PROGRAMA CEATEXRealizado pelo SINTEX – Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do                         Vestuári...
ecossitema
É precisotransformara maneirade pensar
Rumo a um mundo de 7 bilhões de            pessoas!
7 bilhões é um   desafio.
7 bilhões é uma oportunidade!
7 bilhões é umachamada à ação.
7 bilhões é o   começo.
7 bilhões exigirãodo que uma inovação        mais      por mês.
Se olharmos ao nosso redor
BettySue Flowers lembra que :“os cenários costumam alterar a   consciência das pessoas….  …o segredo consiste em ver um   ...
aumenta aconsciência  social
Annie Leonard é especialista emsaúde ambiental esustentabilidade, passou osúltimos 20 anos investigandofábricas e lixões d...
O projeto foi criado por Annie Leonard para aumentar o impacto do filme e ampliar odiscurso público sobre uma série de nor...
Annie lançará seu mais novo projeto em julho de 2012, o filme “TheStory of Change” é um documentário sobre os problemas na...
Etanol à base de casca   de fruta e jornal
Mais de 7 mil jovens, a maioria de baixa renda, ganham dinheiro        com a internet em Minas Gerais, plugados no  Tecnol...
Projetos de inovação terão                                              aportes de R$ 100 milhões          Manufatura Reve...
Grameen DanoneJardins Verticais                    Wal-Mart
É preciso por em prática!
Se for assim, ocomportamento das pessoas   pode (até) mudar.
Como evoluir além daOBRIGAÇÃO LEGAL? 1945-1960s                                    2000’s- Presente Negação da Poluição   ...
Para operacionalizar o conceito de Sustentabilidade,  Ignacy Sachs desagrega o termo em 5 dimensões:                      ...
Não se trata de inovar por inovar...Uma       organização    inovadorasustentável é a que contribui paraalcançarum desenvo...
REVISITAR OS PROCESSOS DE INOVAÇÃO COM A LENTE DA SUSTENTABILIDADE,  NÃO SE TRATA DE  DAR UM PASSO A  MAIS E SIM DAR O  PA...
Que passo é  esse?
Aideiaé ?
pela pressão social cada vezmaior preparar-se para o  Consumo consciente
 Resultado de um estudo com 250 executivos do mundo inteiro:44% pensam que a sustentabilidade é fundamental para os negóc...
Brasileiros querem mais opções de          produtos verdes
96% dos brasileiros entrevistados afirmamque estão preocupados com as mudançasclimáticas e 96% consideram que serãoimpact...
por falta deoferta deprodutossustentáveis?!
ização
Acontece que hoje ainda não temsido possível que um produto cumpracritérios de sustentabilidade em todo    o seu ciclo de ...
¿COMO
dando visibilidade para ao menos um critério ambiental do          Ciclo de Vida do Produto menos impactante ao meio      ...
em seu livro …
Modelo de Sustentabilidade                   FONTE: Stuart L. Hart e Mark Milstein
O modelo de Hart defende a criação devalor sustentável             Tecnologia Limpa           Visão sustentável Monitorar ...
De : Criação de Valor           BENEFÍCIO VALOR =               + Experiência deCompra            CUSTO                   ...
Para : Criação de Valor Sustentável                       BENEFÍCIO  VALOR =                               x Impactosocioa...
maispressão
Então a idéia é rever o ciclo de vida do produto com novos filtros         e critérios específicos como por ex: TOXICIDADE...
Ex: ToxicidadeAusência de compostos orgânicos voláteis (COVs);Ausência do uso de cloro elementar no processo produtivo;Aus...
ATÉQUANDO...
MAIORMELHOR
ATÉQUANDO...
inércia   mesmice[a fraqueza dos modelos mentais ]
o livro é um antídoto (1) contra a      inércia organizacional...    ...que é um tipo deresistência à mudançaprovocada por...
o livro é um antídoto (2) contra a      mesmice organizacional...... relaciona-se à tendência de    reproduzir soluções us...
Nós estamos cercados de suposições  a respeito de porque certas coisas    existem e de como funcionam. Acostumamos-nos a a...
Transformeonegócio dasua vida ea vida doseunegócio
então, como a  sustenta-   bilidadeadiciona valor ao negócio?
Oportunidade denegócios na Base   da Pirâmide                   Prahalad      e     Hart                   argumentam que ...
num mundo de bloqueios é preciso resgatar  criatividade inovação
K12Reinventar a educação estimulando acriatividade Idade do grupo      Número da            Ano de         Porcentagem de ...
Crise global da água potável1.1 bilhãoPessoas não tem acesso a águapotável4 bilhõesCasos por ano de diarréia440 milhõesDia...
Até agora mais de 23 milhões de filtros foramdistribuidos em países da          Africa.
Potential Applications• Escolas rurais• Pessoal miltar• Kit de emergência/  resgate• Atividades  aventureiras• Material de...
Para problemas    complexos, é necessário mudar amaneira de pensar!
É preciso criar seu próprio   radar detendências
“100 coisas para se ver em 2012”                           JWT intelligenceTodas estas macrotendências, e outras mais, que...
Apple anunciou que a App Storeultrapassou os 10 bilhões de downloadse agora a meta é chegar em 6 meses a 15
App Store Apple “uma fábrica de nanopagamentos”O sucesso da App Store, daApple, provou que aspessoas estão dispostas apaga...
O número de usuários de serviços de pagamento móvel no mundovai ultrapassar 108,6 milhões em 2010, o que representa um cre...
Acesso Econômico Possível!• A região Ásia-Pacífico lidera a adoção dos serviços de m-payment,  superando 62,8 milhões este...
Produtos VerdesSão produtos que cumprem com sua responsabilidade pelapreservação do meio ambiente, por meio de critérios:P...
•        GoodGuide foi fundado em 2007 por Dara ORourke, professor da    Universidade da Califórnia em Berkeley.•   O site...
Guia do Greenpeace para eletrônicos            mais verdes
Greendex - Ranking de consumo verde    1º Índia    2º Brasil    3º China    4º MéxicoO levantamento foi feito com base em ...
Cresceu em 51% a divulgação de anúncios pró-sustentabilidade, segundo pesquisa do instituto de pesquisa Market Analysis   ...
Mas NÃOé suficiente
o cenárioparece bom e,pode ser ainda   melhor
inovaçãoreversa
lembrando que ...” as empresas americanas levavam seus produtos para a Europa e para o Japão, onde os consumidores são sim...
Então, onde as empresas européias enorte-americanas desenvolverão suas            pesquisas no futuro?    Onde for possíve...
um bomexemplo...
vídeoManufacturing
John Gattorna is one of the most originalthinkers in the fast-changing arena ofsupply chain management. He haspioneered th...
Vender o peixe antes de sair do mar
naprática
como a  sustenta-   bilidadeadiciona valor ao negócio?
um caminho éampliar a presença deOrganizaçõesInovadoras
OIS
Por meio de novos modos de produção deconhecimento…• Modo 1 [NEWTON]                 • Modo 2 [DARWIN]  – contexto acadêmi...
“O mundo está cada vez mais   incerto funcionando em      regime imperfeito,    produzindo serviços e   produtos cada vez ...
pela ação de  líderesinovadores
Ray Anderson
Histórico• Fundada em 1973 – Fundador   e Chairman Ray Anderson,   protagonista da mudança desde 1994• Joint venture entre...
Interface Sustainability• Sustentabilidade é um processo• Ter consciência de como a  Terra funciona• Ter consciência do im...
Um caso modelo:                                                    Nossa promessa é eliminar                              ...
7 frentes para uma Empresa Modelo                     séc. 21Eliminating Waste: Eliminar toda a forma de desperdício em qu...
masadiciona valor      mesmo?!
que liçãoo ex de Ray nos ensina?
“Interface is committed to continuously improve  operational procedures in all of our facilities. We  are committed to pro...
então,os líderessouberam fazer asperguntas  certas
eles enxergam oportunidade  na base da   pirâmide
tem até quem  ganhou oprêmio nobel
GRAMEEN –    DANONE:Um iogurte para todos
e há exemplosde quem já estánesse caminho!
O QUE CONSEGUIMOS FAZER COM          ISSO???
NOVAS TENDÊNCIAS e APROVEITAMENTOFibra de cânhamoFibra de côcoGarrafa PETCinto de segurança, pneuAproveitamento de te...
CASE “AJUDE UM REPÓRTER”
CICLO DE CROWDFUNDING
Maisabertos...
e a inovação aberta faz crescer a gestão em       importância e complexidade                                              ...
o novo modelo tem vantagens: ele “cria furos”                no funil da inovação                                    Other...
O crowdsourcing contacom os insights devoluntários de todo oplaneta.Um livro fruto dainovação colaborativa.
Interessantesaber...               Sanford, Linda. 2006. Building an Innovation Company for the 21st Century. MIT-IBM Inno...
inovação não é    ciência      ou  tecnologia   Prof. Silvio Meira
• ...innovation is impossible if you think about it from a technology approach... {and} 4/5 of innovations originate from ...
inovação é sociedade     & economiaProf. Silvio Meira
e há exemplosde quem já está         nessa!
vídeoBest Buy
INOVAÇÃO ?
Sample Lab•Loja de amostras onde o cliente testa os produtos expostos.•Clientes pagam mensalidades para ter acesso aos pro...
SAC por SMSServiço gratuito tem como objetivo esclarecer dúvidas, sugestões e críticaspara o consumidor em qualquer moment...
A onda agora são as vitrines interativas                                    “La Vitrine” http://vimeo.com/5229770
lembrando que é tempo de...
Colaboração
Twitter, Facebook e MySpace redes sociais usadas pelas empresaspara ganharem mais fidelidade e transparência com clientes,...
O My Starbucks Ideas é um projeto interativo da Starbucksque pede a ajuda dos clientes para definir o futuro da empresa.  ...
O website 3M Inovação foi desenhado com objetivo de apresentar cases,conceitos e materiais sobre criatividade, além da his...
A IBM é uma empresa global com quase 400.000 funcionários em cerca de 200 países epelo menos um terço trabalha remotamente...
RESUMINDOATÉ AQUI...
faremos a ≠ pela ação de  líderesinovadores
Líderes inovadores arriscam um poucomais… “e isso exige que se trabalhe com o que é desconhecido, que se experimente mudar...
Estratégias      Estratégias Similares       Diferentes Escala             Velocidade Eficiência    Experimentação Diligên...
Onde o erro não se configure como umfracassoNúmero deopções                       Não há experiências sem sucesso,    1,00...
num contexto mais complexo de planejamentoe diante da velocidade das mudançaseconômicas, tecnológicas,sociais e ambientais...
e isso nos obriga a entender com maisprofundidade a dinâmica de sistemas      MISSÃO                    OBJETIVOS     DIRE...
para evitar construir cenários[simples] que não reflitam as urgências reaisO Ambiente de Negócios                       A...
[ i_hub_C1 ]As Variáveis                                                  <rd                                             ...
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Palestra sintex 21.06.2012_ok
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra sintex 21.06.2012_ok

557 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
557
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
281
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • http://www.youtube.com/watch?v=sc4HxPxNrZ0&amp;feature=player_embedded
  • De acordo com projeções da Divisão de População das Nações Unidas, a população mundial provavelmente vai chegar a 10 bilhões antes da virada do século. http://www.youtube.com/watch?v=UAIv15fWfHg&amp;feature=player_embedded
  • Hoje, as preocupações mais prementes humanos são questões transnacionais que compartilhamos em raça, religião e nacionalidade. Como mais e mais pessoas se juntar aqueles de nós que já estão aqui, novos desafios irão surgir e resolver os problemas existentes se tornará cada vez mais urgente. Proporcionar às pessoas com acesso a alimentos saudáveis ​​e água limpa; gestão da mudança do clima e seus impactos; tratamento da doença; geração e uso de energia com sabedoria, trabalhando com a diminuição naturais recursos; lidar com a poluição - os desafios globais.
  • Há problemas que podem, e devem, ser resolvido. Como indivíduos, temos um papel fundamental na criação de um mundo sustentável caracterizado por equilíbrio e paz para todos. Somos parte de uma comunidade grande, interligados onde as ações tomadas em um país ou região pode ter um impacto imediato sobre as outras partes do globo. Temos capacidade nova e sem precedentes, individual e coletivamente, para acessar e analisar informações, fazer conexões e buscar idéias e conectar e envolver as comunidades para resolver problemas como nunca antes. 7 bilhões é uma oportunidade para nos unir como uma comunidade global para o exercício da objetivo de promover o bem-estar no curto prazo e desenvolver uma base a partir da visão de longo prazo.
  • Há uma série de problemas diferentes que estão sendo causados ​​por um número cada vez maior de pessoas em um mundo finito porte. Muitos destes problemas podem ser resolvidos, e novas soluções surgirão ao longo do tempo. Redução das desigualdades e encontrar formas de garantir o bem-estar das pessoas vivas hoje - assim como as gerações que se seguem - vai exigir novas formas de pensar e de cooperação global sem precedentes. O momento de agir é agora.
  • A população mundial estará no topo da marca de sete bilhões no próximos meses. 7 bilhões é uma conquista e um desafio. Enquanto alguns vão se concentrar sobre o número, vamos aproveitar esta oportunidade mostrar as histórias, as ligações e as pessoas por trás deste número.
  • Ao invés de competir contra a multidão de corporações, organizações e indivíduos que trabalham para melhor a humanidade, os 7 mil milhões de Ações da campanha é projetado paraacender uma luz brilhante sobre o bom obras que já estão fazendo, e incentivar mais pessoas a se juntarem a eles.
  • VÍDEO EM CIMA DA IMAGEM
  • 1- O NUPEM/UFRJ desenvolve pesquisas para conhecer e preservar a biodiversidade dos diferentes ecossistemas da região. O NUPEM/UFRJ é fruto de uma parceria entre a Prefeitura de Macaé, a Petrobras e o Instituto de Biologia da UFRJ.  http://200.220.205.51/nupem2/ 5- PUC-SP abre matrículas para curso de Direito Ambiental e Gestão Estratégica da Sustentabilidade   Curso   proporciona ao participante a capacitação profissional necessária para atuação em consultorias e assessorias ambientais especializadas, nas áreas cível, administrativa e penal, em processos administrativos e judiciais http://econota.blogspot.com/2010/07/puc-sp-abre-matriculas-para-curso-de.html
  • Vão desde sites que incentivam pequenos produtores a vender os tradicionais queijos de Minas por Sedex através do  site . Alan Ferreira, de Salinas, arranjou um modo de oferecer para fora do município os móveis em madeira de demolição, por meio do  Vende Móveis . Já Solange Moreira, de BH, criou para a mãe, Clélia Moreira, de 66, uma página na internet para revender cosméticos da Natura. “   O Teia é a menina dos olhos de Alberto Duque Portugal, secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes). Ele conta que, em 2007, recebeu a encomenda de massificar o uso da internet em Minas , agregando valor ao produto criado. Como já tinha conhecimento do modelo do Instituto Peabyrus , que interliga cientistas e pesquisadores de todo o país, decidiu capacitar continuamente uma equipe de operadores da infraestrutura Web 2.0. “Novos rafaéis, joões e solanges vão sendo criados no Teia, que já é praticamente autossustentável . À medida que se abre uma janela, as pessoas mostram sua cara para o mundo”.
  • 1- SUAVE: Plástico fino, porém mais rígido Design curvo aumenta a resistência e reduz em 16% a utilização de resina; Pescoço largo para enchimento rápido ; Redução de 150 toneladas de resina por ano = 150 milhões de caixas; Foi concebido para a eficiência de fabricação. 2- CONFORT: Comfort Concentrado: 500 ml com rendimento igual a 2 litros, economia para consumidores benefícios ao meio ambiente
  • A bicicleta é um meio de transporte limpo e barato, o difícil é fazê-la deixar de ser um transporte particular, como o carro, e passar a ser um transporte público, como o metro. Em Barcelona o sistema BICING faz muito sucesso. É possível alugar bicicletas em postos especiais e depois basta devolve-las em um posto semelhante em qualquer lugar da cidade. Menos poluição, menos trânsito e também uma forma de exercício para a população, sem contar a educação de dever cuidar do bem público como um bem privado. http://www.gizmodo.com.br/conteudo/made-brazil-como-transformar-bicicleta-em-transporte-publico-0
  • A quinta edição da pesquisa ImagePower Green Brands mostrou que somos o país mais preocupado com as questões relacionadas ao meio ambiente e um dos poucos que se propõe a pagar mais por produtos ecologicamente responsáveis.  De acordo com a pesquisa, 60% da população brasileira prioriza a resolução de questões relacionadas às mudanças climáticas e ao desmatamento. A pesquisa ainda questionou os entrevistados a respeito das marcas que eles consideravam mais verdes e, no Brasil, as empresas Natura, Nestlé, Petrobras foram citadas, entre outras. http://planetasustentavel.abril.com.br/noticias/imagepower-green-brands-empresas-produtos-verdes-brasil-570760.shtml
  • O sucesso da App Store , da Apple, provou que as pessoas estão dispostas a pagar pequenas quantias por bens digitais ou serviços na Web. Em 22 de janeiro de 2011 , a Apple® anunciou que seus consumidores fizeram mais de 10 bilhões de downloads de aplicativos, por preços entre U$ 0,99 e 4,99. A previsão é que em 2015 serão 25 bi apps baixados.
  • Dara O´Rourke-  Em 2007, fundei o GoodGuide para ter informação vital sobre os impactos dos produtos e companhias que até então não eram conhecidas pelo público . Como acadêmico, trabalhei em questões de cadeia de suprimentos e ciclo de vida por muitos anos. Mas com a proliferação das campanhas de marketing verde frequentemente ilusórias e o aumento de consumidores confusos sobre o que comprar, o time do GoodGuide deu início à construção de uma ferramenta para ajudar as pessoas a tomarem decisões melhores e mais fundamentadas. O´Rourke-   Temos mais de 3 milhões de usuários desde que o lançamos o site, há pouco mais de um ano . A recepção em redes sociais como o Facebook e o Twitter têm sido predominantemente positivas, e recebemos pedidos frequentes de usuários para a avaliação de novos produtos e de empresas para pesquisa. Professor do Departamento de Ciência, Política e Gestão Ambiental da Universidade da Califórnia em Berkeley e, à época, atuando junto ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e ao Banco Mundial, Dara O´Rourke esteve envolvido, em 1996, em um dos casos mais emblemáticos  de agressão a direitos trabalhistas elementares.
  • http://www.greenpeace.org/international/campaigns/toxics/electronics/how-the-companies-line-up/
  • Comparações A &quot;nota&quot; do Brasil foi 58 pontos, maior do que no ano passado (57,3), mas menor do que no ano anterior (58,6). Refletindo uma tendência geral, o melhor desempenho brasileiro foi na questão da moradia, que procura avaliar o impacto ambiental das residências. Em geral, afirmou a National Geographic Society, os brasileiros tendem a morar em casas relativamente pequenas dentro da amostragem (91% dos entrevistados disseram morar em residências com menos de quatro cômodos) e usam pouco ar condicionado e aquecimento. Nos Estados Unidos e Canadá, por exemplo, cerca de 16% dos ouvidos disseram morar em casas com dez cômodos - uma incidência muito maior que a média. Nesses países, as residências também tendem a ser equipadas com infraestrutura de aquecimento e ar condicionado. Por outro lado, disse a National Geographic, os americanos foram os que mais disseram ter feito mudanças e adaptações para aumentar a eficiência energética em suas casas, tal como consertar janelas e criar condições de isolamento térmico. No quesito alimentação, o desempenho brasileiro foi prejudicado pelo alto consumo de carne - 60% dos brasileiros, 57% dos argentinos e 41% dos americanos e mexicanos comem carne diversas vezes por semana. Enquanto isso, 81% dos indianos ouvidos se disseram vegetarianos. Transporte Outro quesito medido pelo índice foi o de transporte, um setor que responde por quase 20% das emissões de gases que causam o efeito estufa. Aqui os americanos foram os últimos colocados, com 19% dos americanos afirmando ter pelo menos três carros em casa (a média geral foi 7%). Essa tendência é piorada pelo fato de, na metade dos casos, esses veículos serem de grande porte, como tratores e utilitários esportivos. Nesse quesito os brasileiros tiveram desempenho pior do que há três anos. Entretanto, ainda assim ficaram em 6º lugar, porque tendem a ter carros mais compactos e mais frequentemente motocicletas, menos poluentes que automóveis. O índice também avaliou as atitudes em relação ao meio ambiente. Por um lado, os brasileiros não são os que mais citam a questão espontaneamente como um dos grandes desafios do país. Por outro lado, quando perguntados, os entrevistados no país manifestam preocupação com problemas ambientais como a poluição de água e do ar, a mudança climática e a destruição de ecossistemas e biodiversidade. &quot;As melhorias em todo o mundo são positivas, mas ainda existe uma necessidade urgente de que as pessoas percebam como o seu comportamento afeta o meio ambiente e encontrem maneiras de reduzir sua pegada ambiental&quot;, disse o vice-presidente executivo para os programas da National Geographic, Terry Garcia.
  • Fisherman in Tokyo are taking photos of the fish they catch and posting them to a retail website before they even return to port. Fishermen’s benefit: no fish broker nor auction market process is required. Buyers’ benefit: fish and seafood you’ve ordered on the website before 9am will be delivered to your home within the same day. (It is expected to be delivered within 12 hours from being caught by fishermen to a consumer’s kitchen.)   C.O.D. available.
  • O Ajude um Repórter conecta jornalistas e produtores de conteúdo a fontes e personagens para matérias e outros conteúdos que ainda estão sendo produzidos. Se procura fontes e personagens para matérias, posts em blogs ou pesquisas, o Projeto pode ajudar. Acreditam que existem formas diferentes de se relacionar com a imprensa, que podem ser acessíveis a qualquer pessoa. A idéia é democratizar esse acesso e oferecer novas fontes aos repórteres e novas oportunidades a quem busca espaço na mídia. Utilizam do crowdsourcing para encontrar as pessoas necessárias a cada conteúdo. Para ter uma idéia, visite o atual serviço no Twitter (@ajudeumreporter). A iniciativa começou há 10 meses e, hoje, já tem mais de 9.700 seguidores que se ajudam diariamente. Pelo menos 19% dos jornalistas que utilizam o serviço já tiveram sucesso nas buscas, enquanto que 12% das fontes já foram citadas em alguma matéria jornalística, tanto em pequenos como em grandes veículos de mídia convencional ou digital.
  • Colocar historico de ultimos 5-10 anos...
  • 1.     View compliance as a business opportunity When it comes to environmental policy, regulations eventually migrate to the toughest standard.  Companies can choose to ignore or delay their response but eventually they will have to be compliant.  An early and corporate-wide embrace of compliance based on a single and forward-looking target can bring many benefits including economies of scale, operational efficiencies and improved corporate image. 2.     Search and reapply the lessons of others Despite the relative newness of environmental regulations and sustainability strategies, companies can still leverage considerable learnings from other firms, both within and outside their markets.  Firms, however, should tailor these best practices to fit their business model, competitive environment and culture. 3.     Inculcate sustainability throughout the organization Senior management support is important but insufficient in itself to catalyzing innovation.  In addition to being aligned, employees need to be incentivized and empowered to germinate and use innovation to drive sustainability and business results.    Furthermore, firms need to weave sustainability metrics and targets into their planning and performance measurement systems to ensure the change sticks and progress is measured. 4.     Implement ‘quick wins’ that have a positive business case Quick wins are critical to proving a business case, generating learning and securing momentum. Smart companies start with small pilots, course-correct as they learn, and scale rapidly. 5.     Design sustainability into your offering Although it is a laborious and expensive process, designing sustainability into the product is often the best way to reap significant business and environmental benefits.  Moreover, there are often considerable opportunities within the customer experience – sales, service and support – to reduce cost, minimize waste and message your environmental credentials. 6.     Leverage your partners Working with your supply chain and channel partners through collaborative problem-solving and planning is a critical step to maximizing the breadth of innovation and improving overall compliance. Part of this process involves setting bold yet achievable sustainability targets with your partners.  This will help secure their attention and commitment while triggering their own innovation activities. 7.     Explore new business &amp; operating models Environmental regulations can be highly disruptive to a market, leading to a reordering of customer needs, a change in the industry cost structure or the introduction of new technologies.  To leapfrog competition while minimizing business risk, companies must consider adjusting their go-to-market strategies to reflect the new realities as well as to exploit market openings.
  • En pocas palabras: back-to-basics There will be a major shift in the way people live their lives and the choices they make. We are already seeing this, surely out of pure necessity but because of this most of us are scaling back and just simply going back to basics. What does this have to do with a greener lifestyles? Everything.  Going green, is quite simply going back to basics . Figuring out then, what is truly a need and what is an indulgence and excess and what we can live without. The true green movement is basically that: how to do more with less and finding out that less is more by reducing waste (excess) and clutter. As this crisis progresses, there will be a true necessity for going green and that is not by buying organics either but by eventually choosing and establishing a simpler lifestyle . It is unfortunate though, that although many people are hurting financially, that it would take such a extreme to finally realize what is important.
  • A Bayer acaba de abrir as inscrições para a 7ª edição do Programa Bayer Jovens Embaixadores Ambientais, uma parceria mundial entre a Empresa alemã e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente. Para se inscrever, o jovem deve descrever o projeto ambiental do qual participa, incluindo quais atividades realiza, os benefícios da iniciativa e quais resultados já alcançados. Os vencedores dos quatro melhores projetos irão representar o Brasil no Encontro Internacional de Jovens Embaixadores Ambientais na Alemanha, em novembro deste ano.
  • Palestra sintex 21.06.2012_ok

    1. 1. PROGRAMA CEATEXRealizado pelo SINTEX – Sindicato das Indústrias de Fiação, Tecelagem e do Vestuário de Blumenau “Como a Sustentabilidade pode gerar resultados para o seu Negócio?” Moysés Simantob Palestra Magna Blumenau-SC 21.06.12
    2. 2. ecossitema
    3. 3. É precisotransformara maneirade pensar
    4. 4. Rumo a um mundo de 7 bilhões de pessoas!
    5. 5. 7 bilhões é um desafio.
    6. 6. 7 bilhões é uma oportunidade!
    7. 7. 7 bilhões é umachamada à ação.
    8. 8. 7 bilhões é o começo.
    9. 9. 7 bilhões exigirãodo que uma inovação mais por mês.
    10. 10. Se olharmos ao nosso redor
    11. 11. BettySue Flowers lembra que :“os cenários costumam alterar a consciência das pessoas…. …o segredo consiste em ver um futuro diferente, não comoinevitável, mas como carregado de possibilidades genuínas…”
    12. 12. aumenta aconsciência social
    13. 13. Annie Leonard é especialista emsaúde ambiental esustentabilidade, passou osúltimos 20 anos investigandofábricas e lixões do mundo todo.Coordenadora da Fundação para aProdução e Consumo sustentável,que tem como objetivo possibilitarum mundo sustentável e maisjusto.
    14. 14. O projeto foi criado por Annie Leonard para aumentar o impacto do filme e ampliar odiscurso público sobre uma série de normas ambientais, econômicas e aspreocupações sociais, com intuito de envolver a comunidade na construção de umasociedade mais sustentável e justa.The Story of Stuff Project é constituído por mais de 150.000 pessoas, incluindoativistas , associamos e organizações de justiça social e ambiental.Patrocinado pelo Tides Center, o sustento do projeto vem das doações de fundaçõespúblicas e privadas, contribuições da sociedade e venda de livros e DVDs.
    15. 15. Annie lançará seu mais novo projeto em julho de 2012, o filme “TheStory of Change” é um documentário sobre os problemas nas práticascomerciais, que estão deteriorando o nosso futuro. No filme ela mostraque devemos ser mais preocupados com a cidadania, ao invés de fazercompras.
    16. 16. Etanol à base de casca de fruta e jornal
    17. 17. Mais de 7 mil jovens, a maioria de baixa renda, ganham dinheiro com a internet em Minas Gerais, plugados no Tecnologia,Empreendedorismo e Inovação Aplicados (Teia) Calcula-se que o Teia já tenha gerado R$ 2 bilhões em negócios. O Teia é uma iniciativa do secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes)
    18. 18. Projetos de inovação terão aportes de R$ 100 milhões Manufatura ReversaProdutos revertidos em matérias-primas para reinserção nos processos produtivos
    19. 19. Grameen DanoneJardins Verticais Wal-Mart
    20. 20. É preciso por em prática!
    21. 21. Se for assim, ocomportamento das pessoas pode (até) mudar.
    22. 22. Como evoluir além daOBRIGAÇÃO LEGAL? 1945-1960s 2000’s- Presente Negação da Poluição Além da Produção Verde como problema da •Produção mais Limpa sociedade •Base da pirâmide “Smell of money” “Ecoeficiência (dissimulação) (Força positiva) Obrigação Reorientação Oportunidade Mid 1980s-1990s 1970-80s Regulação do Produção Verde •Prevenção da poluição End-of-pipe •Ecoeficiência “Pagar para reduzir (Ganha - Ganha) o impacto negativo” (trade-off)
    23. 23. Para operacionalizar o conceito de Sustentabilidade, Ignacy Sachs desagrega o termo em 5 dimensões: [social] [administrativa] [econômica] [fiscal] [ Sustentabilidade ] [ecológica] [política e Institucional] [espacial] [cultural]E há outros estudando mais 3dimensões... Fonte: Ignacy Sachs, em seu livro Estratégias de transição para o século XXI, de 1993
    24. 24. Não se trata de inovar por inovar...Uma organização inovadorasustentável é a que contribui paraalcançarum desenvolvimentosocialmente includente,tecnologicamenteprudente e economicamenteeficiente Autor: Maurice Strong - Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro em 1992.
    25. 25. REVISITAR OS PROCESSOS DE INOVAÇÃO COM A LENTE DA SUSTENTABILIDADE, NÃO SE TRATA DE DAR UM PASSO A MAIS E SIM DAR O PASSO CERTO NA GESTÃO DAS
    26. 26. Que passo é esse?
    27. 27. Aideiaé ?
    28. 28. pela pressão social cada vezmaior preparar-se para o Consumo consciente
    29. 29.  Resultado de um estudo com 250 executivos do mundo inteiro:44% pensam que a sustentabilidade é fundamental para os negóciose 78% disseram que ela é vital para ocrescimento no futuro. No Brasil, o número de executivosque acreditam na sustentabilidade como fator fundamental para osnegócios chegou a 64%. Na Europa, por exemplo, a média foi deapenas 25%. Quando questionados se poderiam cobrar um preço premium dosclientes pelo produto ou serviço sustentável, 70% dos países dosmercados emergentes responderam que “concordam”. No Brasil, oíndice foi de 56% e em primeiro lugar apareceram os EUA com 67%.No Japão, o índice foi de 36%. Os executivos que responderam a o país que maispesquisa também apontaram os EUA comose esforça para ser mais sustentável . O Brasilficou em décimo lugar, atrás de países como China, índiae França. (Pesquisa Accenture,2012)
    30. 30. Brasileiros querem mais opções de produtos verdes
    31. 31. 96% dos brasileiros entrevistados afirmamque estão preocupados com as mudançasclimáticas e 96% consideram que serãoimpactados diretamente em suas vidas;9 /10 brasileiros dizem que estariamdispostos a mudar para um fornecedor queutiliza energia renovável;98% dos consumidores brasileiros dizem quemudariam de produto, por um que minimizao impacto sobre as mudanças climáticas, masapenas 48% havia feito isso nos últimos12 meses anteriores, por falta de ofertade produtos sustentáveis. Fonte: Accenture End-Consumer Observatory on Climate Change 2009
    32. 32. por falta deoferta deprodutossustentáveis?!
    33. 33. ização
    34. 34. Acontece que hoje ainda não temsido possível que um produto cumpracritérios de sustentabilidade em todo o seu ciclo de vida, ou seja, da extração da matéria prima ao seu descarte final, tendo em vista o estado atual de desenvolvimento tecnológico e econômico. Por isso, as empresas buscam identificar um elemento de sustentabilidade, que seja devidamente comprovado.
    35. 35. ¿COMO
    36. 36. dando visibilidade para ao menos um critério ambiental do Ciclo de Vida do Produto menos impactante ao meio ambiente
    37. 37. em seu livro …
    38. 38. Modelo de Sustentabilidade FONTE: Stuart L. Hart e Mark Milstein
    39. 39. O modelo de Hart defende a criação devalor sustentável Tecnologia Limpa Visão sustentável Monitorar Valores Concentração de Conselho de Propriedade Administração Prevenção da Poluição Supervisão do Produto Controlar Padrões Remuneração Executiva Estrutura Multidivisional Decisões Administrativas Stuart Hart
    40. 40. De : Criação de Valor BENEFÍCIO VALOR = + Experiência deCompra CUSTO NO PROCESSO DE SELEÇÃO:  Consumidor compara Prod A produtos /serviços concorrentes  É extremamente exigente nessa Prod B avaliação  Escolhe a opção que lhe oferece Prod C a melhor Equação de Valor ou Melhor Benefício / Custo Prod D  Escolhe opção que oferece melhor Experiência de Compra
    41. 41. Para : Criação de Valor Sustentável BENEFÍCIO VALOR = x Impactosocioambiental CUSTONO PROCESSO DE SELEÇÃO HOJE: NO PROCESSO DE SELEÇÃO FUTURO: Consumidor compara produtos  Consumidor compara produtos /serviços concorrentes considerando os efeitos no É extremamente exigente nessa ecossistema avaliação  Considera matéria prima naturais Escolhe a opção que lhe oferece a combustiveis fósseis e uso eficiente melhor Equação de Valor ou dos recursos Melhor Benefício / Custo  Escolhe a opção que lhe oferece a melhor Equação de Valor Escolhe opção que oferece melhor Sustentável Experiência de Compra  Escolhe a opção que oferece melhor relacionamento mais transparente com a empresa
    42. 42. maispressão
    43. 43. Então a idéia é rever o ciclo de vida do produto com novos filtros e critérios específicos como por ex: TOXICIDADE Extração de matéria-prima Produção Disposição Distribuição reciclagem Utilização reuso http://www.mel.nist.gov/programs/slim.htm
    44. 44. Ex: ToxicidadeAusência de compostos orgânicos voláteis (COVs);Ausência do uso de cloro elementar no processo produtivo;Ausência do uso de benzeno;Isento de Óleo;Isento de metais pesados;O processo de produção não utiliza materiais tóxicos e/ouperigosos, mas usa, temporariamente, materiais de baixatoxicidade e periculosidade;Redução ou eliminação de materiais tóxicos e/ou perigosos;Ausência de produtos tóxicos;Baixa ou nenhuma emissão de gases tóxicos;Substituição de matérias-primas ou insumos perigosos (ex:tóxicos, voláteis, inflamáveis ou irritantes) por outros, atóxicosou de menor periculosidade.
    45. 45. ATÉQUANDO...
    46. 46. MAIORMELHOR
    47. 47. ATÉQUANDO...
    48. 48. inércia mesmice[a fraqueza dos modelos mentais ]
    49. 49. o livro é um antídoto (1) contra a inércia organizacional... ...que é um tipo deresistência à mudançaprovocada por normas e procedimentos internos
    50. 50. o livro é um antídoto (2) contra a mesmice organizacional...... relaciona-se à tendência de reproduzir soluções usadas com sucesso no passado, mesmo que não sejam mais válidas para as condições atuais
    51. 51. Nós estamos cercados de suposições a respeito de porque certas coisas existem e de como funcionam. Acostumamos-nos a aceitar e a não questionar estas suposições. Naverdade, temos grande dificuldade deenxergar e reconhecê-las. Com muitafreqüência, elas são invocadas como razões e justificativas para que as coisas sejam mantidas como estão, imutáveis.
    52. 52. Transformeonegócio dasua vida ea vida doseunegócio
    53. 53. então, como a sustenta- bilidadeadiciona valor ao negócio?
    54. 54. Oportunidade denegócios na Base da Pirâmide Prahalad e Hart argumentam que para fazer negócios com 4 bilhões de pessoas pobres do mundo, que representam 2/3 da população mundial, com receita abaixo de US$ 1500/ano, serão necessárias inovações radicais em tecnologia e no modelo de negócios das empresas.
    55. 55. num mundo de bloqueios é preciso resgatar criatividade inovação
    56. 56. K12Reinventar a educação estimulando acriatividade Idade do grupo Número da Ano de Porcentagem de testado amostragem aplicação do assuntos de teste “alta criatividade” 5 anos 1.600 crianças 1973 98% 10 anos 1.600 crianças 1978 30% 15 anos 1.600 crianças 1983 12% 25 + anos 280.000 adultos 1985 2% Estudo longitudinal de Land and Jarman entre 1968 - 1985
    57. 57. Crise global da água potável1.1 bilhãoPessoas não tem acesso a águapotável4 bilhõesCasos por ano de diarréia440 milhõesDias de escola perdidos por ano devido a doençasrelacionadas a água1.8 milhõesVidas perdidas devido a doenças como a diarréia
    58. 58. Até agora mais de 23 milhões de filtros foramdistribuidos em países da Africa.
    59. 59. Potential Applications• Escolas rurais• Pessoal miltar• Kit de emergência/ resgate• Atividades aventureiras• Material de contingência
    60. 60. Para problemas complexos, é necessário mudar amaneira de pensar!
    61. 61. É preciso criar seu próprio radar detendências
    62. 62. “100 coisas para se ver em 2012” JWT intelligenceTodas estas macrotendências, e outras mais, que nos cercam e às nossasorganizações, nos fazem pensar e, algumas delas, mais que outras, podemter um maior impacto (positivo ou negativo) sobre nossas vidas,dentro e fora das organizações.O que é importante é que você se atente à elas e, se puder, crie um debatecontínuo com suas equipes, para chegar, por consenso é sempremais rico, sobre as mais importantes que poderão afetar os seus negócios. Fonte: http://www.moysessimantob.com.br
    63. 63. Apple anunciou que a App Storeultrapassou os 10 bilhões de downloadse agora a meta é chegar em 6 meses a 15
    64. 64. App Store Apple “uma fábrica de nanopagamentos”O sucesso da App Store, daApple, provou que aspessoas estão dispostas apagar pequenas quantias Fonte: http://latam.apple.com/pr/articulo/?id=1624&r=brpor bens digitais ouserviços na Web. Até o dia26 de julho a Apple®anunciou que seusconsumidores fizeram maisde 5 bilhões de downloadsde aplicativos, por preçosentre U$ 0,99 e 4,99.A previsão é que em 2015serão 25 bi apps baixados. Juniper Research,2010
    65. 65. O número de usuários de serviços de pagamento móvel no mundovai ultrapassar 108,6 milhões em 2010, o que representa um crescimento de 54,5% em relação ao ano passado, segundo Gartner. Para 2012 a previsão é superar os 190 milhões de usuários de pagamentos móveis.Como? Pequenos varejistas certificados atuarão como agências bancárias; Depósitos via lojas; Tranferência de dinheiro via lojas; Enviar dinheiro por SMS para quem não é registrado no sistema; Pagamento de contas, taxis… Fonte: The Economist
    66. 66. Acesso Econômico Possível!• A região Ásia-Pacífico lidera a adoção dos serviços de m-payment, superando 62,8 milhões este ano - crescimento de 50,2% sobre os 41,8 milhões de usuários registrados em 2009 - representando 2,6% de telefonia móvel neste mercado. Fonte: Gartner, 2010
    67. 67. Produtos VerdesSão produtos que cumprem com sua responsabilidade pelapreservação do meio ambiente, por meio de critérios:Para aa Philips, os produtos aprovados em pelo menos Para Philips, os produtos aprovados em pelo menosduas Green Focal Areas e que mostram um duas Green Focal Areas e que mostram umdesempenho satisfatório quanto à duração de seu desempenho satisfatório quanto à duração de seuciclo de vida são considerados Green Products. ciclo de vida são considerados Green Products.
    68. 68. • GoodGuide foi fundado em 2007 por Dara ORourke, professor da Universidade da Califórnia em Berkeley.• O site objetiva clarear a visão dos consumidores em relação à transparência dos produtos.• Há diversas ferramentas de apoio no site, para a pesquisa das características de seus produtos de preferência.• Já foi criado um aplicativo para smartphones, que auxilia os consumidores em suas compras instantaneamente.
    69. 69. Guia do Greenpeace para eletrônicos mais verdes
    70. 70. Greendex - Ranking de consumo verde 1º Índia 2º Brasil 3º China 4º MéxicoO levantamento foi feito com base em entrevistas e mediu o comportamento e o estilo devida de 17 mil pessoas em 17 países.Os norte-americanos se mantém como um dos povos com os hábitos menossustentáveis do planeta nos últimos três anos, quando o levantamento começou a serfeito. Canadá, França e Inglaterra também estão entre os últimos no ranking. Fonte: BBC
    71. 71. Cresceu em 51% a divulgação de anúncios pró-sustentabilidade, segundo pesquisa do instituto de pesquisa Market Analysis Fonte: Meio & Mensagem
    72. 72. Mas NÃOé suficiente
    73. 73. o cenárioparece bom e,pode ser ainda melhor
    74. 74. inovaçãoreversa
    75. 75. lembrando que ...” as empresas americanas levavam seus produtos para a Europa e para o Japão, onde os consumidores são similares aos dos EUA… essa mesma abordagem nãofunciona nos mercados emergentes, porque toda a estrutura da economia e osproblemas dos consumidores são diferentes … mesmo em relação ao Brasil , cujo PIB percapita é cerca de 10 mil US$ (o dos EUA é quase 50 mil US$), há um grande desnível – não são todos os produtos que podem ser adaptados e comercializados…”
    76. 76. Então, onde as empresas européias enorte-americanas desenvolverão suas pesquisas no futuro? Onde for possível tornar local tanto o desenvolvimento de produtos como o fornecimento , e também as capacidades estratégicas de marketing.(mas isso tem sido retardado : pela recessão econômica e pressão por empregos na Europa e EUA )
    77. 77. um bomexemplo...
    78. 78. vídeoManufacturing
    79. 79. John Gattorna is one of the most originalthinkers in the fast-changing arena ofsupply chain management. He haspioneered the idea of ‘dynamic alignment’,which is so powerfully presented in thisground-breaking book. If proof wereneeded that successful companiescompete through their supply chaincapability, then this fascinating bookprovides it.– Martin Christopher, professor ofMarketing and Logistics, CranfieldSchool of Management.
    80. 80. Vender o peixe antes de sair do mar
    81. 81. naprática
    82. 82. como a sustenta- bilidadeadiciona valor ao negócio?
    83. 83. um caminho éampliar a presença deOrganizaçõesInovadoras
    84. 84. OIS
    85. 85. Por meio de novos modos de produção deconhecimento…• Modo 1 [NEWTON] • Modo 2 [DARWIN] – contexto acadêmico – contexto da aplicação – barreiras disciplinares – multidisciplinaridade – homogeneidade de – heterogeneidade de percepções percepções – controle de qualidade e – qualidade e relevância relevância pelos pares definidos externamente – estrutura e organização – organizações ad-hoc e hierárquica e estática estruturas planas – responsabilidade interna – responsabilidade externa – liberdade (acadêmica) e – usuários e interesses “desafio do conhecimento” definem a agenda... gibbons: http://www.intermedia.uio.no/konferanser/skikt-02/skikt-research-confera
    86. 86. “O mundo está cada vez mais incerto funcionando em regime imperfeito, produzindo serviços e produtos cada vez mais inacabados. O mundo está em formato BETA.”silvio meira
    87. 87. pela ação de líderesinovadores
    88. 88. Ray Anderson
    89. 89. Histórico• Fundada em 1973 – Fundador e Chairman Ray Anderson, protagonista da mudança desde 1994• Joint venture entre Carpets International Plc. e grupo de investidores norte americanos• Diversos donos atualmente• Líder mundial em cobertura de superfícies• Meta: Ser a primeira empresa a eliminar qualquer impacto que ela possa ter ao ambiente em 2020
    90. 90. Interface Sustainability• Sustentabilidade é um processo• Ter consciência de como a Terra funciona• Ter consciência do impacto humano: Ações Matéria Produto Resíduos
    91. 91. Um caso modelo: Nossa promessa é eliminar qualquer impacto negativo de nossa empresa no meio ambiente até 2010  Eliminar toda a forma de desperdício  Eliminar substâncias tóxicas  Usar energias renováveis  Redesenhar processos e produtos para fechar o “ciclo vida”  Transportar pessoas e produtos de maneira eficiente para reduzir o desperdício e emissões  Sensibilizar os Stakeholders (partes interessadas)  Criar um novo modelo de negócios
    92. 92. 7 frentes para uma Empresa Modelo séc. 21Eliminating Waste: Eliminar toda a forma de desperdício em qualquer área daempresa;Benign Emissions: Eliminar substâncias tóxicas de produtos, veículos e fábricas;Renewable Energy: Usar energias renováveis no processo produtivo como porexemplo solar, eólica, biomassa e geotérmica;Closing the Loop: Redesenhar processos e produtos para fechar o “ciclo tecnológico”usando recovered and bio-based materials;Resource-Efficient Transportation: Transportar pessoas e produtos de maneiraeficiente para reduzir o desperdício e emissões;Sensitizing Stakeholders: Criar uma cultura que integre princípios de sustentabilidadee melhorando as vidas e a maneira de viver das pessoas;Redesign Commerce: Criar um novo modelo de negócios que demonstre e apoie osvalores de um comércio baseado em sustentabilidade.
    93. 93. masadiciona valor mesmo?!
    94. 94. que liçãoo ex de Ray nos ensina?
    95. 95. “Interface is committed to continuously improve operational procedures in all of our facilities. We are committed to promoting those programs that positively impact the safety and well-being of our associates and protecting the natural environment in and around our workplaces.“ – Melhorar os procedimentos operacionais – Implementar programas que impactem positivamente na segurança e bem estar dos colaboradores – Proteção do ambiente natural dentro e fora do local de trabalhoCompromisso
    96. 96. então,os líderessouberam fazer asperguntas certas
    97. 97. eles enxergam oportunidade na base da pirâmide
    98. 98. tem até quem ganhou oprêmio nobel
    99. 99. GRAMEEN – DANONE:Um iogurte para todos
    100. 100. e há exemplosde quem já estánesse caminho!
    101. 101. O QUE CONSEGUIMOS FAZER COM ISSO???
    102. 102. NOVAS TENDÊNCIAS e APROVEITAMENTOFibra de cânhamoFibra de côcoGarrafa PETCinto de segurança, pneuAproveitamento de tecido
    103. 103. CASE “AJUDE UM REPÓRTER”
    104. 104. CICLO DE CROWDFUNDING
    105. 105. Maisabertos...
    106. 106. e a inovação aberta faz crescer a gestão em importância e complexidade Características Nesse conceito, outras companhia capazes de internalizar as inovações desenvolvidas, podem patenteá-las, criando uma situação em que todos saem ganhando Da mesma forma, a empresa pode patentear inovações desenvolvidas por outras empresas ou laboratórios de pesquisas Esse novo conceito cria novas oportunidades e novos desafios O conceito de ““Open Innovation” se baseia na utilização de caminhos O conceito de Open Innovation” se baseia na utilização de caminhos internos ou externos para avançar no desenvolvimento de inovações internos ou externos para avançar no desenvolvimento de inovações Fonte: Henry Chesbrough
    107. 107. o novo modelo tem vantagens: ele “cria furos” no funil da inovação Other firm´s market Our new Licence, spin market out, divest Internal technology base Internal/external Our current venture handling market External technology insourcingExternal technology base Henry Chesbrough, 2004
    108. 108. O crowdsourcing contacom os insights devoluntários de todo oplaneta.Um livro fruto dainovação colaborativa.
    109. 109. Interessantesaber... Sanford, Linda. 2006. Building an Innovation Company for the 21st Century. MIT-IBM Innovation
    110. 110. inovação não é ciência ou tecnologia Prof. Silvio Meira
    111. 111. • ...innovation is impossible if you think about it from a technology approach... {and} 4/5 of innovations originate from customers{!...} » Langdon Morris, co-autor de 4th Generation R&D: Managing Knowledge, Technology and Innovation
    112. 112. inovação é sociedade & economiaProf. Silvio Meira
    113. 113. e há exemplosde quem já está nessa!
    114. 114. vídeoBest Buy
    115. 115. INOVAÇÃO ?
    116. 116. Sample Lab•Loja de amostras onde o cliente testa os produtos expostos.•Clientes pagam mensalidades para ter acesso aos produtos.•Fabricantes pagam para expor seus produtos e parareceber o feedback dos consumidores.•A Sample Lab chega a atrair 700 visitantes por dia.
    117. 117. SAC por SMSServiço gratuito tem como objetivo esclarecer dúvidas, sugestões e críticaspara o consumidor em qualquer momento. Fonte: http://www.proxxima.com.br
    118. 118. A onda agora são as vitrines interativas                                    “La Vitrine” http://vimeo.com/5229770
    119. 119. lembrando que é tempo de...
    120. 120. Colaboração
    121. 121. Twitter, Facebook e MySpace redes sociais usadas pelas empresaspara ganharem mais fidelidade e transparência com clientes, paraentender as reais necessidades do seu público e tornando idéias deseus clientes e colaboradores em insumos para o desenvolvimentode inovações.
    122. 122. O My Starbucks Ideas é um projeto interativo da Starbucksque pede a ajuda dos clientes para definir o futuro da empresa. A empresa obteve mais de 130 milAtravés do site, qualquer um pode sugerir idéias, votar nas sugestões de comomelhores e discutir com outros consumidores as melhores melhorar e, 700 já foram implantadas!propostas.As idéias são organizadas em categorias, ranqueadas através da votação popular eacumulam pontos. Os comentários de cada proposta também são abertos, e muitascontam com uma participação massiva do público.A Starbucks colocou uma equipe chamada “Idea Partners” para se dedicar a análise dasidéias. São funcionários de diversas áreas da empresa, incluindo Brad Stevens, vice-presidente de marketing, que decidem, comentam e respondem individualmente cadaproposta no blog do projeto. Fonte: brainstorm9
    123. 123. O website 3M Inovação foi desenhado com objetivo de apresentar cases,conceitos e materiais sobre criatividade, além da história da inovação no Brasile no mundo. Dentro do espaço de downloads, os internautas terão àdisposição uma lista de documentos, tais como os 10 mandamentos dainovação, a cultura de inovação da empresa e arquivos sobre inovação Fonte: www.baguete.com.brsustentável.
    124. 124. A IBM é uma empresa global com quase 400.000 funcionários em cerca de 200 países epelo menos um terço trabalha remotamente. Como colocar esta massa de pessoas emcontato, trocando idéias e compartilhando informações e experiências?A solução é social computing!Os funcionários da IBM, no mundo todo usam ferramentas de redes sociais intensamente,como uma rede social interna chamada Beehive, mas além disso é comum o uso de redesexternas, como Orkut, Face book, Linkedin e Twitter . Atualmente existem mais de10.000 blogs internos e cerca de 15.000 WikiCentral.JAM - brainstorming virtualOs funcionários participaram proativamente da definição dos valores da empresa quesão:a)Dedication to every client’s successb)Innovation that matters, for our company and the worldc)Trust and responsability in all relationships. Fonte: IBM
    125. 125. RESUMINDOATÉ AQUI...
    126. 126. faremos a ≠ pela ação de líderesinovadores
    127. 127. Líderes inovadores arriscam um poucomais… “e isso exige que se trabalhe com o que é desconhecido, que se experimente mudar o status quo, onde o maior risco é o de não inovar.” Capra, Fritjof Adequação O Tao da Física Estagnação Limite do Caos Caos Mudança lenta e Mudança rápida e incremental radical
    128. 128. Estratégias Estratégias Similares Diferentes Escala Velocidade Eficiência Experimentação Diligência Imaginação Controle Criação Alinhamento Diversidade Hierarquia Network
    129. 129. Onde o erro não se configure como umfracassoNúmero deopções Não há experiências sem sucesso, 1,000 apenas experiências com resultados Idéias diferentes das expectativas. 100 log Experimentos 10 Empreendimentos (Ventures) 1 Novos Negócios Incrementos de risco
    130. 130. num contexto mais complexo de planejamentoe diante da velocidade das mudançaseconômicas, tecnológicas,sociais e ambientais osadministradores tem sidoforçados a aprender cadavez mais rápido. Talaprendizado exige métodosque permitam representar eavaliar a complexidadecada vez maior do
    131. 131. e isso nos obriga a entender com maisprofundidade a dinâmica de sistemas MISSÃO OBJETIVOS DIRETRIZES PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Análise das Capacitações IMPLEMENTAÇÃO Internas Análise Ambiental Planejamento Dirigido por PERFORMANCE Cenários C u r e n t 5 0 % 7 5 % Ciclo de 9 5 % 1 0 % V e n d a s 1 M Vendas 7 5 0 , Milhares ($) 5 0 , 0 2 5 0 , 0 1 1 5 . 7 0 3 5 . 4 5 2 . 6 0 0 30 T m iM e( ê s ) 60 Meses Mapeamento Simulações Causal SBDS – Prof. Júlio Figueiredo
    132. 132. para evitar construir cenários[simples] que não reflitam as urgências reaisO Ambiente de Negócios  Ambiente Global • Economia • Tecnologia • Cultura  Ambiente de Mercado • Consumidores • Competidores • Fornecedores  Ambiente da Empresa • Produção • Distribuição • Comunicação SBDS – Prof. Júlio Figueiredo
    133. 133. [ i_hub_C1 ]As Variáveis <rd Ca oid ne fm o  do ambiente da empresa <rdo Cas oid ne fm od driã ab> Do isç tu i Ia mg e m Peç ruS oe> dro tsv ois C oi n frd om p ú blc ia CLIENTES V a lrc oE RESPONSABILIDADE ac da el s o i Vrb ac lreo oe P i d Va ed n da s E m pra es oo n ôm i c <t P ru o d i prd ec lM oa eo So atfç is aã C oid n fr om v> id a d e C o nfr om ia ddeA aC do m e d uo n ia cç a ã Ca oi nfrd om dn ets Clie e C ua s ts o E d m p ra es FINANÇAS m b in e tl a dro ee doPç <o Mo d e lE Rm ea lae cn int oo M a rn ge s Rçe ea cã uo pd e r C us tA o clin ots mCee ive nn ets so t i m sio ttg ré a> c m b ie n tl a Ge rã aço C om n he ci da es Ié d i eH na te o <l C a p it a N o vo sp Iv ne s t im bs id la de ru od ts o e n ts o Itlc na elt> u F lx eibi l ia dde <A Cu s to Ca oid nd fr om C o m p et M e lo hr i a Pe lnn at eo ja m eru dd ot s Po m b ie n tl a> ê nc is a oro sv eç S eis C o n tu ía n dcs oe ss P ro o Cg ur ltr u ao nn a O ial za ci So a tfç is aã E fê in cac i P ru odt i Ca oid nd fr om ere dc os s Po C oi n frd o aD di e m d a INOVAÇÃO ds ao sa P es v ia dd e sro oc ss Cí t i sç tb riã iu o PESSOAS Pd o líc ta is oio pn ea rl a c eto Ic ne n iv Rm ea lce ain o <o Mo d e lE nF tco or on m Q u a l i P erd fa il sic ttg ro a> é ee cs e do r d a d e Lç ida e r an <ç So atfã ia s <o R ea la c in AO m br in et e m em n tc o o gc ao nn iza al i C a p ia tl ds> ao sa P es Cle in ts e> M o de l o Itlc na elt u Ec sg ttio r aé Tg eie ca nolo Sd itm ss eea ifra nç oo mã PROCESSOS ORGANIZAÇÃO SBDS – Prof. Júlio Figueiredo

    ×