SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
ECONOMIA GLOBAL
Reunião de Trabalho
Tema: Economia Global
Data: 30/11/2016
Local: UFSC/CSE, Florianópolis - SC
Apresentação: Alfredo Kleper Lavor, economista
ECONOMIA GLOBAL
Conceito de Vantagem Comparativa, início da análise de
comércio internacional
• Em economia, a teoria das vantagens comparativas (ou princípio da vantagens
comparativas) explica por que o comércio entre dois países, regiões ou pessoas
pode ser benéfico, mesmo quando um deles é mais produtivo na fabricação de
todos os bens. O que importa aqui não é o custo absoluto de produção, mas a
razão de produtividade que cada país possui. O conceito é muito importante para
a teoria do comércio internacional moderno.
• Na vantagem absoluta, cada país se concentra em um nicho baseado nestas
vantagens, beneficiando-se com a especialização em setores nos quais é mais
eficiente, e comercializando os seus produtos com outros países.
• Pela teoria das vantagens comparativas, mesmo que um país não possua
vantagem absoluta, ele pode especializar-se nos setores em que apresenta
vantagem comparativa.
David Ricardo, The Principles of Political Economy and Taxation (1817)
ECONOMIA GLOBAL
Conhecimento e Inovação
Conhecimento, do latim cognoscere, é o ato ou efeito de conhecer. Como
por exemplo: conhecimento das leis; conhecimento de um fato;
conhecimento de um documento; saber; instrução; informação ou noção
adquiridas pelo estudo ou pela experiência.
Inovação significa criar algo novo.A palavra é derivada do termo
latino innovatio, e se refere a uma ideia, método ou objeto que é criado e
que pouco se parece com padrões anteriores. Hoje, a palavra inovação é
mais usada no contexto de ideias e invenções assim como a exploração
econômica relacionada, sendo que inovação é invenção que chega no
mercado.
ECONOMIA GLOBAL
A evolução da economia mundial ao longo do tempo
Economia comercial (10000 AC-1780 DC):
Economia industrial (1780-1890):
Economia financeira (1890-1989):
Economia digital (1989-2020):
Economia global (2020-):
Plataforma B2B para fazer
Negócios Internacionais
APROVAÇÕES
• 2013: Selecionada no Programa StartupSC, SEBRAE/SC.
• 2013: Aprovada para Incubadora MIDI Tecnológico, SEBRAE/SC.
• 2014: Aprovada no Programa Financiamento Tecnova, FINEP/FAPESC.
• 2014: Selecionada entre as 74 empresas mais inovadoras, Programa
InovAtivaBrasil, MDIC.
• 2014: Selecionada entre as 30 empresas mais inovadoras, Programa
Desafio Brasil, FGV/SP, SENAI/SP.
• 2015: Certificada no Programa ConnectAmericas, BID – Banco
Interamericano de Desenvolvimento.
• 2015: Projetos aprovados no Programa SEBRAEtec, SEBRAE/SC.
• 2015: Selecionada para o OutSourceLAC/Guadalajara, BID – Banco
Interamericano de Desenvolvimento.
• 2016: Apoio Institucional de Fecomércio Internacional.
• 2016: Apoio Institucional da SOFTEX.
• 2016: Selecionada para apresentar projeto de “Inserção de pequenas
empresas no comércio internacional”, INTRACEN (ONU/OMC).
Plataforma INTRADEBOOK
“Quando se repetem as mesmas ações, não se
pode esperar resultados diferentes”.
Evolução das Exportações
Brasil – 2003-2015 – US$ bilhões
Evolução de MPE´s Exportadoras
Brasil – 2003-2015
Dificuldades para Exportação
Brasil - FIESP
Participação MPME´s Exportações
Itália – Coréia do Sul – Argentina - Brasil
0
10
20
30
40
50
60
Itália Coréia do Sul Argentina Brasil
53%
40%
10%
5%
%
Itália
Coréia do Sul
Argentina
Brasil
Potencial MPE´s - Brasil
Metas possíveis
TIPO 2015 2016 2017 2018
Nº DE MICRO E PEQUENAS
EMPRESAS
12.400.000 12.400.000 12.400.000 12.400.000
Nº DE MICRO E PEQUENAS
EMPRESAS INDUSTRIAIS
1.100.000 1.100.000 1.100.000 1.100.000
Nº DE MICRO E PEQUENAS
EMPRESAS EXPORTADORAS
10.920 16.000 24.000 36.000
VALOR EXPORTADO POR MPE´s –
US$ MIL
2.064.364 3.024.704 4.537.056 6.805.584
AUMENTO TOTAL VALOR
EXPORTADO – US$ MIL
191.134.324 210.000.000 230.000.000 240.000.000
RECEITA ADICIONAL DAS MPE´s –
US$ MIL
960.340 1.512.352 2.268.528
EMPREGOS DIRETOS CRIADOS –
US$ 53.000,00/T
57.070 85.605 128.407
CRESCIMENTO DA PARTICIPAÇÃO
DAS MPES NO VALOR EXPORTADO
(%)
1,08 1,44 1,97 2,83
Passaporte para Exportação
A plataforma INTRADEBOOK
INTRADE
• Maturidade
• Capacitação
• Simulações
• Passo-a-passo
INBUSINESS
• Clientes
• Fornecedores
• Data mining
• Busca por SH
INSERVICE
• Logística
• Câmbio
• Seguro
• Door to door
Estratégia de Capacitação
Brasil
Região Estado Piloto Fase 1 Fase 2 Fase 3
Norte Amazonas/Pará 10.000 2.000 200
Nordeste Pernambuco 10.000 2.000 200
Centro Oeste Mato Grosso 10.000 2.000 200
Sudeste São Paulo 120.000 24.000 2.400
Sul Santa Catarina 50.000 10.000 1.000
200.000 40.000 5.000
PASSPORT FOR SMALL BUSINESS INTO
INTERNATIONAL TRADE
ITC – International Trade Centre
O International Trade Centre (INTRACEN), agência da OMC e ONU (através
da UNCTAD) para o comércio internacional tem os seguintes objetivos:
• Reforçar a integração do setor empresarial dos países em
desenvolvimento e economias em transição para a economia global.
• Melhorar o desempenho das instituições de comércio e de apoio ao
investimento em benefício das PME e reforçar as capacidades das
instituições de apoio ao comércio.
• Melhorar a competitividade internacional das PME.
O INTRACEN pediu à INTRADEBOOK para apresentar um projeto para
facilitar o comércio internacional das pequenas empresas em 168 países.
Obrigado!
+ + ? =
Alfredo Kleper Lavor
comercial@intradebook.com
+55 (48) 3012-3636

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio ExteriorAula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio ExteriorABRACOMEX
 
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2015
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2015Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2015
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2015claudiusinhos
 
Fundamentos do comércio exterior
Fundamentos do comércio exteriorFundamentos do comércio exterior
Fundamentos do comércio exteriorHenrique Vieira
 
Boletim de Janeiro Atractividade Na competição global pela atracção de capi...
Boletim de Janeiro  Atractividade  Na competição global pela atracção de capi...Boletim de Janeiro  Atractividade  Na competição global pela atracção de capi...
Boletim de Janeiro Atractividade Na competição global pela atracção de capi...Cláudio Carneiro
 
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E BrasileiroGlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E BrasileiroAlmir
 
Comércio Internacional
Comércio InternacionalComércio Internacional
Comércio InternacionalDiego Lopes
 
Revisao Comercio exterior
Revisao Comercio exteriorRevisao Comercio exterior
Revisao Comercio exteriorVinicius LF
 
Sc precisa atrair investimentos (1)
Sc precisa atrair investimentos  (1)Sc precisa atrair investimentos  (1)
Sc precisa atrair investimentos (1)Henry Quaresma
 
Desenvolvimento Econômico: Por que ficamos para trás? - Edmar Bacha
Desenvolvimento Econômico: Por que ficamos para trás? - Edmar BachaDesenvolvimento Econômico: Por que ficamos para trás? - Edmar Bacha
Desenvolvimento Econômico: Por que ficamos para trás? - Edmar BachaFundação Fernando Henrique Cardoso
 
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2013
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2013Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2013
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2013claudiusinhos
 
Roberto C Branco 11.30 Sala A
Roberto C Branco 11.30 Sala ARoberto C Branco 11.30 Sala A
Roberto C Branco 11.30 Sala Aapimec
 
Em busca de novas oprtunidades
Em busca de novas oprtunidadesEm busca de novas oprtunidades
Em busca de novas oprtunidadesSam Rocha
 
Apresentação sit4 vol2 1ªsérie em
Apresentação sit4 vol2 1ªsérie emApresentação sit4 vol2 1ªsérie em
Apresentação sit4 vol2 1ªsérie emTiago Rafael
 
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários março 2015
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários  março 2015Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários  março 2015
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários março 2015claudiusinhos
 
A nova ordem mundial - Os novos atores da economia mundial
A nova ordem mundial - Os novos atores da economia mundialA nova ordem mundial - Os novos atores da economia mundial
A nova ordem mundial - Os novos atores da economia mundialColégio Nova Geração COC
 

Mais procurados (18)

Uhedge - como funciona
Uhedge - como funcionaUhedge - como funciona
Uhedge - como funciona
 
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio ExteriorAula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
Aula inaugural de Analista de Logística em Comércio Exterior
 
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2015
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2015Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2015
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2015
 
Brasil africa
Brasil africaBrasil africa
Brasil africa
 
Fundamentos do comércio exterior
Fundamentos do comércio exteriorFundamentos do comércio exterior
Fundamentos do comércio exterior
 
Boletim de Janeiro Atractividade Na competição global pela atracção de capi...
Boletim de Janeiro  Atractividade  Na competição global pela atracção de capi...Boletim de Janeiro  Atractividade  Na competição global pela atracção de capi...
Boletim de Janeiro Atractividade Na competição global pela atracção de capi...
 
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E BrasileiroGlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
GlobalizaçãO E O Comercio Mundial E Brasileiro
 
Comércio Internacional
Comércio InternacionalComércio Internacional
Comércio Internacional
 
Revisao Comercio exterior
Revisao Comercio exteriorRevisao Comercio exterior
Revisao Comercio exterior
 
Sc precisa atrair investimentos (1)
Sc precisa atrair investimentos  (1)Sc precisa atrair investimentos  (1)
Sc precisa atrair investimentos (1)
 
Desenvolvimento Econômico: Por que ficamos para trás? - Edmar Bacha
Desenvolvimento Econômico: Por que ficamos para trás? - Edmar BachaDesenvolvimento Econômico: Por que ficamos para trás? - Edmar Bacha
Desenvolvimento Econômico: Por que ficamos para trás? - Edmar Bacha
 
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2013
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2013Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2013
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários julho 2013
 
Roberto C Branco 11.30 Sala A
Roberto C Branco 11.30 Sala ARoberto C Branco 11.30 Sala A
Roberto C Branco 11.30 Sala A
 
Em busca de novas oprtunidades
Em busca de novas oprtunidadesEm busca de novas oprtunidades
Em busca de novas oprtunidades
 
Apresentação sit4 vol2 1ªsérie em
Apresentação sit4 vol2 1ªsérie emApresentação sit4 vol2 1ªsérie em
Apresentação sit4 vol2 1ªsérie em
 
Economia Global - Palestra em Campo Grande/MS
Economia Global - Palestra em Campo Grande/MSEconomia Global - Palestra em Campo Grande/MS
Economia Global - Palestra em Campo Grande/MS
 
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários março 2015
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários  março 2015Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários  março 2015
Rentabilidade valor de face e mercado fundos imobiliários março 2015
 
A nova ordem mundial - Os novos atores da economia mundial
A nova ordem mundial - Os novos atores da economia mundialA nova ordem mundial - Os novos atores da economia mundial
A nova ordem mundial - Os novos atores da economia mundial
 

Semelhante a Economia Global

Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portuguesInnovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portuguesINNOVO USACH
 
Missão Artemis | Modelos de Negócio Disruptivos
Missão Artemis | Modelos de Negócio DisruptivosMissão Artemis | Modelos de Negócio Disruptivos
Missão Artemis | Modelos de Negócio DisruptivosRhuanBorges
 
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016João Gabriel Chebante
 
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovaçãoBuilding Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovaçãoBuilding Global Innovators (BGI)
 
Palestra cultura digital - 16/05/2018
Palestra cultura digital - 16/05/2018Palestra cultura digital - 16/05/2018
Palestra cultura digital - 16/05/2018Troposlab
 
Apostila de marketing internacional parte 1
Apostila de marketing internacional parte 1Apostila de marketing internacional parte 1
Apostila de marketing internacional parte 1giovani1
 
apresentação oficial altoconsumo 16/07/2015
apresentação oficial altoconsumo 16/07/2015apresentação oficial altoconsumo 16/07/2015
apresentação oficial altoconsumo 16/07/2015eldergustavohb
 
Fórum a economia criativa e a educação – 12 11-2010 – apresentação de adolfo...
Fórum a economia criativa e a educação – 12 11-2010 – apresentação de  adolfo...Fórum a economia criativa e a educação – 12 11-2010 – apresentação de  adolfo...
Fórum a economia criativa e a educação – 12 11-2010 – apresentação de adolfo...FecomercioSP
 
As fragilidades do brasil em ciência, tecnologia e inovação
As fragilidades do brasil em ciência, tecnologia e inovaçãoAs fragilidades do brasil em ciência, tecnologia e inovação
As fragilidades do brasil em ciência, tecnologia e inovaçãoFernando Alcoforado
 
1. oceano azul
1.  oceano azul1.  oceano azul
1. oceano azulEdMasNaaS
 
ApresentaçãO Franchising All Credit V3.0 (Resumo)
ApresentaçãO Franchising All Credit V3.0 (Resumo)ApresentaçãO Franchising All Credit V3.0 (Resumo)
ApresentaçãO Franchising All Credit V3.0 (Resumo)Carlos_Diniz
 
aula verde
aula verdeaula verde
aula verdeNeviows
 

Semelhante a Economia Global (20)

Ihub
IhubIhub
Ihub
 
Embrapa: Empreededorismo e Inovação
Embrapa: Empreededorismo e InovaçãoEmbrapa: Empreededorismo e Inovação
Embrapa: Empreededorismo e Inovação
 
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portuguesInnovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
Innovo usach ambito publico negocios privados v3 portugues
 
Apl Cft Prefeitos
Apl Cft PrefeitosApl Cft Prefeitos
Apl Cft Prefeitos
 
Missão Artemis | Modelos de Negócio Disruptivos
Missão Artemis | Modelos de Negócio DisruptivosMissão Artemis | Modelos de Negócio Disruptivos
Missão Artemis | Modelos de Negócio Disruptivos
 
Catalogo das Decisões 2013
Catalogo das Decisões 2013Catalogo das Decisões 2013
Catalogo das Decisões 2013
 
Admopersintrodução2004
Admopersintrodução2004Admopersintrodução2004
Admopersintrodução2004
 
As in agri_04dez2013
As in agri_04dez2013As in agri_04dez2013
As in agri_04dez2013
 
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
Inteligência de Mercado para Startups - Germinadora 02/05/2016
 
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovaçãoBuilding Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
Building Global Innovators: Portugal no mapa mundo da inovação
 
Palestra cultura digital - 16/05/2018
Palestra cultura digital - 16/05/2018Palestra cultura digital - 16/05/2018
Palestra cultura digital - 16/05/2018
 
Apostila de marketing internacional parte 1
Apostila de marketing internacional parte 1Apostila de marketing internacional parte 1
Apostila de marketing internacional parte 1
 
Superando os mitos da crise e inovando em tempos difíceis
Superando os mitos da crise e inovando em tempos difíceisSuperando os mitos da crise e inovando em tempos difíceis
Superando os mitos da crise e inovando em tempos difíceis
 
apresentação oficial altoconsumo 16/07/2015
apresentação oficial altoconsumo 16/07/2015apresentação oficial altoconsumo 16/07/2015
apresentação oficial altoconsumo 16/07/2015
 
Fórum a economia criativa e a educação – 12 11-2010 – apresentação de adolfo...
Fórum a economia criativa e a educação – 12 11-2010 – apresentação de  adolfo...Fórum a economia criativa e a educação – 12 11-2010 – apresentação de  adolfo...
Fórum a economia criativa e a educação – 12 11-2010 – apresentação de adolfo...
 
As fragilidades do brasil em ciência, tecnologia e inovação
As fragilidades do brasil em ciência, tecnologia e inovaçãoAs fragilidades do brasil em ciência, tecnologia e inovação
As fragilidades do brasil em ciência, tecnologia e inovação
 
1. oceano azul
1.  oceano azul1.  oceano azul
1. oceano azul
 
1 Gestao Design Oficial
1  Gestao  Design  Oficial1  Gestao  Design  Oficial
1 Gestao Design Oficial
 
ApresentaçãO Franchising All Credit V3.0 (Resumo)
ApresentaçãO Franchising All Credit V3.0 (Resumo)ApresentaçãO Franchising All Credit V3.0 (Resumo)
ApresentaçãO Franchising All Credit V3.0 (Resumo)
 
aula verde
aula verdeaula verde
aula verde
 

Mais de Alfredo Kleper Chaves Lavor

Campanha Eleitoral - Coordenação - Eleição Deputado Estadual e Federal.pptx
Campanha Eleitoral - Coordenação - Eleição Deputado Estadual e Federal.pptxCampanha Eleitoral - Coordenação - Eleição Deputado Estadual e Federal.pptx
Campanha Eleitoral - Coordenação - Eleição Deputado Estadual e Federal.pptxAlfredo Kleper Chaves Lavor
 
XV CONVENCIÓN NACIONAL DE LAS PYMES, Lima, Peru, 27/noviembre/2017
XV CONVENCIÓN NACIONAL DE LAS PYMES, Lima, Peru, 27/noviembre/2017XV CONVENCIÓN NACIONAL DE LAS PYMES, Lima, Peru, 27/noviembre/2017
XV CONVENCIÓN NACIONAL DE LAS PYMES, Lima, Peru, 27/noviembre/2017Alfredo Kleper Chaves Lavor
 
Comparativo de Legislação (PLS 559/13 vs RDC vs Lei nº 8.666/93)
Comparativo de Legislação (PLS 559/13 vs RDC vs Lei nº 8.666/93) Comparativo de Legislação (PLS 559/13 vs RDC vs Lei nº 8.666/93)
Comparativo de Legislação (PLS 559/13 vs RDC vs Lei nº 8.666/93) Alfredo Kleper Chaves Lavor
 
Apresentação da Plataforma 'intradebook' para exportação e importação de pe...
Apresentação da Plataforma 'intradebook' para exportação e importação de pe...Apresentação da Plataforma 'intradebook' para exportação e importação de pe...
Apresentação da Plataforma 'intradebook' para exportação e importação de pe...Alfredo Kleper Chaves Lavor
 
Inserção (internacionalização) de micro e pequenas empresas no comércio inter...
Inserção (internacionalização) de micro e pequenas empresas no comércio inter...Inserção (internacionalização) de micro e pequenas empresas no comércio inter...
Inserção (internacionalização) de micro e pequenas empresas no comércio inter...Alfredo Kleper Chaves Lavor
 
Planejamento Estratégico do Departamento de Licitações da UFSC
Planejamento Estratégico do Departamento de Licitações da UFSCPlanejamento Estratégico do Departamento de Licitações da UFSC
Planejamento Estratégico do Departamento de Licitações da UFSCAlfredo Kleper Chaves Lavor
 
CAMPANHA ELEITORAL - COORDENAÇÃO DE CAMPANHA - Eleição
CAMPANHA ELEITORAL - COORDENAÇÃO DE CAMPANHA - EleiçãoCAMPANHA ELEITORAL - COORDENAÇÃO DE CAMPANHA - Eleição
CAMPANHA ELEITORAL - COORDENAÇÃO DE CAMPANHA - EleiçãoAlfredo Kleper Chaves Lavor
 
CONTRATAÇÃO INTEGRADA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (...
CONTRATAÇÃO INTEGRADA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (...CONTRATAÇÃO INTEGRADA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (...
CONTRATAÇÃO INTEGRADA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (...Alfredo Kleper Chaves Lavor
 
AGENTE EMBARCADOR - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO
AGENTE EMBARCADOR - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃOAGENTE EMBARCADOR - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO
AGENTE EMBARCADOR - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃOAlfredo Kleper Chaves Lavor
 
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA (ISOLADO)
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA (ISOLADO)DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA (ISOLADO)
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA (ISOLADO)Alfredo Kleper Chaves Lavor
 
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO (incluindo Frete I...
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO (incluindo Frete I...DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO (incluindo Frete I...
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO (incluindo Frete I...Alfredo Kleper Chaves Lavor
 
PRÉ-QUALIFICAÇÃO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
PRÉ-QUALIFICAÇÃO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASPRÉ-QUALIFICAÇÃO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
PRÉ-QUALIFICAÇÃO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASAlfredo Kleper Chaves Lavor
 
ORÇAMENTO SIGILOSO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
ORÇAMENTO SIGILOSO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASORÇAMENTO SIGILOSO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
ORÇAMENTO SIGILOSO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASAlfredo Kleper Chaves Lavor
 
MODOS DE DISPUTA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
MODOS DE DISPUTA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASMODOS DE DISPUTA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
MODOS DE DISPUTA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASAlfredo Kleper Chaves Lavor
 
CONTRATO DE EFICIÊNCIA - RDC - Projetos para Instituições de Ensino
CONTRATO DE EFICIÊNCIA - RDC - Projetos para Instituições de EnsinoCONTRATO DE EFICIÊNCIA - RDC - Projetos para Instituições de Ensino
CONTRATO DE EFICIÊNCIA - RDC - Projetos para Instituições de EnsinoAlfredo Kleper Chaves Lavor
 

Mais de Alfredo Kleper Chaves Lavor (20)

Campanha Eleitoral - Candidatos a Prefeito
Campanha Eleitoral - Candidatos a PrefeitoCampanha Eleitoral - Candidatos a Prefeito
Campanha Eleitoral - Candidatos a Prefeito
 
Campanha Eleitoral de candidatos a Vereador
Campanha Eleitoral de candidatos a VereadorCampanha Eleitoral de candidatos a Vereador
Campanha Eleitoral de candidatos a Vereador
 
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdfPlanejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
Planejamento Estratégico GPPD final.002.pdf
 
Campanha Eleitoral - Coordenação - Eleição Deputado Estadual e Federal.pptx
Campanha Eleitoral - Coordenação - Eleição Deputado Estadual e Federal.pptxCampanha Eleitoral - Coordenação - Eleição Deputado Estadual e Federal.pptx
Campanha Eleitoral - Coordenação - Eleição Deputado Estadual e Federal.pptx
 
As pontes da eternidade
As pontes da eternidadeAs pontes da eternidade
As pontes da eternidade
 
XV CONVENCIÓN NACIONAL DE LAS PYMES, Lima, Peru, 27/noviembre/2017
XV CONVENCIÓN NACIONAL DE LAS PYMES, Lima, Peru, 27/noviembre/2017XV CONVENCIÓN NACIONAL DE LAS PYMES, Lima, Peru, 27/noviembre/2017
XV CONVENCIÓN NACIONAL DE LAS PYMES, Lima, Peru, 27/noviembre/2017
 
Comparativo de Legislação (PLS 559/13 vs RDC vs Lei nº 8.666/93)
Comparativo de Legislação (PLS 559/13 vs RDC vs Lei nº 8.666/93) Comparativo de Legislação (PLS 559/13 vs RDC vs Lei nº 8.666/93)
Comparativo de Legislação (PLS 559/13 vs RDC vs Lei nº 8.666/93)
 
Apresentação da Plataforma 'intradebook' para exportação e importação de pe...
Apresentação da Plataforma 'intradebook' para exportação e importação de pe...Apresentação da Plataforma 'intradebook' para exportação e importação de pe...
Apresentação da Plataforma 'intradebook' para exportação e importação de pe...
 
Inserção (internacionalização) de micro e pequenas empresas no comércio inter...
Inserção (internacionalização) de micro e pequenas empresas no comércio inter...Inserção (internacionalização) de micro e pequenas empresas no comércio inter...
Inserção (internacionalização) de micro e pequenas empresas no comércio inter...
 
Planejamento Estratégico do Departamento de Licitações da UFSC
Planejamento Estratégico do Departamento de Licitações da UFSCPlanejamento Estratégico do Departamento de Licitações da UFSC
Planejamento Estratégico do Departamento de Licitações da UFSC
 
Cartas de um amor imortal
Cartas de um amor imortalCartas de um amor imortal
Cartas de um amor imortal
 
CAMPANHA ELEITORAL - COORDENAÇÃO DE CAMPANHA - Eleição
CAMPANHA ELEITORAL - COORDENAÇÃO DE CAMPANHA - EleiçãoCAMPANHA ELEITORAL - COORDENAÇÃO DE CAMPANHA - Eleição
CAMPANHA ELEITORAL - COORDENAÇÃO DE CAMPANHA - Eleição
 
CONTRATAÇÃO INTEGRADA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (...
CONTRATAÇÃO INTEGRADA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (...CONTRATAÇÃO INTEGRADA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (...
CONTRATAÇÃO INTEGRADA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (...
 
AGENTE EMBARCADOR - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO
AGENTE EMBARCADOR - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃOAGENTE EMBARCADOR - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO
AGENTE EMBARCADOR - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO
 
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA (ISOLADO)
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA (ISOLADO)DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA (ISOLADO)
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA (ISOLADO)
 
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO (incluindo Frete I...
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO (incluindo Frete I...DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO (incluindo Frete I...
DESPACHANTE ADUANEIRO - TERMO DE REFERÊNCIA PARA LICITAÇÃO (incluindo Frete I...
 
PRÉ-QUALIFICAÇÃO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
PRÉ-QUALIFICAÇÃO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASPRÉ-QUALIFICAÇÃO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
PRÉ-QUALIFICAÇÃO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
 
ORÇAMENTO SIGILOSO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
ORÇAMENTO SIGILOSO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASORÇAMENTO SIGILOSO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
ORÇAMENTO SIGILOSO NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
 
MODOS DE DISPUTA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
MODOS DE DISPUTA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICASMODOS DE DISPUTA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
MODOS DE DISPUTA NO RDC - REGIME DIFERENCIADO DE CONTRATAÇÕES PÚBLICAS
 
CONTRATO DE EFICIÊNCIA - RDC - Projetos para Instituições de Ensino
CONTRATO DE EFICIÊNCIA - RDC - Projetos para Instituições de EnsinoCONTRATO DE EFICIÊNCIA - RDC - Projetos para Instituições de Ensino
CONTRATO DE EFICIÊNCIA - RDC - Projetos para Instituições de Ensino
 

Último

Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxDesenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxCoca Pitzer
 
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?Michael Rada
 
Conferência SC 24 | O custo real de uma operação
Conferência SC 24 | O custo real de uma operaçãoConferência SC 24 | O custo real de uma operação
Conferência SC 24 | O custo real de uma operaçãoE-Commerce Brasil
 
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoCatálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoWagnerSouza717812
 
Brochura template para utilizar em eventos
Brochura template para utilizar em eventosBrochura template para utilizar em eventos
Brochura template para utilizar em eventosnpbbbb
 
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 2024 | De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
Conferência SC 2024 |  De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendasConferência SC 2024 |  De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
Conferência SC 2024 | De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendasE-Commerce Brasil
 
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssDespertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssGuilhermeMelo381677
 
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...E-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelizaçãoConferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelizaçãoE-Commerce Brasil
 
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de vendaConferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de vendaE-Commerce Brasil
 

Último (14)

Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptxDesenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
Desenvolvendo uma Abordagem Estratégica para a Gestão de Portfólio.pptx
 
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
A LOGÍSTICA ESTÁ PREPARADA PARA O DECRESCIMENTO?
 
Conferência SC 24 | O custo real de uma operação
Conferência SC 24 | O custo real de uma operaçãoConferência SC 24 | O custo real de uma operação
Conferência SC 24 | O custo real de uma operação
 
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - AtualizadoCatálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
Catálogo de Produtos OceanTech 2024 - Atualizado
 
Brochura template para utilizar em eventos
Brochura template para utilizar em eventosBrochura template para utilizar em eventos
Brochura template para utilizar em eventos
 
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
Conferência SC 2024 | Tendências e oportunidades de vender mais em 2024
 
Conferência SC 2024 | De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
Conferência SC 2024 |  De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendasConferência SC 2024 |  De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
Conferência SC 2024 | De vilão a herói: como o frete vai salvar as suas vendas
 
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccssDespertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
Despertar SEBRAE [PROFESSOR] (1).pdfccss
 
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
Conferência SC 24 | Estratégias de diversificação de investimento em mídias d...
 
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
Conferência SC 24 | Omnichannel: uma cultura ou apenas um recurso comercial?
 
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
Conferência SC 24 | Inteligência artificial no checkout: como a automatização...
 
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
Conferência SC 24 | Estratégias omnicanal: transformando a logística em exper...
 
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelizaçãoConferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
Conferência SC 24 | Gestão logística para redução de custos e fidelização
 
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de vendaConferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
Conferência SC 24 | Estratégias de precificação para múltiplos canais de venda
 

Economia Global

  • 1. ECONOMIA GLOBAL Reunião de Trabalho Tema: Economia Global Data: 30/11/2016 Local: UFSC/CSE, Florianópolis - SC Apresentação: Alfredo Kleper Lavor, economista
  • 2. ECONOMIA GLOBAL Conceito de Vantagem Comparativa, início da análise de comércio internacional • Em economia, a teoria das vantagens comparativas (ou princípio da vantagens comparativas) explica por que o comércio entre dois países, regiões ou pessoas pode ser benéfico, mesmo quando um deles é mais produtivo na fabricação de todos os bens. O que importa aqui não é o custo absoluto de produção, mas a razão de produtividade que cada país possui. O conceito é muito importante para a teoria do comércio internacional moderno. • Na vantagem absoluta, cada país se concentra em um nicho baseado nestas vantagens, beneficiando-se com a especialização em setores nos quais é mais eficiente, e comercializando os seus produtos com outros países. • Pela teoria das vantagens comparativas, mesmo que um país não possua vantagem absoluta, ele pode especializar-se nos setores em que apresenta vantagem comparativa. David Ricardo, The Principles of Political Economy and Taxation (1817)
  • 3. ECONOMIA GLOBAL Conhecimento e Inovação Conhecimento, do latim cognoscere, é o ato ou efeito de conhecer. Como por exemplo: conhecimento das leis; conhecimento de um fato; conhecimento de um documento; saber; instrução; informação ou noção adquiridas pelo estudo ou pela experiência. Inovação significa criar algo novo.A palavra é derivada do termo latino innovatio, e se refere a uma ideia, método ou objeto que é criado e que pouco se parece com padrões anteriores. Hoje, a palavra inovação é mais usada no contexto de ideias e invenções assim como a exploração econômica relacionada, sendo que inovação é invenção que chega no mercado.
  • 4. ECONOMIA GLOBAL A evolução da economia mundial ao longo do tempo Economia comercial (10000 AC-1780 DC): Economia industrial (1780-1890): Economia financeira (1890-1989): Economia digital (1989-2020): Economia global (2020-):
  • 5. Plataforma B2B para fazer Negócios Internacionais
  • 6. APROVAÇÕES • 2013: Selecionada no Programa StartupSC, SEBRAE/SC. • 2013: Aprovada para Incubadora MIDI Tecnológico, SEBRAE/SC. • 2014: Aprovada no Programa Financiamento Tecnova, FINEP/FAPESC. • 2014: Selecionada entre as 74 empresas mais inovadoras, Programa InovAtivaBrasil, MDIC. • 2014: Selecionada entre as 30 empresas mais inovadoras, Programa Desafio Brasil, FGV/SP, SENAI/SP. • 2015: Certificada no Programa ConnectAmericas, BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento. • 2015: Projetos aprovados no Programa SEBRAEtec, SEBRAE/SC. • 2015: Selecionada para o OutSourceLAC/Guadalajara, BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento. • 2016: Apoio Institucional de Fecomércio Internacional. • 2016: Apoio Institucional da SOFTEX. • 2016: Selecionada para apresentar projeto de “Inserção de pequenas empresas no comércio internacional”, INTRACEN (ONU/OMC).
  • 7. Plataforma INTRADEBOOK “Quando se repetem as mesmas ações, não se pode esperar resultados diferentes”.
  • 8. Evolução das Exportações Brasil – 2003-2015 – US$ bilhões
  • 9. Evolução de MPE´s Exportadoras Brasil – 2003-2015
  • 11. Participação MPME´s Exportações Itália – Coréia do Sul – Argentina - Brasil 0 10 20 30 40 50 60 Itália Coréia do Sul Argentina Brasil 53% 40% 10% 5% % Itália Coréia do Sul Argentina Brasil
  • 12. Potencial MPE´s - Brasil Metas possíveis TIPO 2015 2016 2017 2018 Nº DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS 12.400.000 12.400.000 12.400.000 12.400.000 Nº DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS INDUSTRIAIS 1.100.000 1.100.000 1.100.000 1.100.000 Nº DE MICRO E PEQUENAS EMPRESAS EXPORTADORAS 10.920 16.000 24.000 36.000 VALOR EXPORTADO POR MPE´s – US$ MIL 2.064.364 3.024.704 4.537.056 6.805.584 AUMENTO TOTAL VALOR EXPORTADO – US$ MIL 191.134.324 210.000.000 230.000.000 240.000.000 RECEITA ADICIONAL DAS MPE´s – US$ MIL 960.340 1.512.352 2.268.528 EMPREGOS DIRETOS CRIADOS – US$ 53.000,00/T 57.070 85.605 128.407 CRESCIMENTO DA PARTICIPAÇÃO DAS MPES NO VALOR EXPORTADO (%) 1,08 1,44 1,97 2,83
  • 13. Passaporte para Exportação A plataforma INTRADEBOOK INTRADE • Maturidade • Capacitação • Simulações • Passo-a-passo INBUSINESS • Clientes • Fornecedores • Data mining • Busca por SH INSERVICE • Logística • Câmbio • Seguro • Door to door
  • 14. Estratégia de Capacitação Brasil Região Estado Piloto Fase 1 Fase 2 Fase 3 Norte Amazonas/Pará 10.000 2.000 200 Nordeste Pernambuco 10.000 2.000 200 Centro Oeste Mato Grosso 10.000 2.000 200 Sudeste São Paulo 120.000 24.000 2.400 Sul Santa Catarina 50.000 10.000 1.000 200.000 40.000 5.000
  • 15. PASSPORT FOR SMALL BUSINESS INTO INTERNATIONAL TRADE ITC – International Trade Centre O International Trade Centre (INTRACEN), agência da OMC e ONU (através da UNCTAD) para o comércio internacional tem os seguintes objetivos: • Reforçar a integração do setor empresarial dos países em desenvolvimento e economias em transição para a economia global. • Melhorar o desempenho das instituições de comércio e de apoio ao investimento em benefício das PME e reforçar as capacidades das instituições de apoio ao comércio. • Melhorar a competitividade internacional das PME. O INTRACEN pediu à INTRADEBOOK para apresentar um projeto para facilitar o comércio internacional das pequenas empresas em 168 países.
  • 16. Obrigado! + + ? = Alfredo Kleper Lavor comercial@intradebook.com +55 (48) 3012-3636