Slide tan tan tan

197 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide tan tan tan

  1. 1. A violência contra a mulher sobre a ótica da evolução soci al e dos D r ei t os C vi s. i iD sci pl i na: Construção do C i onheci m o e M odol ogi a ent etda Pesqui saPr of essor a: Jani ny Li m e Si l va aC ponent es: G l van Al ves, Li bna R ssa, M om i i anoel Moaci re Jobed Soar es.C so: D r ei t o Tur m 2 Tur no: M ut i no ur i a: at
  2. 2. “A violência, seja qual for amaneira como ela semanifesta, é sempre umaderrota.” Jean-Paul Sartre
  3. 3.  Conceito de Violência Doméstica; Declaração das Nações U das – 1949; ni “Todo e qualquer ato que tenha como resultado o dano de natureza física, sexual ou psicológica”; Aspectos históricos; Aristóteles e a descrição da cl assef em ni na. i
  4. 4.  Características da violência cont r a a m her ; ul Marcas visíveis pel o cor po; sent i m os entabal ados, m edo excessi vo e total submissão aocompanhei r o; Tr anst or nos causados:  depressão;  traumas físicos e psicológicos;  alguns casos, até m o suicídio. esm Os prejudicados são muitas vezes, não somente osformadores do casal, mas também seus f i l hos; Dados mostram que em 66% dos casos de agressão osfilhos estão presentes e cerca de 16% sofrem a violênciajunto com a mãe.
  5. 5.  Ambiente familiar violento comoum estímulo à violência; A “coisificação” da m her ul naant i gui dade; Consequências negat i vas dessai deol ogi a par a os doi s sexos.
  6. 6.  Violência doméstica - relação com os m s aipobr es; Abusos sexuais – índice maior em classe médias eal t as; Violência simbólica - elaborado pelo sociólogoPi er r e Bour di eu; A violência simbólica pode ser exercida pordiferentes instituições da sociedade: o Estado, amídia, a escol a;  Experiências de Violência Simbólica 1) Relação ent r e col egas 2) Relação ent r e pr of essor es e al unos 3) Regras impostas pela instituição ao pr of essor
  7. 7.  O Br asi l ocupa a 7ª posição nos países com maiorincidência da violência dom i ca; estDados mostram que o número de denúncias de violênciadom i ca cr escer am112% em2010; est A m or i a r el at ando lesão cor por al , segui do pel as aiameaças a seguranças; O estado de São Paulo foi o que teve o maior númerode denúncias; 59% das m her es que realizaram a denúncia são ulagr edi das di ar i am e, sendo a cada doi s m nut os 5 ent im her es agr edi das emnosso país. ul
  8. 8.  D r ei t os adqui r i dos como passar dos anos; i D r ei t os nos r am ci vi l e penal ; i os Código ci vi l de 1916/ 2002, ar t i go 158, 1.518 e1521; Papel da m her na soci edade at ual ; ul Evolução social no que diz respeito a forma como ét r at ada a m her ; ul O et i vando uma mudança de opinião, que levará a bjcol et i vi dade a encar ar a i gual dade de gênero.
  9. 9. “Eu sou contra a violênciaporque parece fazer obem, mas o bem só étemporário. O mal que se faz éque é permanente” Gandhi

×