EVOLUÇÃO | 1
2 | EVOLUÇÃO
EVOLUÇÃO | 3
|||||| editorial                                                Ecoturismo Ecológico                                      ...
EVOLUÇÃO | 5
|||||| sumário                                                     Exata e Evolução                                       ...
EVOLUÇÃO | 7
|||||| turismo de negóciosO Turismo de Gravata ganhou espaço e ampliou    SONIA REGINA PENHA    FOTOS: DIVULGAÇÃO    O tur...
negócios.                                     Agenda de Turismo de Negócios                                           EXPO...
FOTO DIVULGAÇÃO - PMSBC                                Cultura, esporte e turismo compõem o                               ...
Nelson de Abreu é referência             para o Turismo Nacional   FELIPE DUARTE                         do turismo nacion...
Artistas de rua conquistam   ANDRESSA TONETTO                      Fazendo da rua o seu palco, diversos artistas   FOTOS: ...
espaço na capital paulista                                                 Músicos                                        ...
Entenda o Sistema de                 Classificação Hoteleira       CRISTIANE CORADINI CHIORATO          os requisitos que ...
Saulo Benevides assume cidadecom título de Estância Turística   FELIPE DUARTE    Saulo Benevides (PMDB) venceu as eleições...
A culinária diversificada e          sofisticada nas mãos do Chefe                                                        ...
Renovação na prefeitura             de São Caetano                LUCIANA BESSONE                         Paulo Pinheiro (...
|||||| turismoABETA Summit reúne empre    De 29 a 31 de outubro, empreendedores da vida ao ar livre se reúnem em          ...
sários do turismo ecológico      O ABETA Summit 2012 é o maior  encontro de Ecoturismo e Turismo  de Aventura realizado na...
SOCORRO – A Beleza da natureza e o                          SONIA REGINA PENHA                          FOTOS: DIVULGAÇÃO ...
Ecoturismo Realiza ABETA SUMMIT                       Carlos Tavares Diretor do departamento de Turismo                  e...
|||||| giro culturalGravação do DVDTeatro MágicoGrupo musical brasileiro formado em 2003 nacidade de Osasco, São Paulo, cr...
|||||| points                   Gastronomia com requinte e                 sofisticação no Nova Petrópolis                ...
Cantina La Dolce Vita    Administrada pelo casal EdnaTavares e Antenor Alves a cantinafoi aberta em 1996. Desde entãoEdna ...
Estação Leopoldina       Parrilla   Inaugurada em fevereiro de 2012, ad-ministrada por Anselmo Venezol e De-nis Littel a c...
26 | EVOLUÇÃO
Formação esportiva e cultural             nas propostas de Carlos Grana                 FELIPE DUARTE                  A p...
28 | EVOLUÇÃO
Haddad quer descentralizar    esporte e cultura   FELIPE DUARTE                         rência da produção e criação artís...
Polo Design Show:     Tendências de Decoração para ambientes           residenciais e corporativos   ERISSON SILVEIRA   FO...
EVOLUÇÃO | 31
Plano de Governo de Serra inclui TurismoSustentável e Cultura Democrática   FELIPE DUARTE     Velho conhecido da população...
EVOLUÇÃO | 33
|||||| tecnologia34 | EVOLUÇÃO
Michels surpreende nas urnas e aposta emações para melhorar a qualidade de vida                                     O cand...
3636 | EVOLUÇÃO  | EVOLUÇÃO
EVOLUÇÃO | 37| 37   EVOLUÇÃO
38 | EVOLUÇÃO
EVOLUÇÃO | 39
40 | EVOLUÇÃO
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revista evolução 13

925 visualizações

Publicada em

Revista Sobre Turismo, Tecnologia e Entretenimneot

1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
925
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revista evolução 13

  1. 1. EVOLUÇÃO | 1
  2. 2. 2 | EVOLUÇÃO
  3. 3. EVOLUÇÃO | 3
  4. 4. |||||| editorial Ecoturismo Ecológico em São Paulo O Brasil é um país que se destaca por suas belezas na- turais e em razão disso tem um grandioso potencial ecotu- rístico. Um dos eventos relacionados ao segmento é o ABE- TA Summit, considerado o maior encontro de Ecoturismo e Turismo de Aventura realizado na América Latina. Segundo dados da Organização Mundial do Turismo, 10% dos turistas ao redor do mundo procuram o turismo ecológico. Com isso, o faturamento do Brasil com o setor é de cerca de 70 milhões de dólares. Em 2012, a ABETA (Associação Brasileira de Ecoturismo e Turismo de Aventura) reúne as lideranças do mercado da vida ao ar livre na cidade de Socorro, interior de São Paulo. Localizada no Circuito das Águas, perto da divisa com Mi- nas Gerais, a cidade permite a união da natureza com a prática de esportes de aventura. Essa será a 9° edição e tem como tema: Atuando em rede: Compartilhar ideias para multiplicar negócios. O even- to apresenta a Ria + Rede de Ideias ABETA, o Encontro de Negócios, o Congresso Técnico e a Agenda Social. Além do exercício esportivo, é uma excelente oportunidade para tro- ca de experiências entre os participantes. A Revista Evolução traz também a importância da reali- zação da Feira Internacional de Produtos, Serviços e Sus- tentabilidade para Gastronomia, Hotelaria e Turismo (Fis- tur). O evento está na 6° edição e terá a presença de chefes de cozinhas de 10 países. Os empresários que comparece- rem poderão conhecer novos produtos, novas tecnologias e fechar negócios. A produção destaca também uma entrevista com o che- fe de cozinha Celso dos Santos Silva que fala sobre sua experiência na área gastronômica e a culinária no Brasil eFOTO DIVULGAÇÃO - SOCORRO no Mundo. 4 | EVOLUÇÃO
  5. 5. EVOLUÇÃO | 5
  6. 6. |||||| sumário Exata e Evolução Jornais e Revistas Ltda.ME Socorro recebe Redação: (11) 2988-1904 Abeta Summit (11) 2758-3018 (11) 97240-3561 Vivo (11) 99436-1531 Claro 18 a 21 (11) 95333-9892 Tim E-mails: redacao@revistaevolucao.com.br publicidade@revistaevolucao.com.br Site: www.revistaevolucao.com.br luciana@revistaevolucao.com.br silveira@revistaevolucao.com.br Diretores: Artistas de rua conquistam Luisa Lúcio da Silva (11) 99436-1531 Claro / 97240-3561 Vivo espaço na capital paulista 12 e 13 Departamento Jurídico: Dra. Eurli Furtado de Miranda Editor: Felipe Duarte - MTB 66.811 SP O Turismo de Gravata Jornalista Revisora: Sonia Regina Penha. MTB 69960 SP ganhou espaço e ampliou Jornalistas: negócios. Felipe Duarte Luciana Bessone - MTB 70064SP 8e9 Fabiano Mello Sonia Regina Penha - MTB 069690SP Diagramação e Arte: A culinária diversificada e Gonçalo Pavanello / Ezequiel Santos sofisticada nas mãos do Fotografia: Rosineile Siqueira Chefe Luciana Bessone 16 Colaboradores: Edimar Gomes Queiroz Sarah Guardini Marketing: Erisson Silveira Marcio Cesar o sucesso de Web Designer Ezequiel Santos um profissional de beleza Circulação: Grande ABC, Litoral e 7 São Paulo (capital e interior) Impressão: Editora Referência A Revista Evolução é uma publicação bimestral,do Prefeitos eleitos pela primeira vez Paulo Pinheiro As matérias e artigos assinados não e Saulo Benevides expressam a opinião desta Revista. 15 e 17 Auditoria:6 | EVOLUÇÃO
  7. 7. EVOLUÇÃO | 7
  8. 8. |||||| turismo de negóciosO Turismo de Gravata ganhou espaço e ampliou SONIA REGINA PENHA FOTOS: DIVULGAÇÃO O turismo de gravata ganhouespaço e ampliou negócios. O Brasil subiu bastante nas po-sições do ranking dos países procu-rados para eventos internacionais.As exportações brasileiras dão es-paço ao turismo de negócios que sãoas convenções e as grandes feiras.Aproximadamente um terço dos tu-ristas que visitam o Brasil vem anegócios. É certo que a colocação do paísno cenário mundial e as represen-tações de algumas organizações in-ternacionais, remetam à expectati- nacional do Livro de Bogotá, em para estimular ainda mais o setor.va dessas visitas. Certamente as di- 2012. Eles têm parceria com diversas en-versificadas redes de hotéis, centros Mas existe agora outro tipo de tidades do segmento, tais como Se-de convenções e restaurantes com turismo nascente do “turista de gra- cretaria de Turismo, AREGALA, CNTur,excelente atendimento e mão de vata”, as feiras de Hotelaria, os Con- FHORESP E SINHORES, com ênfase naobra qualificada atraem o turista de gressos Internacionais de Gastrono- qualidade dos serviços prestados,gravata. mia que por sua vez desenvolvem a pretendem levar o Brasil a competir O turismo de negócios é a fonte política, a indústria e o comércio. nos mercados nacional e internaci-para outras peculiaridades de turis- Ousadamente, os empreendedo- onal captando novos eventos.mos, como o da cultura que home- res locais propõem-se a atrair mais O turismo de negócios é um dosnageou o Brasil na 25ª Feira Inter- turistas fora da alta temporada segmentos que mais favorece finan-A marca holandesa Drooginovou o conceito Mais uma vez ao criar um conceito que mistura loja e hotel com o que há de mais novo no mundo do de- sign A loja-hotel é da Droog, fundada em 1993 e atualmente uma das marcas con- ceituais líderes no segmento do de- sign na Holanda. O espaço escolhi- vemos pegar todos os serviços al- do para sediar a loja e hotel é um ternativos oferecidos por hotéis e prédio do século 17 no centro his- torná-los centrais à experiência de tórico de Amsterdam. “O conceito de se hospedar,” disse Renny Ra- hotel foi revertido. Antes, servia es- makers, co-fundadora e diretora da pecialmente para dormir, mas resol- Droog.8 | EVOLUÇÃO
  9. 9. negócios. Agenda de Turismo de Negócios EXPOCARGO 13ª Feira e Fórum de Comércio Exterior e Logística 30 de outubro a 1 de novembro de 2012 Feira Setorial / Internacional / Anual Local: Centro de Eventos Fiergs - Porto Alegre - RS www.expocargo.com.br Contato: expocargo@sinalcom.com.br 27° SALÃO DO AUTOMÓVEL Data: 24 de Outubro a 04 de Novembro Local: Pavilhão de Exposições Anhembi, São Paulo Endereço: Rod. dos Imigrantes, km 1,5 - Água Funda - São Paulo Horário: 24 das 14 às 22h, 25 a 3 das 13 às 22h, 4 das 11 às 19h Evento: O Salão Internacional do Automóvel, é o maior e mais importante evento automobilístico da América Latina. Todos os ceiramente a área, pois além do uso apaixonados por automóveis podem desfrutar das grandes tendên- dos serviços turísticos como o trans- cias do setor e o que há de mais moderno no mundo dos automó- porte, hospedagem e alimentação, veis, sem sair do Brasil. muitas vezes, usufruem dos atrati- vos como - equipamentos tecnoló- gicos e contratação de profissionais EXPO FENABRAVE & CONGRESSO técnicos. E percebe-se que é ativida- de com crescimento acelerado, uma FENABRAVE vez que o progresso profissional 22ª Feira de Negócios da Distribuição Automotiva 23 a 25 de novembro de 2012 ainda ocupa lugar de destaque na Feira Setorial / Internacional / Anual busca de realizações do indivíduo. Linhas de Produtos e/ou Serviços: automóveis, caminhões, ônibus, motocicletas, tratores, máquinas agrí- colas e implementos rodoviários. Com cerca de 70 expositores, será aberto(a) a empresários das 8h30 às 17h30. Hotel holandês Promoção: Reed Exhibitions Alcântara Machado S/A. Local: Expo Center Norte - Pavilhão Vermelho - São Paulo - SP decora quarto com www.congresso-fenabrave.com.br Contato: info@congresso-fenabrave.com.br QR codes Não é de hoje que as empresas FIT 0/16 - Edição Outono/Inverno buscam inovar na maneira como 40ª Feira Internacional do Setor Infanto-Juvenil / Teen / Bebê 25 a 28 de novembro de 2012 utilizam novas tecnologias. E, ao que Feira Setorial / Internacional / Semestral tudo indica, as marcas de variados Linhas de Produtos e/ou Serviços: segmentos estão experimentando confecções, acessórios de moda, calçados, artigos de puericultura, cama como podem aproveitar esses recur- e banho, artigos de sos para oferecer algo mais especí- higiene pessoal, móveis, decoração, equipamentos para lojas e publica- fico e inusitado ao seu público. Um ções técnicas. Com cerca bom exemplo disso é a rede Hotel de 150 expositores, será aberto(a) a empresários das 10h às 19h de Modez, situada na Holanda. O domingo a terça-feira, e das estabelecimento decorou um quarto 10h às 17h na quarta-feira. inteiro com QR codes que, quando Promoção: Interfeiras Eventos Ltda. escaneados por um smartphone, le- Local: Expo Center Norte - São Paulo - SP www.fit016.com.br vam seus clientes a sites eróticos. Contato: expo@fit016.com.br EVOLUÇÃO | 9
  10. 10. FOTO DIVULGAÇÃO - PMSBC Cultura, esporte e turismo compõem o Programa de Governo de Luiz Marinho FELIPE DUARTE desenvolvimento de ações e parce- assunto. Um exemplo, é a garantia ria com a iniciativa privada para de acesso da população às quadras O programa de governo é um capacitação de recursos humanos. poliesportivas da rede municipal de material essencial para que a po- O esporte também é uma área ensino para ações de esporte e la- pulação entenda o que seu candi- que requer atenção da prefeitura. A zer. Pensando na acessibilidade, há dato pretende realizar durante seu cidade está na lista das que podem um projeto que tem como objetivo governo. Para a cidade evoluir, é in- receber uma das seleções que parti- promover práticas esportivas que teressante haver uma fiscalização ciparão do maior evento futebolís- atendam pessoas com necessidades da sociedade, na tentativa de evitar tico, a Copa do Mundo (2014). Den- especiais. um acomodamento do político após tro desse campo, ainda há uma pre- São Bernardo do Campo é uma vencer as eleições. ocupação com a formação de cidade rica culturalmente, porém o Em São Bernardo do Campo, Luiz atletas para as Olimpíadas do Rio interessante é sempre melhorar, Marinho (PT) obteve uma votação Janeiro, que será realizada em 2016. pois esse conhecimento enriquece expressiva (65%), ganhou no primei- Visando esse período aquecido o cidadão. O programa de governo ro turno é será o responsável pela na área esportiva, o programa de aponta para esse setor, o fortaleci- administração da cidade até 2016. governo do Luiz Marinho projeta o mento do intercâmbio entre as di- Para área turística, o prefeito firmamento de convênios com enti- versas culturas presentes na cida- destaca em seu programa de gover- dades nacionais do esporte e uni- de (migrantes, imigrantes, indígenas no alguns projetos, entre eles a ela- versidades. A finalidade é buscar e culturas populares tradicionais). boração do Plano de Diretor de De- excelência na gestão das instalações As propostas que visam benefi- senvolvimento do Turismo. Este pla- e capacitação técnica dos profissi- ciar a população estão programa- no é fundamental para um planeja- onais do Estádio de Atletismo e dos das, agora o papel da sociedade é mento organizado do setor. Também Centros de Desenvolvimento da Gi- cobrar o cumprimento de cada pro- integram as propostas para essa nástica, do Handebol e da Canoa- messa feita durante a campanha área, a implementação de roteiros e gem. política. estruturas turísticas, incluindo, o O esporte também é um instru- mento de inclusão social e há pro- Fonte: Programa de Governo da Co- turismo de negócios e sindical e o postas do prefeito relacionadas ao ligação “São Bernardo Não Pode Parar”. 10 | EVOLUÇÃO
  11. 11. Nelson de Abreu é referência para o Turismo Nacional FELIPE DUARTE do turismo nacional. A ABRESI há 25 área de turismo. anos desempenha um importante No espaço, os empresários, as- O Turismo brasileiro vive um papel dentro do Turismo Nacional”, sociados ou não, têm condições demomento de ascensão. O mundo está afirma o presidente. conhecer novos produtos, novas tec-com as atenções voltadas para o O órgão também se preocupa em nologias e fechar negócios. O gran-Brasil devido aos dois importantes dar oportunidades e formar novos de diferencial é que isso pode sereventos que o país sediará nos pró- profissionais. Na sede de São Pau- feito em um único lugar, dessa for-ximos quatro anos. Em 2014, have- lo, há uma escola de Hotelaria e Gas- ma há economia de tempo.rá a Copa do Mundo e em Um dos destaques da fei-2016 teremos os Jogos Olím- ra são as palestras ligadas apicos, no Rio de Janeiro. O empresário é exemplo de diversos temas da área de tu- A evolução do turismo na- credibilidade para os rismo como, por exemplo, ho- telaria, gastronomia, entrecional passa pelo trabalhode Nelson de Abreu Pinto. Ele profissionais do setor outras. “As palestras são im-é presidente da Confedera- portantes não só para o ex-ção Nacional do Turismo positor, mas também para os(CNTur) e da Associação empresários que aproveitamBrasileira de Gastronomia, para adquirirem mais conhe-Hospedagem e Turismo (ABRE- cimento. Os alunos de turis-SI). Nessa oportunidade, a CN- mo também podem assistir aTUR e o país consagrarão o palestras didáticas”, comen-Brasil campeão Mundial de ta Nelson de Abreu Pinto.Copa e Cozinha. Em São Pau- Para enriquecer o conteú-lo, será inserido um cardá- do, renomados chefes de co-pio duplo durante os 365 zinha de vários países comodias do ano, com comidas tí- Itália, Espanha, Peru, Bolívia,picas das cinco regiões bra- Colômbia, Cuba, Portugal,sileiras. França e Chile comparecerão Em 2014, a ABRESI e a CN- para dialogar com público,Tur realizarão um grande dar palestras e também cozi-evento internacional que nhar. Nesses cinco anos, es-consagrará o Brasil como tiveram presentes mais de 65uma das primeiras nações do mil visitantes compostos pormundo em termos de quali- atuantes do setor, sócios,dade e variedade gastronô- proprietários, compradoresmica. O Brasil, essa grande de estabelecimentos da Gas- DIVULGAÇÃOnação continental, tem em tronomia, Hotelaria e Turis-seu território praticamente cinco tronomia, onde os associados po- mo e estudantes da área.países: a Amazona legal no Norte, a dem concluir os cursos dentro dos Esse tipo de evento colaboraregião Nordeste, a região Centro- seus segmentos. para o crescimento da área e quali-oeste, a região Sudeste e o Sul do Com o apoio da CNTur, a ABRESI fica os profissionais para que rea-pais. Cada uma com sua peculiari- promove a Feira Internacional de lizem trabalhos de alta qualidade,dade gastronômica. Produtos, Serviços e Sustentabilida- independente do tamanho do even- A ABRESI completou 25 anos (Ju- de para Gastronomia, Hotelaria e Tu- to e do estilo do turista que venhabileu de Prata) e nessa trajetória de rismo (FISTUR). Nesse ano será rea- para o Brasil. “Nós temos ótimassucesso, seu presidente destaca o lizada a 6° edição, de 29 a 31 de ou- belezas naturais e gostamos de re-empenho dos profissionais envolvi- tubro, no Palácio de Convenções do ceber as pessoas. O Brasil tem con-dos no projeto. “Temos um grupo de Anhembi. O evento visa trazer par- dições de elevar o turismo em 30,profissionais voltados 24hs em prol ceiros de diversos segmentos na 40% do que é hoje”, diz o presidente. EVOLUÇÃO | 11
  12. 12. Artistas de rua conquistam ANDRESSA TONETTO Fazendo da rua o seu palco, diversos artistas FOTOS: DIVULGAÇÃO cativam a população com sua arte e criatividade. Presentes na região do ABCD eno centro histórico de São Paulo, os O cenário é o mesmo, a rotina lo urbano”.artistas de rua ganham cada vez nem tanto. “Não tenho espaço e oportuni-mais espaço se apresentando nas Alguns desses inúmeros artistas dade para mostrar o meu trabalho,mais diferentes áreas de movimen- não tratam a arte de rua como pro- por isso faço apresentações comto da região, principalmente aos fi- fissão, apenas tem o objetivo de meu violão em ruas de SP, como pro-nais de semana. passar entretenimento para os mo- fissão. Procuro cativar o público O que nasceu como uma mani- radores fazendo da rua o seu palco, com a música como uma forma defestação artística marginal, hoje é alegrando os habitantes com o seu comunicação da cultura urbanaparte fundamental da paisagem da carisma e bom humor, e com os tro- brasileira. E claro, ao final da apre-capital paulistana, com autores cu- cados que às vezes ganham por pura sentação, passo o chapéu para re-jos nomes são completamente des- doação do público, usam para pa- ceber a contribuição e assim viverconhecidos. Praticantes de todos os gar a manutenção de seus instru- honestamente”, diz Manoel Di Car-tipos de diversão, estes artistas anô- mentos de trabalho, como violão, bi- lo, músico de rua.nimos investem em um trabalho que cicletas, tintas, fantasias, entre ou- Apesar de terem sido proibidosexige habilidade, disciplina e muito tros. de se apresentarem na cidade de Sãosacrifício. “Venho durante alguns meses Paulo, o prefeito Gilberto Kassab, em Mágicos, esportistas, desenhis- alegrando as ruas do ABC com o julho de 2011, divulgou um decreto,tas, mímicos, músicos, estátuas hu- malabarismo. Tenho um emprego disponível no site do Diário Oficial,manas, malabaristas, entre outros, fixo, sou publicitário, mas aos fi- que incentiva a realização da arteprocuram fazer o registro das mani- nais de semana gosto de exibir a arte nas ruas da cidade.festações espontâneas de arte po- com malabares como um hobby. Não De malabares a palhaços, cadapular nas ruas da região, disputan- procuro receber dinheiro em troca, um com seu estilo próprio, geral-do a preferência dos habitantes de apenas tirar alguns sorrisos de pes- mente, os artistas não têm dia fixoquem passa ao lado de seus palcos soas que gostam de olhar a arte”, nem horário de expediente. Sendoimprovisados. declara Rogério Lobos, malabaris- assim, basta andar nas ruas da ca- ta. pital para se surpreender com uma Em compensação, a maioria des- apresentação de prender a atenção tes artistas, consideram a arte como ao ar livre, e o ingresso para esse meio de sobrevivência juntando os espetáculo é um sorriso e uma sal- poucos trocados que muitas vezes va de palmas. ganham, para levar alimento e con- Para conhecer um pouco mais forto a sua família. E é com esse di- sobre as diversas áreas da arte ur- nheiro que muitos tiram o sustento bana, separamos alguns artistas procurando cativar o maior núme- que fazem do seu ambiente de tra- ro de curiosos durante o “espetácu- balho, uma galeria a céu aberto.12 | EVOLUÇÃO12 | EVOLUÇÃO
  13. 13. espaço na capital paulista Músicos Existem aqueles que fazem da rua seu espaço e da música seu trabalho, os músicos de rua encantam e dão ritmo as calçadas e esquinas da região com seus estilos alternativos e muitas vezes encantadores. Tocando músicas próprias e conhecidas pela população, eles mostram o talento que não tiveram a oportunidade de mostrar em um lugar melhor. Porém, muitos estão lá apenas para divulgar seu trabalho e passar alegria aos que passam pela região. Malabaristas Transformando o s semáforos em picadeiros, os malabaristas ganham a vida em cima de seus monociclos fazendo malabarismo nos diversos faróis da região. Divertindo aos que estão em volta, estes artistas anôni- mos não cobram pelo espetáculo, mas ganham o seu dia se o distinto cidadão que passar de carro contribuir com um trocado em reconhecimen- to ao trabalho. O trabalho realizado pelos artistas requer muito mais que carisma, e sim muita habilidade, equilíbrio e atenção. Estátuas Humanas Consideradas uma forma de teatro/ animação, as estátuas humanas exibem suas performances cativando e chamando a atenção de um grande número de espectadores ao redor do local com seus movimentos estáticos e suas fantasias criativas. Pausas sem movimento, controle sobre o corpo e muita técnica, são as palavras que definem estes artistas que fazem da calçada o seu palco de mímicas. Atualmente cerca de 150 estátuas vivas, espalhadas pela cidade de São Paulo, sobrevivem da ajuda da população e do carinho do público. Mágicos Responsáveis por tornar o irreal em real diante dos olhos dos espectadores, os mágicos de rua encantam com suas habilidade e rapidez com as mãos para transformar e encantar. Vestidos com a clássica roupa de pinguim, eles fazem pequenos truques com lenços, argolas, baralhos e outros objetos, que prendem a atenção de qualquer um que passa pelo local. E no final de sua apresentação, passam o chapéu em busca de algum reconhecimento de quem assis- tiu e se divertiu com o pequeno espetáculo urbano. EVOLUÇÃO | 13 EVOLUÇÃO | 13
  14. 14. Entenda o Sistema de Classificação Hoteleira CRISTIANE CORADINI CHIORATO os requisitos que os meios de hos- FOTOS: DIVULGAÇÃO pedagem devem atender, entre os quais: infraestrutura, serviços e Mesmo após vários meses de sustentabilidade, tais requisitos divulgação do Sistema Brasileiro são divididos entre mandatórios e de Classificação de Meios de eletivos. Hospedagem (SBClass) existem mui- Para ser classificado o meio de tas dúvidas inerentes ao seu funcio- hospedagem As avaliações nos namento, adesão, benefícios, e prin- Meios de Hospedagem serão rea- cipalmente, vantagem para o turis- lizadas por avaliadores competen- ta. Neste sentido, visando o esclare- tesé avaliado por um representan- cimento para nossos leitores a Re- te legal do Inmetro e deve atender vista Evolução buscou dirimir todas 100% dos requisitos mandatórios as indagações! Confira. e a no mínimo 30% dos requisitos Objetivando o aumento da eletivos. competitividade do setor hotelei- Entre os sete tipos de meios de ro, o Ministério do Turismo – hospedagem contemplados no SB- MTUR em parceria com o Inmetro, Class estão: Hotel, Resort, Hotel Fa- a Sociedade Brasileira de Metro- zenda, Cama & Café, Hotel Históri- logia – SBM e a sociedade civil de- co, Pousada e Flat/Apart-Hotel, es- senvolveu o Sistema Brasileiro de tabelecidos por meio de categori- Classificação, que estabelece sete as específicas cuja classificação tipos de Meios de Hospedagem é consagrada por meio da simbo- para contemplar a oferta hotelei- logia de estrelas, considerando: ra em território nacional e garan- tir a divulgação de informações Hotel – de 1 a 5 estrelas; mais precisas. Hotel Fazenda - de 1 a 5 estrelas; Seguindo a tendência mundial, Cama & Café - de 1 a 4 estrelas; o Brasil adotou como estratégia o Resort - de 4 a 5 estrelas; SBClass que contribui para divul- Hotel Histórico - de 3 a 5 estrelas; gação de informações claras e que Pousada - de 1 a 5 estrelas; refletem a realidade, auxiliando o Flat/ Apart-Hotel - de 3 a 5 estre- turista brasileiro ou estrangeiro, las; no momento de sua escolha, além de garantir uma concorrência mais Segundo dados divulgados pelo justa entre os meios de hospeda- MTUR em 16/10/2012, cinco hotéis gem. paulistas estão entre os primeiros De acordo com as informações empreendimentos hoteleiros do fornecidas pelo MTUR, a adesão é país com a chancela do SBClass são voluntária, e para solicitar a classi- eles: Hotel Cordialle, Grand Hyatt ficação é obrigatório que o meio de São Paulo, Companhia Transamé- hospedagem esteja com o cadastro rica de Hotéis, Maksoud Plaza Ho- válido no sistema Cadastur. tel e Sheraton São Paulo WTC Ho- O MTUR esclarece que o SB- tel o que demonstra a vanguarda e Class está fundamentado em vári- potencial do Estado de São Paulo.14 | EVOLUÇÃO
  15. 15. Saulo Benevides assume cidadecom título de Estância Turística FELIPE DUARTE Saulo Benevides (PMDB) venceu as eleições para a prefeitura de Ribeirão Pires com58,31% dos votos. A cidade do ABC tem o título de Estância Turística. Para os quatro anos de mandato, o político apresentou em seu programa de governoalgumas propostas para fortalecer o turismo no local. Saulo planeja criar rotas turísticas serranas de forma queaconteça uma integração regional entre Ribeirão Pires, RioGrande da Serra e Paranapiacaba, além de explorar a represacom esportes náuticos, pesca, serviços de lazer e fomentar oEcoturismo. No esporte, Saulo pretende criar novos espaços públicoscom implantação de Quiosque da Saúde, em parceira com aSecretaria da Saúde, para avaliação de pessoas que praticamcorridas e caminhadas (hipertensão, problemas cardíacos, obe-sidade, etc). Incentivar atletas e para-atletas do município a participa-rem do Programa Bolsa Atleta e de competições oficiais noMunicípio ou fora dele, através das respectivas Ligas, Clubes, edemais Organizações devidamente habilitadas também com-põe os projetos. Outras propostas para essa área são a recreação nos par-ques e praças, promovendo oficinas e aulas de diferentes ma-nifestações culturais e esportivas. Ele também visa buscar par-cerias para reformar o Centro Esportivo existente, implantan-do Centro Poliesportivo e construindo estádio de futebol con-forme padrões exigidos pela Federação, objetivando montartime profissional de futebol e inserir Ribeirão Pires na Série C. Ribeirão Pires recepciona mais de 700 mil pessoas por anoe tem como principal atração turística o Festival do Chocolate,que está inserido no calendário oficial de eventos do Estado deSão Paulo. Por ser uma Estância Turística, a cidade tem o apoioe recebe verba do Departamento de Apoio ao Desenvolvimentodas Estâncias (DADE), órgão da Secretaria de Turismo de SãoPaulo. No setor cultural, um dos objetivos de Saulo é formar umespaço para as Festividades de Época e ocupá-lo com FeiraPermanente de Artesanato, buscando valorização e incentivoaos artistas locais: cidade do Papai Noel; Páscoa; Festival doCambuci; Festa Nordestina; Festival de Inverno; Festa Italiana, DIVULGAÇÃOentre outras. Há também a intenção de gerar diversos programas como, por exemplo, a Arte na Praça(mostras culturais no centro da Cidade) e a Arte para a Terceira Idade (unidades acessíveispara realização de atividades culturais para o público da Terceira Idade com dança, teatro,coral, artes plásticas, artesanato e atividades terapêuticas).Fonte: Programa de Governo do Saulo Benevides EVOLUÇÃO | 15
  16. 16. A culinária diversificada e sofisticada nas mãos do Chefe SONIA REGINA SONIA REGINA PENHA Os amantes da boa gastronomiaencontram opções diversificadasna capital e, não é à toa que a cida-de é conhecida como a capital dosrestaurantes no Brasil. Experimenteum tipo de cozinha que você aindanão tenha provado. É uma maneiraperfeita de explorar essa cidade va-riada e cosmopolita. Celso dos Santos Silva, naturalde São Paulo e reside na Zona Sul, Ita-im Bibi. Sua formação acadêmica éem Turismo com curso de especiali-zação em gastronomia. Chef, profes-sor e consultor da CNTUR (Confedera-ção Nacional do Turismo) e da ABRESI(Associação Brasileira da Entidade eEmpresas de Gastronomia, Hospeda-gem e Turismo), revela para a RevistaEvolução, sua experiência em apro-veitar recursos brasileiros para aimplementar a gastronomia. RE- Como iniciou sua carreira? CS - Comecei trabalhando na áreacomo auxiliar de cozinha com Fran- CS - O prato mais falado e reco- evento em que completamos 25ceses, Portugueses, Espanhóis. nhecido, com certeza é a nossa fei- anos, traremos 10 chefes internaci- RE - Ainda existe pré-conceito com joada. onais via Aregala com convenio comessa profissão no Brasil? RE - Qual a tarefa mais difícil a Abresi. CS - Na verdade é uma profissão como chefe de cozinha? CS - Mensagem: Participem dosque vem crescendo em termos de CS - A profissão de chefe de cozi- eventos, em São Paulo temos even-conceito. Há vinte anos era uma pro- nha tem bastantes tarefas comple- tos de gastronomia todos os dias,fissão que sofria bastante pré-con- xas, mas a mais difícil a cada dia dá pra se aperfeiçoar, atualizar, éceito e hoje representamos também que passa, é a gestão das pessoas, sempre um desafio, todos os diasuma entidade internacional chama- recrutá-los, selecioná-los, treiná-los agente está aprendendo. (Olho)da Aregala (Associacion de Restau- de forma mais adequada. Novidades: Celso enfatiza a novaradores Gastronômicos de Las Amé- RE - O senhor já inventou algum equipe e a programação das bodas,rias - Brasil) que tem um convênio prato? como um diferencial para os 25 anosinternacional com a ABRESI e com a CS - Geralmente não invento pra- da FISTURCNTur com a CNTUR no desenvolvi- tos, eu reinvento os pratos, agente Programação: no primeiro dia ummento de festivais gastronômicos pega um prato já existente e tenta festival de pizza, as oito principaisem São Paulo e pelo Brasil a fora. adaptá-lo a questão ai da globali- pizzarias de São Paulo. Um proces- RE - O que é comer bem pro se- zação. so interessante detalhado. Dia 30nhor? RE - Quando vocês realizam even- gastronomia Brasileira com 10 che- CS - Comer bem é saber o que você tos como a Fistur, quantos chefes de fes de outras regiões, mas com em-come e saber o que você bebe, conhe- cozinha vêm de fora para o Brasil? preendimentos aqui em São Paulo.cer a procedência desse processo. CS - Geralmente trazemos dois E no dia 31 o fechamento com o pre- RE - Qual a culinária brasileira chefes internacionais, os que estão sidente mundial do Aregala com che-mais conhecida fora do Brasil? no topo no momento, mas para esse fes internacionais.16 | EVOLUÇÃO
  17. 17. Renovação na prefeitura de São Caetano LUCIANA BESSONE Paulo Pinheiro (PMDB) propõe a Apesar de São Caetano ter uma construção de praças culturais para apresentações ao ar livre e mani- Incentivos no alta concentração de renda, são mí- nimas as opções organizadas de festações espontâneas dos morado- res. esporte e na Cultura e Lazer disponíveis para o Otimizar o binômio Escola/Clu- be como um Centro Cultural para os cultura estão entre munícipe. Shows e peças teatrais deverão ser incentivadas a se apre- bairros, além de todos os equipa- as propostas de mentos culturais existentes na cida- Paulo Pinheiro. sentar na cidade através da isenção de taxas incidentes nas bilheterias. de, para que sejam divulgados os artistas locais e da região. Criação de espaço para leitura e programa- ção continuada de semanas de ar- tes nos bairros. No esporte, o retorno publicitá- O prefeito pretende criar um ban- rio gerado pela manutenção de es-DIVULGAÇÃO co de dados literário no Centro Di- portistas de alto desempenho pa- gital onde os jovens possam aces- trocinados pela Prefeitura foi mo- sar as obras. tivo de orgulho para a população Proposição de uma política cul- da cidade. Paulo pretende incenti- tural que respeite a diversidade de var a Parceria-Público-Privada ideias, as diferentes linguagens e para a contratação de atletas e téc- formas de atuação existentes, res- nicos de ponta, além da indicação gatando nossas raízes, ele- de profissionais da região para mento fundamental da iden- atuarem como assistentes técni- tidade cultural. A cultura cos. deverá se colocar como Com o apoio dos Centros espor- meio de apoio ao desen- tivos existentes na cidade, estes ser- volvimento dos talentos viriam de apoio a uma ou mais mo- artísticos, estimulando a dalidades esportivas, sendo espor- troca de experiências nos te olímpico ou não, dependendo do diferentes níveis: munici- interesse da população. Em cada pal, estadual e federal. uma das modalidades também se Em compromisso com a faria o esforço para a inclusão es- democracia, valorizar a portiva dos portadores de necessi- organização e a partici- dades especiais. pação social, alicerça- Outras propostas para esse se- dos nos princípios da tor são a abertura dos Centros Es- autonomia, da plurali- portivos para utilização de membros dade, da cooperação e da 3ª idade para modalidades de da busca do consen- esportes coletivos e individuais, so. Faz parte de seus com a realização de torneios, ela- projetos a criação do boração de um Plano de Trabalho Arquivo Público do PEC, específico por modalidade Municipal, que visa esportiva para cada Centro, bem fortalecer a políti- como resgatar os torneios Intercen- ca municipal de tros, para a integração dos Centros arquivos. Esportivos. EVOLUÇÃO | 17
  18. 18. |||||| turismoABETA Summit reúne empre De 29 a 31 de outubro, empreendedores da vida ao ar livre se reúnem em Socorro (SP) para a nona edição do evento. CAMILA SILVA FOTOS: DIVULAGAÇÃO e 31 de outubro, com o tema “Atuan- evento com a cara do segmento. O do em redes: Compartilhando idei- fato de ser realizado em um destino O Brasil possui um imenso po- as para multiplicar negócios”, na de natureza como a cidade de So-tencial eco turístico. Segundo a Or- nona edição do ABETA Summit que corro já traz outra energia para oganização Mundial de Turismo promete um formato inovador, dinâ- encontro” - explica o presidente da(OMT) 10% dos turistas em todo o mico e vibrante. “A proposta é um ABETA, Jean-Claude Razel.mundo têm como demanda o turis-mo ecológico. É tanta gente a procu-ra de beleza natural, que o fatura- Jean-Claude Razel,mento anual do ecoturismo a nível presidente da ABETAmundial, é estimado em US$ 260 bi-lhões, destes o Brasil contribui comcerca de US$ 70 milhões. Segundo informações do BancoNacional do Desenvolvimento (BN-DES), em nosso país o ecoturismoalcança meio milhão de turistas porano. No Amazonas, por exemplo, osturistas estrangeiros ainda são pre-dominantes, porém, calcula-se quea participação do turista nacionalvem crescendo nos três últimosanos. No Pantanal, outro pólo deecoturismo, estima-se que o núme-ro de visitantes brasileiros estejaem torno de 50% do total de turis-tas. É pensando neste potencial eco-nômico que os empresários do tu-rismo ecológico se reunirão entre 2918 | EVOLUÇÃO18 | EVOLUÇÃO
  19. 19. sários do turismo ecológico O ABETA Summit 2012 é o maior encontro de Ecoturismo e Turismo de Aventura realizado na América Latina e, neste ano, será realizado em Socorro – SP, onde os participan- tes poderão juntos praticar ativida- des de aventuras. Para a empresária Vanessa Al- meida, da Nas Alturas, associada à ABETA, essa interação é muito posi- tiva. “Acho muito legal esse tipo de atividade. Em Socorro então? Vai ser incrível”. Frederico Crema, da Maritaca Turismo, também associada à ABE- TA, comenta que a troca de experi- ências será um dos pilares da edi- ção 2012. “Para este ano, a nossa expectativa é de muito aprendizado, troca de informações de gestão e de roteiros, fazer negócios e rever os grandes amigos”. O evento, que reúne os empre- doras brasileiras, a agenda Social endedores da vida ao ar livre no foi desenhada para incentivar o re- Brasil, conta com as mesmas linhas lacionamento entre os participan- de atuação que o consagraram, po- tes através de momentos como o Café rém elas aparecem renovadas: RIA + com Prosa e um Luau especial prepa- (Rede de Ideias ABETA), Sessões Ge- rado em conjunto com empresas as- rais, II Encontro Brasileiro de Turis- sociadas à ABETA em Socorro. mo em Parques, e II Seminário Esta- A empresária Andréa Reis, da dual de Turismo de Aventura são as Quadri Company também aposta no quatro vertentes do Congresso Téc- novo formato do ABETA Summit. “É nico deste ano. uma reinvenção, uma proposta “As apresentações terão em mé- mais condizente com o conceito da dia 15 minutos de duração, seguin- vida ao ar livre. Tenho certeza que o do uma linha mais dinâmica”, con- evento continuará a disseminar o ta a coordenadora do Núcleo de As- conhecimento, motivar os partici- sociados e Comissões, Stela Maris. pantes no exercício de sua vivência Neste ano o Encontro de Negó- como associados e estimular novos cio tem foco no mercado nacional, projetos empresariais e comerci- com a presença de grandes opera- ais”. As inscrições podem ser feitas pelo site - www.abetasummit.com.br. As empresas associadas à ABETA têm descontos especiais em qual- quer categoria – Participante ou Encontro de Negócios. Serviço - ABETA Summit 2012 - “Atuando em redes: Compartilhando ideias para multiplicar negócios”. Data: 29 a 31 de outubro Local: Socorro/SP Frederico Crema, EVOLUÇÃO | 19 da Maritaca Turismo EVOLUÇÃO | 19
  20. 20. SOCORRO – A Beleza da natureza e o SONIA REGINA PENHA FOTOS: DIVULGAÇÃO A cidade de Socorro está localiza- da no interior paulista a apenas 132 Km de São Paulo, cravada na encosta da Serra da Mantiqueira foi brindada com um relevo montanhoso, recorta- do por rios e cachoeiras, rica em be- lezas naturais e reconhecida pelas suas fontes de águas com proprieda- des terapêuticas. Socorro é uma das cidades turísti- cas que integra o famoso Circuito das Águas Paulista, ao lado de Serra Ne- gra e Águas de Lindóia. Está localiza- da no interior de SP, mas próxima a divisa com o estado de Minas Gerais e pertinho da cidade de Monte Sião. Encanta turistas de todos os lugares do Brasil em busca de entretenimen- to, diversão, e o prazer do contato com a natureza, ainda é a melhor em turis- mo de aventura. Desta forma, é reco- nhecida em todo estado de SP. Por conseguinte, Socorro é uma das únicas cidades turísticas capaz de unir a tranquilidade da natureza, só encontrada de maneira exuberan- te e totalmente preservada no interi- or de SP, com as práticas de esportes de aventura. Em comparação a outras cidades turísticas, ela se destaca tam- bém pelo intenso comércio de ma- lhas. Com clima ameno e seco, Socor- ro abriga um ambiente perfeito tanto para o verão quanto ao inverno.20 | EVOLUÇÃO20 | EVOLUÇÃO
  21. 21. Ecoturismo Realiza ABETA SUMMIT Carlos Tavares Diretor do departamento de Turismo e Cultura de Socorro, acredita que o evento possa contri- buir para que o Turismo de Aventura tenha um desenvol- vimento sustentado, através da prática com responsa- bilidade. “O ABETA Summit é composto por 4 pilares: 1 congresso técnico - palestrantes de alto nível que vão ao evento trocar experiências e conhecimentos com os par- ticipantes, 2 Agenda social: Que são os cafés com prosa, almoços e festa - momento de confraternização e relaci- onamento, 3 Encontro de negócios - que são momentos exclusivos na programação para as rodadas de negócio entre as empresas de turismo, 4 - Experimentação: Tarde de aventuras oferecida a todos os participantes do evento - para que possam conhecer um pouco mais sobre a operação de ecoturismo e turismo de aventura no even- to e o famtour - que é uma tarde de aventura destinada aos operadores de turismo nacional” - destacou ele. Tavares também relata que em seus 16 anos na fun- ção de diretor, conseguiram posicionar a cidade de So- corro no mercado como um destino de Turismo de Aven- tura onde sua prática é feita de maneira responsável e com o diferencial competitivo que pode atender todo tipo de turista, independentemente de idade e condição física. A comunidade ganha com isso, pelo fato de ter uma oferta média anual de empregos diretamente liga- dos ao turismo, nesses últimos 16 anos da ordem de crescimento 12,83% ao ano. Socorro e suas atrações turísticas Palco de diversas competições como: Cicloturismo, Enduro a Pé, Off Road, Asa Delta, Ecoemotion, entre ou- tras. Socorro possui parques totalmente estruturados para a prática de atividades de aventura e operadoras de rafting. Três grandes operadoras de rafting atuam na cidade com descidas de 4km e 7 Km no Rio do Peixe, cuja nas- cente está na cidade mineira de Bueno Brandão e atra- vessa várias cidades da região. Mas o trecho propício para a pratica das atividades aquáticas é o de Socorro com corredeiras e cachoeiras ideais para rafting, bóia- cross, acquaride, duck, canoagem, canyoning e até mes- mo cachoeirismo, ou seja, rappel dentro da água. Mas, a aventura não acaba aí. Tem circuito de arvoris- mo, rappel, escalada, cicloturismo, caminhadas em trilhas, water trekking, cavalgada, espeleoturismo, off Road, entre outras atividades oferecidas pelos parques. EVOLUÇÃO | 21 EVOLUÇÃO | 21
  22. 22. |||||| giro culturalGravação do DVDTeatro MágicoGrupo musical brasileiro formado em 2003 nacidade de Osasco, São Paulo, criadopor Fernando Anitelli. O Teatro Mágico é um pro-jeto que reúne elementos do circo, do teatro,da poesia, da música, da literatura, da política edo cancioneiro popular tornando possível a jun-ção de diferentes segmentos artísticos numamesma apresentação.O quê? O Teatro Mágico - Gravação de DVD (MPB)Quando? 2 de novembroOnde? Credicard Hall São PauloInformações: (11) 4003-5588 DIVULGAÇÃO TEATRO: Nise da SIlveira - Senhoras das Imagens O espetáculo apresenta um painel dos acontecimentos marcantes da vida da psiquiatra Nise da Silveira, pioneira no uso das artes para os tratamentos psiquiátricos. A infância em Alagoas, do começo do século XX; o início de sua formação acadêmica, em Salvador; a chegada ao Rio de Janeiro, em 1927; sua paixão por Artaud; o encontro com o psicanalista suíço Carl Gustav Jung, discípulo predileto e rompido de Sigmund Freud; até a consagra- ção internacional do trabalho dessa mulher que mudou os rumos da medicina. O quê? TEATRO Quando? Dia(s) 09/11 às 21h, 10/11 às 20h, 11/11 às 19h Onde? SESC Santo André Quanto? (inteira) R$20,00 Não recomendado para menores de 16 anos DIVULGAÇÃO A X Bienal Internacional do Livro do Ceará - De 8 a 18 de novembro de 2012, a Bienal do Livro ocupa o novo Centro de Eventos do Estado e traz como tema Padaria Espiritual – O Pão do Espírito para o Mundo, homena- geando os 120 anos do movimento artístico e literário cearense. Um dos poucos nomes confirmados para a programação é o do escritor e drama- turgo nigeriano Wole Soyinka, 77, vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 1986. Soyinka esteve no País em abril, quando participou da I Bienal Brasil do Livro e da Leitura, em Brasília. Esta será a primeira vez que o evento de Fortaleza tem a presença de um vencedor do Prêmio Nobel de Literatura. Sem curadoria definida, a programação da Bienal vai sendo delineada por uma comissão formada por representantes da Secult, do Instituto de Arte e Cultura do Ceará e da Rede Nordeste do Livro, Leitura e Literatura, entre outros. Foram definidas homenagens ao ensaísta e poeta cearense Rafael Sânzio de Azevedo, membro da Academia Cearense de Letras, e ao fundador da Editora Cortez, José Cortez. A décima Bienal comemora, ainda, algumas das principais efemérides deste ano, como os 90 anos da Semana de Arte Moderna e os centenários de Luiz Gonzaga e dos escritores Nelson Rodrigues e Jorge Amado. O cantador e violeiro Joaquim Batista de Sena e a escritora cearense Francisca Clotilde serão também homenageados.22 | EVOLUÇÃO
  23. 23. |||||| points Gastronomia com requinte e sofisticação no Nova Petrópolis MARISA SENNA A gastronomia nasceu da arte de cozinhar e associar alimentos para deles retirar o máximo de benefícios. Bar do André Depois da alimentação essencial a sobrevivência, o O bar foi batizado com o nome do seu fundador, e hoje é Dona Mar- prazer proporcionado pela comida é um dos fatores ta Copcinski e sua filha, a chefe An- mais importantes da vida. drea Marta Copcinski as responsá- Em São Bernardo do Campo, uma boa opção para quem veis pelas receitas de dar água na gosta de comer bem é a Avenida Imperatriz Leopoldina boca. O carro chefe da casa é a fa- localizada no Nova Petrópolis, Bairro Nobre da cidade. mosa costela no bafo. Outro suces- Além de ambientes modernos e requintados, as opções so é o bife a parmegiana feito com o são para todos os gostos e estilos. A seleção de pratos é molho de uma tradicional receita da muito diversificada, a avenida conta com estabeleci- família. O Bar que completou 30 mentos de alimentos, bebidas, e receitas de qualida- anos no último 01 de maio está lo- des. Entre eles é possível encontrar desde tradicionais calizado na altura do número 631 da Avenida Imperatriz Leopoldina e petiscos brasileiros até os mais variados pratos orien- funciona de Terça a Domingo das tais. 10h00 a 00h00.SONIA REGINA EVOLUÇÃO | 23
  24. 24. Cantina La Dolce Vita Administrada pelo casal EdnaTavares e Antenor Alves a cantinafoi aberta em 1996. Desde entãoEdna produz as mais variadas mas-sas que atende a todos os palada-res. O tortelli de abóbora com rico-ta e molho quatro queijos está entreos mais pedidos. Entre as carnes o DIVULGAÇÃOdestaque vai para a perna de cabri-to assada com vinho tinto, batata ebrócolis. Para acompanhar o car-dápio oferece mais de 30 rótulos de Imperador Montini Restaurantevinhos. A Cantina funciona de Terçaa Domingo das 11h00 às 15h00. E e Pizzariaestá localizada no número 180 da Sushi A casa aberta há mais de 5 anos peloImperatriz. Inaugurado em 2009 pe- Sr. Valmor Buratti, especializada em los proprietários Israel Oli- peixes - chega a consumir uma tonela- veira e Eduardo Batistini, o da por mês – vem se destacando peloGaleteria Metrópolis Imperador Sushi ocupa o bufê diversificado na hora do almoço, A casa aberta há 7 anos, admi- número 541 da Imperatriz o cardápio traz bacalhau e linguado aonistrada por Fabiano Capoleti atrai Leopoldina. Na ambienta- molho de limão entre outros, para quemo público de terça a quinta, pelas ção uma decoração típica gosta de carne, o contra filé grelhado épromoções que oferece durante o com detalhes em bambu, uma boa opção, entre as massas estãohappy hour. Na quarta-feira quem luminárias redondas e pa- o conchilione ao molho branco e o ca-comanda é a caipirinha em dobro. redes vermelhas. Os delici- pelete a bolonhesa. A casa oferece tam-São servidos petiscos, porções e um osos Sushis, Sashimis, Hot bém o famoso rodízio de pizza que co-dos mais famosos pratos recebe o Holls, hossomakis, Te- meça às 18h00 e vai até às 23h00. Ave-nome de stones: uma porção de filé makis, uramakis são servi- nida Imperatriz Leopoldina, 231.mignon em tiras com catupiry, rúcu- dos em sistema de rodízio.la e tomate seco. A casa funciona de Há também os teppanyakisterça a sexta das 17h00 ás 00h00 e ou um combinado a suasábado e domingo a partir das escolha como opção à la12h00. Avenida Imperatriz Leopol- carte. O funcionamento édina, 441. de segunda a segunda, no almoço e no jantar. SONIA REGINA Sanduicheria Petrópolis Apostando na produção artesanal Carla Pelosini e Fausto Nishihara não deixa a desejar quando o assunto é sanduiche. Desde 2011 eles vêm apostando em todos os ingredientes casei- ros para agradar a sua clientela. A entrada mais tradicional é a porção de batata frita com cheddar e bacon crocante. Entre os pratos mais pedidos está o Hambúrguer de Salmão acompanha- do de cream cheese com limão siciliano, shimeji quente e maio- nese da casa. O hambúrguer é desenvolvido e preparado na pró- pria sanduicheria o que dá um sabor especial a todos os lan- ches. Localizada no número 345 da avenida a casa funciona de terça a domingo das 17h00 às 00h00.24 | EVOLUÇÃO
  25. 25. Estação Leopoldina Parrilla Inaugurada em fevereiro de 2012, ad-ministrada por Anselmo Venezol e De-nis Littel a casa é sofisticada e aconche-gante. Frequentada por um excelentepúblico, é um ótimo espaço para trazer afamília. Se o assunto é carne, o Estaçãonão deixa a desejar, veio de São Pauloum experiente parrileiro responsávelpelos melhores cortes de carnes argen-tinas na parrila. “Os clientes estão sem-pre muito satisfeitos com nossos cortesnobres, estão pedindo nossas carnes prapreparar o churrasco em casa. Com o pro-pósito de melhor atendê-los estamospensando em abrir um empório” - disseAnselmo. O almoço executivo é servido de se-gunda a sexta – feira e a casa está locali-zada no número 420 da Imperatriz Leo-poldina. Fone: (11) 2564-7445. EVOLUÇÃO | 25
  26. 26. 26 | EVOLUÇÃO
  27. 27. Formação esportiva e cultural nas propostas de Carlos Grana FELIPE DUARTE A principal discussão na área esportiva na cidade de Santo André desde o ano passado é sobre a reforma do Estádio Bruno José Daniel. O início das obras foi anunciado em maio de 2011, mas a finalização ainda não aconteceu. Uma promessa de resolução desse impasse está no programa de governo de Carlos Grana (PT). Ele indica que reformará e modernizará o estádio para que receba jogos da primeira divisão. Já as ações propostas nas escolas públicas municipais e nos centros comunitários, preten- dem potencializá-los como equipamento-base para a formação esportiva e prática do lazer. Ain- da no trabalho de formação, criar as respectivasDIVULGAÇÃO categorias de base integrando ao trabalho de for- mação esportiva, bem como buscar parcerias capazes de incentivar e manter equipes esporti- vas de alto rendimento. O preparo para os jogos Olímpicos também compõe as propostas. Grana pretende estruturar um plano de reforma e modernização dos ginási- os existentes na cidade, priorizando a do Giná- sio Pedro Dell’Antonia, a fim de prepará-lo para o aproveitamento como um polo de treinamento de seleções para as Olimpíadas de 2016. Ao todo, são 104 propostas no plano de go- verno do petista. No setor cultural um dos objeti- vos é fortalecer os talentos da região através de programas de formação artística e cultural, como as Escolas livres, e organizar Jornadas Culturais para promoção de encontros entre artistas lo- cais e regionais. Também faz parte do projeto de Carlos Grana a instalação de “ambientes digitais” nos bairros que permitam acesso à tecnologia para realiza- ção de ações culturais, tais como gravação de CDs, edição virtual de livros, criação de sites, entre outras. Para o crescimento da área, o político visa ainda fortalecer o calendário contínuo de eventos, mostras e festivais nacionais e internacionais nas áreas de música, teatro, dança, artes visuais, moda, design, entre outros. As outras propostas nesse tema são a potencialização do Projeto Pontos de Cultura e realização de ações culturais nos bairros, por meio do reconhecimento e valorização de artistas locais e a consolidação do atendimento dos Centros Educacionais de Santo André (CESAs) como uma referência de política pública de atendimento integrado: educação, cultura, esporte e lazer. Na área de turismo, as atenções de Grana estão voltadas para Paranapiacaba. No local, ele visa fortalecer o turismo ecológico e cultural, com vistas a potencializá-la como polo de visitação permanente e integrado à rede de turismo existente na região do ABC. Fonte: Programa de Governo do Carlos Grana. Até o fechamento desta edição a assessoria do Prefeito Aidan Ravin (PTB) não nos informou seu plano de governo. EVOLUÇÃO | 27
  28. 28. 28 | EVOLUÇÃO
  29. 29. Haddad quer descentralizar esporte e cultura FELIPE DUARTE rência da produção e criação artís- mensão fixa, e outra virtual. tica. No setor de política cultural di- Para assumir a prefeitura da ci- Visando a formação de novos gital, ele pretende implantar o pro-dade de São Paulo, o PT apostou no talentos, o político propõe a abertu- jeto Internet Popular. Este programaex-ministro da Educação, Fernando ra de duas escolas de Arte, sendo permitiria o acesso gratuito à inter-Haddad. Em uma campanha repleta que uma na Zona Leste e outra na net para que o cidadão utilize dede troca de acusações entre os can- Zona Sul. Os locais oferecerão cur- forma remota os serviços disponí-didatos, o político apresentou em seu sos de longa e curta duração em ci- veis nos web sites da Administra-programa de governo propostas nema e audiovisual, teatro, criação ção Pública Municipal.para diversas áreas como cultura, literária, dança e artes visuais. Mais propostas de Haddad paraesporte e lazer. A memória da cidade será pre- a cultura são a estimulação da ocu- São Paulo será sede da Copa do servada, segundo Haddad. Suas pro- pação das ruas por artistas e pro-Mundo de 2014 e o estádio escolhi- postas indicam a reformulação do dutores culturais, a implantação dodo para receber os jogos foi o Está- Museu da Cidade de São Paulo, de sistema Municipal de Cultura, entredio do Corinthians, que está sendo modo que passe a contemplar tanto outros objetivos.construído no bairro de Itaquera, na o patrimônio material quanto o ima-Zona Leste na capital. terial. O museu será desdobrado em Fonte: Programa de Governo Entre as promessas para essa duas direções, uma física, e sua di- do Fernando Haddad.área está o termo de compromissoCidades do Esporte, que visa o de-senvolvimento e a democratizaçãodessa cultura, e se expressa no pro-grama “Cultura Esportiva e Espor-tes na Cidade”. Há também o programa Esporte24 horas. O objetivo é regulamentaro uso no período noturno dos equi-pamentos esportivos municipaisexistentes nas escolas, nos CDCs enos Clubes-Escolas. A prefeituradeve adotar um amplo programa deparcerias com os clubes privadospara que os períodos e espaços oci-osos possam ser ocupados, medi- DIVULGAÇÃOante o pagamento de uma taxa soci-al acessível. Para ampliar o acesso ao espor-te, Haddad quer descentralizar agestão da política de esporte e lazerpara as subprefeituras, como meiode realizar mais atividades esporti-vas nos bairros. Na parte cultural, o petista inse-riu em seu plano de governo a re-qualificação e democratização douso do Teatro Municipal, transfor-mando a principal sala de espetá-culos da cidade em centro de refe- EVOLUÇÃO | 29
  30. 30. Polo Design Show: Tendências de Decoração para ambientes residenciais e corporativos ERISSON SILVEIRA FOTOS: DIVULGAÇÃO A terceira edição da mostra dedesign de interiores do ABC, PoloDesign Show, foi realizada no Pavi-lhão Vera Cruz, em São Bernardo doCampo. Organizado pelo Polo DesignCenter, que é a Associação dos Lo-jistas de Decoração do ABC, a mos-tra reuniu 64 lojas do setor de ar-quitetura e decoração, além de maisde 50 profissionais renomados res-ponsáveis pelo projeto de 49 ambi-entes e do Lounge da ConstrutoraSammarone. O Polo Design Show apresentousoluções, novidades e as principais bém expôs as instalações existen- Adega, Sala de Jogos e SPA.tendências para ambientes residen- tes em uma residência, como Home A mostra tinha expectativa deciais e corporativos de luxo. Tam- Theater, Cozinha e Terraço Goumert, receber 25 mil pessoas, mas o nú- mero chegou a 30 mil. A qualidade do evento foi avaliada pelos própri- os visitantes e no final alcançou-se uma média 9. Segundo o presidente do Polo Design, João Carlos Mazza, a esco- lha do pavilhão Vera Cruz (maior estúdio cinematográfico do Brasil) foi estratégica. “O pavilhão tem uma ótima localização e um estaciona- mento grande. Ainda há a questão cultural do local e o fato de termos feito um convênio com a Prefeitura da cidade, apoio fundamental para a realização da mostra”, afirma.30 | EVOLUÇÃO
  31. 31. EVOLUÇÃO | 31
  32. 32. Plano de Governo de Serra inclui TurismoSustentável e Cultura Democrática FELIPE DUARTE Velho conhecido da população de São Paulo, José Serra (PSDB) candidatou-se mais uma vez a prefeitura de SãoPaulo. O político decidiu lançar seu programa de governo a menos de 15 dias da votação do 2° turno. Em suas propostas, Serra coloca o Turismo Sustentável. Para essa área, ele pretende implantar, organizar e qualificar um sistema de hotelaria econômica, por meioDIVULGAÇÃO da disseminação do bed and breakfast, pool de pousa- das, camping, albergues da juventude e equipamentos sociais. Também compõe os seus projetos o fornecimento de linhas de crédito para pequenos investidores, em espe- cial com incentivos para empreendimentos em hotela- ria nas cidades do interior. Além de objetivar a amplia- ção do número de brasileiros que realizam viagens den- tro do país, aumentando as receitas advindas do turis- mo nas economias locais. A questão esportiva também está presente do pro- grama de governo de José Serra. Não se pode negar que o futebol é o esporte que mais atrai as pessoas no Brasil e a realização de uma Copa do Mundo no país movimenta ainda mais o mercado. Com foco específico nesse evento, o político visa pro- mover a ampliação e adequação do parque Hoteleiro nas cidades sede da Copa 2014, criar um sistema de informações e orientações ao turista, multilíngue, e dis- seminar a sua implantação nos serviços públicos e pri- vados, nacionalmente. Com relação a outro evento esportivo de relevância, os jogos Olímpicos, Serra encara-o como um divisor de águas na motivação de crianças e jovens para a prática rotineira da atividade esportiva e do interesse pelos es- portes olímpicos, além do futebol. Para o fortalecimento do esporte, há propostas para a criação de um sistema de apoio ao atleta em formação (Bolsa Atleta Formação), a fomentação da continuidade do estudo do atleta de alto rendimento (Bolsa Educa- ção), entre outras. Na parte da cultural, Serra nomeou o tópico como Cultura Democrática. Uma ação programada para essa área é o incentivo ao novo talento através da inclusão de novas fontes orçamentárias no financiamento à pro- dução artística. Procurar também preservar as atuaisleis de incentivo, Lei Rouanet e Audiovisual, estabelecendo critérios democráticos, transparentes e estratégicos nodirecionamento das concessões dos incentivos. Pensando na população mais carente, o político pretende estimular a implantação de Centros Culturais emregiões carentes, destinados prioritariamente à promoção e formação cultural dos jovens e promover o MuseuItinerante, de modo que eles transitem temporariamente com seus acervos pelo país. Com informações do Programa de Governo do José Serra.32 | EVOLUÇÃO
  33. 33. EVOLUÇÃO | 33
  34. 34. |||||| tecnologia34 | EVOLUÇÃO
  35. 35. Michels surpreende nas urnas e aposta emações para melhorar a qualidade de vida O candidato do Partido Verde à prefeitura de Diadema, Lauro Michels, surpreendeu ao chegar ao segundo turno com uma votação de 94.562 sufrágios. Uma diferença de apenas 10.894 votos do adversário, cujas pesquisas indicavam vitória no primeiro turno, o advogado de 30 anos está a todo vapor para a segunda etapa do pleito e com chance de vitória. Casado, pai de uma menina de doisDIVULGAÇÃO anos, o sobrinho neto do ex-prefeito Lauro Michels, tem percorrido os mais diferen- tes bairros do município para mostrar suas propostas em um eventual governo. “Me preocupa demais a questão dos jovens de Diadema, pois eles não têm opções de la- zer, cultura e esportes”, afirma. Para ele, cultura, esporte e arte são si- nônimos de qualidade de vida. Essa idéia o motiva a querer investir na ampliação de espaços destinados a essas práticas, proporcionando aos jovens a oportunida- de de uma vida saudável, longe das dro- gas e da violência. Para conseguir atingir esse objetivo, Michels pretende ampliar a inclusão soci- al dos jovens por meio da Conferência Municipal da Juventude, com metas de va- lorização visando à qualidade de vida, exercício da cidadania, acesso a universi- dades e ao mercado de trabalho, além de promover o fomento cultural como ferra- menta de inclusão social e de geração de trabalho e renda para os jovens. Promover festivais culturais na área da música e olimpíadas escolares e construir o Parque Municipal de Esporte voltado à prática do skate, patins e bikes, na região sul da cidade, no Jardim União também estão em seus planos. “A juventude é o fu- turo, mas não podemos esquecer que o fu- turo se faz agora”, explica o candidato. Vereador por dois mandatos consecutivos, Michels é o único candidato com a ideia de promover a revitalização do bairro do Eldorado para o comércio e serviços de lazer e entretenimento, resgatando a vocação ambiental e econômica da região. De acordo com ele, o plano é criar um pólo de turismo, lazer e entretenimento, não apenas para os habitantes de Diadema, mas para os moradores da região do ABC e da capital paulista. Outros compromissos do candidato do Partido Verde para a cidade são mais inves- timentos destinados à difusão cultural da Casa do Hip Hop e os agentes culturais,Até o fechamento destaedição a assessoria do construir um novo prédio da biblioteca central, adequado às novas exigências dePrefeito candidato a reeleição padrão de qualidade e diversidade cultural, implantar um Sesc em Diadema, realizar ade Diadema Mario Reali (PT)não informou seu plano de virada cultural e esportiva, reformar e adequar os parques da cidade para a prática dogoverno voltado ao turismo. ciclismo. EVOLUÇÃO | 35
  36. 36. 3636 | EVOLUÇÃO | EVOLUÇÃO
  37. 37. EVOLUÇÃO | 37| 37 EVOLUÇÃO
  38. 38. 38 | EVOLUÇÃO
  39. 39. EVOLUÇÃO | 39
  40. 40. 40 | EVOLUÇÃO

×