SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Eu te amo porque te amo. Não precisas ser amante, e nem sempre sabes sê-lo. Eu te amo porque te amo. Amor é estado de graça e com amor não se paga. As sem-razões do amor
Amor é dado de graça, é semeado no vento, na cachoeira, no eclipse. Amor foge a dicionários e a regulamentos vários .
Eu te amo porque não amo bastante ou demais a mim. Porque amor não se troca, não se conjuga nem se ama. Porque amor é amor a nada, feliz e forte em si mesmo.
Amor é primo da morte, e da morte vencedor, por mais que o matem (e matam) a cada instante de amor. CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE FORMATAÇÃO: CLAUDIA MADEIRA SITE:  www.corepoesia.com   IMAGENS: GOOGLE, SOM: LE BONHEIR D’AIMER – RICHARD CLAYDERMAN

Mais conteúdo relacionado

Mais de klaudia60

Eros E Psique
Eros E PsiqueEros E Psique
Eros E Psiqueklaudia60
 
Um Encontro E Duas Visoes
Um Encontro E Duas VisoesUm Encontro E Duas Visoes
Um Encontro E Duas Visoesklaudia60
 
Um Conto Chines
Um Conto ChinesUm Conto Chines
Um Conto Chinesklaudia60
 
Teresa A Flor De Jesus
Teresa A Flor De JesusTeresa A Flor De Jesus
Teresa A Flor De Jesusklaudia60
 
Ter Ou Nao Ter Namorado
Ter Ou Nao Ter NamoradoTer Ou Nao Ter Namorado
Ter Ou Nao Ter Namoradoklaudia60
 
Soneto Do Amor Total
Soneto Do Amor TotalSoneto Do Amor Total
Soneto Do Amor Totalklaudia60
 
Tempo Perdido
Tempo PerdidoTempo Perdido
Tempo Perdidoklaudia60
 
Taj Mahal O Tumulo Do Amor
Taj Mahal O Tumulo Do AmorTaj Mahal O Tumulo Do Amor
Taj Mahal O Tumulo Do Amorklaudia60
 
So A Natureza E Divina
So A Natureza E DivinaSo A Natureza E Divina
So A Natureza E Divinaklaudia60
 
Sete Anos De Pastor Jaco Servia
Sete Anos De Pastor Jaco ServiaSete Anos De Pastor Jaco Servia
Sete Anos De Pastor Jaco Serviaklaudia60
 
Servindo A Deus
Servindo A DeusServindo A Deus
Servindo A Deusklaudia60
 
Saudade Pablo Neruda
Saudade Pablo NerudaSaudade Pablo Neruda
Saudade Pablo Nerudaklaudia60
 
Santa Helena
Santa HelenaSanta Helena
Santa Helenaklaudia60
 
Salmo De Davi
Salmo De DaviSalmo De Davi
Salmo De Daviklaudia60
 
Robert Clara E A Fantasia Em Do
Robert Clara E A Fantasia Em DoRobert Clara E A Fantasia Em Do
Robert Clara E A Fantasia Em Doklaudia60
 

Mais de klaudia60 (20)

Eros E Psique
Eros E PsiqueEros E Psique
Eros E Psique
 
Um Encontro E Duas Visoes
Um Encontro E Duas VisoesUm Encontro E Duas Visoes
Um Encontro E Duas Visoes
 
Um Dia
Um DiaUm Dia
Um Dia
 
Um Conto Chines
Um Conto ChinesUm Conto Chines
Um Conto Chines
 
Teresa A Flor De Jesus
Teresa A Flor De JesusTeresa A Flor De Jesus
Teresa A Flor De Jesus
 
Ter Ou Nao Ter Namorado
Ter Ou Nao Ter NamoradoTer Ou Nao Ter Namorado
Ter Ou Nao Ter Namorado
 
Soneto Do Amor Total
Soneto Do Amor TotalSoneto Do Amor Total
Soneto Do Amor Total
 
Tempo Perdido
Tempo PerdidoTempo Perdido
Tempo Perdido
 
Taj Mahal O Tumulo Do Amor
Taj Mahal O Tumulo Do AmorTaj Mahal O Tumulo Do Amor
Taj Mahal O Tumulo Do Amor
 
So A Natureza E Divina
So A Natureza E DivinaSo A Natureza E Divina
So A Natureza E Divina
 
Sherazade
SherazadeSherazade
Sherazade
 
Sete Anos De Pastor Jaco Servia
Sete Anos De Pastor Jaco ServiaSete Anos De Pastor Jaco Servia
Sete Anos De Pastor Jaco Servia
 
Servindo A Deus
Servindo A DeusServindo A Deus
Servindo A Deus
 
Saudade Pablo Neruda
Saudade Pablo NerudaSaudade Pablo Neruda
Saudade Pablo Neruda
 
Santa Helena
Santa HelenaSanta Helena
Santa Helena
 
Salmo De Davi
Salmo De DaviSalmo De Davi
Salmo De Davi
 
Prometeu
PrometeuPrometeu
Prometeu
 
Robert Clara E A Fantasia Em Do
Robert Clara E A Fantasia Em DoRobert Clara E A Fantasia Em Do
Robert Clara E A Fantasia Em Do
 
Primavera
PrimaveraPrimavera
Primavera
 
Quando Eu
Quando EuQuando Eu
Quando Eu
 

As Sem Razoes Do Amor

  • 1. Eu te amo porque te amo. Não precisas ser amante, e nem sempre sabes sê-lo. Eu te amo porque te amo. Amor é estado de graça e com amor não se paga. As sem-razões do amor
  • 2. Amor é dado de graça, é semeado no vento, na cachoeira, no eclipse. Amor foge a dicionários e a regulamentos vários .
  • 3. Eu te amo porque não amo bastante ou demais a mim. Porque amor não se troca, não se conjuga nem se ama. Porque amor é amor a nada, feliz e forte em si mesmo.
  • 4. Amor é primo da morte, e da morte vencedor, por mais que o matem (e matam) a cada instante de amor. CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE FORMATAÇÃO: CLAUDIA MADEIRA SITE: www.corepoesia.com IMAGENS: GOOGLE, SOM: LE BONHEIR D’AIMER – RICHARD CLAYDERMAN