A economia no segundo
  trimestre de 2010 e
perspectivas para o ano




    Brasília - 1º de julho de 2010
Crescimento com mais investimento
     Aumento dos investimentos gera expectativas de crescimento
   econômico sustentado
...
Investimentos cresceram em ritmo quase 5 vezes maior
           do que o consumo das famílias
                   FBKF e Co...
Retomada dos investimentos deverá fazer FBKF atingir
                   19,4% do PIB
                    FBKF em proporção...
Mercado de trabalho mais dinâmico

  Emprego metropolitano cresceu 4,3% em maio frente a maio de 2009

  Maior crescimento...
Crescimento do emprego é liderado pelo emprego formal
Maior ritmo de crescimento da ocupação relativamente a
PEA reduz taxa de desemprego




                                  ...
Expansão do emprego impulsiona massa salarial real




                        2010




                 2009
Elevação da Selic surte efeito nos preços e no crédito

      IPCA mantém-se acima da meta, em função dos serviços e
     ...
Ciclo de elevação da Selic deverá terminar em setembro

     Atividade aquecida levou o Copom à elevação da Selic nas duas...
Crédito de curto prazo em retração e taxas de juros se elevando
Expansão fiscal deve ser menor no segundo semestre

    Ritmo de expansão da atividade econômica terá menor contribuição
 ...
Superávit primário acumulado em 12 meses abaixo da
                   meta para 2010
Importação brasileira será recorde em 2010

     Volume importado supera o nível anterior ao da crise

     Exportações nã...
A economia no segundo
  trimestre de 2010 e
perspectivas para o ano




    Brasília - 1º de julho de 2010
Informe Conjuntural 2º trim 2010
Informe Conjuntural 2º trim 2010
Informe Conjuntural 2º trim 2010
Informe Conjuntural 2º trim 2010
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Informe Conjuntural 2º trim 2010

535 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
535
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
85
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Informe Conjuntural 2º trim 2010

  1. 1. A economia no segundo trimestre de 2010 e perspectivas para o ano Brasília - 1º de julho de 2010
  2. 2. Crescimento com mais investimento Aumento dos investimentos gera expectativas de crescimento econômico sustentado FBKF cresceu 7,4% no 1º trimestre e volta ao nível pré-crise PIB da indústria cresceu 4,2% contra o trimestre anterior Mercado de trabalho sustenta alta do consumo doméstico Ampliação da capacidade produtiva equilibra descompasso entre oferta e demanda de produtos industriais Expansão fiscal deve ser menor no segundo semestre Demora de recuperação das economias industriais dificulta retomada das exportações brasileiras Previsão para o crescimento do PIB é de 7,2% em 2010
  3. 3. Investimentos cresceram em ritmo quase 5 vezes maior do que o consumo das famílias FBKF e Consumo das famílias (Variação frente o trimestre anterior) 19,4%
  4. 4. Retomada dos investimentos deverá fazer FBKF atingir 19,4% do PIB FBKF em proporção do PIB 19,4%
  5. 5. Mercado de trabalho mais dinâmico Emprego metropolitano cresceu 4,3% em maio frente a maio de 2009 Maior crescimento do emprego reduz taxa de desemprego Aumento do emprego impulsiona ganhos da massa salarial Indústria é o setor que mais aumenta o emprego formal
  6. 6. Crescimento do emprego é liderado pelo emprego formal
  7. 7. Maior ritmo de crescimento da ocupação relativamente a PEA reduz taxa de desemprego Taxa de desemprego média projetada para 2010: 7,0%
  8. 8. Expansão do emprego impulsiona massa salarial real 2010 2009
  9. 9. Elevação da Selic surte efeito nos preços e no crédito IPCA mantém-se acima da meta, em função dos serviços e alimentos Preços industriais apresentam desaceleração, afetados pela elevação nos juros Regularização da oferta de alimentos levou à suavização na alta dos preços do setor Variações mais contidas até o final do ano justificam previsão de IPCA em 5,4% a.a. em 2010
  10. 10. Ciclo de elevação da Selic deverá terminar em setembro Atividade aquecida levou o Copom à elevação da Selic nas duas últimas reuniões Contudo, suavização nos aumentos do IPCA deve tornar ciclo de alta dos juros mais curto e menos intenso, fechando o ano em 11,50% a.a. Aumentos na Selic começam a impactar o crédito Taxas de juros começam a se elevar e crédito de curto prazo às pessoas físicas em desaceleração Essa situação tende a colocar freios na demanda interna
  11. 11. Crédito de curto prazo em retração e taxas de juros se elevando
  12. 12. Expansão fiscal deve ser menor no segundo semestre Ritmo de expansão da atividade econômica terá menor contribuição dos gastos públicos Expansão dos gastos públicos reduziu seu ritmo no segundo trimestre e esse movimento deve acentuar-se Resultados fiscais se aproximam das metas para 2010 Com menor expansão das despesas e forte aumento de receita a meta fiscal ajustada (2,34% do PIB) deve ser superada, mas é improvável obter a meta sem ajustes (3,3% do PIB) Relação dívida/PIB deverá reduzir-se de 42,8%, no final de 2009, para 40,9% do PIB, em dezembro de 2010
  13. 13. Superávit primário acumulado em 12 meses abaixo da meta para 2010
  14. 14. Importação brasileira será recorde em 2010 Volume importado supera o nível anterior ao da crise Exportações não alcançarão nível pré-crise em 2010 Incertezas no mercado externo prejudicam recuperação das exportações Saldo comercial será de US$ 10 bilhões, ante US$ 25 bilhões em 2009 Déficit em transações correntes cresce de forma intensa Real permanece oscilando em patamar valorizado
  15. 15. A economia no segundo trimestre de 2010 e perspectivas para o ano Brasília - 1º de julho de 2010

×