Apresentação de colocação pronominal

6.913 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.913
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.099
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
113
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação de colocação pronominal

  1. 1. Pronomes oblíquos átonos Os pronomes oblíquos átonos são os seguintes: me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, os, as, lhes. Se o verbo for terminado em M, ÃO ou ÕE, os pronomes o, a, os, as se transformarão em no, na, nos, nas.Ex. Quando encontrarem o material, tragam-no até mim. Os sapatos, põe-nos fora, para aliviar a dor. Se o verbo terminar em R, S ou Z, essas terminações serão retiradas, e os pronomes o, a, os, as mudarão para lo, la, los, las.EX: Quando encontrarem as apostilas, deverão trazê-las até mim. As apostilas, tu perde-las toda semana. (Pronuncia-se pérde-las) As garotas ingênuas, o conquistador sedu-las com facilidade. Independentemente da predicação verbal, se o verbo terminar em mos, seguido de nos ou de vos, retira-se a terminação -s.Ex: Encontramo-nos ontem à noite. Recolhemo-nos cedo todos os dias.
  2. 2. Colocaçãopronominal A colocaçãopronominal é aposição que ospronomes pessoaisoblíquos átonosocupam na fraseem relação aoverbo a que sereferem.
  3. 3. O pronome oblíquo átono pode assumir três posiçõesna oração em relação ao verbo:1. próclise: pronome antes do verbo2. ênclise: pronome depois do verbo3. mesóclise: pronome no meio do verbo
  4. 4. ÊncliseA ênclise é empregada depois do verbo. A norma cultanão aceita orações iniciadas com pronomes oblíquosátonos. A ênclise vai acontecer quando:• Verbo estiver no imperativo afirmativo:Amem-se uns aos outros.Sigam-me e não terão derrotas.• O verbo iniciar a oração:Diga-lhe que está tudo bem.Chamaram-me para ser sócio.
  5. 5. • O verbo estiver no infinitivo:Eu não quis vangloriar-me.Gostaria de elogiar-te hoje pelo bomtrabalho.• O verbo estiver no gerúndio:Não quis saber o que aconteceu, fazendo-sede despreocupada.Despediu-se, beijando-me a face.• Houver vírgula ou pausa antes do verbo:Se passar no vestibular em outra cidade,mudo-me no mesmo instante.Se não tiver outro jeito, alisto-me nas forçasarmadas.
  6. 6. PrócliseA próclise é aplicada antes do verbo quando temos:• Palavras com sentido negativo:Nada me faz querer sair dessa cama.Ninguém me falou que tinha prova.• Advérbios:Nesta casa se fala alemão.Naquele dia me falaram que a professora não veio.• Pronomes relativos:A aluna que me mostrou a tarefa não veio hoje.Não vou deixar de estudar os conteúdos que me falaram.
  7. 7. • Pronomes indefinidos:Quem me disse isso?Todos se comoveram durante o discurso dedespedida.• Pronomes demonstrativos:Isso me deixa muito feliz!Aquilo me constrangeu a mudar de atitude!• Preposição seguida de gerúndio:Em se tratando de qualidade, o Brasil Escola é o sitemais indicado à pesquisa escolar.• Conjunção subordinativa:Vamos estabelecer critérios, conforme lhe avisaram.
  8. 8. MesócliseA mesóclise acontece quando o verbo está flexionado nofuturo do presente ou no futuro do pretérito:A prova realizar-se-á neste domingo pela manhã.Far-lhe-ei uma proposta irrecusável.
  9. 9. A locução verbal é formada por um verbo auxiliar (conjugado) + verboprincipal (no infinitivo, gerúndio ou particípio).A locução constitui um todo, os verbos auxiliares apenas indicam asflexões.Exemplo: Estava indo; Começaram a falar.Nela se enquadram os tempos compostos, que são formados pelosverbos auxiliares ter ou haver, seguidos do particípio do verbo que sequer conjugar.  Infinitivo pessoal Modo indicativo Pretérito perfeito: Tenho falado Pretérito mais-que-perfeito: Tinha falado Ter falado Futuro do presente: Terei falado Futuro do pretérito: Teria falado Teres falado Modo subjuntivo Ter falado Pretérito perfeito: Tenha falado Termos falado Pretérito mais-que-perfeito:Tivesse falado Terdes falado Futuro: Tiver falado Terem falado
  10. 10. TEMPOS COMPOSTOS.Nos tempos compostos, formados de um verboauxiliar (TER ou HAVER) mais um verbo principal noparticípio, o pronome átono se liga ao verbo auxiliar,nunca ao particípio.Exemplos:Tinha-me envolvido sem querer com aquela garota.Nós nos havíamos assustado com o trovão.O advogado não lhe tinha dito a verdade.Observação: Quando houver qualquer fator depróclise, esta será a única posição possível dopronome átono na frase, ou seja, antes do verboauxiliar.
  11. 11. EMPREGO DO PRONOME ÁTONO EM LOCUÇÕES VERBAIS PERFEITASE EM TEMPOS COMPOSTOS.São locuções verbais perfeitas aquelas formadas de um verbo auxiliar modal(QUERER, DEVER, SABER, PODER, ou TER DE, HAVER DE), seguido deum verbo principal no infinitivo impessoal. Neste caso, o pronome átono podeser colocado antes ou depois do primeiro verbo, ou ainda depois do infinitivo.Exemplos:Nós lhe devemos dizer a verdade.Nós devemos lhe dizer a verdade.Nós devemos dizer-lhe a verdade.Observação: No entanto, se no caso acima mencionado as locuções verbaisvierem precedidas de palavra ou expressão que exija a próclise, só duasposições serão possíveis para empregar-se o pronome átono: antes do auxiliarou depois do infinitivo.Exemplos:Não lhe devemos dizer a verdade.Não devemos dizer-lhe a verdade.
  12. 12. A Língua bem usada não é só uminstrumento de comunicação ouconhecimento, mas instrumento depoder. O uso social da língua falada eda língua escrita guarda relação, deum lado com o modo pelo qual atransmissão de recursos comunicativosé controlada e, de outro, comestratificação das classes sociais.PORTANTO, VAMOS PRATICAR OPORTUGUÊS.

×