INTEGRAÇÃO TRAINNER
       2008

UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA – UAUD
Integração Trainner




          Unidade de Auditoria Interna
            Apresentação da Equipe


                      ...
Integração Trainner

                UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA- UAUD

          Equipe             Cargo/Função       F...
Integração Trainner
   MÓDULO 04 – CONHECENDO SEBRAE/MA – CH 08 HORAS


         1º Parte – Manhã                2º Parte ...
Integração Trainner
Instituição SEBRAE/MA

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas –
SEBRAE, iniciou as...
Integração Trainner
Para o exercício de 2008, e em consonância com o PPA, o SEBRAE
Instituiu como foco:

1.   Reduzir carg...
Integração Trainner
   Instituição SEBRAE/MA

Área de atuação:

       Serviços de apoio às micro e pequenas empresas

Prá...
Integração Trainner
Instituição SEBRAE/MA

Fontes de receita:

       Receitas de Contribuição Social (INSS), Receitas de ...
Integração Trainner
Instituição SEBRAE/MA


          Unidades de Negócios   Projetos/Qtd
          Açailândia            ...
Integração Trainner
  Organograma




                      10
Integração Trainner
   Subordinação



 Auditoria interna esta subordinada diretamente ao Diretor
 Superintendente, não te...
Integração Trainner
 Auditoria Interna

A Auditoria Interna é uma atividade de avaliação independente e
de assessoramento ...
Integração Trainner
  Auditoria Interna


O conceito tradicional do auditor interno está sendo há muito,
modificado pelas ...
Integração Trainner
 Auditor Interno


   O momento não é mais só de procurar erros, apontar
   culpados e também dos posi...
Integração Trainner
   UAUD – Missão


A Auditoria Interna tem por missão básica, assessorar a
Administração,   no    dese...
Integração Trainner
       UAUD

Eficiência, eficácia e economicidade do desempenho e da utilização dos
recursos, dos proc...
Integração Trainner
       UAUD

 A razão de ser da Auditoria: (Resolução DIREX Nº 001/2002);

 Ser para a administração, ...
Integração Trainner
         UAUD

Análise prévia de todos os processos de contratação e pagamento;

Duas visitas a cada a...
Integração Trainner
         UAUD

Participação nas reuniões de monitoramento de projetos GEOR;

Análise permanente das   ...
Integração Trainner
       UAUD

Programa educacional visando diminuir as falhas de processos internos;

Realização de tra...
Integração Trainner
  Auditoria Interna X Auditoria Externa


       AUDITOR INTERNO                     AUDITOR EXTERNO
 ...
Integração Trainner


                   TCU/SFC

                      CGU

                 BDO Trevisan

              ...
Integração Trainner
               DIREX


                       TCU/SFC
   BDO                   CGU
 TREVISAN




 CLIE...
Integração Trainner
                         DIREX
          Informações para a tomada de decisão
                Gestão d...
Integração Trainner




                      25
Integração Trainner

                            Porque?


               TCU/SFC

                 CGU

             BDO ...
Integração Trainner
     Plano de Trabalho UAUD




  Plano Anual de Auditoria



  Programas de Auditoria



   Relatório...
Integração Trainner
Normas Internas   IN nº 01   Instrumentos decisórios

                  IN nº 02   Viagens Nacionais
 ...
Integração Trainner
    Principais
Resoluções DIREX




                      29
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ApresentaçãO Trainner 2008

1.094 visualizações

Publicada em

Apresentação elaborada para socialização de novos empregados.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.094
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Trainner 2008

  1. 1. INTEGRAÇÃO TRAINNER 2008 UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA – UAUD
  2. 2. Integração Trainner Unidade de Auditoria Interna Apresentação da Equipe 2
  3. 3. Integração Trainner UNIDADE DE AUDITORIA INTERNA- UAUD Equipe Cargo/Função Formação Antônio Humberto V Souza Gerente Ciências Contábeis Pós graduando Elvis Alan Pacheco Analista Ciências Contábeis Pós graduado Gilson Vieira Cardoso Analista Bacharel Direito Paulo Ricardo Gomes Lopes Analista Administração Ciências Contábeis Pós graduado Safira Estagiária Administração 3
  4. 4. Integração Trainner MÓDULO 04 – CONHECENDO SEBRAE/MA – CH 08 HORAS 1º Parte – Manhã 2º Parte - Tarde Instituição SEBRAE Fontes: normas da Instituição x RLCSS UAUD x SEBRAE/MA Formas de Contratação Serviços Finalísticos Organograma Ferramentas da Auditoria (SIORC/SIGEOR/SIPLAN/SIAC) Subordinação DISUP Sistema de Viagens UAUD – Visão Sistêmica Sistemas de Custeio Auditoria Interna x Auditoria Prestação de Contas Externa Plano de Trabalho 2008 Sistema GEDOC 4
  5. 5. Integração Trainner Instituição SEBRAE/MA O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE, iniciou as suas atividades em 1972 e tem como objetivo o desenvolvimento sustentável das empresas de pequeno porte. Neste sentido promove: 1. Cursos de capacitação; 2. Facilitação ao acesso a serviços financeiros; 3. Estimulação a cooperação entre empresas; 4. Organização de feiras e rodadas de negócios; 5. Incentivo ao desenvolvimento de atividades que contribuem para a geração de emprego e renda; O SEBRAE possui unidades em todos os 26 estados e no DF, que formam um sistema único de atendimento com aproximadamente 800 pontos em todo o País. 5
  6. 6. Integração Trainner Para o exercício de 2008, e em consonância com o PPA, o SEBRAE Instituiu como foco: 1. Reduzir carga tributária e burocracia; 2. Ampliar e universalizar crédito e capacitação; 3. Promover educação empreendedora e cooperação; 4. Promover acesso a mercados; 5. Atuar em ações coletivas e priorizar Arranjos Produtivos; 6. Aprimorar estrutura, operação e gestão do SEBRAE 6
  7. 7. Integração Trainner Instituição SEBRAE/MA Área de atuação: Serviços de apoio às micro e pequenas empresas Práticas ou princípios aplicáveis: Normas de contabilidade no Brasil; Manual de contabilidade do Sistema SEBRAE; Regulamento de Licitações e de Contratos do Sistema SEBRAE; Lei 8.666/93 (secundariamente); CLT; IN/TCU nº 12, de 24/04/96 (Serviços Sociais Autônomos); Lei 8.443/92 (Contribuições Parafiscais) 7
  8. 8. Integração Trainner Instituição SEBRAE/MA Fontes de receita: Receitas de Contribuição Social (INSS), Receitas de empresas Beneficiadas, receitas de convênios, subvenções e auxílios e receitas Financeiras. Principais Ativos/Passivos e Despesas: Ativos Passivos Despesas Aplicações financeiras Obrigações com Despesas com contratos, Contas vinculadas contratos e convênios, Convênios, despesas com Imobilizado Fornecedores e pessoal obrigações trabalhistas e provisões 8
  9. 9. Integração Trainner Instituição SEBRAE/MA Unidades de Negócios Projetos/Qtd Açailândia 04 Bacabal 05 Balsas 08 Barreirinhas 04 Chapadinha 05 Caxias 04 Imperatriz 08 Pinheiro 04 Santa Inês 04 São Luís 15 9
  10. 10. Integração Trainner Organograma 10
  11. 11. Integração Trainner Subordinação Auditoria interna esta subordinada diretamente ao Diretor Superintendente, não tendo nenhum órgão sob sua subordinação direta; direta; Vincula- Vincula-se normativamente à unidade de Auditoria do SEBRAE/NA. SEBRAE/NA. 11
  12. 12. Integração Trainner Auditoria Interna A Auditoria Interna é uma atividade de avaliação independente e de assessoramento da administração; Voltada para o exame e avaliação da adequação, eficiência e eficácia dos sistemas de controle, bem como da qualidade do desempenho das áreas, em relação às atribuições e aos planos, às metas, aos objetivos e às políticas definidos para as mesmas; 12
  13. 13. Integração Trainner Auditoria Interna O conceito tradicional do auditor interno está sendo há muito, modificado pelas novas concepções de gestão; que vêem na Auditoria Interna um importante aliado para a revisão das operações desenvolvidas pelas áreas operacionais e de apoio, além de, com base no exame das rotinas e procedimentos internos, avaliar a eficiência e a eficácia do funcionamento dos sistemas de controle interno da entidade. 13
  14. 14. Integração Trainner Auditor Interno O momento não é mais só de procurar erros, apontar culpados e também dos posicionamentos do tipo “não pode ser feito” ou “está errado”. A necessidade, cada vez mais crescente, exige do Auditor Interno participação na estratégia da empresa, opinando com alternativas factíveis para o atendimento do cliente, se elas existirem. Uma máxima a esse respeito estabelece que: “Auditoria Interna tem que ser parte da solução e não mais parte do problema”. 14
  15. 15. Integração Trainner UAUD – Missão A Auditoria Interna tem por missão básica, assessorar a Administração, no desempenho de suas funções e responsabilidades, através do exame da: Adequação e eficácia dos controles; Integridade e confiabilidade das informações e registros; Integridade e confiabilidade dos sistemas estabelecidos para assegurar a observância de políticas, metas, planos, procedimentos, Leis, Normas e regulamentos e sua efetiva utilização; 15
  16. 16. Integração Trainner UAUD Eficiência, eficácia e economicidade do desempenho e da utilização dos recursos, dos procedimentos e métodos para salvaguarda dos ativos e a comprovação de sua existência, assim como a exatidão dos ativos e passivos; Compatibilidade das operações e programas com os objetivos, planos e meios de execução estabelecidos; Simplificar procedimentos e, portanto, minimizar os custos; Melhorar a execução e a eficiência das áreas; Corrigir problemas organizacionais, funcionais ou operacionais; Melhorar a qualidade e velocidade de informações para tomada de decisões gerenciais; 16
  17. 17. Integração Trainner UAUD A razão de ser da Auditoria: (Resolução DIREX Nº 001/2002); Ser para a administração, um meio de certificar os procedimentos internos, as políticas definidas, os sistemas contábeis e de controle; Zelar pela observância das normas preocupando-se com o aprimoramento das mesmas de forma a torna os processos mais ágeis e eficientes; Auxiliar a Diretoria e demais Unidades de Negócios no cumprimento de suas atribuições; Opinar sobre a suficiência das informações, gerenciais e do sistema de transmissão dessas informações; Sugerir medidas construtivas na melhoria da eficiência e da eficácia; Verificar as regularidades dos processos de contratação e pagamento; 17
  18. 18. Integração Trainner UAUD Análise prévia de todos os processos de contratação e pagamento; Duas visitas a cada agência durante o ano; Todo trabalho de auditoria em agências, projetos ou unidades terá como foco de trabalho os processos avaliados conforme matriz de risco; Todo trabalho de auditoria em agências terá como um dos focos de trabalho os projetos que seguem a metodologia GEOR; As auditorias realizadas em Unidades / Agências / Projetos terão a preocupação de analisar a gestão dos recursos colocados a disposição do executor; 18
  19. 19. Integração Trainner UAUD Participação nas reuniões de monitoramento de projetos GEOR; Análise permanente das normas internas da entidade, buscando sua simplificação e divulgação; Acompanhamento dos trabalhos de auditoria externa, auditoria do SEBRAE Nacional e órgãos de fiscalização externa; Subsidiar os trabalhos do Conselho Fiscal e Conselho Deliberativo; Participar ativamente do projeto de implantação do Gerenciamento de Risco no SEBRAE Nacional; 19
  20. 20. Integração Trainner UAUD Programa educacional visando diminuir as falhas de processos internos; Realização de trabalhos de auditoria com base em indicadores de monitoramento continuo; Acompanhamento dos convênios com as entidades parceiras; Informatização das atividades da auditoria interna com a aquisição e implantação de sistema de gerenciamento das atividades; 20
  21. 21. Integração Trainner Auditoria Interna X Auditoria Externa AUDITOR INTERNO AUDITOR EXTERNO É empregado da empresa Não tem vinculo auditada empregatício com a empresa Menor grau de auditada independência Maior grau de Executa auditoria contábil e independência Operacional Executa apenas auditoria Verificar se as normas contábil internas estão sendo Emitir parecer ou opinião seguidas sobre as demonstrações Verificar a necessidade de contábeis, no sentido de aprimorar as normas verificar se estas refletem internas vigentes adequadamente a posição patrimonial e financeira. 21
  22. 22. Integração Trainner TCU/SFC CGU BDO Trevisan UAUD 22
  23. 23. Integração Trainner DIREX TCU/SFC BDO CGU TREVISAN CLIENTES CLIENTES EXTERNOS INTERNOS 23
  24. 24. Integração Trainner DIREX Informações para a tomada de decisão Gestão de Valor Agregado Auditorias Interna e Controladoria Externa Monitoramento Controles Específicos de Riscos Controles de Processamento de Transações Controles de Controles Supervisão de Negócios Áreas de Suporte e Áreas de Tecnologia da Negócios Informação 24
  25. 25. Integração Trainner 25
  26. 26. Integração Trainner Porque? TCU/SFC CGU BDO Trevisan UAUD 26
  27. 27. Integração Trainner Plano de Trabalho UAUD Plano Anual de Auditoria Programas de Auditoria Relatório de Auditoria 27
  28. 28. Integração Trainner Normas Internas IN nº 01 Instrumentos decisórios IN nº 02 Viagens Nacionais IN nº 03 PAC IN nº 04 Carteira funcional IN nº 05 Convênios IN nº 06 Telefonia móvel celular IN nº 07 Ponto Eletrônico IN nº 08 Compras e contratações IN nº 09 Controle de bens patrimoniais IN nº 10 Fundo rotativo IN nº 11 Auxílio escola IN nº 12 Boletim eletrônico IN nº 13 Veículos IN nº 14 UNTI IN nº 15 Segurança de acesso à rede 28
  29. 29. Integração Trainner Principais Resoluções DIREX 29

×