
 
Microscopia
MicroscopiaMicroscopia
Microscopia
 
4 a descoberta da célula
4 a descoberta da célula4 a descoberta da célula
4 a descoberta da célula
 
Nefelometria e citometria de fluxo.pptx
Nefelometria e citometria de fluxo.pptxNefelometria e citometria de fluxo.pptx
Nefelometria e citometria de fluxo.pptx
 
Microscopia
MicroscopiaMicroscopia
Microscopia
 
preparacao_enferm_elisa
preparacao_enferm_elisapreparacao_enferm_elisa
preparacao_enferm_elisa
 
preparacao_enferm_elisa.ppt
preparacao_enferm_elisa.pptpreparacao_enferm_elisa.ppt
preparacao_enferm_elisa.ppt
 
preparacao_enferm_elisa.ppt
preparacao_enferm_elisa.pptpreparacao_enferm_elisa.ppt
preparacao_enferm_elisa.ppt
 
Preparacao enferm elisa
Preparacao enferm elisaPreparacao enferm elisa
Preparacao enferm elisa
 
preparacao_enferm_elisa.ppt
preparacao_enferm_elisa.pptpreparacao_enferm_elisa.ppt
preparacao_enferm_elisa.ppt
 
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdfLista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
Lista de Exercícios_9ºano_2º bimestre.pdf
 
Medicina nuclear e Radiologia Digital
Medicina nuclear e Radiologia DigitalMedicina nuclear e Radiologia Digital
Medicina nuclear e Radiologia Digital
 
Biologia celular métodos de estudo em biologia celular parte 1
Biologia celular   métodos de estudo em biologia celular parte 1Biologia celular   métodos de estudo em biologia celular parte 1
Biologia celular métodos de estudo em biologia celular parte 1
 
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdf
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdfAula 2 - Métodos de estudo das células.pdf
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdf
 
Apostila tomografia prof. ricardo pereira
Apostila tomografia   prof. ricardo pereiraApostila tomografia   prof. ricardo pereira
Apostila tomografia prof. ricardo pereira
 
Medicina Nuclear
Medicina NuclearMedicina Nuclear
Medicina Nuclear
 
Resumo micrcoscopia
Resumo micrcoscopiaResumo micrcoscopia
Resumo micrcoscopia
 
LINDEN - INTERDISCIPLINARY LABORATORY FOR NANOSTRUCTURED DEVELOPMENT
LINDEN - INTERDISCIPLINARY LABORATORY FOR NANOSTRUCTURED DEVELOPMENT LINDEN - INTERDISCIPLINARY LABORATORY FOR NANOSTRUCTURED DEVELOPMENT
LINDEN - INTERDISCIPLINARY LABORATORY FOR NANOSTRUCTURED DEVELOPMENT
 
Minicurso Técnicas de Sequenciamento e suas Aplicações
Minicurso Técnicas de Sequenciamento e suas AplicaçõesMinicurso Técnicas de Sequenciamento e suas Aplicações
Minicurso Técnicas de Sequenciamento e suas Aplicações
 

Mais de LABIMUNO UFBA

Imunidades das mucosas
Imunidades das mucosasImunidades das mucosas
Imunidades das mucosasLABIMUNO UFBA
 
Hipersensibilidade II ,III e IV
Hipersensibilidade II ,III e IVHipersensibilidade II ,III e IV
Hipersensibilidade II ,III e IVLABIMUNO UFBA
 
Critérios de Validação
Critérios de ValidaçãoCritérios de Validação
Critérios de ValidaçãoLABIMUNO UFBA
 
Resposta imune celular
Resposta imune celularResposta imune celular
Resposta imune celularLABIMUNO UFBA
 
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenos
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenosProcessamento antigênico células apresentadoras de antígenos
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenosLABIMUNO UFBA
 
Ativação das células T
Ativação das células TAtivação das células T
Ativação das células TLABIMUNO UFBA
 
Orgãos Linfóides Primários e Secundários
Orgãos Linfóides Primários e SecundáriosOrgãos Linfóides Primários e Secundários
Orgãos Linfóides Primários e SecundáriosLABIMUNO UFBA
 
ICS – A46 Imunologia Básica - 2010-1
ICS – A46 Imunologia Básica - 2010-1ICS – A46 Imunologia Básica - 2010-1
ICS – A46 Imunologia Básica - 2010-1LABIMUNO UFBA
 
Imunidade Inata Adaptativa
Imunidade Inata AdaptativaImunidade Inata Adaptativa
Imunidade Inata AdaptativaLABIMUNO UFBA
 
Introducao Imunobiotecnologia
Introducao ImunobiotecnologiaIntroducao Imunobiotecnologia
Introducao ImunobiotecnologiaLABIMUNO UFBA
 

Mais de LABIMUNO UFBA (20)

Tolerância
TolerânciaTolerância
Tolerância
 
Imunidades das mucosas
Imunidades das mucosasImunidades das mucosas
Imunidades das mucosas
 
Hipersensibilidade II ,III e IV
Hipersensibilidade II ,III e IVHipersensibilidade II ,III e IV
Hipersensibilidade II ,III e IV
 
Imunofluorescencia
ImunofluorescenciaImunofluorescencia
Imunofluorescencia
 
Critérios de Validação
Critérios de ValidaçãoCritérios de Validação
Critérios de Validação
 
Autoimunidade
AutoimunidadeAutoimunidade
Autoimunidade
 
Resposta imune celular
Resposta imune celularResposta imune celular
Resposta imune celular
 
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenos
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenosProcessamento antigênico células apresentadoras de antígenos
Processamento antigênico células apresentadoras de antígenos
 
MHC
MHCMHC
MHC
 
Linfócitos B
Linfócitos BLinfócitos B
Linfócitos B
 
Ativação das células T
Ativação das células TAtivação das células T
Ativação das células T
 
Sistema complemento
Sistema complementoSistema complemento
Sistema complemento
 
Anticorpos
AnticorposAnticorpos
Anticorpos
 
Antígenos
AntígenosAntígenos
Antígenos
 
Orgãos Linfóides Primários e Secundários
Orgãos Linfóides Primários e SecundáriosOrgãos Linfóides Primários e Secundários
Orgãos Linfóides Primários e Secundários
 
ICS – A46 Imunologia Básica - 2010-1
ICS – A46 Imunologia Básica - 2010-1ICS – A46 Imunologia Básica - 2010-1
ICS – A46 Imunologia Básica - 2010-1
 
Imunidade Inata Adaptativa
Imunidade Inata AdaptativaImunidade Inata Adaptativa
Imunidade Inata Adaptativa
 
Introducao Imunobiotecnologia
Introducao ImunobiotecnologiaIntroducao Imunobiotecnologia
Introducao Imunobiotecnologia
 
Imunoterapia
ImunoterapiaImunoterapia
Imunoterapia
 
Infecções
InfecçõesInfecções
Infecções
 

Citometria de fluxo UFBA

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE – ICSDEPARTAMENTO DE BIOINTERAÇÃODISCIPLINA: IMUNOLOGIA I – ICS 045 CITOMETRIA DE FLUXO Trabalho realizado pela Doutoranda de Imunologia da UFBA Danielle Dantas Lima sob orientação dos Professores Robert Schaer, Roberto Meyer, Cláudia Brodskin e Ricardo Portela. Atualizado em Fevereiro de 2010.
  • 3.
  • 4.
  • 5. Grande número de células analisadas com rapidez;
  • 6. Disponibilidade de amplo perfil de anticorpos específicos;
  • 7.
  • 9.
  • 10. Análise da função dos neutrófilos
  • 11.
  • 13. Quantificação das células CD34+ como indicação da capacidade de reconstituição hematopoiética após o transplante de células-tronco
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. METODOLOGIA ÂNGULO DE DISPERSÃO LATERAL (SSC)‏ LASER CÉLULA ÂNGULO DE DISPERSÃO FRONTAL (FSC)‏
  • 19. METODOLOGIA 4)Filtro 1)Suspensão de células 6) Análise de dados 5)A luz refletida passa através de filtros e é detectada por tubos fotomultiplicadores que convertem o sinal luminoso em sinal eletrônico 3)Dispersão lateral de luz Laser 3)Dispersão de luz para a frente 2) Anticorpos monoclonais associados a fluorocromos e ligados à superfície de uma célula
  • 20. Anticorpos monoclonais marcados Linfócito TCD8 Citometria de fluxo Luz fluorescente Laser METODOLOGIA Linfócito TCD4 Contagem das células
  • 21. METODOLOGIA Gráfico de análise de leucócitos (dispersão lateral e frontal) Cada ponto significa uma célula identificada pelo citômetro. Estão divididas pela dispersão frontal (forward) – tamanho da célula - horizontalmente E também pela dispersão lateral (side) - granulação e complexidade – verticalmente Os círculos indica células que pertencem a um grupo de tamanho e complexidade próximos
  • 22. METODOLOGIA Gráfico de análise de leucócitos (com fluorescência) Neste quadrante estão as células CD4+ e CD3- Neste quadrante estão as células CD4+ e CD3+ (linfócitos Th) Neste quadrante estão as células CD4- e CD3+ (outros linfócitos que não Th) Neste quadrante estão as células CD4- e CD3- (células que não linfócitos)