[E1] Portugal: pioneiro na expansão europeia.

491 visualizações

Publicada em

História 8ºAno

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
491
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[E1] Portugal: pioneiro na expansão europeia.

  1. 1. Sumário  Portugal: pioneiro na expansão europeia. Aula
  2. 2. O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia A prioridade portuguesa na expansão Como é que Portugal, este pequeno país da Europa Ocidental, se transformou numa potência capaz de se expandir à escala mundial? Porquê Portugal em 1º lugar? Quais terão sido as motivações e condições existentes no nosso país que fizeram dele o primeiro da Europa a iniciar a sua expansão?
  3. 3. Coroa Nobreza Clero Burguesia Povo  Firmar o seu poder e resolver os problemas económicos do reino.  Obter terras e cargos.  Defender e divulgar a fé cristã.  Procurar novos mercados e produtos, aumentando o seu poder.  Melhorar as condições de vida. O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia Interesses dos grupos sociais Todos os grupos sociais e o próprio rei estavam motivados para a Expansão. Motivações:
  4. 4. Condições geográficas Condições políticas Condições técnicas e científicas O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia Condições da prioridade portuguesa No início do século XV, Portugal reunia um conjunto de condições que permitiram que se tornasse no primeiro país europeu a avançar para a expansão marítima. Que condições eram essas?
  5. 5. Condições geográficas O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia Portugal situa-se no extremo ocidental da Europa, perto do Norte de África; Tem uma longa costa marítima com excelentes portos naturais, o que contribuiu para ao desenvolvimento de atividades ligadas ao mar – pesca e comércio; Condições da prioridade portuguesa
  6. 6. Condições políticas O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia Estabilidade política; Período de Paz, desde 1411 com a assinatura de Tratado de Paz com Castela; Afirmação da nova Dinastia de Avis no contexto europeu. Condições da prioridade portuguesa D. João I 1
  7. 7. Condições técnicas e científicas O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia A longa presença muçulmana e judaica na Península Ibérica permitiu:  conhecimentos de Astronomia;  contacto com instrumentos e técnicas de orientação e navegação: Condições da prioridade portuguesa
  8. 8. O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia Instrumento utilizado para fazer medições da altura dos astros. Instrumento utilizado para conhecer a altura do Sol, permitindo calcular a latitude (distância em relação ao equador). Astrolábio Instrumento utilizado para calcular a altura de um determinado astro em relação à linha do horizonte. Condições da prioridade portuguesa Balestilha Quadrante
  9. 9. Para determinar o norte. O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia Caravela portuguesa com leme fixo à popa e velas triangulares que permitia navegar à bolina, ou seja, navegar em ziguezague com ventos contrários. Caravela Bússola Mapas com registo dos portos e das linhas de rumo. Condições da prioridade portuguesa Portulanos Cartas Náuticas
  10. 10. O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia Condições da prioridade portuguesa O uso sistemático de instrumentos náuticos permitia fazer medições rigorosas e, assim, determinar a posição dos navios em alto mar e as rotas que eram registadas nos mapas. Permitindo praticar uma navegação astronómica (através da observação dos astros)
  11. 11. Condições favoráveis O expansionismo europeu Portugal: pioneiro na expansão europeia Resumindo… Portugal inicia a Expansão  Localização geográfica  Paz  Experiência marítima  Conhecimentos de Judeus e de Muçulmanos Motivações sociais  Rei: solução para os problemas económicos e tornar-se mais poderoso  Nobres: guerra  Burgueses e nobres mercadores: comércio  Povo: melhores condições de vida  Clero: expandir a fé cristã
  12. 12. O expansionismo europeu Identificar as motivações para a expansão marítima Atividade [1] Faz a correspondência entre os elementos da sociedade portuguesa e as respetivas motivações expansionistas. Rei Melhores condições de vida. Clero Nobreza Burguesia Povo Terras, cargos militares e administrativos. Novos produtos e mercados. Soluções para os problemas económicos do reino e aumento do seu poder. Terras, privilégios e cristianização dos povos conquistados.
  13. 13. O expansionismo europeu Interpretar um documento histórico Atividade [2] Os conhecimentos técnicos e científicos foram determinantes para a prioridade portuguesa na expansão marítima. Descobre o significado das expressões assinaladas. Os Portugueses ousaram desafiar o grande oceano. Entraram por ele dentro sem nenhum receio. Descobriram [...] novas terras, novos mares, novos povos [...]. Ora é evidente que estes descobrimentos de costas, ilhas e terras firmes, não se fizeram indo a acertar, mas partiram os nossos navegadores muito ensinados e equipados com instrumentos e regras de astronomia e geometria [...] e levavam cartas muito bem rumadas e não já as que os Antigos usavam. E pode ser esta a razão por que os Antigos só se atreviam a bolinar e seguiam sempre ao longo da costa. NUNES, Pedro – Tratado de defensão da carta de marear [adaptado]. Séc. XVI. "o grande oceano" "sem nenhum receio". "indo a acertar" "Antigos" "seguiam sempre ao longo da costa" Oceano Atlântico com coragem por acaso gregos e romanos navegação de cabotagem
  14. 14. O expansionismo europeu Reconhecer instrumentos de navegação Atividade [3] Legenda os instrumentos de navegação. 1 2 3 4 5 6 Astrolábio Quadrante Bússola Caravela Portulano Balestilha

×