Ficha de gramática
Unidade do Sermão de Santo

António aos Peixes
Exercícios 1./1.1.
a. O rabino respondeu ao Padre
António Vieira que sim, que
era ele mesmo.
b.António Vieira disse que
aq...
Exercícios 1./1.1.
c. Samuel da Fonseca
comentou que o Padre
estava bem diferente
naquele tempo.
d.Um pouco impaciente, Vi...
Exercício 1.2.
•

As orações sublinhadas são
subordinadas substantivas
completivas.

•

(No discurso indireto
recorremos s...
Exercício 1.3.
•
•
•
•
•
•

(1) subordinante
(2) complemento direto
(3) completivas
(4) que
(5) se
(6) para
Exercício 2.1.
a.
b.
c.

d.

(1) subordinada completiva  (2)
subordinada relativa  (3) subordinada
consecutiva
(1) subor...
Exercício 3.1.
• «[…] quando da criação da

Companhia Geral do
Comércio para o Brasil, (1)

que foi para nós um grande
ben...
Exercício 3.2.
• As vírgulas são obrigatórias
para delimitar as orações
subordinadas adjetivas
relativas explicativas, dad...
Exercícios 3.3./3.3.1.
• A palavra «que» é um
pronome relativo .
• O seu antecedente ou
referente (isto é, o grupo
nominal...
Exercício 3.4.

• O antecedente deste pronome
é «Inquisição».
Exercícios 3.5./3.5.1.
• A expressão «nossa velha
inimiga» é modificador do
nome apositivo.
• Pode ser substituída pela
or...
Exercícios 3.6./3.6.1.
• A expressão «à vossa atuação
e à vossa inteligência» é o
complemento indireto.
• «Não posso esque...
Exercício 4.
4.1. «O rabino fez sinal para
que os padres se sentassem.»
(l. 4)
• Oração subordinada
adverbial final
Exercício 4.
4.2. «”[…] estive convosco, em
Rouen, quando lá fostes […]”»
(ll. 13-14)
• Oração subordinada
adverbial tempo...
Exercício 4.
4.3. «”[…] vinte anos atrás são
como se fosse ontem às oito e
meia da noite.”» (ll. 17-18)
• Oração subordina...
Exercício 4.
4.4. «Como já não tinha mais os
dentes, adquirira o hábito de
sorrir com a boca fechada
[…]» (l. 29)
Oração s...
Exercício 5.
a.
b.
c.
d.
e.

2
3
1
4
5

f.
g.
h.
i.

3
5
2
3
Exercício 6.
a.
b.
c.
d.
e.

4
1
5
2
3

f. 2
g. 4
h. 3
Exercício 7.
• O Padre António Vieira, cuja
obra tem uma vertente
humanitária muito vincada, foi
um jesuíta do século XVII...
Exercício 8.
8.1. O Padre António Vieira
tinha a certeza de que
encontraria apoio nos judeus.
8.2. Depois que concluíssem ...
Exercício 8.
8.3. Pensava que era seu dever
a defesa dos desfavorecidos.
8.4. Se mentissem, não
conseguiriam nada contra e...
Exercício 9.1.
• «fez» – pretérito perfeito do
indicativo na voz ativa
• «sentassem» – pretérito
imperfeito do conjuntivo ...
Exercício 9.2.
• «creio» – presente do
indicativo
• «possais» – presente do
conjuntivo
Exercício 9.3.
• «adquirira» – pretérito maisque-perfeito simples do
indicativo na voz ativa
• «sorrir» – infinitivo impes...
Exercícios 9.4./9.5.
• 9.4. «fui perseguido» –
pretérito perfeito simples do
indicativo na voz passiva
• 9.5. «tenho merec...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ficha de gramática sobre orações cor

901 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
901
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ficha de gramática sobre orações cor

  1. 1. Ficha de gramática Unidade do Sermão de Santo António aos Peixes
  2. 2. Exercícios 1./1.1. a. O rabino respondeu ao Padre António Vieira que sim, que era ele mesmo. b.António Vieira disse que aquele fora um tempo de duras provas para si.
  3. 3. Exercícios 1./1.1. c. Samuel da Fonseca comentou que o Padre estava bem diferente naquele tempo. d.Um pouco impaciente, Vieira pediu para o judeu não dizer mais nada.
  4. 4. Exercício 1.2. • As orações sublinhadas são subordinadas substantivas completivas. • (No discurso indireto recorremos sistematicamente a estas orações.)
  5. 5. Exercício 1.3. • • • • • • (1) subordinante (2) complemento direto (3) completivas (4) que (5) se (6) para
  6. 6. Exercício 2.1. a. b. c. d. (1) subordinada completiva  (2) subordinada relativa  (3) subordinada consecutiva (1) subordinada consecutiva  (2) subordinada completiva  (3) subordinada relativa (1) subordinada relativa  (2) subordinada completiva  (3) subordinada consecutiva (1) subordinada completiva  (2) subordinada completiva  (3) subordinada relativa
  7. 7. Exercício 3.1. • «[…] quando da criação da Companhia Geral do Comércio para o Brasil, (1) que foi para nós um grande benefício […]» • Oração subordinada adjetiva relativa explicativa.
  8. 8. Exercício 3.2. • As vírgulas são obrigatórias para delimitar as orações subordinadas adjetivas relativas explicativas, dado que elas constituem um modificador do nome apositivo que as antecede.
  9. 9. Exercícios 3.3./3.3.1. • A palavra «que» é um pronome relativo . • O seu antecedente ou referente (isto é, o grupo nominal que ele substitui) é «(criação da) Companhia do Comércio para o Brasil».
  10. 10. Exercício 3.4. • O antecedente deste pronome é «Inquisição».
  11. 11. Exercícios 3.5./3.5.1. • A expressão «nossa velha inimiga» é modificador do nome apositivo. • Pode ser substituída pela oração subordinada adjetiva relativa explicativa: «que é a nossa velha inimiga».
  12. 12. Exercícios 3.6./3.6.1. • A expressão «à vossa atuação e à vossa inteligência» é o complemento indireto. • «Não posso esquecer o quanto lhes devemos…»
  13. 13. Exercício 4. 4.1. «O rabino fez sinal para que os padres se sentassem.» (l. 4) • Oração subordinada adverbial final
  14. 14. Exercício 4. 4.2. «”[…] estive convosco, em Rouen, quando lá fostes […]”» (ll. 13-14) • Oração subordinada adverbial temporal
  15. 15. Exercício 4. 4.3. «”[…] vinte anos atrás são como se fosse ontem às oito e meia da noite.”» (ll. 17-18) • Oração subordinada adverbial comparativa
  16. 16. Exercício 4. 4.4. «Como já não tinha mais os dentes, adquirira o hábito de sorrir com a boca fechada […]» (l. 29) Oração subordinada adverbial causal
  17. 17. Exercício 5. a. b. c. d. e. 2 3 1 4 5 f. g. h. i. 3 5 2 3
  18. 18. Exercício 6. a. b. c. d. e. 4 1 5 2 3 f. 2 g. 4 h. 3
  19. 19. Exercício 7. • O Padre António Vieira, cuja obra tem uma vertente humanitária muito vincada, foi um jesuíta do século XVII.
  20. 20. Exercício 8. 8.1. O Padre António Vieira tinha a certeza de que encontraria apoio nos judeus. 8.2. Depois que concluíssem a conversa, iriam cear.
  21. 21. Exercício 8. 8.3. Pensava que era seu dever a defesa dos desfavorecidos. 8.4. Se mentissem, não conseguiriam nada contra ele. 8.5. Mesmo que gritasse, ninguém o ouvia.
  22. 22. Exercício 9.1. • «fez» – pretérito perfeito do indicativo na voz ativa • «sentassem» – pretérito imperfeito do conjuntivo na voz ativa
  23. 23. Exercício 9.2. • «creio» – presente do indicativo • «possais» – presente do conjuntivo
  24. 24. Exercício 9.3. • «adquirira» – pretérito maisque-perfeito simples do indicativo na voz ativa • «sorrir» – infinitivo impessoal
  25. 25. Exercícios 9.4./9.5. • 9.4. «fui perseguido» – pretérito perfeito simples do indicativo na voz passiva • 9.5. «tenho merecido» – pretérito perfeito composto do indicativo na voz ativa

×